Cagliostro

Cagliostro

- emMestres da Senda
9515
15
Gnosisonline
“Não venho de nenhum lugar,
e não pertenço a tempo algum.
Fora do tempo, meu ser espiritual vive sua existência eterna.”

(Alessandro Cagliostro)

Uma das encarnações do VM Samael foi na Áustria, antes deste Mestre iniciar seu trabalho público como Avatara da Era de Aquárius. Um dos casos insólitos ocorridos nessa encarnação de Samael foi seu encontro com o Grande Mestre dos Raios da Política Mundial e Egípcio-Rosa-cruz, e Mestre de Mistérios Maiores, Cagliostro. Samael nos relata essa experiência, a qual foi importante para a total revolução de seu trabalho espiritual particular.

Caminhando um dia qualquer, pelas ruas de Viena, encontrou-se cara a cara com o Conde Cagliostro e este, ao vê-lo, reconheceu naquele homem ninguém menos que o bodhisatva do 5º Anjo do Apocalipse, o Gênio de Marte, Samael.

O conde, assombrado, tomou a palavra para recriminar ao bodhisatva (ainda não autoassumido, com dificuldades de se Levantar), e, entre outras coisas, Cagliostro inquiriu:

“Sabes quem és?”
Ao qual o Mestre respondeu:
“Perfeitamente, sou o bodhisatva do Anjo Samael…”
“E você não sente vergonha de andar assim?” – replicou Cagliostro.
“Já me levantarei, já me levantarei!” – foram as últimas palavras que brotaram d’Aquele que ainda era um bodhisatva de capa caída.

Ato seguido, o Conde Cagliostro entregou-lhe um pequeno cartão pessoal e convidou o bodhisatva Samael a que o visitasse no dia seguinte em seu castelo particular, no qual vivia o enigmático conde.

No dia seguinte, Samael encaminhou-se rumo ao castelo e bateu na porta de entrada. Rapidamente, apareceu o mordomo, o qual indagou o bodhisatva sobre o motivo de sua visita.

– Estou aqui para ver o senhor conde Cagliostro. Este é seu cartão, me foi dado por ele!

Seguidamente, o mordomo subiu as escadas que davam na parte superior do castelo e regressou com ordens de levar o visitante até a recâmara do conde. Uma vez ante a presença do venerável conde, o jovem bodhisatva foi convidado a sentar-se e, segundo palavras do próprio Mestre Samael, ali estava Cagliostro jogando talco em uma de suas perucas, que tanto foram utilizadas nos séculos 13 a 18.

O nobre conde, dizia o Mestre, estava usando um jaleco com botões de ouro puro e seus sapatos tinham cordões cujas pontas eram de diamante. O quarto onde estavam dialogando era todo na cor violeta. Tudo, desde a cama, os adornos do espelho principal, o papel de parede, tudo…

A finalidade daquela conversa transcendental eram as advertências de Cagliostro para que Samael assumisse de vez sua fantástica missão, pois o mundo e a humanidade necessitavam da “Força Liberadora de Deus“.

O venerável mestre maçom Conde Cagliostro, por dominar o poder da Chama Violeta (uma mistura do azul de Cristo e do vermelho de Samael), juntamente com outros mestres da Fraternidade Branca, como Jesus e Saint Germain, auxiliaram poderosamente para que o bodhisatva de Samael se levantasse e cumprisse com a Grande Obra.

15 Comments

  1. Um assunto leva ao outro embora o argumento de que não estamos preparados que não passa de fuga o véu precisa cair e deixar a luz iluminar nossas trevas, ao divulgar o conhecimento procuro meditar e intuir meus erros e levar outros a questionar..um caminho lento. E peço que esse entendimento maior me oriente e ilumine meu espirito.

  2. faço os decretos da summithlightouse o que diz a gnose. estou estudando a fundo e pratcando a sexualidade superior deste o inicio do ano.

  3. alexsander tchitelmenko

    a final hoje em dia em alguma parte do planeta esta encarnado o conde.?

  4. Até o Mestre Jesus foi acusado, quanto mais nois, toda estrela que brilha demais, as pessoas que se ofuscam nas trevas, acabam sentindo inveja de ver grandes seres brilhando infinitamente.
    Nesse plano terrestre por mais bom que você seja, os mals sempre vão querer lhe ver cair.

  5. Paulo Roberto Agostinho

    Só pelo fato de nos tornarmos diferentes, já somos acusados de arrogantes, orgulhosos e por aí a fora; neste mundo dantesco em que vive a humanidade é normal sermos acusados de alguma coisa, agora imagina, quando uma pessoa já está mais elevada espiritualmente, apenas temos que ignorá-los, dentro da mais humildade e simplicidade. Paz Inverencial!

  6. Adriano Santana

    Muito me confunde tais histórias, visto que chamam de mestre pessoas como Cagliostro que na história ficou marcado como ladrão e embusteiro, tendo-se passado por alquimista para roubar outros cegos avarentos. São estes mesmo os mestres de que falam? É este a senda da sabedoria na terra?

    1. Você está enganado quanto a este grande Mestre da Luz… acusaram-no, assim como acusaram Mestra Blavatsky de embusteira… e outros mestres também foram acusados…
      Assim é a humanidade deste pobre planeta…

      1. Adriano Santana

        OK! Vou pesquisar mais sobre a biografia dele. Obrigado.

    2. “Força Liberadora de Deus”.

      O mundo da revolução intima e seguimentada por infinitas formas de realidade, cujo, o bostissatuwa e submetido vigorosamente a compreender e reviver muitas coisas, muitas delas a humanidade não compreendem.

      A rejeição do mundo com os iniciados e devido a sua não capacidade de compreensão, as pessoas não acompanha o graus de realidade que vive um ser que esteja sendo Guido pela a sua parte divina.

      O botissatuawa muitas das vezes, e visto no mundo comum como perturbador da paz, embrulhão ou ate fora da lei, isto se da porque o “O ser” não segue a regras desse mundo, ele não segue o sistema que e dota de diretrizes de conceitos históricos, e preconceitos, que foi estabelecido por ética cultura, e imposta por inter-reses protecionista do próprio diabo, ou a segunda natureza humana.

      O homem que foi adorado e seguido por toda a classe de pessoas neste mundo, em sua época foi considerado um perturbador da paz, ”JESUS”.

      Todo que se liberta da massa, do sistema prisional da vida, vai ser perseguido implacavelmente, acredite, sempre vai ter motivos porá isto,todos aqueles que segaram o fio da navalha vai ser perseguindo,seguindo a época e realidade que este mesmo esta submentido como btssatuwa ou como mestre realizado.

      1. E no caso da Mestra Blavatsky, já foi comprovado que o tal dossiê que foi feito para incriminá-la publicamente como charlatâ e mentirosa, foi todo forjado. Não poderiam tê-la acusado pois não tinham nenhuma prova verdadeira então falsificaram, podem procurar esta informação.

    3. Estimado irmão, é normal pensarmos assim quando somos ludibriados pela mídia tendenciosa, que tenta nos fazer acreditar em suas manipulações mirabolantes sobre grandes mestres da humanidade que sofreram grandes perseguições por tentar elevar o espírito da população, fazendo-nos acreditar que são grandes charlatões e ladrões, como no caso do Conde de Cagliostro. Sugiro-lhe ler o livro “Cagliostro, o grande mestre do oculto, de autoria do Dr Mark Raven, onde este revela ao público a face real do mestre, incluindo citações de documentos originais, que comprovam a veracidade da maestria de Cagliostro. Depois, tire suas próprias conclusões. Paz Inverencial

  7. posso se filiar aos estudos da gnose ?

  8. Sammael Mictian

    Já tinha ouvido falar no Mestre Samael, mas nao dava importanci pois achava q era mais um viajante igual a Anton Lavy. Q fui a SP a m vida mudou, pois comprei 5 obras de Samael e desde entao me dedico as seus estudos..lindo. .’.Paz Inverencial.’.

  9. aparecida almeida

    olá, sendo estudante inativo da ordem Rosa-Cruz AMORC, quero saber se há algum probema em se afiliar aos estudos da Gnose?

    1. os Ensinamentos Gnósticos são abertos a todos, sem distinção. Seja bem-vinda à família gnóstica.

Comments are closed.

Confira também

Cabeças olmecas – Esculturas de reis afro-mexicanos?

Um dos grandes mistérios antropológicos são as famosas