Fundamentos científicos da transmutação sexual

176
40125

Praticando-se a alquimia sexual branca, ou Kriya Shakty dos lemurianos, as glândulas sexuais permanecem sempre ativas e a juventude eterna pode ser conquistada.

A morte não existe. Existe apenas o envelhecimento das células como consequência do atrofiamento das glândulas sexuais.

O grande segredo consiste em manter as glândulas sexuais ativas, evitando sempre a perda de hormônios através do derrame do licor seminal.

Os hormônios depositados nas gônadas se deslocam de vaso em vaso através dos cordões espermáticos até chegar à próstata, sendo que esta é considerada um importante laboratório alquímico que prepara os hormônios para penetrarem na corrente sanguínea.

Com o aumento da temperatura dos órgãos reprodutores durante a cópula química, esses hormônios entram abundantemente na corrente sanguínea realizando verdadeiros prodígios. Eles percorrem todo o sistema glandular estimulando-o intensamente. Ao penetrarem nas glândulas tireoide, paratireoide, timo, pineal, pituitária, suprarrenais etc., provocam uma revolução biológica fazendo que esses microlaboratórios produzam mais hormônios renovando completamente as células sanguíneas.

Quando se estabelece dentro do organismo um processo de multiplicação de hormônios, pode-se criar um sistema de imunidade fisiológica fantástico que protege o corpo contra todo tipo de doenças.

Por outro lado, quando há um desperdício sistemático de sêmen, provocando uma redução drástica de hormônios no organismo, observa-se uma perda da capacidade imunológica que abre a porta para as enfermidades em geral.

O coito ordinário acompanhado de descarga seminal deve ser analisado, pois ele ocasiona a perda de apreciável quantidade de energia vital bem como de valiosos constituintes do sangue tais como lecitina, colesterina, fosfatos etc., que são de grande importância para as glândulas, tecidos nervosos, células cerebrais, etc.

É preciso dissociar a ejaculação do prazer sexual. Está provado que tanto o orgasmo masculino quanto o feminino debilitam o sistema nervoso central e afeta todo o metabolismo, sendo o principal responsável pela perda da juventude e envelhecimento precoce.

Milhões e milhões de dólares têm sido gastos em todas as partes do mundo em drogas e tratamentos de rejuvenescimento que somente adiam a inevitável decadência das células.

Os métodos tântricos de transmutação sexual possibilitam o acúmulo abundante de hormônios que atuam diretamente na causa do envelhecimento humano.

Há alguma coisa fora da Ordem Universal, quando, para fecundarmos um óvulo desperdiçamos seis milhões de espermatozóides!

É facilmente demonstrável que tanto o homem quanto a mulher demandam com freqüência a união sexual não exclusivamente com fins de procriação, mas por razões afetivas e espirituais. Portanto não seria anormal, neste momento histórico de grandes desequilíbrios demográficos, recomendarmos a união sexual tântrica natural, sem finalidade de propagação da espécie, em favor do Amor e da Harmonia Universal.

A potência criadora é infinita e extraordinária, pois mesmo quando se transmuta a energia sexual, com o aproveitamento total dos espermatozóides, como estes são excessivamente voláteis, sempre é possível que um deles escape provocando a fecundação.

Os antigos textos hindus denominam os filhos nascidos nestas circunstâncias de “Filhos da Sabedoria”. De fato esse espermatozóide é realmente especial por haver sido selecionado entre 6 milhões.

A idéia equivocada de que a união sexual sem a perda do licor seminal seja algo quase impossível ou contrária à natureza, carece de argumentação científica e é contraditada pelos exemplos abundantes de homens e mulheres que a realizam com excelentes resultados práticos.

Gozar do êxtase ininterrupto do intercâmbio magnético sexual é possível quando se adquire vontade e determinação para não se deixar levar pela ilusão do pseudo prazer do orgasmo.

As críticas mais freqüentes à união sexual tântrica geralmente provêm daqueles que a tentaram e, por debilidade, fracassaram. Esse fracasso normalmente ocorre por falta de informações corretas a respeito do processo de transmutação.

Há que se distinguir claramente os dois métodos: no coito ordinário, não há controle da excitação sexual, o que cria muitas vezes situações incontroláveis. Os movimentos são rápidos, violentos e convulsivos. Neste método o propósito básico é a perda de energias como uma forma de escape e distensão. No ato tântrico, os movimentos são lentos porém firmes e fortes. Tem um caráter afetivo mais pronunciado e um ritmo tranquilo que favorece a inibição da ejaculação.

Neste método se produz um alegre intercâmbio de magnetismo que pode ser prolongado sem provocar tensões nem reações violentas, como as contrações orgásticas que sempre culminam em grandes perdas de energias.

Os mais eficazes divulgadores do amor tântrico são aqueles que o praticaram e experimentaram em si mesmos, no seu próprio laboratório alquímico, e constataram os imensos benefícios da renovação das energias e aumento da felicidade e prazer sexual.

Observem como o coito ordinário geralmente tem um final rápido e imprevisto, terminando em cansaço, desgosto e tédio. Esses estados mórbidos do post coitus são a causa de sentimentos de temor, ressentimentos, vergonha e muitas vezes asco e repugnância.

O desengano, a frustração e o desgosto frequentemente ocasionam sentimento de culpa e aversão ao instrumento de prazer. Isso explica a vergonha dos órgãos sexuais.

Na remota Lemúria, enquanto reinavam a pureza e a inocência, enquanto o sexo era uma atividade sagrada, praticado em rituais celebrados dentro dos templos, os homens e as mulheres jamais sentiam vergonha dos seus órgãos sexuais pois eram instrumentos de felicidade, de amor e regozijo.

Com o advento da prática sexual involutiva proliferada pelas entidades tenebrosas luciféricas, eles passaram a ter vergonha de seus órgãos sexuais, pois estes deixaram de ser instrumentos de seu prazer e felicidade. Instintivamente sentiram a necessidade de escondê-los.

Uma grande quantidade de neuroses é ocasionada por esse quadro patológico do post coitum. Na seqüência vem o esfriamento, que provoca mais desengano, ódio, divórcio, psicanálise etc.

O coito ordinário provoca a contração das vesículas seminais produzindo a ejaculação.

O conúbio sexual tântrico ativa as glândulas e deixa em repouso as vesículas seminais. Dessa forma o fluido seminal é conservado.

Contrariando a sexologia moderna, o orgasmo ao invés de ser o ápice, a culminação da união sexual, é sua morte e seu maior desmancha-prazeres. Ele ocasiona uma gama de distúrbios inimagináveis. Afeta o sistema nervoso e predispõe o organismo a toda ordem de enfermidades físicas e psíquicas, devido ao organismo desvitalizado não conseguir resistir por muito tempo aos assédios morbosos.

Evidentemente as pessoas dotadas de forte estrutura física resistem mais. Podem até pensar que não são prejudicadas pela descarga seminal, mas como o tempo é implacável, mais cedo ou mais tarde acabam sucumbindo.

O argumento preferido para criticar a magia sexual é a alegação infundada de que esta prática é nociva à saúde por produzir um acúmulo indesejado de sêmen nas vesículas seminais.

Isso seria verdade se na prática da magia sexual houvesse repressão das energias. Se houvesse exclusivamente retenção do licor seminal.

Há três fenômenos que podem ocorrer numa união sexual:

1. Extravasamento das energias.
2. Repressão das energias.
3. Transmutação das energias.

No extravasamento, as energias se perdem, o sêmen é deliberadamente expulso, com a convicção de que essa função é necessária e “saudável”. Hoje em dia se cultua o orgasmo como sendo a fonte libertadora de todas as repressões.

Quanto à repressão, poderíamos relatar páginas inteiras da história universal que foram escritas, inspiradas em atrocidades, fanatismos religiosos, maquiavelismos políticos, sadismos etc., causados pela repressão sexual. Enclausuramentos desumanos e hipócritas, ascetas convictos equivocados por uma pseudocastidade, falsas asceses, puritanismo vitoriano marcado por terríveis sentimentos de culpa.

Tanto o extravasamento quanto a repressão afastam o homem do seu Deus Interno, da paz eterna que está dentro de si mesmo. As causas de extravasamentos e repressões são encontradas no acidente fatídico da Lemúria, a saída do Éden interno, a queda sexual fatal, o início da vergonha, do medo e da culpabilidade. Não pode haver alquimia profícua e verdadeira nesse quadro mórbido.

O terceiro fenômeno, a transmutação, significa transformação de uma substância grosseira em outra mais sutil, transformação do chumbo em ouro, e pode ser observado amiúde na natureza: as águas que se acumulam nos rios, lagos, mares, evaporam-se e transformam-se em nuvens que depois se transformam novamente em águas.

O ovo chocado pela galinha é outro exemplo interessante de transmutação alquímica. A galinha utilizando o seu potencial térmico transforma as substâncias orgânicas, oriundas do milho e rações, em grandes quantidades de cálcio concentradas na casca do ovo.

Durante o transe sexual tântrico, o fogo sexual do amor cria uma condição térmica especial que atua como catalisador, transmutando o sêmen em vapores seminais. Esse fato impede que haja acúmulo de sêmen nas vesículas seminais, contrariando as suposições dos leigos.

Do ponto de vista fisiológico, científico, convém ressaltar as pesquisas do dr. John Dervey Kellog, complementadas pelo dr. Guthrie, autoridades internacionais.

Essas pesquisas rebatem o ponto de vista pseudo científico de que as emissões voluntárias de sêmen representam uma função necessária, uma medida auxiliar de escape para a acumulação de sêmen nas vesículas seminais.

Suas investigações, confirmadas também por Goizet, indicam a existência de um processo de reabsorção do sêmen pelos vasos linfáticos que se encontram ramificados em grande quantidade nas paredes das vesículas seminais. As vias linfáticas o conduzem ao Receptáculo Chyli, no abdome, onde é reabsorvido, mesclado com os líquidos linfáticos. Após essa absorção ele sobe verticalmente pela via torácica (ducto torácico), penetra na veia subcava esquerda, e entra no sistema circulatório através do coração.

Várias autoridades médicas reconhecem a existência da reabsorção seminal mas, talvez por não terem experimentado em si mesmos, não a proclamam formalmente.

Goizet admite uma reabsorção das energias sexuais e atribui a ela o vigor físico do homem e como a causa de vivificação em homens e mulheres adultos que tenham testículos e ovários ativos. Conclui que a perda do sêmen implica na perda da força. Dessa consideração se deduz que, para se obter um grau mais alto de saúde, há que se armazenar todas as secreções sexuais.

Outra conclusão interessante dessas pesquisas é a relação entre o aumento da reabsorção e a elevação da temperatura dos órgãos sexuais. Quando se quer aumentar consideravelmente a reabsorção do sêmen, deve haver um aumento de temperatura nas vesículas seminais. Esse aumento térmico favorece a condução do sêmen absorvido pelo ducto torácico até o coração e a toda circulação.

A melhor forma de se produzir esse aumento de temperatura é sem dúvida a prática do Maithuna Yoga, cópula química sexual em que o homem e a mulher despertam seus fogos internos e condições térmicas formidáveis para a absorção das energias criadoras.

Está cientificamente comprovado que o envelhecimento da mulher está diretamente ligado à debilitação e ao mau funcionamento dos ovários.

Se houver enriquecimento de hormônios no sangue da mulher, o organismo feminino se renova de maneira surpreendente.

O segredo da conservação e renovação da juventude feminina consiste em preservar esses preciosos hormônios sexuais e isso é possível através da normalização e redução das menstruações.

Durante o período menstrual, a mulher perde uma quantidade considerável de hormônios. Com o decorrer dos anos, essas perdas vão ocasionando uma menor concentração de sangue e os ovários começam a produzir menos hormônios. Essa redução drástica na produção de hormônios está intimamente ligada à menopausa. Podemos concluir que se não houvesse menstruação, não haveria menopausa e consequentemente a mulher não envelheceria, porque os hormônios ao invés de se dispersarem no fluxo menstrual, permaneceriam em circulação dentro do organismo enriquecendo todas as células sangüíneas, conservando sua jovialidade e feminilidade, evitando-se o aparecimento precoce de rugas e outros sinais de envelhecimento.

Uma das funções básicas da menstruação é eliminar mensalmente uma boa quantidade de toxinas indesejáveis do organismo feminino. Por que as mulheres geralmente ficam irritadas e deprimidas nesse período? Simplesmente porque, devido à descarga hormonal, se produz um desequilíbrio no sistema nervoso que afeta o estado físico e psíquico da mulher.

O dr. Frank, famoso ginecologista americano, em seu livro Os Hormônios Sexuais Femininos demonstra que a mulher pode reduzir consideravelmente o volume do fluxo menstrual através da dieta e higiene, e desta maneira conservar os hormônios femininos. Quanto menos descarga menstrual, menor é a perda de hormônios e tanto mais ela preserva sua juventude e beleza.

As investigações do dr. Frank com relação aos hormônios femininos demonstraram que estes hormônios não estão presentes somente no fluxo menstrual, mas também nas membranas mucosas do útero. Isto indica que está presente na descarga da mucosa que acompanha a menstruação. Por isso, quando a mulher sofre de leucorréia há uma debilitação do sistema nervoso e do cérebro. Essas secreções são ricas em lecitina, colesterina. fosfatos (tal como no sêmen masculino) e sua perda faz com que estas substâncias sejam retiradas do sangue e, por último, dos tecidos, dos nervos e do cérebro, que necessitam delas para sua nutrição.

Portanto, além de reduzir o volume do fluxo menstrual, nesses casos é necessário curar-se a leucorreia.

Segundo o dr. Frank, essa enfermidade pode ser curada com a mesma dieta e higiene que são eficazes para diminuir a menstruação. Recomenda uma dieta pobre em proteínas animais e rica em verduras, legumes, cereais etc.

Esse pesquisador descobriu que a quantidade de hormônios sexuais femininos no sangue circulante da mulher varia em cada ciclo menstrual. Apresenta-se um aumento brusco entre o 10º e o 15º dias, contando desde o primeiro dia da menstruação, quando acontece a ovulação. A maior concentração de hormônios ocorre no primeiro dia de menstruação. Com o princípio desta, esses hormônios diminuem bruscamente na circulação, por causa da sua perda (mucosa e sangue).

Os hormônios sexuais femininos se encontram no sangue menstrual numa concentração 4 a 6 vezes maior que no sangue circulante, devido ao acúmulo local desses hormônios na mucosa do útero. Assim fica claro que o fluxo menstrual e as secreções das mucosas contêm uma concentração de hormônios sexuais femininos considerável, e como eles exercem uma importância muito grande nos processos de renovação e preservação da juventude na mulher, é essencial diminuir a perda pela menstruação.

Deseja saber mais sobre a Sexualidade Superior e sua relação com a espiritualidade? Clique Aqui.

176 COMENTÁRIOS

  1. Tenho acompanhado com interesse os textos da série de tantrismo. Esse foi especial, porque deu uma boa idéia de como se aplica ao organismo feminino. Ainda assim, tenho algumas dúvidas.

    1) Depois que o casal começa a praticar a Magia Sexual com legítima reverência, seria reprovável ou prejudicial se, só eventualmente (com bem pouca frequência), chegasse intencionalmente ao orgasmo?
    2) O tantrismo pode ser combinado com estimulação ou penetração anal (sem ejaculação ou com com ejaculação ocasional), mantendo o sentimento de amor na união?
    3) O sexo oral pode ser incluído na prática da Magia Sexual? Nesse caso, a ingestão do sêmen, caso ocorra ejaculação, traz algum malefício para a mulher, do ponto de vista gnóstico?

    Desde já agradeço pelas respostas.

    • A Magia Sexual é a conciliação de três elementos, indissociáveis: SANTIDADE, AMOR A DEUS E MAGIA BRANCA.
      Com a Magia Sexual entra-se em definitivo no Templo do Mistério Divino, portanto, deve-se entrar usando “roupas limpas”.
      Afora isso, como os malabarismos que você menciona, não se trata de Magia Sexual.

    • Aline,

      O Mester Samael explicou-nos que existem 3 tipos de sexualidade, em Verdade:

      A Infra-sexualidade- Atos contra a natureza(sexo anal e oral e outras praticas indesejáveis….), Homossexualidades, etc

      A sexualidade “normal”- Que permite a procriação da raça, com perdas das energias sexuais, mas que como explicado acima no texto, levam mais cedo ou mais tarde a perda das energias cristonicas e a morte das células que renovam a vida em nós.

      A Supra-sexualidade explicada acima- A sexualidade dos Mestres, que nos leva ao Céu como explicado Deus é Amor, Pureza, Perfeição e para se praticar alquimia se deve constituir um casal legitimamente que seja no papel ou não, mas um casal legitimo… É preciso Seriedade, Amor e sobretudo limpar-se a mente de pensamentos baixos e indignos de Deus… Mas como diz o Mestre Rabolu, e avançando na estrada que as abóboras se ajeitam na carroça ou seja tem que se praticar… A alquimia é uma ciência que se requer paciência, muita disposição que inclui Seriedade, Amor pelo Espírito Santo e nossa Sagrada Mãe Divina..

      Os atos citados acima por você são indignos do Pai, Filho e Espírito Santo e a Mãe imaculada, na sua pureza e perfeição não tem como nos ajudar, se não nos regeráramos e aprendemos o Amor verdadeiro…

      Em que diz respeito a Alquimia se deve estudar mais os livros do Mestre Samael como o Mistério do Áureo Florecer e sobretudo Orar ao seu Pai Interno e sua Mãe Divina para que nos guiem neste caminho do Amor Perfeito, da Senda do Matrimonio Perfeito.

  2. Relativamente à trasmutação do sêmen, gostaria de saber se alguém que se subeteu à cirurgia de “vasectomia” tem boas chances de atingir os resultados buscados, ou se isso a desqualifica para a prática de Magia Branca.

    • Manoel, sem querer desanimá-lo, a vasectomia para a Gnose é uma espécie de castração, e se denomina karmicamente VIOLÊNCIA CONTRA A NATUREZA.
      Essa cirurgia impede a transmutação radical da Ens Seminis, mas não sabemos ainda se impede totalmente a transmutação.
      De qualquer forma, se você for um Buscador da Verdade, dedique-se a continuar as práticas da Transmutação e veja o que pode ocorrer com suas energias.
      O que sugerimos é que se preocupe mais profundamente com a MORTE DO EGO…

  3. Queria entender melhor a reabsorção do sêmen pelos vasos linfático e saber como se dá. Queria tambem entender melhor a melhor forma de se fazer transmutação sexual. É reabsorvendo sêmen ? Obrigada.

    • Lilian, a questão da masturbação é bem estudada nas diversas obras do mestre Samael Aun Weor, especialmente no Matrimônio Perfeito.
      Quanto à reabsorção, este é um termo que abrange as técnicas esotéricas para aproveitamento e maximização de todos os potenciais (bioquímicos, energéticos e espirituais) contidos nos líquidos sexuais, tanto masculinos quanto femininos. Esse aproveitamento máximo se chama, esotericamente, de TRANSMUTAÇÃO SEXUAL. (A masturbação, adiantando para você, não faz parte das práticas de Transmutação.)

  4. A mulher que não atinge o orgasmo normalmete, não a frígida, mas aquela q se excita mas não consegue chegar lá está praticando a magia sexual sem saber?

    • De certa forma é uma transmutação, mas num nível grosseiro.
      Por questões meramente fisiológicas, há mulheres que nunca atingiram o orgasmo (numa sexualidade, digamos, normal), elas acumulam um magnetismo formidável. Há homens (muito poucos, em relação às mulheres) que também não atingem o orgasmo fisiológico.
      Já a transmutação sexual, sabiamente vivenciada pelo Casal Alquimista, é bem distinta disso.

  5. quero antes dizer que o texto é simplesmente ótimo!
    minha pergunta é,ha uma pessoa pre determinada pelas leis divinas ou seja,que tenha sido por questoes carmicas reencarnada com o “compromisso”de ter o parceiro(a)já “escolhido(a)”para sublimarem juntos a energia sexual? Pode haver parceiros com,digamos,compatibilidade exata de fluidos que torne em total sincrinicidade,harmonia esperitual para sublimarem juntos? muita gratidao desde ja.

    • Existe a Lei da Recorrência, ou Repetição Kármica. Pessoas que tivemos relações muito íntimas voltam a se relacionar conosco nas reencarnações posteriores (Retornos). Ou numa oitava superior, ou numa inferior (amor ou conflitos, felicidade ou sofrimentos).
      Abençoados são aqueles(as) que aproveitam o cônjuge para se regenerar espiritualmente (no nível sexual e também no psicológico).

      • obridaga pela resposta,fiquei mto feliz!gostaria de tirar outra dúvida,se um homem e uma mulher estiverem reencarnados e tiverem vindo numa oitava superior e nao sublimarem nesta existencia juntos ,embora estejam no trabalho interno juntos,tendo”sinais”o tempo todo inclusive de sensaçoes que vao além do físico,que, mostrem estarem em um reencontro karmico,e por algum motivo nao serelacionarem intimamente para a sublimaçao;minha dúvida é, como fica a situaçao desse homem e dessa mulher? desde ja gratidao.

        • Martha, o trabalho interno é individual, íntimo, pessoal, intransferível. Casando-se ou não com essa pessoa, o que importa é realizar a Obra intensamente.
          Se a Lei Divina preconizou determinada situação entre vocês, devem se resignar e transmutar essa paixão em amor fraterno, respeito, admiração e ajuda mútua. Com sinceridade e pureza…

          • …compreendi,minha outra dúvida é,se ha a possibilidade de um homemme uma mulher terem sublimados a energia sexual em outra existencia e estarem encarnado novamente,isso facilitaria o reencontro de ambos,uma vez sublimando juntos torna os ligados espiritualmente sempre,ou uma pessoa sublimas a energia sexual com espritos diferentes?…peço desculpas se estou insistindo nesse assunto, mas,é que estou iniciando no estudo e tenho mtas muitas dúvidas.gratidao.

          • Se a Lei Divina permite, o casal se encontrará para trabalhar a partir do ponto que deixaram, na vida passada.
            Porém, às vezes um já é casado, ou os dois, então devem se respeitar e continuar com seu cônjuge. E transmutarem essa paixão, em amor e respeito mútuo, e não em atração fatal…

          • vi e ouvi um medico fazendondo comentarios relacionados a questao da da grande variedade de metodos de anteconcepçao q tem a disposiçao do ser humano,entre tantas, me chamou a atençao a laqueadura na mulher e vazectomia nos homens,no processo no homem, aprendi q é cortado uma especie de tubo por onde o espermatozoide passam de um local á outro onde se juntaria com, outras substancias,para entao serem depositados na mulher no momento do ato sexual,com a vzectomia,isso nao ocorre,ele permanecem no mesmo lugar e minha pergunta é:a sublimaçao nao fica prejudicada com isso,se o homem está produzindo espermatozoide constantemente como fica isso entao? ao medico foi perguntado para onde vao os espermatozoides ja q estao impedidos de seguirem o caminho natural, ele disse apenas q,”para algum lugar”penso q sao transformados em energia,mas, as dúvidas sao mtas,obrigada desde ja.

          • Estimada Martha, são admiráveis seus questionamentos e espero que continue a tê-los.
            Quando aos métodos INVASIVOS por você citados, a Gnose é terminantemente contra sua realização.
            Isso bloqueia, impede ou danifica a prática da transmutação sexual.

          • o homem produz espermatozoide sempre,a mulher segundo a ciencia medica, ja nasce com os ovulos todos q seram usados durante sua vida até q passe pela menopausa,e segundo a espiritualidade,estou falando das maior potencia do ser vivo,tenho duas coisas em mente para tentar respostas;percebo q fala se bem mais dirigido ao homem,(macho)quando se fala em sublimar embora citem bastante o casal,(2)o processo de sublimaçao é mais dificil para o homem q pra mulher?quando os ovulos da mulher acabam, ela ainda pode sublimar?obrigada.

          • Martha, a TRANSMUTAÇÃO SEXUAL é idêntica tanto para homens quanto para mulheres, porém com diferenciações polares, como é natural.
            A mulher não transmuta os ovários, mas líquidos que ainda não são seriamente pesquisados pela ciência convencional.
            Os canais principais na mulher são os mesmos do homem, e no Oriente são chamados de Idá, Píngala e Sushumna.

          • …sim, compreendi q nao sao transmutados os ovarios,mas gostaria de saber é se já q a mulher nasce com uma quantidade de OVULOS q vao ser utilizados durante um tempo de vida e apos o que chamam de menopausa, q é quando a mulher nao mais menstua nao os tem mais;bom,EU lhes pergunto:a potencia da energia sexual ta no OVULO?; considerando q SIM,entao pergunto:E ai, depois da menopausa se eu (mulher)ainda nao tiver feito o trabalho na energia sexual, ha ainda o q fazer? ainda nao tenho menopausa mas sei q terei, e agora q tenho informaçoes q muito me intessa saber sobre SUBLIMAÇAO , TRANSMUTAÇAO,ou seja todo esse “mundo” tao rico de conhecimento espiritual,qro saber absolutamente tudo q me for possivel!sou mto grata por sua atençao e paciencia.

          • Os hormônios e demais substâncias secretados pelos ovários e útero são transmutados e canalizados pelos canais Idá e Píngala, que correm aos lados da coluna vertebral até o cérebro. E do cérebro até o coração, onde se espalham pela corrente sanguínea.

  6. Boa noite ao Gnosis on line,sou divorciadoporem estou cvada vez mais me aprofundando aos ensinamentos e tenho uma duvida ainda que nao cheguei nesta parte pergunto:1) para mim que sou solteiro como devo fazer a transmutaçao sexual onde posso estudar sobre isso?2)Ando sentindo algumas dores nao dores de dor mas como se algo estivesse vibrando e queimando ao mesmo tempo na regiao da genitalia isso tem algo a ver com a retençao do semen?

    • Agepatri, sentimos inúmeras reações quando começamos essas práticas tântricas, especialmente os solteiros.
      Amigo, não é fácil mudar a memória celular, essa memória está em nossos instintos há milênios, sempre jogando a energia criadora para fora (seja no sexo comum, seja na masturbação), portanto, não pense que será fácil domar o touro bravio da sexualidade. Mas não é impossível…
      As reações que você anda tendo são mais do que normais, o que importa é você não temer, não se preocupar, criar uma disciplina nas PRÁTICAS DE SUBLIMAÇÃO SEXUAL PARA SOLTEIROS, como, por exemplo:

      – Mantra HAM-SAH
      – Pranayama Egípcio
      – Caminhadas e exercícios físicos para “queimar” um pouco da energia criadora, de forma saudável.
      – Evitar ao máximo desgastar-se com fantasias, palavreados, sites, revistas ligados à pornografia…

      E boa sorte em sua Caminhada rumo ao SER DIVINO . ‘ .

  7. Obrigado ao Gnosis on line por me esclarecer pois a medida que vou me aprofundando muitas duvidas surgem e onde moro nao ha nenhuma conferencia ou instrutor Gnostico que possa me orientar sanarei por aqui todas as duvidas que vierem a surgir?Pois este eo unico ensinamento que estou tendo no momento por este site,agradeço a atençao!

  8. Olá. Gostaria de saber se igualmente como o homem, a mulher não pode ter orgasmos na transmutação de energia? Sempre nos livros que leio fala muito mais no aspecto do homem que tem que preservar seu semem, e a mulher? Quais livros tratam mais a parte da mulher na transmutação? Outra duvida, faço tratamento com anticoncepcionais e não menstruo nunca, isso tem problema? Obrigada.

    • Kátia, realmente a Gnose vê o sexo não somente como uma função reprodutiva e lúdica, mas, acima de tudo, como o fundamento de uma força divina materializada e aprisionada neste mundo físico…

      É desta força aprisionada, que se trabalhada convenientemente, que se tira todo o poder espiritual capaz de nos libertar, curar e realizar plenamente…

      Por isso a Gnose preconiza que se deve cultivar os órgãos, as funções e o trato sexual de uma forma muito especial, como se fosse uma flor rara numa estufa…

      Para quem anseia um verdadeiro crescimento espiritual, tanto a mulher quanto o homem devem renunciar a determinados atos, atitudes, conceitos e preconceitos sexuais… Porém, não só renunciar a esses atos, mas começar a praticar, a vivenciar, outra postura em relação ao sexo: essa postura é VER O SEXO DE UMA FORMA MAIS ESPIRITUALIZADA!!!

      Sugerimos dois livros bem didáticos sobre o tema (clique nos títulos para saber mais):

      Alquimia do Amor – A ascensão do Eterno Feminino

      e

      Tantra – Arte e refinamento do amor

  9. Caramba, eu fiz vasectomia, a uns 10 anos e agora?
    Então não teria efeito praticar o AZF?
    E o pior, tenho 53 anos e comecei com um processo de hiperplasia prostática benigna. (prostatite) O médico me diz que fazer sexo é até bom, pois o esvaziamento da prostata é recomendado e eu que me identifiquei tanto com toda a teoria, e percebi que a pratica é muito gostosa. O que faço agora? Nestes casos tb é recomendado?
    Agradeço desde já.
    Marcelo

    • Pois isso não é problema. Você pode praticar a magia sexual e seu marido, a sexualidade “normal”.
      O casal que se ama e se respeita verdadeiramente dá toda a liberdade um ao outro de escolher seu Caminho.

  10. Saudações amigos gnósticos!

    Tenho uma dúvida quanto à questão de transmutação sexual.

    Comecei a estudar e praticar os ensinamentos gnósticos há aproximadamente 1 ano, desde então venho tentado praticar sempre o maithuna com retenção do esperma. Porém o caso é que antes de conhecer a Gnose estava perdido numa vida mundana e fornicava regularmente, acabei engravidando minha namorada e tivemos um filho.

    Não sei se a amo o suficiente para que a magia sexual seja efetiva, tendo em vista que o lar não foi construído com planejamento, mas sim de forma inesperada… O que acontece é que quando fazemos sexo, mesmo sem ejacular o sêmen, sinto-me fraco como se minhas energias tivessem sido exauridas, sinto que minha energia sexual sumiu completamente, não sinto-me renovado e energizado como dizem os textos, então minha dúvida é se está havendo alguma transmutação, mesmo que eu não perceba? Porque me sinto enfraquecido no dia seguinte? Será que minhas gônadas estão produzindo pouco sêmen? O que é indicado fazer nesse caso em que a parceira não é gnóstica e levava uma vida de infrassexual? Devo continuar praticando, ou devo abster-me de sexo com ela? Será que ela está vampirizando minhas energias? Gostaria de ficar sempre energizado sexualmente, mas tenho a impressao de estar errando em algum aspecto da alquimia sexual.

    Abraços fraternos! e muito obrigado pelos ensinamentos!

    • Realmente, Daniel, quando a transmutação é feita corretamente, há uma profunda sensação de SACIEDADE, além de contentamento e bem-estar, por estarmos nos sentindo energizados.

      Quando isso não ocorre, obviamente a transmutação não se efetivou corretamente. Ou pelo pouco tempo de transmutação, ou pela falta de direcionamento da mente e da consciência no ato em si, ou o ambiente não é propício para a prática (não se pode praticar Alquimia Sagrada em motel, hotel, na casa de amigos ou vizinhos).

      Quando não se tem certeza se a parceira (ou o parceiro), ou seja, se o coração nos diz que essa é a pessoa correta para a Alquimia, então tudo vai contra.

      Sugiro que os dois reavaliem a seriedade desse relacionamento, se você estão somente “ficando” ou se querem compromisso sério, tanto para a Alquimia quanto para uma relação para uma vida toda!!!

      • Olá! obrigado pela resposta.

        Gostaria de aprofundar um pouco mais a questão. Na questão da seriedade do relacionamento, sim há seriedade e compromisso não estamos apenas “ficando”, e já moramos juntos há mais de um ano, e há muito companheirismo. Porém o fato é que tanto eu quanto ela temos nossos agregados de luxúria, e até antes de nosso filho nascer éramos bem fornicários. Não sei até que ponto esses agregados influenciam no amor e na transmutação.

        Enfim, aparte isso gostaria de dizer que às vezes consigo sentir-me energizado quando transmuto corretamente, irradiando amor durante a cópula, porém no dia seguinte às vezes minhas energias estão estranhamente esgotadas, e demoro vários dias para recuperá-la.

        Será que criei elementais súbucus com a imagem dela, que hoje me assediam à noite? Será que sugam minha energia sexual no plano astral? Visto que às vezes ocorre de eu ter sonhos eróticos em esferas inferiores, e algumas vezes, (embora raras) há polução noturna.

        Se for este o caso, como posso eliminar esses elementais luxuriosos? Devo apenas purificar meus pensamentos? Invocar a mãe divina durante a transmutação?

        Obrigado,
        Paz e luz!

        • Daniel, todos os conflitos energéticos, emocionais e mentais do mundo serão sentidos por vocês na prática da Alquimia Sexual.
          Se não existisse o Ego, essa prática seria maravilhosa do primeiro ao último dia de suas vidas.
          O que importa é praticar, paralelamente ao tantra, também a MORTE DO EGO.
          Só o Ego é que nos torna infelizes, pecadores, luxuriosos etc. etc.
          QUEIMA TEUS LIVROS E BRANQUEIA TEU LATÃO, como ensinavam os alquimistas… ou seja, pratique a morte do ego e pratique alquimia ao mesmo tempo! E também pratique meditação… pratique oração ao Divino Ser que está em vosso interior… e pratique caridade para com o próximo… pratique, pratique, pratique…
          Toda essa prática servirá para o REFINAMENTO DO AMOR…

  11. GOSTARIA DE PARABENIZA-LOS PELA MANEIRA CLARA E RESPEITOSA DE RESPONDEREM AS PERGUNTAS FEITAS NESTE SITE E TAMBEM FALAR UM POUCO DA MINHA EXPERIENCIA COM O MANTRA HAM SAh.Constatei pela minha experiencia que realmente este mantra é poderoso para sublimar os fogos internos,eu o estou usando ha dois meses e depois de um mes notei bastante diferença em relaçao a minha libido,que agora esta sob controle.Tudo graças a transmutaçao ensinada pelos mestres e repassada por voces.muito obrigada andreia

  12. Bom Dia!

    Já pesquisei,estudei sobre “sexo”.
    Vcs gnosticos dizem que sem relação sexual(abstinencia) o individuo acumula energias orgasticas que o poderam prejudicar no futuro,tais como:manchas pelo corpo,desenvolvimento de doenças,etc.

    O Dalai Lama,os Lamas,etc. não os praticam e não desenvolvem nenhum desses sintomas,qual sua explicação sobre eles?O que fazem?E porque eles mesmos encentivam o sexo tantrico se eles mesmos não o utilizam?

    Pois eles:

    – Atingem idades avançadas

    – Aparentam ser cerca de 20 a 40 anos mais novos(quando atingem por volta dos 80 anos)

    – Não desenvolvem manchas pelo corpo

    – São extremamente saudaveis

    • Vcs poderam até afirmar que eles fazem transmutação das energias,mas,segundo os proprios gnosticos,essas transmutacões não são suficientes para constuir os corpos solares,etc.

      Qual sua explicação sobre o assunto?

      • Olá, Caro Thiago, realmente se transmuta alguma coisa, porém, dependendo do caso, não se transmuta absolutamente nada.
        Por isso no Antigo Testamento se diz, em outros termos, que NÃO SE DEVE MACULAR O “TABERNÁCULO”, pois isso é contra Deus…
        Pena que as pessoas realizam essas cirurgias antes de conhecerem a Magia Sexual.
        Se as pessoas soubessem…………..

    • Entrevistamos um lama, que visitou o Brasil por meses a fio, Lobsang Jamiang, amigo do dalai-lama, e este nos disse que as orações, os mantras, os exercícios diversos, sublimam suas energias criadoras, e somente alguns lamas praticam magia sexual, mas isso para eles é somente para sacerdotes muito bem preparados.
      Portanto, os sacerdotes budistas que simplesmente praticam a retenção ou a abstenção terminam desequilibrados, como muitos sacerdotes católicos, obrigados a uma abstinência ilegal e imoral…
      Sugiro que estude mais seriamente os Mistérios do Sexo antes de tirar conclusões superficiais e incompletas…

  13. olá, venho desde já agradecer e parabeniza-los pelos ensinamentos e sabedorias. Mas tenho uma pergunta, gostaria de saber se é errado praticar a magia sexual mesmo não sendo casada com meu parceiro ? pois para outras religiões, isso seria considerado fornicação, eu não vejo isso assim, pois nós nos amamos e tudo que fazemos é por amor, carinho e respeito. Obrigada

    • Andréia, o ato sexual, especialmente na Magia Sexual, já torna você casada com seu companheiro nos Mundos Superiores. O sexo é um PACTO sagrado (por isso se diz no matrimônio: “O que Deus uniu o homem não separa”).
      Mas, quando desejar e puder, fornalize esse casamento, para que se reflita uma energia e uma egrégora social adequada… Creio que fará bem para você e seu coração…

  14. Eu não pensei que um assunto assim tão delicado,
    sagrado, o qual deveria ser transmitido de ouvido
    para ouvido pudesse ser publicado na internet dessa
    maneira, espero que os fins sejam mesmo a libertação
    do homem !?

  15. Olá, Boa noite
    Desde pequena ouvi minha vó falar sobre a gnose.Agora adulta (tenho 21 anos) venho me interessando pelos ensinamentos.
    Não sou uma iniciada, nem frequento nada, mas ocasionalmente leio sobre o assunto.
    Minha dúvida com relação a magia sexual é:
    Eu ainda sou virgem, se de repente eu vier a encontrar um parceiro, como faz?Desculpe se a pergunta parece ingênua

      • Bem, gostaría de tirar uma dúvida.. hj existem métodos p mulheres q sofrem com tpm, interromperem a menstrução ( um clip inserido q pode ser retirado quando quiser e a mulher volta a menstruar.. isso sería benefico?

        • Esses métodos não são aprovados pelos mestres da Fraternidade Branca.
          Terapias para equilibrar e diminuir a tpm existem diversas… Mas a mais recomendável é a prática da transmutação sexual (para casadas) e a sublimação sexual (para solteiras), a canalização da energia criadora e sua reabsorção cura absolutamente a mulher, tornando-a saudável, regenerada e fortalecida…
          Sugiro que leia os textos sobre Alquimia Sexual.

  16. Olá Claudio é com satisfação e alegria, que te escrevo, meus agradecimentos a você pela oportunidade que destes,para mim. o conhecimento gnostico foi meu maior presente, que Deus o proteja

  17. Olá, boa tarde!
    eu tenho uma pequena duvida sobre ‘MAGIA SEXUAL’…
    minha duvida é a seguinte:
    quando se esta iniciando na magia sexual, como fazer para não derramar o sêmen, sem haver uma repreção das energias?
    qual é a diferença entre não derramar o sêmen e repreção de energia?

    • Há uma diferença radical entre não derramar a energia criadora e transmutar essa energia.
      No início é mais do que natural repressões e acúmulos acontecerem, isso não deve ser motivo de desalento.
      É importantíssimo criar uma disciplina e uma constância para que o corpo se condicione a entender a nova situação. A memória celular deve ser alterada com o passar do tempo, com práticas paralelas à magia sexual, como a meditação na morte do ego da luxúria, como a mantralização, como uma alimentação mais integral, como a prática da oração e pedido de auxílio a Deus etc.
      Em resumo: deve-se praticar com muita constância para que o corpo regenere os canais pelos quais a energia seja transmutada…

  18. minha duvida é q eu me masturbava com frequencia ha cerca d dois anos atras, umas 5 vezes por semana, mas comecei a praticzr os ensinamentos da gnose, eu queria saber se por causa disso(masturbaçao frequente) houve um enfraquecimento na produçao de esperma em mim…pois eu fiquei esse ultimo mes inteiro sem ejacular, praticando a sublimação, mas nessa noite ppassada houve uma poluçao noturna, e eu nao sei se a transmutacao ta dando resultados, ou nao, e se eu só xeguei a gozar dpois d um mes pq estou produzindo menos???

    • Paulo, é importante não sofrer antecipadamente, o que importa é a COMPREENSÃO CRIADORA.
      Há todo um SUPERESFORÇO nesse processo de “reverter” o ciclo sexual de Yin/Ejacular/Polução/Masturbação para Yang/Recanalizar/Sublimar/Transmutar.
      Quanto mais você levar a sério toda essa filosofia tântrica da transmutação sexual, e quanto mais o puser em prática, sem desanimar, sem permitir que sua mente fique confusa, tanto melhor.
      Não desanime, Paulo, insista mesmo tendo poluções, perdas do licor seminal… Não há vitória sem luta e superesforços…

  19. gostaria de saber se o orgasmo feminino pode ser liberado sem apego, de vez em quando, dentro do amor e com consciencia na essencia divina? Ou deve tambem ser definitivamente evitado.
    grata

    • Claudia, esta prática da Alquimia Sexual é uma disciplina para a vida toda, é necessário tomar consciência de sua importância.
      A Magia Sexual não é um ato sexual sem orgasmo tão somente, mas uma mudança de vida, de mentalidade e de prioridades.
      Na Transmutação de nossos líquidos sexuais em energia pura o casal praticante canaliza essa energia para a Alma, alimentando-a.
      Você com essa prática e disciplina constrói uma Nova Vida, como dizia Dante Alighieri, sua saúde se aperfeiçoa como nunca antes visto, sua aura se expande espantosamente, atraindo proteção psíquica, sucesso, êxito e prosperidade. Seus poderes paranormais são despertados, pois os chakras começarão a girar e girar, transformando-se em pequenos sóis que atraem Prana.
      Enfim, o pré-requisito é nunca na vida, nem uma vez só, ejacular o licor seminal, ter orgasmo…

  20. Ola, a alquimia sexual, pode ser praticada sozinha? sou casada mas meu marido não pratica a magia sexual, acredito que no sexo entre casais com crenças diferentes esse despertar não ocorre, estou pensando correto?
    abç

    • Olá, Edna. Pelo contrário, você pode praticar, sim, sozinha a CASTIDADE CIENTÍFICA, porque entre você e seu marido há AMOR, estou correto? Mesmo que um aceite e pratique e o outro não, este que pratica tem muitos méritos, entre eles, o de não sucumbir à “tentação”…
      O que importa é você praticar… e, quem sabe um dia, seu marido fique curioso e queira praticar e sentir os benefícios de tal “ritual amoroso”…
      Tenha em mente, e em teu coração, que as energias energias transmutadas e a força sagrada da Kundalini podem, sim, ascender em teu interior, mesmo que o marido não pratique.

  21. Magia sexual só pode ser praticada quando existe amor entre o casal, O ensinamento é claro, reto pensar, reto sentir e reto agir. Não existe mais amor, apenas costume e descarga de energia através do sexo, estou errada em pedir a separaçao? quero seguir os ensinamentos da maneira correta, é muito difícil ter discernimento quando o estudo esta tão no início.

    • Edna, isso de dizer que há amor entre o casal é fantasiar um pouco, pois AMOR propriamente, NINGUÉM SENTE, NINGUÉM PRATICA…
      Nós na atual situação “evolutiva” do planeta sentimos somente atração/repulsa, excitações, luxúria, sexo mecânico etc.
      Sugiro que você comece do começo, beemmm do começo, se ainda consegue praticar sexo com teu marido continue, aproveite e pratique a magia sexual, sexo sem ejaculação… e deixe que seu marido pratique o sexo com perda de energia (isso é problema dele, não teu, aliás, é um respeito ao livre-arbítrio dele, ok?)…
      E com o tempo, quanto mais você se energizar, quanto mais aumentar teu nível energético, vibratório, mais irá se conectando com o teu Ser Divino.
      Pratique meditação, ore intensamente ao teu Ser Divino, especialmente ao Cristo Íntimo e ofereça a tua vida a Ele, implore ao Ser Divino para que mude tua vida, e para que você aproveite o marido que tem, os dharmas que tem…
      Não espere chegar a “alma gêmea” para iniciar a prática tântrica branca!!!