terça-feira, setembro 21, 2021

Aviões versus OVNIs

Home Fóruns Aviões versus OVNIs

  • Este tópico está vazio.
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #29986
    marceloy
    Participante

    21 OVNIs foram perseguidos por caças sobre o céu de São Paulo [1986]

    “Em 19 de maio de 1986, a Força Aérea Brasileira (FAB) ficou cara a cara com discos voadores.

    Cerca de 21 objetos voadores não identificados foram detectados em radares, sendo considerada a maior concentração detectada nos céus de nosso país pelos militares,mais precisamente pelo Cindacta e perseguidos por caças da FAB.

    O ministro da Aeronáutica, brigadeiro Octávio Júlio Moreira Lima, pronunciou-se no dia seguinte sobre o incidente , dando uma coletiva sobre o caso da noite anterior, colocando os pilotos dos caças que haviam perseguido os UFOs à disposição dos jornalistas.

    Em rede nacional de tevê, muitas questões foram debatidas e perguntadas aos pilotos, que confirmaram a perseguição aos OVNIS, e falaram sobre a condição errática dos objetos, muitos deles com acelerações enormes e com movimentos impossíveis de serem executados por alguma aeronave desse planeta.

    A história ficou conhecida como a “Noite Oficial dos UFOs no Brasil”. O início dos acontecimentos se deu no Vale do Paraíba, em torno da cidade de São José dos Campos, próximo a São Paulo. Por volta das 18h30, a torre de controle do aeroporto observou dois objetos luminosos que possuíam a cor laranja.

    Às 19h00, o Centro de Controle de Aproximação de São Paulo (órgão que controla e orienta as aeronaves dentro de uma área terminal, até a efetivação dos pousos) e o Centro de Controle de Área (que monitora as aeronaves dentro das chamadas aerovias) confirmaram para o Centro de Controle de Aproximação de São José dos Campos a detecção de três artefatos não identificados na região.

    Às 20h00, o Cindacta detectou em seus monitores de controle 8 alvos desconhecidos, pontos que são chamados de “tráfego hotel” pelo Comdabra.

    Às 20h30,um OVNI que irradiava muita luz foi visto indo em direção à Serra do Mar.as telas de radar detectavam todos os movimentos, que pareciam ser inteligentes. O avião do coronel Ozires Silva, visualizou alguns objetos, os quais estavam sendo detectados pelo CINDACTA há algum tempo. Ozires,então, resolveu assumir o comando do bimotor, Começando a perseguição de um dos artefatos.Nenhum objeto permitia uma aproximação maior, e desapareciam diante dos olhos dos seus perseguidores.

    Às 21h40, o aeroporto de São José dos Campos notou uma esfera luminosa amarela novamente, de grandes dimensões, tendo em suas proximidades vários outros objetos menores e esféricos, que emitiam luz branca. Começaram a ser acionados um a um três caças F-5E, da Base da Força Aérea de Santa Cruz, no Rio de Janeiro, e três aviões Mirage, da Base de Anápolis, em Goiás. Os caças eram comandados pelo controle de terra para os alvos, que neste momento eram muitos nas telas dos radares do Cindacta,

    O tenente Cléber Caldas Marinho, que pilotava um dos F-5E, perseguiu durante vários minutos um objeto que emitia uma luz vermelha intensa. Apesar de atingir o limite de velocidade de seu avião, isto não foi suficiente para permitir uma maior aproximação, o que o levou a abandonar a perseguição.

    http://arquivoufo.com.br/2012/04/19/21-ovnis-foram-perseguidos-por-cacas-sobre-o-ceu-de-sao-paulo-1986/

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.