O que é magia branca – Introdução

O que é magia branca – Introdução

- emMagia Branca
8192
36

Os conceitos de Magia, Esoterismo, Espiritualismo etc., sempre estiveram ligados à Humanidade ao longo da história. As doutrinas esotéricas não eram motivo de estudos de ignorantes, supersticiosos e medrosos, como quer que se acredite e aceite na atualidade, mas por uma “nobreza”que tem mantido a chama de um Conhecimento Superior. É essa mesma Tocha do supremo conhecimento espiritual a que sempre foi barreira contra a ignorância, as trevas, o caos, a intolerância.

A própria definição de Magia expressa bem sua verdadeira finalidade. Do persa Magh, que significa Sábio, essa palavra originou outras, como Magister, Magistério e Magnum. Portanto, Magia vem significar, basicamente, a sabedoria de todo o conhecimento que capacita o homem a desvendar e dominar o Universo, a Natureza e a si próprio.

Outro termo para Magia é a aplicação da Consciência e da Vontade sobre todas as forças da Natureza, não só as físicas, tridimensionais, mas aquelas que estão fora da esfera de nossos cinco sentidos. Em síntese, é a aplicação da ciência e da vontade sobre as diversas manifestações da vida. É a Ciência Total…

Origens Fantásticas da Magia

Em seu livro apócrifo, o profeta Enoch nos fala sobre as origens de muitos ramos do
conhecimento: “Quando os filhos dos homens se multiplicaram naqueles dias, aconteceu que lhes nasceram filhas elegantes e belas”.

E quando os Anjos, os Filhos dos Céus, as viram, ficaram apaixonados por elas… “E escolheram cada qual uma mulher; e delas se aproximaram e coabitaram com elas; e lhes ensinaram a feitiçaria, os encantamentos e as propriedades das raízes e das árvores.

E continua Enoch, afirmando que os Anjos caídos, ainda com bastante Conhecimento, ensinaram a arte de resolver os sortilégios, observar as estrelas, os caracteres mágicos, os movimentos da Lua, a arte de interpretar os signos, confeccionar talismãs etc. (Vide Livro de Enoch, cap. 8). Que época é essa, citada por Enoch?

Em sua portentosa obra O Timeu, Platão nos comenta que ouvira falar de uma legendária e poderosa civilização, a atlante, da boca de seu avô Crisitos, o qual ouvira do próprio Sólon ensinamentos dados a ele por sacerdotes-magos do templo egípcio de Saís.

Segundo nos repassa Platão, essa civilização, a Atlântida, foi um conjunto de sete gigantescas ilhas que ficavam além das Colunas de Hércules, quer dizer, no Oceano Atlântico. Para o sábio discípulo de Sócrates, a origem de todo o conhecimento espiritual e
mágico foi atlante.  Numa passagem do Timeu, lê-se: “Os atlantes eram uma raça de Deuses que degenerou da sua origem celeste porque se aliou frequentemente com as filhas dos mortais; por isso, Júpiter os puniu, destruindo o país que habitavam”.

Ou seja, a origem de todo o Conhecimento remonta à Atlântida, aos arcaicos períodos de nossa história, em nada aceitos pela ciência materialista de hoje. Temos como fiéis 4 depositários dos atlantes os egípcios (os quais, por meio dos gregos e depois dos árabes, foram a base de toda a magia ocidental). Temos também como filhos dessa tradição  esotérica atlante os indianos e chineses, pelo lado oriental, e os maias, incas e astecas, nas Américas.

Estudando-se as raízes linguísticas de muitos povos que oficialmente nada têm em comum, percebemos muitas palavras semelhantes, senão, idênticas. Temos como exemplo o maia e o chinês mandarim, onde foram achadas mais de 50 palavras de pronúncia e significado idênticos.

A Magia no Oriente

O Yoga indiano e suas sete modalidades e as artes marciais têm algo em comum, que é atlante. Eram considerados como disciplinas que permitiam dominar o corpo físico e seus canais de energia para um pleno reconhecimento e manipulação da Alma. Os sete Yogas são: Hatha (físico), Raja (mecanismos mentais), Mantra (palavras de poder), Bhakti (devoção e serenidade), Jnana (conhecimento superior-gnose), Karma (direitos e deveres sociais e morais) e Tantra (o mais elevado de todos).

O termo Yoga é o mesmo que religião, religare, ou seja, a arte de recriar aquele elo entre o humano e o divino, em todos os seus aspectos. Quanto às tradições marciais, sabe-se que elas foram recompiladas e reorganizadas por Bodydharma, um dos principais discípulos de Buda, que “evangelizou” a China. O Kung Fu, que originou as múltiplas técnicas marciais, tinha como finalidade dominar e movimentar as energias interiores e elementais, além, é claro, da mera defesa pessoal.

Segundo certas tradições, algumas das linhas marciais, organizadas por Bodydharma, foram: os caminhos do Dragão, da Serpente, do Macaco, da Águia, do Bêbado etc. (há mais de 360 caminhos no Kung Fu), muito semelhantes às Ordens guerreiras das culturas americanas, como veremos logo em seguida. Além disso tudo vemos a magia e o conhecimento esotérico inseridos em outros ciclos, encabeçados por Fo-Hi e Lao-Tzu na China, Son-Mon e o Xintoísmo no Japão, Kumbu na Tailândia e Camboja, o Xamanismo original ao norte da Ásia e o Budismo tântrico tibetano de Marpa, Tsong-Kapa, Milarepa e outros.

A Magia nas Américas

Os astecas, incas e maias são as culturas que mais se expandiram nas Américas. Diz-se que foram colônias atlantes e por isso eram possuidores de altíssimo e complexo domínio da matemática, astronomia, religião e agricultura. Ainda hoje suas ordens esotéricas são um mistério. Quase todos seus escritos, estátuas sagradas e mesmo seus templos e sábios, foram destruídos pelos ávidos conquistadores europeus.

Vemos algumas Ordens monástico-militares que se dedicaram ao pleno desenvolvimento das artes mágicas e de todos os poderes humanos e divinos. Entre os astecas e maias, temos os Cavaleiros Tigres e os Cavaleiros Águias (cujo lema mágico era “Nós nos Dominamos”) e entre os incas sabemos da presença dos sagrados Cavaleiros Condores. Esses sacerdotes índios nos legaram práticas misteriosas e fantásticas, tais como a Magia Elemental, o Nagualismo (estudaremos esse tema mais adiante), o domínio da psicologia interior etc.

As tradições orientais e americanas são muito complexas e de difícil compreensão e aprendizagem. Não obstante, os princípios de suas Ciências Mágicas eram os mesmos, somente o modo de expressá-los é que difere.

Plantas de Poder

Esse é um tema bastante espinhoso, dadas as suas implicações legais e morais nos dias de hoje, além da espantosa proliferação e mau uso, pela juventude, de alguns produtos sintetizados. Sob circunstâncias rigorosamente controladas, os Magos de todo o mundo, principalmente americanos, aceleravam o desenvolvimento dos poderes paranormais de seus discípulos, a fim de fazê-lo reconhecer o Mundo Oculto. Essas Plantas de Poder têm a capacidade de alterar o sistema endócrino, ativando assim todos os Chacras da Anatomia Oculta do Homem, despertando seus sentidos paranormais.

Certas ervas, raízes, cogumelos, cipós etc., possuem um poder elemental e bioquímico capazes de mostrar um mundo totalmente novo aos olhos de nossa Consciência. Esse foi um legado da Magia primitiva, infelizmente adulterado na atualidade.

A Magia no Ocidente

Um dos maiores depositários da sabedoria egípcio-atlante foi certamente Hermes Trismegisto. Certas tradições gnósticas dizem que Metraton, Enoch, Íbis de Toth e o próprio Hermes eram o mesmo Mestre, o mesmo Ser. Atribui-se a Enoch a criação dos alfabetos egípcio e hebraico, A Tábua de Esmeralda e a organização e codificação da Alquimia. Foi o fiel depositário da tradição espiritual no Tarô e na Cabala (Torá), além de ser o organizador dos Axiomas Herméticos.

Os egípcios conseguiram fecundar maravilhosamente a magia e as religiões dos hebreus, gregos, romanos e árabes. Com a posterior decadência, o Egito entregou seu conhecimento às correntes esotéricas dos árabes, denominadas de Sufismo. A expansão do islamismo por todo o Oriente, norte da África e depois pela Península Ibérica, leva a uma revalorização do esoterismo europeu.

A maioria dos sábios e ordens esotéricas na Europa bebeu da fonte súfi: os Templários, Cátaros, Rosa-cruzes, Maçons, Dante Alighieri, Roger Bacon, Francisco de Assis, São Malaquias, Paracelso, Arnaldo de Villanueva etc.

36 Comments

  1. jean carlo silva padilha

    ADOREI TEU SITE É INCRÍVEL EU ADORO LER TUDO QUE ENSINA SOBRE DEUS SOBRE SALVAÇÃO E SOBRE A MÍSTICA MAS AQUI VEJO EXATAMENTE A MÍSTICA TORNAR ESCLARECIDA EXPLÍCITA REAL DIRETA E SEM OCULTISMO OU ABSTRATISMO EU LEIO TODOS OS TEUS TEXTOS E ENSINAMENTOS DEIXADOS POR V.M SAMAEL AUN WEOR E OLHA EU DIGO A VC ELE TIROU TUDO DA MÍSTICA DO DIFÍCIL ENTENDIMENTO E TORNOU TUDO CLARO TUDO PRÁTICO FÁCIL ESPONTÂNEO VERDADEIRO CLARO SIMPLES E EU VEJO TUDO ISSO TAMBÉM EM SEU SITE SEU TRABALHO ESTA ESPLÊNDIDO PERFEITO PARABÉNS. EU GOSTARIA DE CONVERSAR COM VC EU SOU JEAN CARLO SILVA PADILHA eu gostaria de praticar todas as práticas deixadas por samael e a gnose, mas eu acho que fica difícil eu moro com meus pais etc. e uma casa de madeira vizinhos muito próximos e sempre a casa ta cheia e ninguém ia compreender eu fazendo sons vocálicos etc… então o que eu faço? peco imprimo como fazer as práticas e dou um jeito de ir para um lugar longe de tudo para praticar sempre? achar lugar longe pra ficar sozinho tranquilo parece difícil coma correria do dia a dia. o que vc me indica para eu praticar tudo vivenciar as experiências ou me tornar um adepto um caminhante nesta senda maravilhosa do mim mesmo da própria salvação e elevação do meu ser ?

    1. Jean, use um rádio, deixe tocando alguma música, preferencialmente clássica, e vocalize os mantras, de tal forma que sua voz se confunda com o som da música. Assim a vizinhança não se incomodará com as práticas gnósticas.
      Possivelmente você seja muito jovem, portanto, pratique diariamente, e não tenha pressa de nada, somente permita-se ser “trabalhado” por seu Ser Divino…

  2. Olá, Quero saber se as práticas Gnosticas funcionam mesmo com: magia prática, rituais, e tudo que o Samael ensina.

    Gostaria muito de praticar.

    1. É simples: escolha uma prática e faça-a por algumas semanas e sinta os seus resultados. Você sentirá os efeitos por si mesmo…

    2. Existe algum grau de magia prática na Gnosis Samael? Pode me dizer os graus da ordem?

      1. Os graus, as iniciações e os poderes são do Pai Interno de cada Iniciado, então no mundo físico as instituições gnósticas não conferem Iniciações, a não ser inicialmente, para se tomar noção dos níveis mais avançados dos estudos gnósticos…

    3. Irmãos, a bíblia adverte-nos em relação ás práticas de magia, não estaremos a desobedecer a Deus, e a pecar se nos iniciarmos nesses caminhos?

      1. Depende do que se entenda por “magia”… se for práticas de necromancia, magia negra, feitiçaria, despachos, mandingas, simpatias egoicas etc., os gnósticos também são contra. No entanto, se Magia for o trabalho de manipulação das forças cósmicas para o bem da humanidade e de pessoas que necessitam de cura, consolo e proteção psíquca, então a Bíblia nada tem em contra. Pelo contrário, a Bíblia é o maior manancial de práticas de Magia que se conhece.

  3. Já estudei e estudo todas as obras do Mestre Samael, é como se já fosse muito familiar e reconhecesse todas as práticas e as elimino com facilidades todas as doenças ou situações que pode me trazer danos,… tenho uma dor de cabeça infernal que qto mais prática faço mais ela doe, parece que ela tem apenas um objetivo doer … doer… e doer, mesmo assim insisto e persisto.Por favor mande algo pra me ajudar ,seja remédios, novas práticas, qualquer coisa, prometo que faço e olha que sou uma espeialista em ervas medicinais.
    beijooooooooooooos

    1. Neusa, a resposta é simples na teoria, mas complexa na execução: paralelamente às suas práticas, ore intensamente aos grandes mestres da Fraternidade Branca, especialistas em cura psíquica.
      Suplique-lhes a cura do teu CORPO MENTAL, pois quando há cefaleia constante, isso indica problema específico nesse corpo interno, que reflete em dores na cabeça…
      Leia nosso post sobre CARTA ASTRAL.

  4. Douglas Mative

    Olá GnosisOnline, Estes conhecimentos sobre Magia branca, elementais, e energias da natureza etc.. Já li coisas muito semelhantes em livros de Wicca, que seria esta uma religião pagã (assim com o Druidismo, Norse entre outras).
    Gostaria de saber se as religiões pagãs, que são muito antigas, foram desenvolvidas por Gnósticos da época ou são conhecimentos à parte, com semelhanças entre si ?
    Saudações

    1. Deve-se compreender que a Gnose é a própria Sabedoria Divina, é o Caminho que Deus e os Deuses (Anjos, Mestres, Avatares etc.) nos ensinaram (e ensinam) para nos religarmos à nossa Divindade Interna (essa religação é o que se chama AUTORREALIZAÇÃO).
      Essa Gnose ensinada em todos os tempos (e hoje ensinada novamente, porém, com uma linguagem mais contemporânea, por Samael Aun Weor) tem uma expressão tríplice:
      – Magia
      – Alquimia
      – Cabala
      Essas três expressões devem ser estudadas para captarmos o profundo significado do termo GNOSE.
      Isso que se vê por aí, praticado por diversas instituições, é um resquício da autêntica prática da Magia. Claro, tem seus méritos, mas está longe da primordial e sagrada Magia.

  5. por que no final dos ciclos continuamos tão dormentes e desligados da nossa origem e destino!que podemos fazer para abrir os olhos dos demais!
    envie-me mais e mais obrigada

    1. Alguns dizem que a evolução da nossa humanidade é uma EXPERIÊNCIA CÓSMICA FRACASSADA.

  6. carlos santos

    A verdadeira magia branca,somente é possível através da eliminação do ego.Antes será impossível realizar as verdadeiras obras do espírito. É necessário conhecer também as intrincadas manifestações da energia primordial.

  7. Olá, sempre tive interesse na Magia Elemental, porem gostaria de ser iniciado (magia elemental pura e branca). Você poderia me indicar por onde começar? E

    1. Leia as obras do VM Samael Aun Weor, único patriarca das Instituições Gnósticas (especialmente as obras abaixo indicadas, gratuitas em nossa Área Reservada).
      Nestas obras você tomará consciência de que sua própria vida, conscientemente vivida, é a própria Iniciação.

  8. NASCI EM 29/04/1968… SINTO PRESENÇA PERTO DE MIM(ARREPIOS, VULTOS, VOZES) QUE NÃO SEI EXPLICAR… QUANDO ESTOU NO TRABALHO SINTO VIGIADO,E MUITAS COISAS ESTÃO DANDO ERRADO… TEM COMO ME PROTEGER … ALGUM TALISMÃ?

    1. Vinicius, estamos constantemente rodeados de seres, entidades e pessoas desencarnadas. Algumas delas nos amam e nos querem o bem (tais como parentes desencarnados que velam por nós), mas os há também negativos, exatamente como no mundo físico.
      Por isso a Gnose ensina inúmeras técnicas de Defesa e Autodefesa Psíquica. Pesquise no GnosisOnline e pratique… para o seu próprio bem…

  9. Viviane de paula

    Com relaçao a magia branca deve se ter primeiramente o respeito com os magos pois estao em esferas de conhecimento aguçado e acima da maioria. E interessante frisar que o verdadeiro mago ele o nasce e depois e so questao de tempo para assumir seu dons diante do universo e geralmente nao se tem esforço aconteçe naturalmente sao dadivas sublime do grande mestre e dado por merecimento.Mas claro que atraves de tecnicas, plantas podem ajudar mas o mais aconselhavel que nao force a natureza de cada pessoa. Quanto a magia o mago tem duas versoes de escolha e predominar na que melhor lhe for viavel: a magia branca ela nao utiliza do poder para fazer o mal ela visa o bem estar de um conjunto seguido regras de moral e etica sempre para dar luz e nao ligar a trevas, ja a magia negra ela se liga necessariamente a trevas onde tudo e permetido para que se alcançe os objetivos egoista e anti etico dos envolvidos.Para bem finalizar diria um dom especial e dado a alguem na luta contra o mal e so assim faz sentido ser mago.

  10. Eu , nao entendo os africanos e brasileiros ate o povo indio usa buzios para consultar….quer dizer que e magia negra ? E os espiritos que incoporam e falam tudo sem precisar consultar cartas nem buzios sao espiritos das trevas ? Alguem pode explicar me.

    1. Stela, todas as formas mânticas (de previsão, por exemplo) ativam as forças intuitivas que existem em nosso interior e devem ser respeitadas.
      Já no caso da influência de entidades (seja numa religião afro, seja no espiritismo, na “santeria” etc.), isso é condenado pela Gnose.

  11. Não é de hoje que os anjos caídos controlados pelo Lúcifer tentam mostrar ao ser humano que eles são capaz de se salvar sozinho rejeitando assim A Jesus cristo e se rejeita a cristo rejeita a Deus também, lembre-se que quem criou os anjos caídos foi Deus mas por rebeldia foi tirado dos mais altos céus porem não foi tirado o conhecimento deles, mas em apocalipse profetiza a vinda de jesus e a vitória de Miguel Arcanjo sobre Lúcifer e de Jesus contra suas artimanhas de querer ser Deus!

    1. Desgraçadamente, espalhou-se pelo mundo todo, como verdadeira praga, a interpretação LITERAL do livro sagrado conhecido como Bíblia.
      Todo mundo se arvora em conhecedor do livro, mas convenhamos que todas essas opiniões, em seu conjunto, são a própria “Babilônia das confusões”.
      O Apocalipse, com seus 22 capítulos (assim como os 22 Arcanos do Tarô egípcio, as 22 letras do alfabeto hebraico e as 22 formas geométricas perfeitas), é um livro PROFUNDO, e somente estudando profundamente Cabala, Numerologia, Simbologia, Alquimia, Psicologia Superior, Cosmologia, Magia branca etc. etc…….. é que iremos compreendê-lo seriamente.
      Convido os amigos a estudarem Gnose e seus quatro braços (Ciência, Arte, Religião/Mística e Filosofia) para termos uma base sólida e profunda que nos capacite a interpretar seriamente a Bíblia e os demais livros sagrados de todas as religiões.

  12. Thiago Santos do Nascimento

    Ola,tem algum templo sagrado de artes marciais no plano astral ou algum mestre de artes marciais que eu possa invocar?Paz Inverencial!

    1. Sugerimos que ore intensamente à Mestra KWAN YIN, do Raio Chinês, e suplique a Ela ajuda, proteção e orientação sobre os templos e mestres do Raio Chinês.

  13. Este site é muito bom! Conteúdo bem explicito sobre a visão gnóstica. Parabéns!!!

  14. leandro lacerda

    Olá, durante muito tempo fui completamente cético em relação a tudo isso. Porém ultimamente sinto um certo interesse pelo oculto. Em leituras diversas, tenho notado certas “coincidências” a respeito de nomes e numeros relacionados com minha vida e as pessoas com quem me relaciono, juntamtente com outras informações encontradas em minhas leituras. A alguns anos atrás tive algumas experiências com alucinógenos, não apenas para um divertimento banal, mas para descobrir do que seriam capazes os seus efeitos em minha mente, e tive sensações naqueles momentos de que estava “enxergando/sentindo” algo que não constumamos “enxergar/sentir”, é como se tivesse tido a consciência de uma realidade paralela. Sinseramente, não entendo nada disso, e quanto mais busco informações, mas fico confuso.

    1. Realmente leandro, os alucinógenos pode abrir certas “portas” para nossa percepção. Inclusive de mundos espirituais.

      Eu ja fiz isso, mas eu realmente NÃO aconselho, pois é uma experiência contaminada.

      Existe uma certa “Lei de Atração” no Universo, pessoas e rorças afim se atraem, quando você tem uma experiência espiritual com drogas alucinógenas você vai atrair esse tipo de espírito/força. Pode ser BEM RUIM.

      Melhor voçê começar procurando técnicas de Meditação e afins, pois você terá expeiências muito interessantes, da maneira mais pura, e ainda auto-conhecimento.

      ABRAÇÂO.

    2. e conhecereis a Verdade e a verdade vos libertará….

  15. Olá amigo,

    Muito bom texto, muito interessante a “ROUPAGEM” que o conhecimento toma ao longo do tempo.

    Gostaria de destacar 2 partes do texto que vale me chamaram a meditar…

    “A própria definição de Magia expressa bem sua verdadeira finalidade. Do persa Magh, que significa Sábio, essa palavra originou outras, como Magister, Magistério e Magnum”

    “Outro termo para Magia é a aplicação da Consciência e da Vontade sobre todas as forças da Natureza, não só as físicas, tridimensionais, mas aquelas que estão fora da esfera de nossos cinco sentidos.”

    Gostaria de destacar mais 2 expressões bem conhecidas:
    OMNIA IN DUOBUS / se não me engano a outra é DUOBUS IN UNO.

    Grato.

  16. As plantas usadas no desenvolvimento de chakras são bem poderosas! Pena que hoje em dia se alguem disser ” vejo o mundo oculto graças a tais plantas”, os senhores cientistas ” detentores do conhecimento” como dizem os adormecidos, pesquisam tais plantas e dizem ” essa planta tem alucinogenos e é nociva ao corpo, causa alucinaçoes, ciencia, darwin, magia não existe e bla bla bla” e os religiosos olhariam com cara errada e diriam ” Isso é bruxaria e artes demonicas” e etc , ai ai não gosto de cientistas nem religiosos, na verdade essa não é a questao, eu não gosto de gente com a CABEÇA FECHADA e que não suporta que os outros sejam diferentes…

    1. Bom temos que ver também a diferença en tre usar uma Erva Ayahuasca em um ritual indígena e a galera mais nova fumar maconha e tomar chá de lírio.

      Não que haja certo e errado, mas existe o caminho da Consciência e o da Inconsciência, e o uso indiscriminado dessas substâncias faz as pessoas uns robozinhos…

      Devagar os conhecimentos reais vão sendo divulgados, hoje em dia pelo menos têm estudos em cima disso, até sobre projeção astral as pesquisas sérias estão aumentando, e na internet a pessoa pode descobrir pelo menos o básico do que faz bem ou mal. Continuam nos caminhos tortos quem deseja ou se afundou demais e não consegue sair.

      Ainda bem que eu larguei essas “Brisas”, um dia vou até parar de beber e comer carne, quando tiver um grande nível de auto-controle e tempo pra preparar uma comida diferente.

  17. Que legal ate que em fim explica se a origem da magia.

    1. cara, voce poderia parar de comer carne primeiro. nao vejo pq parar “om as brisas” sendo q se se tem o controle sobre o uso e da sua função nao decorre nenhum perigo.

      fumar um não pode, comer animais mortos pode? como assim?

  18. cristiangnostico

    ATRAVÉS DESTE MARAVILHOSO SIT ADQUIRIMOS FORÇA DE VONTADE PARA TRABALHAR NOS TRÊS FATORES
    MUUUUITO OBRIGADO A SEUS CRIADORES E MANTENEDORES POIS ATRAVÉS DESTE DAMOS OITAVAS QUANDO NOS PEGA O DESANIMO.
    PAZ INVERNCIAL!!!

Comments are closed.

Confira também

Magia da mirra

Myrrha commifora abissynica Quando entramos no departamento elemental