Tipos de músicas negativas e suas influências

Tipos de músicas negativas e suas influências

- emMistérios da Música
25151
234

Praticamente toda a música moderna é uma música involutiva composta por e para o Ego. Essas vibrações densas penetram pelo Centros da máquina humana (centros são as baterias psíquicas onde são armazenadas nossas energias vitais; são 5 e se localizam no cérebro, coração, coluna vertebral e sexo), os quais atualmente estão desequilibrados.

Se os Centros estão organizados, esse tipo de música procura desequilibrar a parte mais débil de cada ser humano, através da atração a um estado inferior de Consciência que a música produz e representa (por meio da Lei da Entropia).

E uma vez que esta música esteja infiltrada na psique do indivíduo, ela sintoniza-se com o ego de turno, incitando-o à manifestação.

Em alguns momentos nos surpreendemos seguramente movendo um pé ou uma mão ao som de uma música que ainda não havíamos ouvido conscientemente, porém, que já penetrou em nós, e, quem sabe, se já não provocou algum pensamento, certas emoções etc.

Existem músicas específicas especializadas em desequilibrar cada cilindro da máquina humana.

Também existem certos instrumentos musicais que se correspondem vibratoriamente com distintas partes do corpo humano:

IntelectualEmocionalMotrizInstintivoSexual
Ar – SoproÁgua – Corda e teclados
Terra – PercussãoFogo – Metálicos (ex. sinos)
Éter – Vozes, Coral, Mantras

Através dessas músicas de tipo involutivo, o ouvinte vai entrando, pouco pouco e sem se dar conta, em estados vibratórios psicológicos mais densos, os quais, por sua vez, reclamam música cada vez mais degenerada, levando esse ouvinte ao extremo de achar insuportáveis as músicas clássica e new age. (Obviamente, não estamos afirmando que todas as composições eruditas sejam benéficas, é só lembrar de certas composições de Paganini e Mussorgsky, entre outros.)

Assentadas essas bases, devemos distinguir dentro da música moderna quatro tipos diferentes, de acordo com seu estado de involução, a saber: Música do Ego; Música do Abismo; Música das Esferas de Lilith e Nahemah; e Música Satânica.

1. A Música do Ego, ou música subjetiva, por pertencer e/ou avivar a manifestação de algum agregado psicológico, alguma emoção “densa”, inevitavelmente vibra em algum Círculo Dantesco, porém, sem pertencer ao Inferno mesmo. A este ritmo pertencem as salsas, ritmos afro-cubanos, canções de orgulho patriótico, samba, canções de adultério e vingança etc. Observe que a maioria desses ritmos faz as pessoas “rebolar os quadris”: pela clarividência, observa-se que os chakras, ou vórtices psíquicos, dessa área do corpo giram intensamente, mas no sentido negativo.

2. A Música do Abismo é a que corresponde especificamente aos Mundos Infernos e se acha contra a Música das Esferas.

3. A Música de Lilith e Nahemah caracteriza-se por ser envolvente e sedutora, não como a que vibra com seu estrondo, mas que provoca sutilíssimas manifestações de luxúria que despertam a fantasia e o uso de drogas. Está possivelmente relacionada com a Face Oculta de nossa Lua Psicológica, ou seja, com estados psíquicos muito profundos, certamente nascidos em vidas passadas. Bons exemplos dessa música os temos em Pink Floyd, Kiss etc.

4. A Música Satânica é a mais perigosa que existe. É produzida com consciência no mal e para o mal, ainda que seja divulgada inconscientemente pelos veículos de comunicação simplesmente por simples sintonia. Ou seja, as pessoas se sentem atraídas por essa vibração e induzem outros a apreciar a música satânica, especialmente os adolescentes, que têm uma estrutura mental ainda incompleta, não totalmente formada, sendo por isso mais receptivos.

A Música Satânica é o resultado da aplicação da Magia Negra na música e nos ambientes onde se escuta esse tipo de som. Além da vibração densa e grotesca de suas notas, este tipo de música (se é que podemos chamá-la assim) traz uma mensagem subliminar de convite à magia negra ou Goécia.

Geralmente seus compositores são adeptos e praticantes de seitas satânicas. Notamos isso pelos emblemas nos discos, nos símbolos dos shows e na própria vestimenta dos cantores desta linha diabólica da música.

São ostentados pentagramas invertidos, nomes de demônios, cores escuras e pesadas etc., além do incitar gestos e práticas obscenas e hipnotismos coletivos com um sinistro poder que leva todos a um estado interno de total descontrole, desembocando em histeria e paroxismos coletivos, em que a Consciência fica completamente anulada.

Atrevemo-nos a dizer que essa classe de música está intimamente relacionada com a Lua Negra, uma dimensão infernal pesadíssima. É a famosa Lua Lilith; não se confunda com a Esfera terrestre de Lilith, embora haja uma ligação entre as duas.

Encontramos nessa música estilos como Hard Rock, Heavy Metal, Punk, Thrash (para nós, seria trash mesmo) etc.

Por ser de uma escandalosa e cada vez maior atualidade, este texto deve ser divulgado para todas as pessoas. Pedimos que o divulguem a pais de adolescentes, diretores de escola, educadores, psicólogos e musicoterapeutas, entre outros.

Caso tenha alguma sugestão, opinião e observações sobre este texto, ou queira saber mais sobre o tema, entre em contato conosco. Com prazer enviaremos textos esotéricos sobre o tema: [email protected]

ASSISTA, ABAIXO, ALGUNS EXEMPLOS DE MÚSICAS NEW AGE INSPIRADORAS:

https://www.youtube.com/watch?v=LqcgpXeiJks&t=2905s

234 Comments

  1. Boa Tarde! Acabei agora de ler este artigo que postaram sobre a
    música e compreendi a explicação. Eu sinto muito isso na música,
    principalmente de hoje em dia. Mas estou a comentar pois tenho uma
    pergunta a fazer e necessito de uma orientação. Eu faço música, mais o
    meu noivo. O nosso conceito e o que queremos transmitir é uma sensação
    de conforto e bem estar, com poemas esótericos escritos por mim e
    cantados por mim. Para além disso, estudamos e praticamos o gnosticismo.
    Mas como é que eu sei se a nossa música faz mesmo bem ? Como é que
    posso ter certeza? Creio que por ainda ter ego a música também o terá.
    Sempre que as oiço sinto-me bem e muita gente já disse que gosta da
    vibração da nossa música, da energia que proporciona, uma energia
    positiva, que é o que pretendemos mas isso é muito subjectivo, pois as
    músicas hard rock/metal etc “proporciona”, ilusóriamente, positividade
    para as pessoas que gostam desse tipo de música. Conseguem dar-nos uma
    orientaçãozinha nesse aspecto?Cumprimentos

  2. ELIANE KARWOWSKI

    Olá gostaria de saber sobre, as músicas gravadas em 528hz. Qual é a opinião de vcs a respeito e se o mestre samael deixou alguma introdução sobre esse tipo de música. Obg

  3. Martin Garrix

    Eu queria saber sobre a música eletrônica…. Difícil ver algo negativo pra mim, pois as músicas eletrônicas propagam a onda “PLUR” (peace, love, union, harmony) e é quase sempre sobre isso que elas falam….. Quem está num festival por exemplo, muito embora seja comum o uso de drogas, está lá compartilhando alegria e vibrações positivas, todos somos irmãos, as pessoas estão lá para dançar e se divertir.

    1. Se o ritmo, a melodia e a harmonia de qualquer música alimentar positivamente a Alma do ouvinte, então é recomendável.

      1. Ora, então a música satânica, se agrada minha alma, também se torna saudável; recomendável.

  4. Yole Reis Pordeus

    Boa noite.

    Eu costumo me classificar, como uma pessoa eclética. Ultimamente passei também a gostar muito de mantras, principalmente o Gayatri e Lokah Samastah Sukhino Bhavanthu e muitos outros, só que eu sempre procuro saber o significado deles e para que se destinam.
    O que você tem a dizer sobre a vibração dos mantras?

  5. Sou fanatico pelo rock and roll, mas tenho que abandonar isso e este estilo de musico porque acho mesmo bastante agressivo.

  6. Quem já foi em alguma After, Rave ou algum tipo de evento eletrônico com certeza já teve quase todas essas sensações , ou vc Assombra o lugar ou tem tanta felicidade que deixa o ambiente positivo e passa AA sensaçoes que sente para todas as pessoas ao redor um joga energia pro outro, tanto positiva como negativa no entanto a Energia negativa parece ser boa e quem ta com ela gosta e tbm passa pras pessoas. Em fim . vc liberta a sua Alma!
    As duas energias fazem bem naquele momento!
    *CarpeDiem

    1. Leandro Mesquita de Almeida

      O surdo então é mais evoluído ?rs

  7. Olá , gostaria de saber sobre os estilos musicais da era disco e tambem os hits dancantes dos anos 80, como new wave e pop rock, asism como o proprio pop rock nacional anos 80, sao nocivos?
    para mim estes ritmos sao muito alto astral e sempre me deixam felizes!!!

    1. Itamar, não existe nada que seja absolutamente bom ou absolutamente mau. Tudo é relativo.
      Se você usa esses ritmos para sair de um estado depressivo, esses ritmos se tornam benéficos.
      Mas se você os utilizar para “tentar” meditar, relaxar e despertar seus chacras positivamente, então irá perder seu tempo.

  8. Karyni Da Vila

    Eu estudo Violino e faço faculdade de Música. Eu devo negar estudar as peças pra violino solo de Paganini, quando meu professor me der para estudar?

    1. Use seu bom senso, pode estudar as obras desse autor, a título de ilustração intelectual…

  9. ola
    Percebo que quando se fala pras pessoas que suas musicas preferidas fazem mal,elas defendem até o ultimo soldado…mas se for pra ver o ego…acredito que a musica CONECTA E CRISTALIZA algo com algo,penso que as pessoas estao conectadas em cordoes negros comsuas energias nefastas. e adoram isso. estao escravas.

  10. as musicas de pagAnini não sao boas para ouvir?

    1. Richard Wagner dizia que quando ouvia alguém tocando as composições de Paganini “via” uma espécie de nuvem escura sobre essa pessoa. Muitas das composições de Nicolò Paganini atraem átomos infernais.

  11. Leonardo di Castro

    O Sistema de crenças do ser humano o leva a crer… a acreditar naquilo que quer, naquilo que acha (o tal do achismo), de acordo com o seu MAPA MENTAL DE MUNDO!!

    Sou esotérico, fui estudante gnóstico Samaeliano por + de 5 anos e o que o Mestre Samael mais pediu, foi para que nós não nos tornássemos PAPAGAIOS apenas repetindo as palavras dele, pois é uma verdade DELE e não nossa…

    Temos que buscar nossas próprias verdades se quisermos ter resultados na vida, e, mesmo fazendo o trabalho sobre mim mesmo, enquanto eu achar conveniente, não deixarei de curtir o bom e velho ROCK AND ROLL!!! \m/

  12. Fabio Leipelt

    Interessante…com base em que Pink Floyd “provoca sutilíssimas manifestações de luxúria que despertam a fantasia e o uso de drogas”? Há de ser ter o cuidado – em qualquer área do conhecimento – de não cegar-se em uma fonte/conhecimento. Já li muita coisa legal neste site. Mas este poste, ao menos pra mim (respeitando a opinião alheia) não faz sentido. E digo mais, se aproxima do perigo da ignorância e do preconceito.

    1. Em resumo, o que você quis dizer é que: “O inferno são os outros”.

  13. Eu concordo parcialmente com o blog, algumas músicas incitam à violência, ao proibido e fazem apologia à sexualidade, agora, convenhamos, ainda existem músicas decentes e educativas, que instruem as crianças e fazem os adultos despertarem emoções positivas. No entanto, as músicas da “moda”, sertanejo e sertanejo universitário, me desculpem quem gosta deles, mas essas sim são as piores e as que deveriam ser proibidas de serem veiculadas sob pena de prisão, porquê? porque praticamente todas ofendem as mulheres, dizem ser objeto de satisfação pessoal e que são interesseiras, e eu não concordo, pois existe muita mulher que vê mais o coração do que o bolso e as músicas do momento somente incitam ao apego material. Fora já com essas porcarias.

    1. É claro que existem músicas instrutivas, e até agradáveis, e muitas até com conteúdo místico, esotérico etc.
      Veja o caso de O Segundo Sol, de Nando Reis, falando sobre Hercólobus.
      Mas a mensagem do texto refere-se ao uso ESOTÉRICO da música, ou seja, ao uso de certos ritmos musicais para nosso Trabalho Interno (relaxamento, meditação e samadhi). E também se refere a músicas absolutamente perniciosas, tanto para o corpo físico quanto para a psique.

  14. Olá, eu sou estudante de psicologia. E o que você falou neste texto foi um profundo absurdo! Eu nem ia me manifestar, mas no final do texto, o autor diz para repassar para pais, professora… e psicólogos. Então me senti disposta a comentar sobre esse assunto.
    Então o negócio é o seguinte, lógico que a música influencia nas emoções, pensamentos, sensações e etc, mas não podemos jamais dizer que determinado tipo de música é “do diabo”, até porque não há comprovação científica sobre esse assunto. Então, vamos com calma ao levantar boatos ok? O Rock, Heavy Metal, Hard Rock… são estilos maravilhosos de se ouvir e as música muitas vezes tem mais letra, e tem um arranjo muito melhor que outras músicas no geral. Então os pais não devem só observar o estilo de música que seus filhos adolescente estão ouvindo e sim todo o comportamento dele, passar a fazer parte da vida do filho.

    Bom, é isso. Então gente, fiquem despreocupados porque não vai acontecer nada de mal com vocês, se ouvirem ou deixarem de ouvir determinados tipos de músicas.
    bjs

    1. Como profissional, Misako, sugiro que pesquise mais objetivamente antes de dizer que “não há comprovação científica”.
      Há inúmeros musicólogos, musicoterapeutas, etnomúsicos e biomúsicos pesquisando seriamente ao redor do mundo…

  15. galera ai da gnose uma dúvida aqui…

    Assim até concordo sobre a questão de notas baixas e sobre como a música influencia,
    a questão aqui tbm ñ é a musica erudita.
    Mas por exemplo nos “Anos de Ouro” do rock, músicas que falavam contra as guerras em favor da paz como bob dilan, john lennon, the doors, e até algumas bandas punk que a idéia era o anarquismo (decentralização de poder), mesmo sabendo que toda a ideia do rock depois foi por água abaixo influenciadas por mídia sexo drogas dinheiro e bla bla bla
    seria correto dizer que uma música que fala de paz fazer mal?????
    tipo John Lennon sou muito fan e me doi muito falar que o cara toca música satânica … pra mim ele é um idealista, foi um genio

    1. Claro, Favio, você e os demais estão corretos nisso, porém, o texto enfatiza somente algumas classes de música que influenciam o ser humano negativamente, não queremos com isso dizer que todas as formas de música pop, mpb, rock etc. sejam perniciosas.
      Assim como enfatizamos que certas composições chamadas clássicas, ou eruditas, são perniciosas ao corpo astral das pessoas…

      1. Entendi, é que já tinha ouvido falar do assunto e quem me explicou falou que em geral fazia mal.
        Então de certa forma algumas músicas de outros gêneros não faz mal …
        Agradeço pela resposta, e pelas matérias de vocês, vou pesquisar mais sobre o assunto se não vou encher de perguntas aqui ^^

    2. OLá Flavio …eu tbm gosto de varias musicas que não são clássicas, eruditas etc…mas o que se enfatiza no texto que as músicas para o trabalho espiritual devem ser musicas especiais para tal…devemos evitar a identificação, com músicas cantores e tudo mais … o mais importante é vc estar conectado com o seu Ser e se auto observar quando vc esta ouvindo certas musicas…Ok …abraços !!

  16. Vinicius Elias da Silva

    Bom, esse é um tema bem polemico mesmo. É incrível quão grande é o poder de identificação de um agregado psíquico. O orgulho das pessoas se fere, se irritam se sentem menor parecendo que elas mesmas são as musicas citadas.
    Isso só vem a mostrar o que o V.M. SAMAEL AUN WEOR nos disse inúmeras vezes, devemos retirar essas entidades vivas de nossa mente.
    É difícil, o ego apela para as coisas que mais veneramos, para aquelas emoções que nos faz esquecer de nossos problemas e de como é difícil a vida nesses tempo. Isso não seria diferente com a musica porque a mesma causa tudo isso em nós.
    Devemos respeitar que cada um tem seus processos internos. Não sabemos nada da verdade, não sabemos realmente quem somos. Estamos presos na ignorância por mais letrados que sejamos. O que realmente importa é nosso nível de ser. Oque estamos sendo agora? Quantos aqui conhece a verdade? Porque defender algo que não sabemos, e que não sabemos que não sabemos?

  17. claudio sanches

    Penso que o melhor seja apenas orientar os estudantes, sobre qual tipo de música favorece ao desenvolvimento espiritual. Criticar os tipos de músicas que são consumidas pela sociedade, gera mais conflitos. A experiência com o despertar é individual, criar clima de competições e comparações acabam ofendendo as pessoas e criando mais obstáculos para o desenvolvimento. Temos que dizer não a todo tipo de radicalismo.
    Paz eu entendo que faz parte dos fatores de revolução.

    1. Olá, Claudio, o que você diz é louvável e muito correto.
      No entanto, a sociedade está absolutamente CARCOMIDA, em DECADÊNCIA, em PODRIDÃO.
      Será difícil entendermos isso?
      A questão primordial não é somente as músicas, mas a degeneração social. E não afirmamos isso num tom moralista… Veja, paralelamente à questão musical, a destruição da família, da juventude, do casamento, do desenvolvimento harmonioso das crianças… Etc.
      E as pessoas ainda querem ser bajuladas, ninguém aceita mais ser criticado, todos querem ser elogiados, agradados, ouvir que tudo é lícito, é maravilhoso.
      E a verdade não é esta, meu caro, a verdade é que todos estão hipnotizados, crendo que tudo vai bem! Dói admitir isso, mas esta é a grande e única verdade…

  18. Leandro Mesquita de Almeida

    Sinceramente a ignorância prevalece até mesmo em ambientes aonde buscamos a evolução de nossas almas através do conhecimento. Sou apreciador de música e sinceramente fico espantado com tais afirmações que nada mais são do que opiniões pessoais que não constituem uma verdade absoluta.
    A bestialidade humana está em todos os seres humanos e cabem a eles lutar para equilibrar tais energias.

    1. Thiago Nascimento

      Leandro mantenha sua mente aberta,veja como se sente depois
      de ouvir uma musica dessas,não é questão de opinião pessoal
      mas sim de consciencia esteja alerta as sensasões quando ouve
      qualquer musica seu coração ira te dizer se é boa ou ruim.Paz!

    2. claudio sanches

      A crítica vem sendo mais uma arma contra o desenvolvimento e a reflexão. Somente a auto-critica pode mudar a pessoa. O que se fala sobre a música negativa é a verdade que nem todos estão preparados para ouvir ou simplesmente não querem. A degeneração social é um fato consumado em nossa época.
      Paz

  19. desculpa pelo erros de ortografia, estou escrevendo por um joystique (controle) de PS3 e acho complicado excrever sem presta muita atenção no texto :/

  20. A chamada ARTE CONTEMPORÂNEA, eu insisto neste ponto, é um dos sinais da imbecilização do planeta.

    Esse lixo que escutamos por aí e que dizem ser MÚSICA REBELDE é outro lixo.

    AS PESSOAS VIRARAM ZUMBIS, enfiam nelas lixo e mais lixo, e o pior é essa adoração sem lógica nenhuma.

    O rock dos verdadeiros ANOS REBELDES teve uma razão de ser, era CONTESTADOR, as pessoas buscavam o ALGO MAIS da vida, viajavam para o Oriente, experimentavam PLANTAS DE PODER tipo Carlos Castaneda, questionavam as Guerras, os Donos do Poder.

    MAS E HOJE? OS “MANO” SÓ QUEREM USAR CRACK, OUVIR LIXO MUSICAL, FALAR GÍRIAS, FAZER CARA DE REBELDE TONTO…………. e nada mais.

    A juventude de hoje está POOOOODRREEEEEEEEEEEEEE, perdeu seus rumos, coitados!!!

  21. MUSICAS NEGATIVAS PUPULAM NA RADIO NA TV … QUEM NAO SE PROTEGE JA ESTA DOMINADO … NEM ADIANTA QUERER SALVAR … O MAL JA FAZ PARTE DA ESSENCIA DELA ….
    ACHAM NORMAL UM PAI LEVAR FILHA DE 03 ANOS PRA REBOLAR NA TV …

    1. O QUE UMA ONDA DO MAR FAZ EM UM CASTELO DE AREIA?
      O QUE ESTA MESMA ONDA FAZ EM UMA ROCHA NA SUPERFÍCIE DA TERRA? E O QUE FAZ EM UMA ROCHA NO FUNDO DO OCEANO?
      A MÚSICA É UM ELEMENTO DE COMUNICAÇÃO. QUE DEVERIA EXPRESSAR SENTIMENTOS OU UTILIZADA PARA FORMAR OPINIÃO. A MÚSICA ATUAL ( OU O QUE CHAMAM DE MÚSICA ) N]ÃO SERVE NEM PRA UMA COISA NEM OUTRA. A NÃO SER PRA ENCHER O BOLSO DE MUITA GENTE. OUÇA DEZ VEZES POR DIA ALGUM SERTANEJO UNIVERSITÁRIO… O QUE VC APRENDEU? QUE TEM ALGUM IDIOTA QUERENDO COPULAR* ( TERMO MODERADO ) COM ALGUMA MULHER DE VIDA FÁCIL* ( TERMO MODERADO ). QUEM É VC? UM CASTELO DE AREIA? UMA ROCHA NA SUPERFÍCIE DA TERRA OU NO FUNDO DO OCEANO? POR FALAR EM ONDAS… ALGUMAS SÃO CRIADAS PELA INFLUENCIA DA LUA SOBRE A TERRA.. OUTRAS PELOS VENTOS TERRESTRES, OUTRAS PELOS MOVIMENTOS DE PLACAS TECTÔNICAS ( ESTAS PODEM SER DEVASTADORAS NA SUPERFÍCIE, MAS NADA INFLUENCIAM NO FUNDO DO MAR ). MÚSICA É ONDA. DE ONDE VEM A SUA MÚSICA? DE ONDE VEM A SUA ONDA?

  22. Bem para não é bem assim não, musicas desequilibrar acho que não, por que na verdade dependendo da musica e como uma pessoa escuta, ela terá ou forma positiva ou negativa, ex: se uma pessoa ouve uma musica rock, um mas pesado, de coração puro?
    Bem acho que tudo tá no coração da pessoa, sim algumas musicas realmente entre todos os estilo pode influenciar a pessoa a tomar decisões negativas nem todas
    bem

    eu odeio funk e adoro rock, bem funk só fala de putaria mas ñ falaria essas bobagens,

    vamos diser que eu escuto uma musica clássico, mas aquela musica clássica só me dá vontade de matar, ou me lembro de cenas horríveis, e já quando ouço um rock, ouço de forma que me dá incentivo a fazer coisas do bem? Me explique, se isso ocorrese ?

    Tudo tá no coração, e nos olhos das pessoas, algumas podem ter os olhos do mal e todo o seu corpo estará do mal, e se uma pessoa tiver os olhos do bem,
    aquilo para ela será sua força, me polpe e pare de falar baboseiras, eu acho que tem estudar mais um pouquinho

  23. Pesquise um pouco sobre as bandas citadas antes de escrever abobrinha sobre elas… Aposto que vc que escreveu “Heavy Metal” sequer sabe dos inúmeros estilos dentro do rock e do metal, cada um com sua vibração peculiar, indo desde a vibração baixíssima do Black Metal até a vibração altíssima de algumas bandas de Rock Progressivo e de Metal Sinfônico…
    Todo o conhecimento que vc, autor do artigo, com certeza possui, não te faz melhor que ninguém aqui, e não te dá o direito de JULGAR SEM CONHECER. Depois que vc tiver ouvido todas as vertentes do Rock, e as analisado com a mente aberta, lerei o seu artigo com toda a boa-vontade do mundo, pois o assunto é de extremo interesse para mim, que farei faculdade de música e pretendo analisar todos os aspectos dela, principalmente o espiritual.
    Realmente há muitas músicas desses estilos com vibrações pesadíssimas. Mas desde quando o Punk é música satânica??? Vc por acaso já ouviu The Clash? ONDE isso é satânico?! Alguns fãs desse estilo realmente têm uma energia densa, e algumas músicas também. Mas o fã não define a música.
    Nos piores momentos da minha vida, se eu não tivesse “música satânica” ou “música do ego” para me animar, para me dar coragem de enfrentar a mediocridade que predomina no mundo, eu não estaria aqui agora lutando para suportar tanta dor. Não estou subestimando música New Age ou erudita, reconheço o poder de dissolução do ego que elas apresentam, mas cada pessoa tem uma vibração própria, e estilos de música diferentes provocam reações diferentes em cada um. Uma pessoa com tendências depressivas que ouve Heavy Metal não vai se matar porque ouviu Heavy Metal. Ela se mataria ouvindo ou não. Assim como esse estilo de música também pode dar forças para uma outra pessoa apresentando as mesmas tendências, o que foi o meu caso.
    Enfim, o assunto abrange muita coisa, e a minha mensagem ao autor do artigo é: com os conhecimentos de gnose que você possui, haveria um potencial muito grande para fazer um artigo ótimo e esclarecedor sobre música, mas faltam alguns conhecimentos musicais aí. Pré-julgar é uma das piores coisas a se fazer, pois se tira a oportunidade de se escolher os melhores caminhos. É isso.

  24. quer saber onde é que está de verdade o diabo? o diabo esta aqui nesse site! falando esse monte de asneiras sobre os estilos músicais dos outros… dizendo que é tudo coisa de satã… vocês estão ajudando a propagar a intolerancia… o preconceito… e a raiva entre as pessoas… e é nesse ambiente que o ser inferior se prospera… não em “musicas com significados obscuros”.. faça-me o favor! qual vai ser a próxima? dizer que quem escuta rock merece queimar na fogueira feito uma bruxa medieval?

    1. alyson…infelizmente concordo com vc

    2. Tb concordo com Alyson

  25. O que a matéria tentou passar não foi uma crítica aos estilos musicais, e sim, manifestações egoicas gereda por cada vibração musical no qual o indivíduo ouve, por mais que as letras do grupo “legião urbana ” e “cazuza “entre outros…
    Geram no sub consciente a sensação de indignação, pois as letras são apelos sócias no qual nos revoltam. Fazendo com que vibremos numa lei inferior os danos causados na psique são iguais aos danos que causam um mc cara ou uma gaiola das popozuda por exemplo, é necessário que absorvemos Boas energias.. Ao ouvir música, e não despertar sentimentos mundanos, tornando nos ainda mais alienado do que somos, difícil para mim compreender isso pois gosto de diversos estilos musicais.. Procuro ouvir músicas que tragam lições de amor e de vida não estou falando de musiquinhas de” Restart”

    1. Compreendo sua mensagem e acho muito bom o seu ponto de vista. Só acho que grupos e cantores como legião urbana, cazuza, raul seixas, nando reis, cássia eller, zé ramalho realmente possuem músicas que desepertam esses sentimentos de revolta, que nos prendem a esse mundo. Mas algumas músicas, somente algumas selecionadas, possuem boas vibrações que nos auxiliam no processo de despertar, algumas delas inclusivo contém bons mantras.

      Todavia, nada melhor do que uma boa música instrumental e relaxante.

  26. Eu acho que nao tem dessa de musica dos infernos,sao as pessoas que fazemn as musicas do jeito q bem entendem!!!! So q uma coisa eu falo, eh melhor ouvir rock do que rebolar funk e engravidar na dolescencia!!!!

    By:alana rockeirinha
    13 anos

  27. O rock ñ é maléfico;existem sim bandas satanicas mas ñ que dizer q todas são;pra começar os estilos de metal sitados na materia ñ são sattanicos a maioria encina a verdade da vida;critica ca desigualdade social;exclusão social;PRÉ JULGAMENTO SEM PROFUNDO CONHESCIMENTO;OS DEMONIACOS SÃO BLACK METAL;DEFT METAL;DEFTCORE;EXISTE O GHO GHOTICO SATANICO E O INDUSTRIAL NEGRO E POR AI VAI E TEM MAIS MAS A MAIORIA FALA DE SENTIMENTO DO PROPRIO COMPOSITOR E A VISÃO E CRITICA MUNDIAL;POLÍTICA;INJUSTIÇAS;RELIGIOSA;ECT….ENTÃO AI V

  28. Concordo plenamente com que o mestre disse,pois já foi comprovado cientificamente que até as vacas produzem mais leite ao ouvirem MOZART. Quando ouço ênia,lorena.Beethoven etc sinto-me muito bem c/paz profunda. Rock,funk,sertanejas de letras negativas etc,fico muito irritada.

    1. Etnocentrismo? Ou seja, só música de origem “branca europeia” é benéfica?

      1. Muito boa essa sua questão …existem músicas brasileiras maravilhosas que falam de natureza, paz, o mar e amor …muitas delas de samba e bossa nova !! Falando de amor de Tom Jobim é linda sempre mando pra minha mãe no dia das mães…ouça vc vai gostar!

        1. Realmente, Diana, há músicas ótima para se curtir, ouvir no carro, numa festa…
          Mas o texto, que poucos quiseram entender e compreender, refere-se ao TRABALHO ESPIRITUAL, ao trabalho sobre si, psicológica e esotericamente, e somente alguns tipos de música são propícios…
          E vamos mais ainda: quando o estudante esotérico se aprofundar no relaxamento, na meditação, poderá se dar ao luxo de não ouvir mais nenhuma música (seja ela clássica, seja new age…) e poderá ouvir a MÚSICA DAS DIMENSÕES SUPERIORES DA NATUREZA… é o que os místicos do Oriente chamam de OUVIR A VOZ DE DEUS!!!

          1. é realmente isso que sinto, uma paz muito grande que só pode vir de Deus … é um privilégio termos a oportunidade de ouvir isso através da musica clássica new age, ou até Vila Lobos … eu amo música, estudo musica a 22 anos …hoje estou no estudo da Gnosis e sei que muitas coisas que eu admirava não são benéficas ao trabalho espiritual…por isso deixei de lada pois meu objetivo é revolucionar !! Obrigada Gnosis Online!!

    2. Eu Também concordo , fiz o teste para dirigir , eu ouvia Laura Pausini no carro que é uma cantora considerada muito boa no cenário musical, mas tem uma pegada Rock de alguns anos pra cá. Depois aprendi com a Gnosis, fiz o teste e realmente essas musicas clássicas e new age trazem paz. A revolução da consciência, é um processo difícil mesmo, pois as pessoas que criticam esse texto estão identificadas com “suas” bandas e cantores…eu também gosto de todo o tipo de musica latina, mas o importante é estar consciente como elas agem em nós!
      Muito Valido o texto acima!

  29. cristiangnostico

    O que as pessoas não sabem é que a música é uma linguagem que deve ser decifrada e possui uma lógica intrínseca no seu desenvolvimento.
    É na realidade um algoritmo matemático que segue uma lógica transcendente e absolutamente coerente, assim cada frase musical é como um enigma que exige um complemento único e exclusivo para que se adeque à ideia musical contextual.
    Conforme o autor consegue desenvolver temas e contrapontos (justamente a qualidade dos enigmas) inteligentes e inauditos, cria na mente uma vibração equivalente que consegue andar paralela a esse contraponto. Conforme o costume de ouvir a mente começa a presumir e adivinhar essa lógica musical,com uma percepção subjetiva direta da intenção da Natureza de forma intuitiva.

    Isso não é inteligência, é vibrar junto com a intenção da Natureza, ou seja, algo muito maior.
    É como um surfista no Mar aprendendo a perceber a intensidade, movimento, direção e conformidade das ondas que pretende cavalgar.

    Observe que quanto mais repetitiva é a música, mais medíocre é a pessoa que a ouve, pois cérebros limitados não conseguem interligar uma mensagem além de uma certo tamanho.
    Isso é mostrado nos serviços repetitivos que geralmente são executados por pessoas sem criatividade e inteligência, justamente as pessoas que adoram músicas com refrões curtos.

  30. Muito interessante a forma colocada referênte as músicas. No fundo eu concordo com as colocações, basta parar para analisar algumas músicas que manifestam tais recados.

    – Músicas sertanejas, na grande maioria apresentam um conteúdo que aflora a traição, sexo, conquistas sexuais, como por exemplo:
    “[…] você finge que me odeia mas no fundo paga-pau[…]”
    “[…] ai se eu te pego, ai ai […]”

    – Músicas satânicas, sinceramente não sei o faz eu as pessoas sejam atraídas por elas. Como no texto comenta, mais normal na adolescência. Seja talvez por um momento de rebeldia, raiva, desgosto;

    – Funk, sem comentários. Esse estilo musical contamina a população com premissas que estimulam o sexo explícito, suruba, tráfico de drogas.

    Assim como diversos outros estilos musicais o qual não comento aqui. Mas também, gostaria de colocar que nós temos sim músicas boas, e que passam boas mensagens. Posso citar como exemplo algumas composições de Cassia Eller:

    “[…] quando o segundo sol chegar, para realinhar as órbitas dos planetas […]”

    Ou até mesmo do Nando Reais

    “[…]Quando não tiver mais nada. Nem chão, nem escada. Escudo ou espada. O seu coração. Acordará!…[…]”

    Outro exemplo o Raul Seixas, apresentando um pouco dos ensinamentos de bhagavad gita com a música Gita:

    “[…] Eu sou a luz das estrelas. Eu sou a cor do luar […]”

    Sempre existem as exceções, mas minhas colocações foram em um nível geral. Abraço a todos da Gnosisonline e obrigado por compartilhar esse texto.

  31. Não concordo.. de jeito nenhum, tem as musicas ruins e as boas.
    Já que são tão entendido do assunto ae.
    O que me dizem desta MUSICA HORROROSA NO BRASIL….. o sertanojo universiotario…
    Que eu saiba.. essas duplas fazem uma verdadeira lavagem cerebral nas cabeças de quem gosta deste estilo BREGA. Veja os crimes no brasil motivados pela não aceitação do fim de um relacionamento.

    1. Olá,pessoal este tema é realmente muito espinhoso e levanta diversas questões entretanto vale lembrar que no princípio da criação do universo (Cósmos) havia som,música..as cadencias do som fazem vibrar tudo que existe,existiu e continuara existindo..O som é universal,onde quer que haja vida,a som portanto movimento um é coe-existêncial ao outro,Cada átomo molécula e célula que carregamos dentro de nosso organismo físico vibra numa determinada frequência musical…Então sugiro aos estudiosos da ciência bio-dinãmica, aos pesquisadores que se aprofundem nas nestas questoes comecem analisar,estudar e refletir que tipo de sons provém da mãe gaya (Natura),quais são seus sons,melodias e o que ela nos provoca..causam Reações internos pensamentos,sentimentos ,idéias etc.. a estudiosos ,filósofos assim como SR Masaru Emoto a presidente da Sociedade Internacional Hado, do Japão, voltada a investigação das energias sutis da natureza e do homem em sua relação com a consciência humana;
      Música e água
      A música afeta decisivamente a água, como mostram as fotos que Emoto fez a partir de amostras de água destilada. Uma série particularmente interessante e beta e a que apresenta amostras dessa água depois de serem expostas a composições destinadas ao relaxamento e a cura dos ouvintes. Outras belas imagens foram obtidas com o use da Sinfonia Pastoral, de Beethoven, das Variações Goldberg, de Bach, de um sutra tibetano e de uma canção da compositora irlandesa Enya. O rock “Heartbreak Hotel”, de Elvis Presley, já provocou efeitos diferentes – interpretados por Emoto como “desestruturados” e “como num turbilhão confuso”. E o exemplo de heavy metal apresentado na foto ao lado, sem identificação da música empregada, lembra as imagens de águas poluídas.
      Meus estimados buscadores a influência da música sobre nós e nossa psiquê é indubitável,entretanto devemos ter coerência,bom senso e sempre respeitar o sagrado livre arbítrio de nossos semelhantes…é questão cultural e de afinidade psicológica,mutável portante de acordo com os costumes e época…espero ter contribuído..querem saber mais …estou á sua disposição entre em contato,Msn:[email protected]
      Dagomar Moreira

    2. Nossa é verdade a maioria das músicas é por a não aceitação do termino de relacionamento, é uma explicita manifestação do que o Ego sente, porque a Essência, com o termino de um relacionamento não deixa a tristeza, raiva despeito e outros sentimentos ruins tomarem conta de nós…

  32. e sobre aquele padre que prega o catolicismo atravez do rock.Poderiam verificar isso pra min? a globo falou muito mal dele o que no caso intão não deve ser grande coisa porem(porque a globo faz 50% da parte da merda da midia).Agora segundo seus conhecimentos o rock nos traz maleficios não acredito que o som que mais parece barulho pode ser prejudicial senão Deus não tinha criado o trovão.porem as letras são chamativas realmente a um tipo de ser oculto alem dos trajes que eles utilizam porem agora me vejo muito confuso,se possivel pequisem sobre o padre que agora não me recordo o nome porém ele ensina atravez de musicas de rock e fala que a mão chifrada possui um significado bom na verdade.

  33. haha, que piada, os ouvintes de rock e de metal são os mais equilibrados psicologicamente e “vibratoriamente” do que grande parcela da população mundial. isso posso affirmar concerteza, é só pesquisar, esse texto é pré-conceituoso e incoerente!

  34. Achei legal a opinião de maria borboleta e acrescento que muitas musicas são terríveis,horrendas e macabras,mas existe gente para tudo e com certeza os que praticam o mal estão sob o dominino do mal em todos os sentidos inclusive na musica que é mal.O mal controla a população pelo mal haja vista inúmeras noticias ruins do dia a dia uns querendo fazer mais mal que o outro.Pessoal vamos pensar ,fazer e praticar o bem,este sim não faz mal a ninguém.

  35. Tudo que existe foi criado por Deus, as pessoas é que fazem mal uso delas! O Rock SEM MELODIA causa mesmo irritação!

  36. maria bortoletto

    ACREDITO NA INFLUÊNICIA QUE SONS, TONS, RITMOS E ESTILOS MUSICAIS TANTO PARA VIBRAR NUMA BOA OU MÁ ENERGIA, TEM ATÉ CURSO SUPEIROR DE MUSICOTERAPIA PARA TRATAMENTO DE MOLÉSTIAS FÍSICAS E PSICOLÓGICAS, PARA OS BEBÊS JÁ É COMPROVADO CIENTIFICAMENTE O BENEFÍCIO DE MELODIAS SUAVES COMO AS CLÁSSICAS… TEM O LIVRE ARBÍTRIO PARA QUALQUER UM OUVIR QUALQUER COISA… SÓ FALTA CONSCIÊNCIA PARA DISCERNIR O QUE É PREJUDICIAL OU NÃO, que aparentemente não faz mal agora, e sim a longo prazo…o que o cérebro recebe , um dia coloca pra fora. JÁ VÍ MUITOS INQUÉRITOS DE SUIÇÍDIOS POR JOVENS APÓS OUVIR ROCK PESADO, OU SE ENTREGAREM À VÍCIOS E DEPRESSÃO…( TRADUZA AS LETRAS) EXAMINEM ENTÃO, O QUE É SAUDÁVEL E O QUE NÃO É… NIGUÉM DEVE OBRIGAR NINGUÉM, POIS:

    !” A VIDA ENSINA DA FORMA MAIS DOLOROSA, QUANDO NÃO TEMOS A MENTE ABERTA PARA CONHECER, OUVIR, PESQUISAR, COMPROVAR, INVESTIGAR, BUSCAR…. NÃO FIQUE BITOLADO A VIDA INTEIRA NUM SÓ SEGUIMENTO, O FANATISMO NOS DEIXA CEGOS….”

  37. Um absurdo isso. A pior coisa que já li sobre a música. Um desparate. Mexer os quadris é ancestral, não tem nada a ver com sentido horário ou anti-horário e ativa o chacra mais básico e essencial de todos. Rock não vem dos infernos, o que vem dos infernos é esse tipo de mente que quer condenar e encaixotar tudo.

  38. a serio? o rock é o melhor estilo de musica que se pode ouvir…e enquanto que muitas musicas dizem “ai se eu txi pego” ou “girls like chupa, boys like chupa everyone chupa chupa chupa” as musicas de rock falam de sentimentos…. é completamente diferente… nao se podem referir ao rock como sendo mau e “o caminho do diabo” porque o caminho do diabo ate pode ser seguido por musica de piano… gente, abram os olhos e deixem de ser lorpas.

  39. quem fala q rock é satanico nunca ouviu kansas!

  40. Pelo amor de Deus, o “Hino do Rock” é Stairway To Heaven. Precisa traduzir? Escadaria para o Céu. A letra trata de uma profunda alegoria alquímica. As letras ( e a música) da Banda Yes? Já ouviram? Pensa-se estar renascido no paraíso…Assim, a indignação (muito justa) dos leitores, é que a Gnosis GENERALIZOU ao taxar todo rock de maligno, e deveria retratar-se pois é posição indefensável em vista apenas dos exemplos citados acima. Iron Maiden possui letras que tratam de história, heróis como Alexandre o Grande, etc. São composições ‘rajásicas’, que são muito melhores do que as ‘coisas tamásicas’ que hoje escutamos em toda parte (funk carioca, etc). Fica aqui uma interrogação quanto a tais afirmações, que parecem advindas de algum preconceituoso e não de um iniciado vivido

    1. Mark, a Gnosis NÃO TACHOU NEM GENERALIZOU sobre o Rock.
      Só demos nossa opinião em base a estudos sérios de OCULTISMO em relação a esse tema musical. Certamente, há músicas agradáveis para se ouvir, seja numa festa, numa reunião, num evento qualquer ou no rádio do carro…
      MAS NENHUM ESTILO DESSES AJUDA NO TRABALHO ESOTÉRICO DA ILUMINAÇÃO ESPIRITUAL…
      Isso é uma questão de COMPREENDER e não de aceitar ou rechaçar ou mesmo de se irritar.
      Cada qual escolhe seu Caminho, afinal, estamos numa democracia… :)

    2. buscadora aprendiz

      Caro Mark,

      Stairway To Heaven não é apenas a letra, a composição musical é grande parte da música. Sem contar que muitos estudiosos de música e psicólogos afirmam que o recurso do “backmasking” é frequentemente utilizado…

      “Muitos músicos já gravaram deliberadamente mensagens subliminares em suas canções. Seus propósitos haviam sido iludir a censura, introduzindo declarações artísticas ou sociais, a divertirem-se à custa das críticas. Alguns grupos, efetivamente, haviam falado em favor do satanismo ou da violência usando backmasking. A diferença das supostas mensagens havia atrás involuntários, os quais resultam em reproduzir ao contrário as canções, as mensagens premeditadas aparecem como um ruído inteligente quando se escuta na direção habitual.” (Fonte: Wikipedia) http://pt.wikipedia.org/wiki/Backmasking

      E mesmo sem inverter a letra, lendo-a literalmente do jeito que está, não é nada animadora: é pura ironia! Mesmo quando se tenta interpretá-la de forma otimista, o sentido que ressalta é a descrença perante a Religião, perante a busca da Divindade, e pregação do “viver intensamente o aqui e agora” (hedonismo), vislumbrando-se nítida apostasia. Veja tentativa de análise otimista realizada por um professor, mas que acaba revelando isso: http://proftiagomenta.blogspot.com.br/2010/02/uma-analise-de-starway-to-heaven.html

    3. buscadora aprendiz

      Fazendo uma interpretação simples e literal de “Starway to Heaven”, também não parece animadora a perspectiva: uma dama que quer COMPRAR uma escada para o céu…

      E tem também esta ironia sugestiva aqui: “E se você ouvir com atenção/ A canção irá finalmente chegar a você”…

      Um indício de “baskmasking”… Ou de que, no mínimo, querem muito que essa mensagem estranha sobre “uma dama querendo comprar o céu” chegue até você de forma relevante…

    4. buscadora aprendiz

      Veja que, apesar de começar a letra dando a impressão de que o protagonista está seguindo a dama, há uma crítica irônica à dama que leva ao céu: ela acredita que tudo o que reluz é ouro, e quer comprar uma escadaria para o céu. O protagonista mostra-se descrente, e tende a olhar para o oeste (lado oposto ao que o Sol nasce). E diz: Sim, há dois caminhos que você pode seguir/ Mas na longa estrada/ Há sempre tempo de mudar o caminho que você segue/ E isso me faz pensar.

      Pensar o quê? Em mudar de caminho?… (ele está seguindo a escadaria para o céu até o momento, não?) E aparece um flautista, que induz a todos a seguí-lo… inclusive o protagonista… “Nossas sombras mais altas que nossas almas” também não parece algo legal…

      Sem contar o vocábulo “hedgerow” (“horta”): gíria inglesa antiga para o órgão sexual feminino. E num contexto que chega a ser sarcástico: “If there’s a bustle in your hedgerow (Se há um alvoroço em sua horta)/ Don’t be alarmed now, (Não fique assustada,)/ It’s just a spring clean for the May queen. (É apenas limpeza de primavera da rainha de maio.) E quem é a rainha de maio? Aqui está a letra, com a tradução e notas curiosas de rodapé: http://www.arenamusical.com.br/letra.asp?id=14504

      Cuidado:
      “Porque você sabe que às vezes as palavras / têm duplo sentido”…

  41. CLEUSA/POA-RS

    FALAR SOBRE GÊNEROS MUSICAIS E ESTILOS, CRITICAR, ROTULAR E CLASSIFICAR TAIS ESTILOS SOB UMA ÓTICA RELIGIOSA É BASTANTE TEMERÁRIO,POIS COMO SE PODE OBSERVAR PELAS REAÇÕES DE SEUS LEITORES PARECE QUE ISTO MEXE COM PROFUNDIDADE NAS PESSOAS O QUE SÓ VEM REFORÇAR A FORÇA QUE DETERMINADO ESTILO MUSICAL POSSA TER NA PSIQUÊ DE ALGUÉM. EU PARTICULARMENTE GOSTO MUITO DE ROCK. CRESCI OUVINDO O ESTILO E ACHO MUITO ENVOLVENTE MESMO. MAS NÃO RESTA DÚVIDA DE QUE DE ELEVADO ELE (O ESTILO ROCK) NÃO TEM NADA! MEXE E APELA AOS INSTINTOS BÁSICOS DESCARADAMENTE. DEVE TER SUAS CONEXÕES COM MENTES DOS MUNDOS INFRA, POIS SERES DE ELEVADA POSIÇÃO ESPIRITUAL NÃO OS IMAGINO GOSTANDO OU OUVINDO ROCK…SEM FALAR QUE TODAS AS MUSICAS POPULARES QUE USAM “BATE ESTACA” DEVEM ESTAR RECHEADAS DE MENSAGENS SUBLIMINARES NEM UM POUCO ELEVADAS…SÃO HIPNÓTICAS! ENFIM, PODEMOS GOSTAR DOS ESTILOS, MAS RECONHECENDO SUAS PROCEDÊNCIAS E NOS ACAUTELANDO.

  42. Como vc pode falar que o rock não contribui nada com o crescimento espiritual?
    Seria como se você falasse que outro gênero musical especifico não contribui também, você está generalizando o rock, não se deve generalizar um gênero musical.
    E se eu falasse que nenhuma música ajuda no crescimento espiritual? Eu não poderia.
    Pois existem sim músicas, dentro do estilo “rock”, que contribuem sim. Não se trata de gênero, seria generalizar, mas sim de músicas especificamente.
    Não posso falar que tal gênero contribui ou não para o crescimento espiritual, mas posso falar que tal música contribui ou não.
    Existe muita coisa dentro do rock, você não conhece todo o rock, assim como não conhece todo um gênero musical, então uma música, e não um gênero, pode ajudar sim no crescimento espiritual.

  43. quanta besteira…

  44. musica satanica ….kkkkkkk,Olha eu acho que uma musica que fala sobre satanismo ,violencia e ocultismo tem uma influencia muito menos negativa do que esses funks ai onde meninas de 15-16 anos acabam gravidas nos bailes,eu escuto hard rock ,trash metal,punk ,heavy metal e nunca senti vontade de adorar o demonio,até por que eu não acredito na existencia de entidades demoniacas do inferno,isso é apenas literatura apenas ficção .O diabo Lucifer foi inventado por que o ser humano não aceita que ele proprio é o mal em minha opiniao o ser humano é que é o prorio diabo ,por que nos fazemos guerras ,matamos ,poluimos,roubamos estulpramos destruimos ,se Deus existe eu acho eue nós somos seus maiores inimigos

    1. Se o Diabo não existe e é apenas ficção na sua mente, te recomendo visitar outros sites, como cientificistas, ao invés do gnosis, e digo mais, ele existe, e é mais real do que imagina, você crendo nele ou não, ele vive.
      Para um mago bem consciente, ele será sempre um perdedor, mas para um leigo como você, ele sempre será um personagem, e é por isso que você não deve abrir jamais sua boca para dizer perdão quando já for tarde, pq você renunciou conhecimentos, e trocou por jumentice moderna, você não passa de um abutre, que logo logo, morre.

      1. Bando de debil

        HHAHAHAHHAH, QUANTO RETARDADO AQUI, CARAMBA. VOCÊS E SUAS FIGURAS, DEUS E DIABO, HAHAHHA, ENFIEM OS DOIS NO RABO. ESSA MERDA DE DEUS NÃO EXISTE,ASSIM COMO O DIABO. TUDO MENTIRA. ESTUDE O SURGIMENTO DAS RELIGIOES E VERÁ QUE BESTEIROL

        1. Se vc tivesse estudado realmente o surgimento das religiões, assim como Jung, vc teria descoberto o que nelas há de VERDADE!…

        2. E vc pode até achar isso um “besteirol”, a escolha é sua; tem toda a liberdade. Mas RESPEITE quem discorda de vc, assim como respeitamos sua vontade e não vamos te xingar por isso, tampouco te obrigar a nada! Não seja intolerante! Temos o direito de pensar como quisermos, e pensar diferente de vc ou outras pessoas.

  45. Gosto de musicas satânicas e bem pesadas… O que pode acontecer comigo… de Ruim.

  46. Boa noite!Venho apenas manifestar minha profunda admiração e até mesmo gratidão pela resposta dada ao Robson. Foi muito esclarecedora. Por muitas vezes nós, ao iniciar o trabalho sobre nós mesmos, sentimos como se estivéssemos sofrendo por ter que renunciar a coisas que nos causam deleite. Mas na verdade quem sofre é o ego que combatemos e não nós mesmos. E é esta compreensão que nos permitirá renunciarmos com resignação e sem arrependimento. Sem esta compreensão a renúncia além de mais difícil, aparenta ser uma decisão sem sentido, deixar de fazer apenas porque alguém disse que deveria deixar de fazer. O que não é, nem nunca será a intenção da Gnosis. Aqui especificamente falamos de tipos musicais, mas isto se aplica a muitas coisas, filmes, atividades, vícios, etc. Enfim, a resposta foi realmente muito boa, imagino a responsabilidade que é para alguém ter que responder as perguntas em nome da Gnosis… Obrigada.

  47. olá,eu ja fiz uma pergunta hj,msm q a musica tenha uma letra bonita e n tenha nada demais ,tendo uma batida de rock ela é ruim?

    1. Robson, letra e música são dois fatores que influenciam positiva ou negativamente a psique humana, de forma geralmente inconsciente.
      As pessoas não querem entender que a Música aqui retratada é sob o PONTO DE VISTA ESOTÉRICO, e não simplesmente LÚDICO…
      Há músicas que elevam nossa psique, nossa Alma, e são estas que devemos usar para nosso crescimento espiritual.
      Quanto à questão lúdica, música de passatempo numa festinha, no carro ou numa reunião, isso nada tem a ver com esoterismo e espiritualidade.

      1. Primeiramente, obrigado pelo esclarecimento. Mas permanece a minha dúvida. Veja bem, tenho 12 anos e estou na primeira câmara, em 4 de março passarei a 2ª. Eu desconhecia até o momento que li este artigo os efeitos das músicas e sempre gostei de rock (slipknot, sistem of a down…) e fui chamado a integrar uma banda de rock. Informarei minha desistência de participar da banda caso esta participação, bem como ficar muito tempo ouvindo rock for atrapalhar minha auto-realização. Por isto, gostaria de saber se ritmo por si só, a batida mais pesada do rock, independentemente da letra ser “inofensiva” é suficiente para me atrapalhar neste caminho tão estreito que é o do despertar da consciência.

        1. A palavra-chave da Senda da Iniciação é RENÚNCIA.

          Porém, Renúncia com COMPREENSÃO, não com repressão, fazer somente por um entusiasmo inicial, criando assim infelicidades para si e para o próximo…

          Medite nisso, Robson.

          1. nossa,vc esclareceu completamente minha mente,muito obrigado mesmo,agora meditarei sobre isso ate descobrir o que realmente farei quanto ao rock.

  48. Os comentários daqui são como uma privada entupida jorrando M. pra todo lado! Pois bem, quem acha que perdeu tempo lendo, saia e continue sua vida. Depois não reclamem quando virem crimes bárbaros cometidos em sua própria vizinhança. A verdade é que nem todos tem estrutura psicológica pra suportarem Rock! Mas a mídia diz que sim, afinal, o que importa é encher o C. de dinheiro à custa de camisetas negras, shows e cds. Que importa o resto? Alíás por que leem? São tão fanáticos quantos evangélicos e religiosos e vem aqui dizer que não o são! Rá!

  49. Entendi perfeitamente o que foi dito, refere-se a vibração dos estilos musicais e aprisionamento do ser humano à matéria.

  50. Me desculpe, apesar de alguns bons argumentos, foi uma das piores coisas que eu já li. O preconceito nasce na ignorância humana. O Satanismo é somente mais uma das faces do ser humano. Lembre-se de uma coisa, quem ama, não condena. Grande abraço!

  51. gnosis on line…. vai estudar um pouquinho nao fale asneiras, o maior problema em que nos vivemos em nosso pais é ter pessoas ignorantes como vc, meu amigo nao fale coisas de que vc nem se quer conhece a nada desse assunto.. só falou asneira, foi preconceituoso, vc é apenas mais um ignorante dominado pela midia, nao entende nem das vertentes do estilo e sai falando coisas que ninguem deveria considerar e nem entrar em desculsao neste forum, mas em fim… infelizmente nao me segurei e tive sim que deixar aki meu comentarios…
    ahh escuta uma banda de heavy metal progressivo que se chama pain of salvation em especial a música this hearth of mine…se vc me dizer que ela nao contribui com o crescimento espiritual, ai vou ter certeza que vc é o maior ignorante em que conheci em toda minha vida
    sem mais!

  52. olá, eu discordo um pouco sobre o rock que foi generalizado eu particularmente não gosto muito, sou do reggae mas conheço bandas de rock e heavy metal que falam sobre as bençãos do nosso senhor Deus e etc… Mas tem algumas que realmente são satanicas assim como tem funk, pop, quem sabe ate reggae que regeite essa ideia d Deus, melhor estudar um pouco mais pois mesmo q vc saiba o assunto você generalizou e isso torna o tópico confuso e passando mal informações aos leitores, obrigado e fiquem na paz.

  53. desculpe, mas é totalmente erronea a sua visão sobre o rock e suas mais diversas vertentes. Sim, concordo q tem apenas alguns generos que entrem no tema satânico, sendo ele registrado como BLACK METAL, mas temos o oposto desse genero, chamado de WHITE METAL, um exemplo é uma banda chamada STRATOVARIUS. e quanto ao genero HARD ROCK, ele nunca e nem será satanico! são bandas como BonJovi, Whitesnake, Journey, Cinderella, Motleycrue….e por assim vai.
    E quanto ao genero HEAVY METAL, existem várias vertentes, o IRON MAIDEN, que é conhecidso como banda satanica só por causa de uma música chamada THE NUMBER OF THE BEAST. As letras do IRON MAIDEN são baseadas na propria humanidade, pois o letrista e lider da banda é ANTROPOLOGO. Citei exemplos comuns, mas isso abre pra um leque ainda maior de possibilidades dentro do heavy metal, como por exemplo um estilo chamado power metal com temas medievais e cds formando uma história de reis, principes e princesas. Só acho q você deveria estudar um pouco mais sobre música e história da música, e também sobre estilos e composições (tanto parte musical quanto a letra). FUNK CARIOCA, MUSICA ELETRONICA, E ATÉ A PRÓPRIA XUXA E AS MUSICAS EM DESTAQUE PELA MEDIA SÃO MAIS SATANICAS DO QUE O ROCK, POIS É FEITA UMA LAVAGEM CEREBRAL NAS PESSOAS PRA ACHAREM Q ISSO TEM ALGUM VALOR MUSICAL! O DIA QUE OUVER AULAS DE MUSICA E COMPOSIÇÃO NAS ESCOLAS, TALVEZ OS JOVENS E ADULTOS DEEM MAIS VALOR A UMA MUSICA COM UMA BASE TOTALMENTE VOLTADA PRA MUSICA ERUDITA! SIM O ROCK E HEAVY METAL TEM BASE ERUDITA! POR ISSO Q EU DIGO PARA VOCÊ SE APROFUNDAR MAIS NO ASSUNTO ANTES DE FALAR ASNEIRAS! EU SOU ESPIRITA E SIGO O CONCEITO KARDECISTA! ENTÃO DÁ UMA PESQUISADA ANTES DE PUBLICAR SOBRE UM ASSUNTO QUE VC NÃO DOMINA OK?

  54. Agradecido fico eu desse blog! concordo plenamete caro amigo, mas as maioria ainda esta engatinhando lentamente para a luz! Parabéns pelo trabalho! Mas mantenha o pulso firme! Fiquei orgulhoso de ti! Parabéns para nós.

  55. opa desculpa o jeitim que coloquei na mensagem ta, afinal ttodos tem suas opniões e qerendo ou nao tenho qe respeita-la e ouvi-las, mas a unica coisa que eu nao gostei nesse texto, foi que vc generalizou as bandas de metal como satanicas, esse foi o defeito, pq eu curto metal, ouço metal e mt mais, eu gosto de musica, tipo um gilberto gil, demonios da garoa, só musica boa. E assim, vc tem qe pesquisar muito antes de incinuar alguma coisa, exemplo, o punk, vc sabe a ideologia deles? os punks sao importantes para todos, eles fazem protentos contra ass injustiças do governo, contra o preconceito e outras coisa, claro qe sempre tem um grupo de desgraçados qe usa o nome punk para agredir alguem né, afinal a midia só passa essa imagem vc percebeu? eles nunka falam das suas culturas, só oq os baderneiros punks aprontam nao é? e nas drogas é em todo estio musical, eu conheço gente do funk, reggae, do rap, do forro, do metal, da eletronica, do sertanejo que usam drogas e se entregam a essas coisas inuteis e vc tentou generalizar o pessoal do rock como drogados, cara até a xuxa é do capeta meu, ass mensagens subliminares na musica dela, a lady gaga qe venera a luxuria e zomba da cruz colocando ela na sua roupa de vermelho no clipe alejandro repare qe os crusifexos ficam infertidos nos braços dela e tem uma parte qe ela coloca um terço na frente da buceta dela, e depois ela ainda engole esse terço, oq eu qero dizer é que essas coisas não estão apenas no mundo do metal, mas sim em tudo, seja filmes, imagens, musicas jogos etc. oq nós devemos fazer é prestar ateção em tudo e mantes a nossa fé em deus. só isso! ROCK AND ROLL PRA VC

  56. cara que merda foi essa? perdi meu tempo vendo isso.
    cada um tem sua cultura seja senguindo deus ou o satan, se a pessoa segue o satan é por que ela qué e não por que foi induzida. exemplo vc cresceu sendo induzido a criticar o rock desse jeito, ta na cara, por que do jeito que escrito você nunka foi em um show de rock pra saber, só fica na sua igrejinha e fica engolindo palavras de merda do seu padre ou pastor, qé ver uma coisa horrivel e degradante? vai em um show de funk e veja ass muheres se entregando para a luxuria e o prazer sexul, e todos usando drogas, vai lá seu imoral e idiota affs perdi meu tempo lendo esse lixo muito obrigado ein

    1. eu concordo plenamente, na minha opinião estes tipos de musica deveriam ser todos proibidos pois não são de nada pedagógicos, nem adequados aos adolescentes

  57. evandro camargo

    rock origina-se do jaz que por sua vez origian-se da musica classica, para se tocar rock ou qualquer estilo de musica tem se obrigatoriamente que estudar as musicas classicas, tocar guitarra nao e tao simples pois tem se que estudas anos de conservatorio para se tocar hav metal, pois tem muita subida e descida de escala, e so se sabe escalamusical estudando, apenas os anjos caidos se aproveitaram disso para deturpar uma coisa de Deus

  58. E a música eletronica, onde se encaixa? seria uma influencia positiva ou negativa?
    Particularmente gosto muito deste estilo e em festas quando danço me sinto mt bem..

  59. Dário Júnior

    Bem prezados,

    Tão claro, tão simples mas ao mesmo tempo, tão inintelígivel para muitos que estão sombreados pela ignorância que é indisposta a ser transmutada em conhecimento. Prezados da Gnosis parabéns pelo texto é atual, útil e com certeza ajudará muita gente… contudo só é lamentável que após analisar alguns dos comentários anteriores, fica evidente a efetividade daquela velha frase que, torna claro o motivo pelo qual nem sempre certas coisas recebem o seu devido valor, ou seja, eis a frase “não dê perolas aos porcos, para que não suceda que eles as calquem com os pés, e que, voltando-se contra vós, vos dilacerem” (fonte novo testamento).

  60. Eliana Márcia

    Olá, boa noite!
    Lendo o artigo publicado sobre a influência do Rock, solicito o envio de grupos de rock considerados satânicos e de músicas realacionadas a esse artigo.
    Desde já agradeço
    Abraços

  61. Sou músico. Estudei violão clássico. Sabe? Musica erudita. Gosto de tocar musica erudita, mas ouço apenas quando toco. De resto, ouço (e gosto de ouvir) desde um jazz calmo ou um blues até um metal. Entendo sua crença nisso de universo, de espírito e tal, mas generalizar o rock, o metal e as variáveis de ambos estilos, é no mínimo intolerável. Claro que muitos do metal são satânicos, e principalmente, porque quando se fala em “metal” já vem aquelas imagens de um cara gritando que nem um louco (estilo, Death Metal do qual não gosto), mas nem todos são assim. Iron Maiden, por exemplo, trata de vários temas (guerras, religião, situações políticas e atuais do mundo), com letras que são pura poesia. Sei que você vai falar da tal música “The Number of The Beast”, mas antes de tudo, a música fala sobre uma pessoa presenciando um ritual satânico, que foi o pesadelo que um integrante da banda teve, após ter assistido à um filme conhecido como “A Profecia”. A música também chamou atenção da igreja, que ficou tão aterrorizada com algumas citações da letra, que mal perceberam que esta tratava de uma profecia bíblica abordada em muitos sermões em instituições religiosas.
    Essa fama de “mau” do heavy metal e do rock vem principalmente da mídia, que uma vez que acolheu esse estilo e fez seu sucesso, também acusou tais estilos de diversas coisas, como apologia à violência, uso de drogas, etc. Outra banda de metal que eu gosto é Metallica. As letras falam muito sobre o ser humano e seus pensamentos, o ego humano, etc, mas também têm muito do sentimento de James em muitas músicas, principalmente aquelas que falam sobre sua mãe, e sobre a morte dela.
    Existe também, o chamado “White Metal” que são bandas de metal “cristão”. Não curto só metal, curto Lynyrd Skynyrd, Guns N’ Roses, Bon Jovi, Zakk Wylde, Jimi Hendrix, Eric Clapton, Steve Vai, Carlos Santana, Whitesnake, Kansas, Bad Company, ZZ Top, Extreme, alguns “country’s” e outros mais. Como pode ver, tem um pouco de metal (nada de gritaria), hard rock, classic rock, guitarristas “com carreira solo” ótimos, southern rock, etc…
    Como qualquer forma de arte, o rock e o metal (com “rock” e “metal”, estou generalizando todos os seus subgêneros) é uma expressão, e dizer que ele está ligado à violência e que os outros estilos não, é a mesma coisa que dizer que uma pintura de Pollock é criadora de perturbações mentais, enquanto que a Monalisa de Da Vinci não: é simplesmente não faz o menor sentido. Não se deve ligar um tipo de arte a um determinado comportamento humano na relação causa/conseqüência.
    Percebemos que a violência, a ignorância e a alienação não são ligadas a práticas culturais ou musicais, sejam elas quais forem. Esses males são frutos da própria natureza humana, que, infelizmente, a modernidade ainda não conseguiu superar, e são tonificadas por outros aspectos como desigualdade social, intolerância religiosa e cultural e escasso diálogo.
    Não são as músicas que fazem as tragédias, mas o próprio homem, e culpa-las por isso é ingenuidade e falta de senso. A arte simplesmente reflete pensamentos, idéias, fatos, opiniões; não é agente causador de conflitos ou apaziguamentos. A arte denuncia; não comete. E por isso, deve ser respeitada, seja qual for o seu método de esclarecimento.
    Sei que você respeita, não estou te julgando, mas essa é minha opinião. Também respeito sua opinião e sua escolha de crença e gostaria de ouvir sua parte sobre o assunto.
    Abraços.

    1. Que bom que você disse respeitar opiniões distintas da sua. Nossas opiniões não são baseadas em gostos pessoais, crenças cegas ou fanatismos e sectarismos religiosos.
      São baseados em experiências clarividentes de diversos estudiosos de diversas linhas esotéricas (como Samael Aun Weor, Rudolf Steiner e Geoffrey Hodson).
      Como você deve ter percebido, há inúmeros posts de pessoas que se sentiram ofendidas por seus gostos serem criticados.
      Mas o rock, em suas nuances mais grotescas foram somente criticadas, à luz do esoterismo, e nossa intenção não são ofensas pessoais ou discriminatórias.
      Reafirmamos, sem nenhuma sombra de dúvidas, que o Caminho Esotérico (ou seja, o Caminho de quem quer trilhar a Senda da Espiritualidade autêntica, e não simplesmente ser um simpatizante de misticismos ao estilo “new age”) requer COMPREENSÃO PROFUNDA, RENÚNCIAS E PURIFICAÇÃO (e ouvir música de qualidade superior é uma forma poderosa de purificação…).
      Que cada um siga seu caminho.

  62. Só detalhes q afastam as pessoas interessadas em crescer espiritualmente.. radicalismo… como todas as seitas, religiões e o quer mais q seja….

  63. Amigos, não estamos falando apenas de ritimo, compasso, tempos musicais e sim de sua intençao. Há músicas com intenções de degrenir figura da mulher, da família, incitando ódio e violência,tão como a auto-entrega a danosa droga (como algumas músicas funk e rap). Lógico que não estamos falando apenas de rock. Há muitas músicas rock que mais parecem sinonias clássicas, como algumas bandas da noruega e europa em geral, que falam de sua tradição e muitas vezes de seus deuses de forma poética e inteligente. mas algumas pessoas usam a música justamente com a intenção de destruir ou se auto-destruir, exaltando muitas vezes até o suicídio. toda música gera uma vibração interna de acordo e isso não só o esoterismo afirma, mas também a ciência. mas todos somos livres, com osomos livres para ler este site e dar nossa opinião, mas criar diverg~encias exaltadas sobre o assunto em questão é inútil, pois omundo já está cheio de guerra para tudo.

    eu creio que este site tem como única bandeira informar, não agredir. obrigado a todos

    1. Claro que a intenção não é agredir, nunca… Mas dizer a verdade sobre os Mistérios da Música ofende muitos leitores.

      Concordamos com você de que há certas bandas de rock que têm estilos agradáveis, especialmente os ligados aos ritmos étnicos. Isso faz parte da RELATIVIDADE DO UNIVERSO (em todo bom há algo de mau e em todo mau há algo de bom; e o mau não é absolutamente mau nem o que é bom é absolutamente bom… há graus e graus nisso).

      Mas no geral, o rock em nada contribui com o crescimento espiritual.

      1. ola!gostaria de ir direto ao x da questão,ggoso musical àparte…
        O rock eh composto,quase que na sua totalidade,por instrumentos de corda,e percussão,ou seja:elementos água e terra,exessivamente,o que poderia sobrecarregar os meus centros,acarretando em uma série de efeitos colaterais,físicos,e espirituais,desalinhando os chakras,etc?
        Gostaria de saber exatamente o que acontece,para saber como devo lidar com tal fato,pois não pretendo abandonar nem o rock,e nem a gnose..
        Grato pela ajuda!!

  64. Queridos amigos.Vós sois um dos poucos sendeiros que ainda existem para a doente “humanidade”.
    Sou músico e escritor esotérico.
    Na minha adolecência foi um destes perdidos contaminado e seduzido pela música dita satânica.
    No primeiro momento que entrei no “circulo maldito” de tal música, muita coisa estranha passou a acontecer em minha vida:
    Passei a ter muita má sorte em pequenas coisas da vida, como nos estudos (parece que algo me “travava’); no trabalho (como que se minha “luz” não brilhasse para o trabalho); nos relacionamentos; na saúde; nos pensamentos, sempre negativos e depressores.
    O ódio parecia brotar em meu íntimo com muita facilidade e para afogá-lo, partia para o uso desaserbado do álcool.
    Para completar minha desgraça, tinha visões noturnas de seres negros,com suas caras ossudas que vinham até minha cama me sufocar, sempre cobrando-me com palavras malditas que só podeia eu ouvir no nível da mente, que dizia:”Entregue-se já”. Muitos destes relatos esponho em minhas obras para advertir as pessoas, pois acredito ter estragado minha vida por um bom tempo.

    Então o que quero saber é se eu atraí estas entidades e se ainda há possibilidade destas estar me acompanhando (mesmo não querendo), em vista que mudei a muito tempo meus gostos musicais?
    obrigado desde já.

  65. Esse texto me fez ficar com medo desse site, eu acho que vocês deviam pedir pra MÃE DIVINA eliminar esses eus do fanatismo e da superioridade…

  66. Fundamentalista e preconceituoso. Tchaikovsky – Tentou suicídio e tinha instabilidade emocional. Beethoven – Bebia e tinha ataques de violencia. Por acaso estes ilustres compositores eram roqueiros? As grandes tragédias, revoltas, guerras e comportamento sexualmente abusivo (vide a história da Assíria, Roma, Sodoma e Gomorra) eram regados a rock, heavy metal, punk, hardcore? Antigamente as pessoas ouviam liras, harpas, flautas, e nem por isso eram mais espiritualizadas e conscientes. Sou roqueira com orgulho, não bebo, não fumo, não uso drogas e não sou SATANISTA.

  67. sebastian lopes

    toda vez q assisto a rede globo, olho para logo, e vejo a bandeira do homosexualismo. tenho certeza q ela apoia a ideia. Quando tento mostra aos meus familiares, dan rizadas de mim achando q e paranoia da minha parte,ja os amigos acreditam e aceitam o sistema dos manipuladores des mundo. a ideia do sistema aparece em um filme chamado idiocrazy.

  68. carlos santos

    Ritmo,compasso,notações,musica,tudo é puro.Não devemos esquecer aqui que o valido é a intenção de quem as produz.Como muitos de vós buscadores sabem usa-se a musica,as imagens e as mensagens para influenciar massas.Tomemos por exemplo comerciais de tv:Você sabia que se vc gravar um qualquer,e após reproduzi-lo em camera lenta,aquels luzes e imagens que piscam contém mensagens induzindo vc a comprar o produto.Ou vc acha que coca cola é tão bom assim.Tanto televisivamente como musicalmente,ou até em outdoors,tudo é disposto de tal maneira que te induz a comprar,roubar e até cometer crimes.Com toda certeza a música moderna segue este principio.Deve-se tomar muito cuidado com as coisas que vemos e ouvimos pois estão recheadas de mensagens subliminares.Portanto atenção,escolha com cuidado aquilo que te oferecem,pois pode ser o teu fim.

  69. carlos santos

    Caros amigos,paremos de olhar para o gênero musical e aceitemos a real situação.Somos todos culpados pela deformidade musical que deturpa a cultura mundial.Quando aceitamos este ou aquele novo estilo imposto por mídia onde violência e bundalele são as tematicas apresentadas como a mais sublime verdade,tornamo-nos todo cumplices desta situação.Todos temos escolha,filtrar o que ouvimos ou apenas acomodar-mos e deixar influenciar pela fada midiana.

  70. Incrível, eu estava pensando em desenvolver um artigo acadêmico sobre a Psicofísica da Música, quando encontrei esse post. Bate completamente com as teorias que tenho contemplado.
    Cabe acrescentar que a composição física dos ritmos também influenciam no comportamento egóico ou transcendente. Quanto mais rítmica (em percussão) e variante (em tons, o que é proporcionado por solos de guitarra), mais “ruidosa” é a música, alterando assim o estado psíquico do ouvinte, a começar pelo ritmo cardíaco e cerebral, e desencadeando em comportamentos típicos dessa inquietação. Entretanto, quanto mais linear e sinusoidal, mais a música promove a calma e o estado meditativo, uma vez que desaceleram o ritmo cardíaco e estabilizam a atividade cerebral. Isso nos permite o desligamento do estado contemplativo físico, e facilita o estado Alfa da mente, permitindo desdobramentos conscientes e elevação energética. Enfim, está tudo relacionado: física, psiquê, energia. Obrigada pela contribuição, esclareceu muito as idéias que eu precisava para desenvolver o artigo. E pode deixar, o link vai constar na bibliografia!

  71. Eu tenho 14 anos e concordo com o rodrigo e a érica,eu por ser uma adolecente,eu não curto esses tipos de música sabe,eu adoro mesmo é michael jackson e outros cantores que vem fazendo sucesso antes mesmo de eu nacer,os jovens de hoje em dia só querem saber de letras que nem fundamento tem na música,se é que podemos chamar de músicas né?Bom mais eu vou deixar bem claro eu não sou contra se pessoas cutem esses tipos de música eu só não gosto mesmo,é igual eu disse eu curto é pop como astro michael jackson,isso sim é música para mim! Beijos e tchau!

  72. eu acho que esses funks cariocas são um mantra negatico, pois eles cantam e repetem várias vezes a mesma frase, geralmente de conteúdo pior que pornográfico, intuitivamente esses jovens se deixam levar pela bagunça sexual de hj em dia

  73. Acho realmente importante falar sobre a musica já q sabemos q Santo Agostinho é um dos pioneiros no assunto,Mas gostaria de resaltar também que em todas as religioes sem exeção usamos a musíca para nos conectar com a Luz,ao meu ver a musica esta relacionada com os nossos chacaras e independente da letra eu creio q ela pode nos permitir estagios fantaticos entre as sensações de maxima alegria e de muita tristeza.Gostaria que o responsavel pelo texto tambem nos falace sobre a musica de maneira mais positiva para q possamos nos valer desse privilegio

    1. Realmente a música é um alimento para os Corpos Internos (etérico, astral etc.), e as bocas pelas quais passa esse alimento são os vórtices de energia chamados no Oriente de CHAKRAS.
      A maioria das músicas ditas clássicas e new age são alimentos positivos para a Alma e seus corpos internos…
      Já o rock não beneficia em nada esses corpos internos, pelo contrário, gera vibrações egóicas que somente superexcitam…
      As pessoas confundem excitação com emoções positivas, alegria de viver, bem-estar etc.
      A humanidade atual está simplesmente VICIADA NAS SUPEREXCITAÇÕES, nada mais que isso:
      É por isso que elas preferem bebidas alcoólicas, refrigerantes, parques de diversão com brinquedos de alta velocidade, músicas excitantes (como rock e outras superficialidades), drogas, filmes violentos e altamente sensoriais… Etc.

  74. Qual a opinião e visão da gnose sobre o reggae ? Bob marley suas musicas me fazem vibrar positivamente , bob marley consiguiu a união com o cristo interno ?

    1. Só se consegue encarnar essa força divina chamada Cristo Interno por meio do Caminho Iniciático, que pode ser resumido com os chamados 3 FATORES DE REVOLUÇÃO DA CONSCIÊNCIA.
      É só estudar profundamente a gnose para aprender o que são esses Fatores…

  75. quanta falta de cultura
    procure estudar um pouco mais
    infelizmente seres menos evoluidos absorvem muito mais o lado negativo de toda a experiencia vivida
    e mais… o que eh uma musica satanica?
    um estilo musical, acordes, arranjos, notas?
    tempos?
    ou as letras as ideias e intençoes???
    qm definiu o que eh o que???
    ja ouviu falar em senso comum e senso critico???
    ou vc ainda acredita na rede globo??????
    =O
    chega

    1. rodrigo percebe que seu comentario e de numero “100”

      “POR TANTO SEM COMENTÁRIO”

      CEGO NÃO E AQUELE QUE NÃO VER,MAS SIM, AQUELE QUE SE RECUSA A ENCHERGAR.”

    2. max figueiredo

      Claro que arranjos musicais e letras préviamente estudados para provocar emoções podem nos atingir psicológicamente e influenciar de alguma maneira, como qualquer tipo de arte!
      As manifestações artísticas existem para isso: influenciar seu comportamento de alguma maneira, positiva ou negativamente. Flw!

    3. Concordo com o Rodrigo. A Música está além de significados, pois aquela não está presa a estes. Quem dá significado à Música e as utiliza de diferentes maneiras são as pessoas que ouvem, a percepção de cada um é diferente. Está na hora de deixar de dar respostas às coisas apenas com a fé e dogmas ultrapassados. Estamos no século XXI e não na Idade Média. Vamos deixar de crer em coisas no escuro, que na verdade são utilizadas apenas para controlar e manipular as pessoas. A Música não está presa de significado, sensação, idéias etc. Quem está preso nessas coisas é o Próprio Ser Humano, e este sim se utiliza da pobre coitada da Música para controlar, amedrontar, manipular e amarrar as pessoas. O problema não está na Música , e sim no Homem, que utiliza invenções boas para propósitos ruins. Não culpe a Música, esta não tem nada a ver com o que é Bom ou Ruim, Certo ou Errado. Alguém ao ouvir uma Música, deixa fluir só o que já estava dentro dele, antes mesmo de se ouvir a Música. E outra pessoa já vai ouvir e sentir de forma totalmente diferente. Tudo depende da maturidade, consciência e evolução de cada um. As percepções mudam até em pessoas que vivem em uma mesma família,comunidade, sociedade, cidade, religião, cultura, país, imagine em quem vive em tão tão diferentes. A mente, percepção e vivências, experiências de vida, de cada um é que vão dizer pra cada um se faz mal ou bem, se é certo ou errado, se é isso ou aquilo, ou mesmo se não é nada.

  76. Olá, achei muito interessante o texto e sempre soube da influência no campo das vibrações que a música causa em nós, porém, apesar de músico(amador), e espiritualista(iniciante), eu não sei definir se tal música afeta positiva ou negativamente o nosso espírito, embora alguns gêneros sejam bem óbvios como música clássica/new age e punk rock/funk…
    Gostaria de saber o que acham da música reggae(não me refiro à letras…), e também da música eletrônica(exceto os gêneros POP)
    E gostaria também de saber o que acham do som do Didgeridoo(instrumento musical aborígene australiano)
    Toco didgeridoo e acho o som transcendental, a vibração me transporta à um estado de consciência com certeza mto mais elevado, e me permite cessar mais facilmente os pensamentos e dominar a mente enquanto o toco…
    Agradeço a compreenção

    1. Olá, Thiago. Realmente estudar os Mistérios da Música é estudar a força primitiva usada pelos Deuses/Arcanjos para a criação do Universo, da Natureza e do próprio Homem.

      A música é hoje vista somente em seu aspecto lúdico, como se diz por aí, como “curtição”.

      A música altera as ondas de energia do cérebro, afeta os chakras de nossa constituição oculta. Etc. etc.

      Mas raras são as pessoas que que levam a música a sério, no seu sentido mais transcendental. Como sabemos isso? É só ler as inúmeras respostas deste post…

      O Didgeridoo é um instrumento que se assemelha à trobeta tibetana. Ela ativa determinados chakras e isso nos ajuda na meditação profunda. Parabéns…

    2. max figueiredo

      Compreen”S”ão!!!

      1. max figueiredo

        HEILEL, que “meda”!!!! Esse não é um nome de uma demônia?
        KKKKKKK Brincadeira (de mau gosto)

  77. Você não acha um pouco clicê caracterizar o rock como satânico?
    Está parecendo um cristão. Sempre inconformado com a crença ou a falta de crença dos outros.

  78. Existem alguns ritmos musicais que deixaram de ser citados e que realmente aqui no Brasil fazem parte de nossa realidade no caso seriam os ”FUNKS” que mesmo muitas pessoas sabendo que são extremamente ligados ao crime ou a orgia não conseguem deixar de ouvir.Mas isso é realmente devido ao ritmo que deve realmente mexer com os centros da maquina humana e que são considerados extremamente contagiantes,por isso,muitas pessoas sabendo que é o errado não conseguem parar de ouvir elas.Tem até uma musica que fala ”é som de preto,de favelado,mas,quando toca ninguem fica parado” isso quer dizer que elas mexem com o centro de qualquer pessoa,mas,eu sei que muitos as detestam.A maioria das musicas de agora falam de dinheiro,carro,mulheres e joias,mas muitas pessoas vão simplesmente pelo ritmo,porque,muitas vezes não se é possível ver as letras ou muitas vezes ficamos encantados com os clipes.As musicas eletronicas apesar de muitos gostarem,inclusive eu, muitas vezes usadas na rave para incitar o uso de drogas como o extase.A maioria de nós deve ter muita difiuldade para ouvir uma musica classica porque não são enfatizadas por essa geração e pela nossa cultura,ainda,mais que a nossa população esta condenada a alienação.Os europeus devem ter muito mais facilidade do que nós em população em geral para ouvir a música clássica,porque,faz parte da cultura deles e são mais disciplinados.Eu particularmente gosto de musicas eletronicas e de black,mas,aos olhos de Deus teem muitas coisas que a gradam ao ego e nestes tempos vamos pastar para nos desapegar das coisas mesmos sabendo que são erradas,mas,mesmo assim devemos analisar o artigo publicado e nos concetrar nas musicas para ver a sutileza da “nteligencia sagaz” que pode trabalhar em cima delas até nos níveis um pouco menos sutis da mente.

    1. Corrigindo o final da ultima frase estava falando dos níveis mais sutis e não menos sutis da mente e tambem ” inteligencia sagaz” que faltou um “i” .Me desculpem pelo erro.!

    2. max figueiredo

      Caro Guilherme, deixa ver se consigo acrescentar algo ao seu comentário!
      Com relação ao chamado “funk carioca”: acontece que o ritmo utilizado por esse gênero é algo estudado e usado desde o começo da humanidade, uma batida tribal, na mesma cadência das batidas do coração porém com uma duplicação, Vê se me entende:
      1ª tum
      2ª tumtumTUMTUM (duplicação da 2ª)
      Procure escutar e verás que é sempre em cima dessa batida , que permite várias combinações!
      Essa duplicação, sendo ouvida repetidamente e em alto volume provoca um leve descompasso do ritmo cardíaco levando o ouvinte a um estado alterado de consciência (ás vezes sem ser notado pelo mesmo) remetendo-o a uma excitação mais primitiva, carnal e ás vezes violenta e sem pudor (haja visto o que acontece em tais bailes!)
      Esse recurso era usado por xamãs, feiticeiros e pajés para obter o êxtase em suas aldeias e tribos.Flw
      Abraço

      1. É isso aí, Max, concordo com você!

    3. As pessoas que vão aos bailes de “Funk”, no geral, não vão para apreciar Música, e sim para se prostituir, usar drogas etc, assim como quem vai para o Forró nas casas noturnas. A Música aí é só um pretexto para fazer coisas que o senso comum, cristão, diz ser errado. A Música não iduz a fazer, as pessoas fazem porque querem ou porque se sentem chamadas a fazer, e se não tivesse Música fariam do mesmo jeito, pois essas vontades dependem da índole de cada um. Tem muita gente que mora nesses meios e não se deixa influenciar por isso. Agora, tire a letra dessas Músicas. Você vai ver como dá pra fazer muita coisa e só vai pensar em orgias quem realmente quer as fazer.

  79. Tudo aqui na terra e nos espaços teem suas notas musicais….sim…..notas musicais….nosso corpo fisico tem sua nota musical sintese, composta pela sua personalidade, pensamentos, ações, forma sentir, karma….e tudo isto resulta em uma simples nota musical, pode ser de alta vibração ou de densa vibração. Edifiçios tambem tem a sua nota, pontes,bairros, cidades, estados, paises, o proprio planeta e assim…..tudo. Cuidado com a musica que ouve…porque pela lei de afinidades, entropia,nivelação……seu corpo fisico e tudo que teem dentro vibrara na mesma freguencia…

    1. Nós temos que ter cuidado apenas com nós mesmos, Seres “Humanos”, pois nós sim é que temos a capacidade de fazer bem ou mal aos outros. A Música não faz mal a ninguém, o homem é que ao ouvir a Música deixa reavivar o que já viveu. A Música nem ao menos pensa pra poder nos fazer mal! Pergunte a um animal o que ele acha de uma Música que dizem ser negativa. Ele simplesmente não vai te responder nada, porque ele não pensa. Só quem pensa neste Mundo, até que se prove o contrário, somos nós. Então, como pode a Música nos fazer mal se ela não tem vontade própria? Quem tem vontade própria somos nós!!! E nós só fazemos o que temos vontade, mesmo que esta seja inconsciente.

  80. Sou musico, amo musica, principalmente erudita, metal, medieval e world music (irlandesa, francesa, etc)

    Quero me aprofundar na Gnose (sou universalista com base no espiritismo).
    Pelo conhecimento q tenho isso faz todo sentido e gostei muito da forma como foi tratado.

    É uma pena pq gosto muito de metal (musica satanica rsrs). Mas nao sabia q era. Apesar de sempre ter suspeitado e ignorado a mim mesmo (orgulho de merda rsrs)

    Compreendi q o estudo nao esta se referindo a letra, mas a sua frequencia e influencia nos corpos e ambientes.

    Ultimamente estou com problemas espirituais em casa entao so ouço new age, musica classica, world, etc. Me perguntei pq (ou melhor perguntei pro google) e vim parar aqui. :)

    Agradeço imensamente pela existencia do site. Vou começar meu estudo a Gnose por aki.

    Acho q ouvir essas musicas é q nem comer carne: um vicio cultural, prazeroso (dependendo da pessoa), mas q, cedo ou tarde (ñ necessariamente nessa encarnação) todos despertamos e purificamos um pouco mais nosso espirito se abidcando desses males. Assim como o sexo desregrado para alguns, dentre varias outras coisas.

    Obrigado… valeu mesmo :)
    Abraço

    1. O “problema” está em cada um de nós. Utilizamos de pretextos como a Música para ter quem culpar. Mas as doenças estão apenas em nós. As vibrações e frequências vão agir de forma diferente em diferentes pessoas, tenha certeza disso, pois somos diferentes uns dos outros, cada ser é único. A mesma Música que te faz sentido em um momento ruim da sua vida e que te põe pra baixo, pode causar sensação totalmente diferente em outra pessoa. E em um outro momento pode ser que essa mesma Música para você faça um sentido totalmente diferente do antigo, ou mesmo não faça mais sentido. Uma vez te lembra coisas ruis, outra vez boas, outra vez outras etc. Essa visão gnóstica da Música é muito egoísta, pois mostra a percepção de uma ou poucas pessoas que se identificam, em determinado momento da vida, com ela e que as fazem sentido. E é egoísta porque não serve para todos, assim como muitas outras visões de mundo. A percepção de cada um e suas vivências é que vão dizer o que faz sentido, mas é bastante equivocado dizer que que isso é certo e aquilo é errado, isso é negativo e isso é positivo, pois cada um pensa, age e sente de forma diferente.

  81. Meu e mail para contato é [email protected] Mandem me email pra conversar sobre o tema influencia da musica e outros temas interessantes.

  82. Este artigo sobre musica é importantssimo,apesar de mtas pessoas terem achado que a musica nao influencia as pessoas,eu concordo que influencia sim,pois se a pessoa nao esta legal e so ouve heavy metal,vai se deixando levar palas mensagens da letra e tbem o som pesado afeta toda a estrutura do corpo dela.O mesmo da musica classica e da erudita,que se ouvida com constancia,tende a elevar nossas vibraçoes,nos leva a emoçoes superiores,a pensar mais leve.Deixo mais adiante meu e mail pra quem quiser conversar mais sobre o tema.Andreia santos

    1. Muito bem, parabéns! Você está reproduzindo tudo o que a Mídia e outras formas de controle querem. Eles querem que as pessoas repitam isso, que Música boa é Erudita e o resto é ruim. Que isto ou aquilo presta, que é a moda. Como eu disse em outro comentário a cima, a doença está dentro de nós e não na Música. A Música é um ser sem vontade própria. Cada um se deixa levar pelo que quer, mesmo que inconsciente, e não porque é obrigado pela Música. Cada um, estando bem ou ruim, vai escutar de forma diferente. Até o ruim de um é diferente do de outro e o bom de outro é diferente do de outro. Não existe Música ruim ou boa, existem pessoas que gostam ou não, que se sentem bem ou não. Cada um é que vai dizer se é bom ou não. Não existe a verdade absoluta, existem pessoas que querem controlar você. Muitos dizem que é ruim ou bom só porque outros disseram que era, e/ou porque é moda. Mas você é um ser de vontade própria e pode dizer para si o que é válido ou não. Não deixe que os outros digam a você, escolham por você, escolha você mesma. Cuidado com a “Ditadura Invisível”.

      1. Aliás, nem ser ela é, porque não tem vida.

      2. Isto não tem nada a ver com mídia! Pois, se é justamente a mídia quem incentiva o gosto por músicas de tipo negativo…

  83. é isso ai, eu mesmo ouço mta musica satânica, de lilith, do abismo etc
    acho uma maravilha, é excitante gostoso e excita o carne e a alma
    recomendo só aos puros de espírito e que tem gosto pelo oculto e as trevas
    os fracos que recorrem a luz sempre, é bom ficar longe mesmo

    uma boa recomendação minha é o album Their Satanic Majesties Request do Rolling Stones

  84. È um tópico interessante mas eu senti que no meio de toda essa informação eu entendi que o autor do texto não esta olhando as coisas de uma forma musical mas sim por outro lado que não tem nada haver, primeiro vamos deixar bem claro que mesmo a musica sendo satânica ou sendo de relaxamento ou de qualquer outro estilo aqui estamos falando de musica e de técnica por mais grotesca que possa ser uma musica ela precisa de uma base eu escuto Heavy Metal Rock and Roll musica classica barroca musica medieva,l corais, musicas instrumentais e isso só enrriqueceu a minha cultura musical eu olho pelo lado técnico e a base musical mas enquanto vc olhar com essa mente humana doutrinada pouco visionária e pouco evoluída as coisas vão continuar sendo assim eu estou falando musicalmente lembrem-se agora letra do mal e qualquer outro tipo de mensagem isso não quer dizer nada é pura baboseira o ser humano ele é independente de fazer suas escolhas eu posso escutar um metal pesadissimo e depois finalizar com Enya que garanto que não vai me influenciar a nada só vai acresentar o meu prazer de escutar uma boa musica.

  85. Gostei do texto. Mas entendo que o tema exposto é música e não letra . Portanto a música pode ser satânica e a letra não. Porém o que entra em nosso subconsciente é a música .
    Por isso o cuidado com aquilo que ouvimos.
    Parabéns pelo tema.

  86. Acho excelente esse tópico.
    Além das ofensas ou do dito “preconceito” que muitos criticam, a verdade deve ser dita.
    Eu já ouvi muito rock, e daqueles Death Metal/ Black Metal.
    Não recomendo a ninguém!
    Depois que parei de ouvir, parece que minha consciência ficou mais leve!
    Não importa o que a música está dizendo, o próprio som não é bom… te deixa em uma atmosfera pesada demais e com muita identificação, a pessoa esquece o interior!!

    1. max figueiredo

      Death Metal é o fim da várzea!!!
      Não dá pra entender como é possível gostar daquilo!
      Péssimos arranjos com letras regurgitadas aos grunhidos, impossível se sentir bem ouvindo uma m… dessas!!
      Sinto muito se minha opinião irá ofender alguns fãs desse estilo, mas é tão REPUGNANTE quanto o tal “funk carioca”!
      Gosto de Ozzy Osbourne, Alice Cooper, até Marylin Manson consigo escutar pois existem melodias lógicas e interessantes em suas músicas,porém as bandas de Death Metal DESPREZAM totalmente esse princìpio básico da musicalidade em suas composições! Flw

  87. carlos santos

    Caros amigos vamos aprofundar este tema.Infelizmente vivemos em um planeta devastado,quando houve a separação do espíritual do material nosso mundo aos poucos foi perdendo sua leveza.A luz de Deus Pai já não chegava com a mesma intensidade a nosso plano.Hoje a terra está envolta nas trevas.Aos poucos conhecedores deste terrível segredo foi imposto um fardo deveras pesado,guardar por séculos o referido segredo.Estas pessoas pessoas vivendo neste meio hostil tem que camuflar sua energia espíritual, pois para confirmar suas missões devem em primeiro lugar conseguir concretizar suas missões.Um meio prático de equilibrar a balança é através da música,pois suas vibrações modificam ou camuflam a vibração.Para destruir o inimigo devemos nos aliar a ele.Não necessariamente nos tornaremos maus,pois aqui não modificamos o interior,apenas a vibração externa.Parece um tanto extranho,mas se vós refletirdes vereis que isto é a mais pura verdade.

  88. carlos santos

    Caros amigos gostaria de dizer-lhes que estes conceitos musicais que vimos nos breves comentários expostos por vós,funden-se a antiquissimos preconceitos com a musica rock em geral.Eu sou cria dos anos 90 onde o rock em geral era a tendencia do momento,que para mim ainda o é.Posso garantir-lhes com certeza que é obvio que há musicas satanistas no rock.Mas há muitas musicas que quando bem apreciadas são de uma complexidade e beleza incríveis.Tomemos como exemplo a banda metallica.Icone do metal,quando conhecemos a fundo sua obra reconheceremos o mais puro talento e muitas de suas letras,não todas,falan-nos sobre situações que enfrentamos no cotidiano e sobre fraquezas que em muitas situações enfrentamos.Mas claro,devemos aqui também filtrar.Bem não devemos olhar apenas para o rock,vejam todos as tendências atuais,todas recheadas de artistas sem talento,chebis ,bonecos sem vida cantando mensagens de violência e sexo,impulsionados pela midia que apenas visa o dinheiro e hipnotiza milhões de pessoas e as faz consumirem os produtos de seus ídolos.Talvez esta seja a verdadeira musica satânica.Temos vários exemplos aqui no Brasil,as famas relâmpago.

  89. Tereza Abranches

    Eu, hein!!

  90. olá!!!
    a musica está em tudo, tudo é vibração, até a fizica tem uma teoria das cordas para explicar o universo…

    cada ser humano é um universo, e cada um tem o seu canto singular…
    e o amor nunca se pode repetir, tem sempre um canto novo!

    é claro q há musicas q detesto, que me causam aversão, e fujo dessas más vibrações, e deixo de frequentar os locais onde é hábito esse género. mas n julgo ninguém, n devo medir o outro com minha vara, porque com ela serei tb medido…
    por isso acho q certo género de comentários são dispensáveis!

    adeus e boa música!!!

  91. Texto absolutamente tolo. Dizem-se adeptos do grande mestre, que ensina, não julgue para não seres julgados. Pois não me parece que o ensinamento tenha sido aprendido.

    Antes de classificar as musicas de satânicas e nocivas, lembre-se que é você, a sua mente que dá significado a elas. Elas em si, são apenas vibrações. É você, o julgador, que decide o que ela é!!!

    1. Tirando a bomba atomica e armas nucleares e toda a tecnologia bélica existente no planeta terra que exite hoje , a musica vem em seguida como uma das mais poderosas armas tanto de destruiçao do intelecto moral do individuo , conheço gente que ouviu a musica do raul seixas o dia inteiro e do nada si matou , pode ser coisidencia ou ,eu por exemplo ouço as musicas da rihana fico com vontade de transar , pegar a namorada e principalmente , principalmente fazer sexo com ela selvagemente , ouço musicas sertanejas da vontade de beber pra c… ! ouço musicas da kesha da vontade de virar andante pelo mundo atras de festas , fora a musica nova da shaquira loca loca , que só quem entende todas as malicias do edioma espanho sabe o que a musica ta dizendo de verdade , e o refrao descaradamente ela dis que é loca por um p… no espanhol , e a primeira frase da musica loca loca , ela dis na letra pra nao a penetrar com muita força !

  92. Sou Músico há 20 anos, e posso dizer que conhecer a liguagem musical e utilizá-la é sempre um bem para a alma, a mente e o corpo. Esse conhecimento da música é como conhecer o sentimento, é um conhecimento que nos leva a perceber as energias sutís que nos influenciam como um todo. Posso dizer que o rock e o Heavy metal me levaram à Gnose, pois saber ouvir, sentir e entender a complexidade da mensagem que o heavy metal nos traz é muito benéfico. Alguns gnósticos tem começar a aplicar o conhecimento do Venerável S.A.W., e parar de julgar aquilo que desconhecem, PRATIQUEM O NÃO JULGAMENTO, esse é o caminho. PAZ INVERENCIAL.

  93. Tenho muito interesse pela área do gnosticismo, o site é muito bom, mas o final desse texto ai.. nada haver. Eu ouço rock desde pequena, de variados estilos (punk, thrash, heavy,folk..) e durante todo esse tempo de minha vida nunca aconteceu nada de anormal em minha vida.. Sempre fui uma pessoa calma e equilibrada (e as vezes até de mais, rs!)

    Enfim, eu creio que a música não interfere muito na nossas atitudes, pois acho que quem tem a consequências de seus atos, sabe o que está fazendo. E sim, já ouvi muitas musicas de black metal, como no texto denominado ‘satânico’; E os compositores desse tipo de música, nem ‘satânicos’ são.. a maioria é ateu. Muitas bandas desse tipo de música usam esse tema como um simples jogo de marketing.. Eu mesma não acredito nesse idéia de ‘diabo’ ou ‘mal absoluto’.. Ouço apenas pela melodia.

    Quanto aos pentagramas invertidos serem satânicos, eu pediria que autor do texto procurasse saber mais sobre a real origem desse símbolo, sendo que esse símbolo já era utilizado em outras culturas, bem antes do surgimento desse ‘diabo’ do cristianismo.

    Até..

    1. O mestre Samael nunca escreveria um artigo destes, de facto!

      1. A música rock não serve, definitivamente, para o Buscador que anela a Autorrealização
        Intima do Ser.

        1. Interessante, essa é a mesma opinião do papa e de uma duzia de cardeais pilhados em escândalos sexuais e financeiros recentemente. O Rock/Heavy Metal tem inúmeras vertentes que vão de um vulgarismo plastificado e imagético de um Motley Crüe à melodia clássica e melódica de um Deep Purple. Excessos e drogas estão numa plataforma anacrônica quando se fala de rock hoje em dia. Há bandas que pregam o vegetarianismo e o não-consumo de alcool e drogas por exemplo. Uma grande parte dos musicos mais famosos do segmento são pais de familia careta e se enquadram muito mais em empresários donos de marcas milionárias do que selvagens rock stars promotores de orgias. Uso e abuso de alcool pode ocorrer até entre aqueles que nem gostam de ouvir musica. Aprecio musica classica e Heavy Metal e infelizmente preciso dizer que há muita desinformação no artigo. PAZ

  94. Esse texto é ridiculo!! Nós não somos idiotas!! Quem escreveu com certeza nunca ouviu musica nenhuma. Porque todos os tipos de doutrina querem ser o único caminho???

    1. tanto que é verdade o texto , como no clipe novo da kesha ,em um certo momento do clipe ela mostra tipo um close das unhas e em um momento se ve claramente uma cruz de ponta cabeça na unha dela, fora que no inicio do clipe uma super cruz na orelha , agora voce diz é tudo figurino , mais porque se usa tanto ? , lady gaga , madona , kesha , e varios cantores sertanejos , um exemplo “OS CHIQUES BACANIZADOS” O CARA ta com uma puta cruz preta no chapeu , a capa do disco nao aparece a cara dele só o chapeu com a cruz ! . porque entao nao si usa um outro desenho “inocente ” , esse pessoal vende a alma pra fazer sussesso , musicas mais retardas , michel telo por exemplo , luan santana , eu fico com raiva só de ouvir as musicas desses caras porque só existe promiscuidade duplo sentido e muito mais milhares de coisas que estao levando o ser humano a loucura e explosao de usuarios de drogas por todo o mundo e ninguem entende por de tudo isso .

  95. que giro, quem estuda e lê acerca da gnose não é gnóstico mas quem ouve ou compõem rock é satânico?!
    e comparar pessoas com plantas? sabiam que há uma maior taxa de suicidio entre os ouvintes de música clásica que entre ouvintes de punk rock? irónico não é? pessoas não são plantas nem cristais de água. e os Kiss não são punk rock, são glam. abraço

  96. a musica eletrônica é muito ruim também – faltou acrescentar na matéria em qual estado de involução ela se classifica ?

    obrigado

  97. Sinceramente… se não fosse pelo uso de termos como esotéricos, juraria que esse texto (principalmente a parte final com descrição dos “estilos” musicasi) foi escrio por algum pastor da Igreja Universal ou Testemunhas de Jeová…

    Em minha humilde opinião, é necessário anos de pesquisa musical para se escrever um artigo de tal porte para não soar ridículo como este texto acima.

    Concordo plenamente e tenho muitas experiências com relação a energia da música, tanto aquela gerada por suas notas, timbres, compasso e etc e as geradas pelas intenções de quem as compoem, mas o texto está soando como um texto de pastores lunáticos-fanáticos…

  98. Olá.É verdade existe músicas e músicas e disponibilidades humanas para tais, influenciam e muito as músicas no nosso cotidiano.
    Nos incute à tragédia ou ao amor.
    Tenhamos cuidado.
    Bela matéria.
    Um abraço Thelma…

  99. Jacques da Rosa

    O artigo é muito bom e sem dúvida algumas pessoas que não compreendem este artigo pois que pena – são para mim sinceros equivocados.. Tem muita gente aí com conceitos sobre a música, sobre o que é bom ou ruim, in ou out, na moda ou passado de moda… Poucas pessoas têm capacidade cognitiva superior e com Clariaudiência para compreender a diferença molecular, atômica e matemática que existe entre a Música que produz o Universo e que foi altamente compreendida e que inspirou, de fato, Gigantes Verdadeiros como Beethoven, Wagner, Bach, Vivaldi e muitos outros… Sim, compreender do que se trata a Música Superior e como dito sabiamente neste blog, e não o que muitos denominam como música que nada mais é que um lixo produzido pela mentalidade lunar que todos levamos dentro de nossa psique; é indispensavel para realmente obter o conhecimento direto….Precisamente, quem não consegue ver a estrutura matemática perfeita que existe no estilo barroco e clássico pois esta pessoa está apenas engatinhando em matéria de música e muito tem que aprender antes de dar opiniões que não passam de meras expressões de um intelecto tri-cerebrado.. O próprio V.M Samael explicou isso que foi citado acima, no texto, e afirma “en nombre de la verdad” que toda música que não esteja em Harmonia com o Universo e sirva para desenvolver o Ser, não serve ou melhor serve somente para alimentar o Ego e as paixões animais.. Palavras do Maestro… E como ele mesmo diz – nada como escutar as sinfonias de Beethoven com uma mente solar… Todos temos o livre arbítrio e podemos escutar o que bem quiser, mas, quando de verdade começamos a despertar e a compreender como o Universo funciona pois nos aborrece escutar músicas que não estão em Harmonia com o Universo – eu dou fé….De fato, escutei tudo isso durante anos do Samba, bossa nova & MPB, punk, metal, Hip Hop, ao jazz, e outros estilos.. Porém, com o trabalho me dei conta que os chacras da Clariaudiência e um emocional superior só podem ser desenvolvidos com a música que vem das esferas superiores.. Viva Bach! E abaixo a música profana… A propósito, a música dos Maestros está viva a mais de 261, no caso de Bach, ou mesmo mais de 300 ou 500 anos, no caso de outros compositores… Eu pergunto? O que podemos dizer de cantores e grupos de Rock e outros estilos mundanos, ou seja, dentro de uns 50 anos ou mesmo 100 anos – quem se lembrará deles? Em fatos, o que não tem verdade e está baseado no Ego não existe nas esferas superiores e portanto não dura, é efêmero como a Ilusão e os efeitos desta mesma ilusão… Desenvolvei seus centros emocionais superiores e seus ouvidos internos e verão que não existirá mais razão do porque debater, e a essência que logra isso estará sempre sedenta de escutar Música sagrada ou Sacra e compreenderá, profundamente, em seu Ser que o resto é perda de tempo e aborrecimento ou em outras palavras, só serve de alimento aos eus de melancolias, de apegos, de luxúrias e a outros instintos infernais/animais…
    Não se trata de convencer ninguém de nada porque aqueles que escutam a Música com o chacra do Coração e com o ouvido interno sabem onde está a verdade….

    1. Olá, Jacques.
      Respeito as tuas opiniões, pois, com certeza elas não são infundadas, mas achei esse teu comentário um tanto agressivo.
      “… meras expressões de um intelecto tri-cerebrado”.
      O fato de eu ser musicista a dez anos (como eu já disse antes) não me capacita de modo algum a desmentir o artigo.
      Jacques, assim como eu, você e o resto do mundo estamos em constante aprendizado (em níveis variados, é claro).
      Achei interessante o seu comentário sobre a música de Bach e outros.
      Para que você afirmasse essas coisas, é óbvio que você vivenciou a escuta de músicas como rock, samba, jazz, etc.
      Compreendo que o site não visa convencer ninguém de qualquer coisa que seja…
      Apenas fiz um comentário. Comentário esse, de alguém que quer aprender e compreender o Esoterismo. Simplesmente isso.

      1. Raquel, teu comentários foram ótimos e em boa hora.
        Discordâncias e divergências não são necessariamente atritos.

  100. Assim sendo,ja não sei oque ouvir!

    1. Jacques da Rosa

      Luis,

      Sugestoes de estilos superiores de Musica: Bach, Vivaldi Haendel, Purcell e outros barrocos como Corelli,…
      Classicos e romanticos…Mozart, Beethoven,Schubert, Lizt, Wagner, Mendelsson, Mahler, Haydn, Tchaikovsky, Dvorak, Brahms, etc…
      Operas- Verdi, Mozart, Offenbach, Wagner, etc…
      Musicas orientais e mantras cantados- Em sanscrito e em tibetano, zen japones,
      Cantos gregorianos e salmos em gaelico antigo da Escocia
      Gospel
      New Age quando voltados para o desenvolvimento do Ser
      Musica do Gurdjieff e De Hartmann- Para Dancas Sagradas
      Algumas musicas xamanicas quando voltadas para o Ser…

  101. Olá!

    Comecei a ler textos e trabalhos esotéricos a alguns meses.
    Sinceramente estou um tanto assustada com essa forma de pensar.
    Digo isso porque sou violonista. Estudo música há dez anos.
    Enquadrar o samba, música afro, latina, etc. como músicas que não fazem bem… É muito estranho. Até porque certas letras desses tipos de músicas tem servido para nos concientizar dos problemas na sociedade. Nem tudo nessas músicas é só luxúria.
    Estou um pouco chocada com esse modo de pensar, pois, me interesso por assuntos esotéricos.

    1. Oi, Raquel. Você deveria se assustar com a desgraça em que o mundo se tornou, e não com nossos conceitos sobre o lixo falsamente chamado “música”…
      Ler e estudar textos sobre temas ditos esotéricos não é sinônimo de Trilhar e Vivenciar o Esoterismo.
      O esoterismo autêntico é muito, mas muito mesmo, exigente quanto à nossa vida, aos nossos hábitos, em todos os sentidos. Requer-se uma mudança total na vida, se é que temos consciência da necessidade de uma Mudança Interior… e a música é tão somente um pequeno item dessas mudanças.
      Espero que continue a estudar profundamente os demais textos gnósticos e perceba que não estamos aqui divulgando brincadeiras e autoenganos, abundantes no pseudoesoterismo…

      1. Agradeço muito por terem me respondido.
        Entendo perfeitamente que ler e estudar temas esotéricos não é praticar e vivenciar o Esoterismo e estou ciente de que quem está divulgando esses trabalhos esotéricos não está brincando.
        Tanto conhecimento que vem sendo acumulado a séculos jamais seria produzido por pessoas que não merecessem confiança. E quero que vocês compreendam que o fato de eu ter afirmado estudar música e ser violonista há dez anos não significa que eu me ache capacitada para afirmar ou desmentir o Esoterismo.
        Estou aqui para aprender mesmo. Somos eternos aprendentes, mesmo aqueles mais avançados no assunto.
        Isso está claro! Agora uma coisa me chamou a atenção e peço esclarecimentos. O artigo dizia que o samba, a música afro, latina, etc. estimulam os ouvintes a rebolar os quadris.
        Ora, nesse site há um cd de música árabe à venda. A música árabe é muito usada para a dança do ventre que numa linguagem bastante simples, é usada para “remexer” os quadris.
        Como fica essa questão?
        Aguardo respostas…
        Um abraço,
        Raquel.

    2. oi Raquel!!!
      sim é estranho, mas não é o conteúdo da letra e sim o ritmo, a batida da música… é isso que faz incitar luxúria e outros pensamentos e emoções do ego…

      1. Olá, William!
        Agradeço por ter feito um comentário a respeito da mensagem que mandei.
        O conteúdo do artigo não diminuiu a minha sede de aprender sobre o Esoterismo.
        Um abraço,
        Raquel.

  102. Gostei do artigo e fiquei com uma dúvida: os ritmos afrolatinos, salsa, zouk, samba, enfim, tão bons para a prática da dança, levam ao desequilíbrio dos chacras? Acho isso contraditório, pois os chacras são vórtices de energia em movimento. Quando dançamos, desbloqueamos certos anéis de tensão, o que libera a passagem de energia por aquele plexo. Portanto, em relação a isso, fiquei meio triste, pois amo dançar ritmos latinos e me sinto muito bem com essa prática. Só não sabia essas músicas são ‘involutivas’. Paz e luz para todos! =)

  103. OLA PESSOAL,

    OBSERVEI QUE ESTE ASSUNTO CUTUCOU O EGO LÁ NAS PROFUNDEZAS DOS INFERNOS ATOMICOS DE VARIAS PESSOAS. LEMBRANDO QUE A GNOSIS NÃO É DE FORMA ALGUMA UM ENSINAMENTO PARA AGRADAR O EGO E SIM PARA ELIMINÁ-LO. MEU PONTO DE VISTA É MUITO SIMPLES, SE QUEREMOS DESPERTAR A NOSSA CONSCIENCIA, VAMOS APROVEITAR OS ENSINAMENTOS DO SITE E SE NÃO PARA QUE PERDER TEMPO AQUI SE PODEMOS ESTAR NOS SITES DE ROCK !!!!
    AH, E ESSE RAPAZ O LUCAS DEVERIA FAZER UMA REVISÃO DE CONDUTA, O QUE NÃO SE ENCAIXA NOS CONCEITOS DELE NÃO SERVE PORQUE É PRECONCEITO ETC. E ELE FICA TODO NERVOSINHO. LEMBRE-SE RAPAZ ” CADA UM SE DEFENDE COM AQUILO EM QUE É MAIS FORTE, O SÁBIO DANDO ENSINAMENTOS E O IGNORANTE DANDO PATADAS !!! ”
    UM ABRAÇO,

    ICARUS

  104. Olá pessoal!!!! Tenho uma dúvida: fale-se sobre a influência negativa de determinados ritmos, e cheguei a ler os artigos sobre o Beetho e o Mozart, mas o que dizer sobre compositores como Liszt, Chopin, Brahms, Igor Stravinsky, Schoenberg, Jhon Cage, Philip Glass, Jean Sibelius, (para citar alguns exemplos notórios)?

    1. Baseando-se na sabedoria gnóstica, caro amigo, você mesmo pode efetuar estudos críticos tanto da obra quanto da biografia pessoal de cada compositor, seja ele clássico, seja moderno etc.

  105. Também há,segundo meu conhecimento, que se voce girar o cd ao contrário vai ouvir a verdadeira mensagem, a qual vai penetrando na mente das pessoas(de certos conjuntos e cantores. Voce pensa estar ouvindo uma letra voltada para a paz ou outro assunto e o que ela diz é totalmente o inverso, fala extimulando o mal nas mentes ainda imaturas as quais não tem ainda defeza própria.

  106. Olá!
    Infelizmente sou obrigada a concordar quanto ao Rock e suas vertentes em geral serem de nível satânico. Porém é importante saber que há muitos grupos que utilizam deste estilo para propagar boas mensagens, ilustrando: “roubar o fogo do Diabo” – sei que o Mestre Samael usa esta expressão em outro sentido.

    Também é conveniente expandir o conceito de música involutiva, pois há muitos outros estilos que ocultam a intenção negativa e muitas vezes perversas, pois superficialmente parecem belas, singelas, inocentes, sutis e doces.

  107. Artigo mal formulado e preconceituoso.
    Este é o primeiro artigo que critico neste site e pelo jeito não sou só eu que não aprovou o texto..
    O texto está muito mal exemplificado e generalizaram estilos músicais como do “ego” e “satânicos”.

    Até entendo e concordo em parte, que éstilos como trash, punk e quase todos os hard rocks são satânicos.. Mas o texto está tão mal escrito que pode ser entendido como todo o “estilo rock”, onde entram muitas bandas famosas que fazem exatamente o contrário do satanismo.
    Como um exemplo eu vou citar a música “Imagine, de John Lennon”, uma música que desperta os sentimentos mais positivos e é do estilo rock.

    Gosto muito deste site, ele sempre escreve artigos excelentes, gostaria de uma resposta aqui ou no meu e-mail. Obrigado!

    1. Meu caro celino.

      Dando uma pequena olhada em todos comentários,em vários artigos do site,podemos ver que este artigo sobre a “musica e suas influencias”e o que mais criou um tipo de reação nas pessoas.

      Creio caro amigo,que o site não se preocupou em agradar ou desagradar alguém quando escreveu o artigo mas sim,colocar suas reais expressões sobre algo que acontece com estas realidades musicais e suas vibrações.

      Se você observar vai ver,que as resposta da equipe gnoses-online tenta ser imparcial nas respostas para que não crie nem um tipo de conflito,respeitando a opinião de todos e suas preferências seja qual for.

      A verdade sobre o que você Le e vive só depende de como você vai ver e aceitar a aquilo que toma como realidade. Ou não.

      Creio que este artigo serviu para muitas gente que nem mesmo expressou seu comentários,e também serviu de válvula de escape para muitos sentimentos reativos.

      Em fim,o artigo em si prova o que acontece na pratica quando somos suscetível a questões que vibre em polaridade opostas como o conteúdo deste artigo.

      Parabenizo a equipe gnosisoline por este artigo e muitos outro do site que e de grande valia ao conhecimento profundo.

  108. Excelente o texto, muito instrustrivo para quem deseja trilhar o caminho da evolução do ser!
    Quem não deseja, pode continuar escutando, não precisa se ofender.
    Afinal de contas, sempre podemos escolher, “ser ou não ser”.
    Abraços a todos!

    1. OLA CELINO,

      FAÇA UMA ANALISE REFLEXIVA E VEJA QUAL É A MOLA SECRETA QUE TE IMPULSIONA A ACHAR O ARTIGO PRECONCEITUOSO. SE VOCE É UM ADMIRADOR DO ESTILO ROCK, TUDO BEM, MAS DAI A QUERER A ACREDITAR QUE É UM ESTILO DE MÚSICA SAUDÁVEL É DEMAIS !!! TENHA PACIENCIA !!!!! O PIOR CEGO É AQUELE QUE NÃO QUER ENXERGAR !!!!!

      UM ABRAÇO,
      ICARUS

  109. Seu comentário sobre o estilo musical “Metal” está extremamente equivocado e preconceituoso, parece até texto católico. Pois são muito poucas as bandas que tratam de satanismo e magia negra e poucas também são as pessoas que se sentem atráidas por estes assuntos diferentemente do funk, rap e o hip-hop que são verdadeiras apologias a criminalidade e vadiagem.

  110. Adorei, otima matéria

  111. Concluo que as pessoas levaram o texto para o lado pessoal (do Ego), ou seja:
    – EU GOSTO DE ROCK, como assim satanista?
    Também gosto muito, mas tenho que ter a consciência que tudo nesse universo é energia (você, eu, máquinas e com certeza as músicas). E toda energia emite vibração (positiva, negativo). A música tem um poder enorme: Percurssão é utilizada em terreiros afros para se alcançar transes. Músicas são utilizadas em cultos evangélicos também, para o mesmo proposito, transe. Até bater palmas é uma chamada energética. (batemos palmas nos parabéns, Tibetamos batem palmas para afastar maus-espíritos).
    Mas não esqueçam de um princípio básico:
    Deus criou TODAS as coisas do universo.
    E se o Mal e o Bem jogassem uma partida de futebol.
    DEUS seria o estádio.
    O MAL existe unicamente em nossos próprios corações.
    O homem é o próprio mal.
    Quem são os espíritos obsessores que caminham na terra? Homens desencarnados. É o capeta? Não.

    Belo post e uma ótima discussão. Mas temos que tirar nossas vestes pra se elevar. Também gosto de rock.
    Vigília.

  112. Fernando Gonçalves

    Muito tempo antes de eu ter lido este texto nem nada parecido, eu “sentia” muito no meu íntimo que a música dos Iron Maiden era profundamente satânica, ainda para mais complementada com toda a horrível maquilhagem que eles usam, em si próprios e nas capas dos discos…
    Agora a o ler os comentários, fiquei a saber que os seus elementos “seguem” religiões cristãs; também por isso terá razão Victor Hugo quando diz que: “Deus gosta das antíteses”!
    Realmente… Não terei muito mais a dizer, apenas me lembro daquela frase de Cristo: “Quem tem olhos para ver que veja”!

  113. “Praticamente toda a música moderna é uma música involutiva composta por e para o Ego.”

    Querer se livrar do ego é o ego, e é a mais egocêntrica atividade que existe. E considerar música ‘pesada’ como algo ‘ruim’ é preconceito. E ainda há a soberba: “música involutiva”, como se só o que é gnóstico é que fosse ‘bom’, ‘superior’. Isso é ego puro, e pior, é preconceito, é o lixo que a merda chamada espiritualidade causa – separação, divisão, soberba, preconceito etc.

  114. “a pureza do coraçao depura, pois a inteligencia e a retidao da vontade faz a exatidao do entendimento’ (Eliphas Levi)

    NAO VEMOS AS COISAS COMO SAO ,MAS COMO SOMOS (TALMUD)

  115. Eu ouço muitas bandas,algumas muito interessantes,tipo Slipknot e Dimmu Borgir. A segunda mencionada é pior,nem mesmo por isso me deixo levar só pelo som,pra teria que ter um propósito pra eu ser um satanista.

  116. A propósito, creio que Thomas Karlsson, fundador e grão mestre da Dragon Rouge e tbm compositor das letras da banda de heavy metal Therion também discorde profundamente do texto.

  117. É isso que acontece quando alguem com boas intenções dentro do hermetismo se perde no túnel de Tzuflifu. A paranóia de Gamaliel, o fanatismo e a incompreensão da arte, sintomas da influência de A’Arab Zaraq.

  118. Oie..olá! Tudo bem? Agradeço por mais este post, assim como igualmente comentei no parecido do ” rock ” . São boas as mensagens, servem para refletirmos, e não ficarmos bitolados em uma só vertente. Parabéns ao site pela divulgação desses conhecimentos!

  119. Olá, eu ouço Creed, Guns And Roses e muitas outras bandas de rock. Acredito que existem sim, alguns rocks ligado á coisas ruins, mas se vocês observarem, verão que, ao ouvir músicas do Creed ou Guns, Led Zeppelin, você sente uma sensação de uma sensação de paz e amor, eu chego até a arrepiar, sinto um sentimento de amor, amando todas as pessoas, me sinto alegre…
    Eu também ouço música clássica, é um dos meus generos musicais preferidos e, ao escutá-la, desfruto das mesmas sensações que sinto quando ouço alguns “Rocks”, por isso vou dando minha opinião:
    Quase tudo tem seu lado ruim, o lado ruim é na verdade a grande parte , mas também tem seu lado bom, e é preciso procurar esse lado bom, que , infelizmente, é a minoria…

  120. ROCK AND ROLL, SEMPRE!
    Led Zeppelin me faz arrepiar até a sobrancelha..kkkkkkkkkkkkkkkk

  121. OPINIÃO;

    Sou de Bh, MG. Aqui tem uma igreja evangélica (não sou a favor de evangelismo) que só frequentam metaleiros. Músicas tão pesadas quanto músicas satânicas (black metal) que falam de Deus. Deus é o mesmo para quem toca rock, para quem toca pagode e para quem acredita. Músicas de verdade são feitas com o coração, são sentimentos.
    Se você faz uma música falando do bem com o rítmo mais grotesco do mundo, é uma música boa.
    E pessoas que escutam rock ou heavy metal são menos que pessoas que escutam Bethoven? Não, creio que ninguém que criou este site sabia qual a intenção de Bethoven quando ele criou sua 9ª sintonia. Então não depende do rítmo, depende de quem fez a música, depende para quê foi feita a música.

    OBS: O site é ótimo, mas infelizmente como toda religião, seita e qualquer outra coisa, é uma manipulação.

    Quem responde, só uma coisinha, você é sarcástico as vezes. Creio que assim quem lê só vai se revoltar, assim como o Lucas.

    VIVA A DIVERSIDADE, VAMOS NOS RESPEITAR ACIMA DE QUALQUER COISA.

    1. Cara amiga buscadora, acredito q vc não entendeu… Fatos são fatos… Se dizem q o cigarro faz mal porque é fato comprovado, não vou continuar fumando porque tantas pessoas fumam e vão achar q é preconceito!… Estude vc mesma: pegue uma planta, como a petúnia ou a cabaça, coloque em um ambiente fechado c/ um rádio tocando essas músicas. Depois, coloque a clássica… Veja o q acontece ao organismo dela em cada caso… Eu te desafio!

    2. Mas coloque as satânicas, as pesadas mesmo, q o efeito faz-se evidente!

    3. E tem q deixar por um tempo: dias… (dias de música clássica tb, principalmente Bach, não farão o mal das pesadas…)

    4. OLA MICHELE,

      DE FATO A VERDADE DÓI E TODOS FICAM REVOLTADOS, PORQUE VOCE QUE É DE BH NÃO PROCURA UM GRUPO GNÓSTICO ( QUE SEJA DE FATO GNÓSTICO ) E PROCURE PRATICAR ESTE ENSINAMENTO. TE GARANTO QUE É BEM MELHOR QUE FICAR SE ESBRAVEJANDO DEFENDENDO ESTA MÚSICA INFRA DIMENSIONAL !!!!

      UM ABRAÇO,

      ICARUS

  122. Ola nao sou do ramo mas sou de musica. duvida minha, para vcs metais seriam os instrumentos trombone de vara, sax, etc? e o piano esta entre os de cordas? e o acordeon esta entre os sopros? Nda contra to apenas querendo unir o util ao agradavel pois estudo musica apenas do ponto de vista tecnico.

  123. felipe cunha falcao

    deus ouve todas as musicas deus fes todas as musicas e nem uma musica o insulta

    1. Deus não se insulta com o lixo de pseudomúsica que vemos por aí… certamente que não. Mas que fere nossos ouvidos, isso fere…

    2. Caro Felipe, em primeiro lugar será que sabemos o que é Deus?

      Sabe por que a música de hoje é considerada a música profana no passado?

      Porque a música de hoje relata as emoções humanas e, como tal, é de diversos tipos de emoções, inclusive as emoções que geram reações negativas…

      Existe um tipo de música chamada a Música das Esferas, esta sim, só os grandes seres conseguem entrar em harmonia com ela.

      E é, sobre esta classe de musica que se trata aqui neste tópico.

      Não se trata em julgar o gosto de ninguém, ou preconceito a qualquer tipo de preferência musical.

    3. Concordo com Nousvate! Felipe, vc deveria estudar o Caibalion e os ensinamentos de Hermes Trismegistos: princípio de ritimo, de vibração, de causa e efeito, de grau…

  124. Como dizem por aí: “Lástima que sejamos tão ignorantes desses processos todos”…Dificil se isolar dessas influencias musicais nesse mundo atual…Nós temos é que sentir a musica, por que um “simples texto” não nos dá compreensão…Realmente vivemos um periodo muito dificil…

    1. Buda disse: O pior inimigo do ser humano é a Ignorância… E o maior amigo é o Conhecimento. Estudar o “lado oculto” da música abre nossos olhos para a situação catastrófica em que TODOS nos encontramos. Veja ao seu redor e medite.

  125. Quanta baboseira! Agora o funk, o rap (que idealizam o crime, o tráfico), as músicas evangélicas (que são feitas somente para agariar fiéis e enriquecer as igrejas) etc ai não são músicas negativas né? E outra coisa: Este negócio de satanismo, ocultismo, é tudo pra encher linguiça pq o diabo não existe, satã não existe, e deuses NÂO EXISTEM! São invenções das religiões judaico-cristãs para amedrontar o povo da época e assim ter mais controle sobre as massas. E isto perdura até hoje… Estudem as religiões, os livros delas e vejam quantas contradições e besteiras existem assim como as que estão dizendo. E mais, THRASH METAL é com TH (que significa açoitar) e não TRASH (que significa lixo)… abraço à todos.

    1. Caro Jefferson. Nem toda música dita clássica é positiva para ALIMENTAR A ALMA E OS CORPOS INTERNOS (etérico, astral, mental e causal), estude por exemplo algumas composições de Modest Mussorgsky e outros…
      Nem toda música dita religiosa (evangélica especialmente) é positiva, pois esta se infecta com ritmos alucinantes e “pesados”.
      É impressionante como as pessoas, principalmente adolescentes, se apegam e se deixam levar por esta “mal chamada música” rock. Mas é somente uma opinião, cada qual coma, beba e ouça o que quiser.

  126. Pedro Otávio

    Citem uma musica do Pink Floyd que realmente te faça se sentir feliz,alegre.Em sua maioria sao cancões melancólicas,que te deixam mais denso,por assim dizer.Antes da gnose eu gostava desse tipo de musica e muitas outras bem piores,mas elevei minha vibraçao e hoje se eu ouvisse novamente me causaria mal estar.
    Para aqueles que se sintirem ofendidos com este comentario,que acharem isto pura ignorancia,que busquem ao menos comprovar o que dizemos.

  127. Na minha visão , muitos destes caras que se dizem satânicos fazem isso para chamar atenção .
    E , gostaria de saber , por exemplo , a banda Flogging Molly , que une a tradicional música irlandesa ao rock , se vocês a consideram uma banda satânica também .
    Luz a todos !

  128. Não, não acredito que li isso, sério.
    Você devia ter no minimo um bom senso antes de escrever tudo isso. Procurar estudar antes de dizer esse tanto de porcaria.
    Como teria de ser a musica pra você? Musica é um modo de expressão, não hipnose. Até parece que todo musico de Rock ou qualquer uma de suas vertentes, sejam satanicos hipnotizadores. Que era você está? Estamos no século XXI, acorda, po.
    Acho que quem anda usando drogas não são os fãs de Pink Floyd não hein!?
    Além de tudo, uma pessoa que curte esse tipo de “musica satanica” pode muito bem aguentar musica clássica sim, aliás, se você não sabe até misturam a musica satanica com classica. Puts, e agora!?
    Sério, fiquei triste ao ler esse texto, porque nunca tinha visto tanta ignorancia e preconceito antes.
    Veja novamente seu contexto, esse texto tá pretensioso demais.

    1. Lucas, caríssimo Buscador. Realmente a Senda da Iniciação Esotérica é muito muito pródiga em exigências…
      A Iniciação NÃO É PARA QUALQUER UM, portanto, fique à vontade de fazer o que você sempre fez…
      Este texto é um ensinamento para quem busca o CAMINHO VERTICAL RUMO À LUZ DIVINA!!!

      1. Não amigo, equivoco o seu. Esse texto é um tanto quanto ofensivo e creio que a luz divina não é banhada a preconceito como nesse texto.
        Eu na minha posição de também compositor e instrumentista me senti ofendido por ser chamado de satanista, hipnotizador e muitas outras coisas mais. Não tenho nada contra seu exoterismo e essas outras coisas. Mas gostaria que você pensasse e reformulasse mais tua forma de escrever, deixando de lado teu preconceito.
        Eu como compositor de musicas do tipo citados como “Satanicas” também sou amante do como citado nesse blog “Guardião da musica” o Beethoven. Então acho que não há porque haver tanto preconceito e especificação. Repare que hoje em dia há musicas muito pior que o Rock. Obrigado.

        1. Lucas, sugiro a você (se tiver este anelo, é claro) estudar a Anatomia Oculta do ser humano e sobre as vibrações musicais interferem no funcionalismo dos chakras, dos corpos internos, nas células dos corpos mental e astral… quem sabe você compreenda que nossas críticas não são preconceituosas, são na verdade conceituosas (ou conceituais).
          Nós incentivamos o uso das músicas sagradas, das músicas da natureza, das músicas clássicas superiores (pois as há daninhas também), de certas músicas new age, certas músicas étnicas (africanas, americanas, irlandesas etc.).
          Certamente o rock não está nesta lista de músicas recomendáveis (para quem deseja trilhar a Senda Esotérica Iniciática).
          Peço que antes de se sentir ofendido e ferido, estude mais profundamente o “esoterismo crístico”.

          1. Concordo com o Gnosisonline! lucas, vc devia ler “Os perigos do rock”, de Salazar Bañol… e tb outros artigos CIENTÌFICOS sobre a influência de ondas sonoras em plantas elaborados por cientistas sérios…

          2. Retificando: O livro se chama “A face oculta do rock”, de Fernando Salazar Bañol. Os testes em plantas podem ser feitos por qualquer um…

          3. Fernanda, você sabia que as plantas crescem mais e melhor quando expostas a musicas como Hard Rock?
            Então me explica você ou o “Gnóstico Puro”.
            Porque as plantas crescem mais, dão muito mais flores e frutos, quando expostas a um hard rock?

  129. Pera ai, Musica satanica? Esta falando de bandas como SliPKnoT e coisa do tipo? Realmente, Acho que a musica tem o poder de lidar com as emoçoes e até com certas açoes das pessoas ,mas musica satanica?
    o SliPKnot por exemplo ja disse qual é a da banda e o por que de tudo ser daquele geito, Eles querem que todo o sofrimento e stress do Fan e essas coisas ruins, sejam jogadas para fora quando você ouve a musica, serve pra se libertar dos sentimentos Ruins e viver de forma mais livre. Ação e emoção é o que eles usam para fazer isso, Varias outras bandas fazem o mesmo de maneira diferente, Mas não acho que exista essa de MUSICA DEMONIACA. acho realmente que isso é paranóia.

  130. Discordo totalmente , pelo menos do que eu entendo ( Rock e Heavy Metal ) são poucas bandas que mantém relações satanicas, até as mais comentadas como Iron Maiden(que o baterista é evangélico) Black Sabbath , Megadeth e o Helloween que tem uma musica tão linda sobre Deus do que as que cantam nas igrejas…

    Pra mim isso é preconceito, e na minha opinião cada musica é uma musica, e naum pode ser generalizada.

    Abraços

    1. O baterista do Iron Maiden é evangélico? Mas que maravilha, nem tudo está perdido!!!

      1. Henrique Percu

        Sim, e mais dois integrantes são catolicos , e o vocalista do Megadeth tbm é evangelico, acho que não se pode julgar o livro pela capa, Rock e Heavy metal são apenas estilos, que faz ser demoniaca ou não são as pessoas

        1. A Gnose não busca ofender as pessoas ou religiões, ela está de braços abertos a todos.
          LAMENTAVELMENTE, SOMENTE POUCOS REBELDES E REVOLUCIONÁRIOS DO ESPÍRITO É QUE A ACEITAM.

  131. NOSSA! pelo amor de Deus né!? Eu ouço Rock e todos os estilos acima descritos como satanicos.. GENTE se toca ! Sou perfeitamente normal, minhas notas são ótimas, e eu que eu saiba todos os meus amigos também são assim ! Só porque existem meia duzia de alucinados que curtem esse estilo de musica não significa que é assim com todo mundo! Vocês estão vandalizando um ritmo musical muito bom e que relaxa…

    1. Que bom que você é normal, Amandinha.

  132. Alessandro Ferreira

    interessante o texto. No minimo. Antes de rele-lo, ouvi comfortably numb…observem a tradução…;

    Mais! Reflitam o nome do album do Pink Floyd: “The dark side of the mom”;

    A respeito deste album saibam que o mesmo foi propositalmente sincronizado com o filme magico de oz…

    Desculpem o erros de portugues, mas moro na França e o teclado e diferente.

    Obrigado pela atenção.

  133. E pior que as pessoas acostumam com essas “músicas” e essas “festas”, depois nem percebem o estrago… e ainda defendem seus “ídolos” com unhas e dentes! Aposto q nem conhecem a vida desses “ídolos”… Isso q é lavagem cerebral!!!

  134. Também tenho péssimas impressões do “funk” e das “haves”… As pessoas, nessas festas, parecem alucinadas! Acabam entrando em confusão, consumo de drogas, promiscuidae… Sem contar o nº de larvas astrais…

  135. pink floyd eeeeeeeeeeeeeeh diferente !!!

  136. Creio que o funk deveria ser mencionado na última categoria, bem como as músicas eletrônicas que embalam as festas “rave” atualmente.

  137. odinei de andrade

    Muito este texto,as músicas mencionadas sbslsm profundamente a psique de qualquer ser que não tenha o devido conhecimento dos estragos provocados por elas, deverriam tentar fazer uma comparação com as músicas da senda gnóstica para sentir a verdadeira diferença.

Comments are closed.

Confira também

EVENTOS GNÓSTICOS Novembro, Dezembro, Janeiro, Fevereiro

Saudações fraternas. Nestes próximos meses teremos os seguintes