Magia do dente-de-leão

3
12048

Taraxacum officinale

De acordo com os ensinamentos entregues pelo venerável mestre Samael Aun Weor sobre a Magia Elemental, cada planta tem uma influência planetária preponderante. Alguns minerais, vegetais e animais sofrem as influências de tal ou qual planeta.

Como exemplo, as plantas ligadas ao Sol são poderosas em diversas práticas de magia e podem ser utilizadas também para prevermos o futuro ou nos ajudar a evitar situações desagradáveis num futuro. Além do mais, as plantas solares são riquíssimas em Prana e muito úteis como terapias regenerativas e vitalizantes. Exemplos de plantas “solares” são o louro, a mangueira e o dente-de-leão.

No caso do dente-de-leão, esta é uma planta que possui inúmeros benefícios para a saúde, como proteger e depurar o fígado, prevenir doenças do coração (se tomada juntamente com o alecrim e o crataegus), estimula a perda de peso, ajuda a controlar o diabetes e favorece a saúde gastrointestinal, pois é rica em vitaminas, inulina, fitoesterois, aminoácidos e minerais.

Para ilustrar uma experiência de Samael com o elemental do dente-de-leão, transcrevemos a seguir o relato de uma das filhas do Mestre, de nome Hypatia:

“Meu pai gostava de sair aos domingos com a família e desfrutar do campo, o ar fresco etc. Em uma dessas saídas chegamos a certo lugar e ele se deitou no gramado. Nós, em troca, nos dispusemos a brincar, a nos entreter, e como queríamos que ele brincasse conosco, fomos chamá-lo para isso.

Porém, vimos que ele estava descansando na posição característica dos felinos, ou seja, com o corpo recolhido em posição fetal e a cabeça sobre a mão.

Mestre Samael com sua esposa, VM Litelantes, em suas meditações no campo, em contato com os Elementais da Natureza

O curioso é que na frente dele, saindo no meio do gramado, erguia-se uma plantinha, comumente chamada de dente-de-leão, a qual estava florescendo. Visto desde certa distância, dava a impressão de que meu pai (Samael) estava conversando com a plantinha, e os movimentos da planta, o vaivém que esta fazia dava a impressão de que estava em plena conversação com meu pai.

Ao nos aproximarmos, propusemos a ele, de acordo com o que estávamos querendo, que viesse brincar conosco, e ele respondeu que em tais momentos não podia ir conosco, porque estava conversando com o elemental de dita plantinha.

Respeitosamente nos afastamos dele, porém levando conosco a agradável imagem do vaivém que aquele vegetal fazia, o qual certamente é bastante frágil, no tocante às suas inflorescências, já que basta um pequeno sopro para que estas se espalhem no ar, como pequenos pedaços de algodão.

Mais tarde, meu pai levantou-se do gramado e disse que havia terminado o diálogo com aquele elemental. Nós o interrogamos, então, sobre qual havia sido o conteúdo de dito diálogo, e ele nos disse que o elemental lhe havia anunciado algo muito terrível. Tratava-se de que meu irmão Hórus Gómez, o caçula, teria um acidente muito grave, chegando inclusive a custar-lhe a vida.

O elemental disse, ademais, que tentaria proteger meu irmão, porém, este advertiu de que Hórus necessitava de muita proteção. Assim, pois, decidimos regressar à nossa casa e meu pai começou a tomar medidas de precaução, como, por exemplo, fazia com que meu irmão não saísse às ruas muitas vezes, além de outras medidas preventivas.

O certo é que um dia de tantos apareceu um amigo de meu pai, também da Gnose, e este veio de carro. Como queira que aquela visita seria, inicialmente, curta, esse amigo deixou as chaves dentro do veículo, no contato, e além do mais a porta do carro ficou aberta. Nesses instantes Hórus chegou da escola, e ao ver o automóvel aberto, resolveu se meter dentro dele, e foi aí que meu irmão viu as chaves em seu interior.

O dente-de-leão (assim como o louro e a mangueira) é uma planta solar, e como todos os elementais solares, é indicado para práticas de previsão do futuro, profecias e proteção psíquica
O dente-de-leão – assim como o olíbano, a camomila e o milho – é uma planta solar, e como todos os elementais solares, é indicado para práticas de previsão do futuro, profecias, proteção psíquica e vitalidade

Desse modo, Hórus entrou no carro, sem haver, obviamente, em toda a sua vida, dirigido um. Ligou o carro e, óbvio, muito rapidamente, foi se estatelar na parede de uma casa. Imediatamente vieram avisar meu pai, pois aquilo foi bastante grave. Primeiramente, grave porque a pessoa que veio visitar meu pai jamais teria pensado que meu irmão pegaria o carro, assim do nada, e isso obviamente já era penoso.

Pois, tanto o proprietário daquele veículo, que era um médico, quanto meu pai correram para ver o que havia ocorrido com meu irmão. Encontraram Hórus sangrando, o carro estava visivelmente destruído e o proprietário não sabia se lamentava pelas feridas de meu irmão ou por ver seu carro destruído.

Sem embargo, estava claro que aquela profecia do elemental do dente-de-leão havia se cumprido taxativamente, e, além disso, aquele elementalzinho havia afirmado para meu pai que ele tentaria protegê-lo, e realmente o fez, porque o acidente havia sido tão brusco que meu irmão teria certamente perdido a vida. Prova disso é que o veículo daquele senhor ficou totalmente inutilizado e Hórus permanecido vivo…

3 COMENTÁRIOS

    • No livro Medicina Oculta e Magia Prática, o VM Samael indica as formas de observar o RAIO a que as plantas e os animais pertencem. Observe as folhas, o fruto da mangueira.
      E quando possível, observe o elemental da mangueira e sua cor ouro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.