sábado, setembro 18, 2021

3º Fator : AMAR O PRÓXIMO

Home Fóruns 3º Fator : AMAR O PRÓXIMO

  • Este tópico está vazio.
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #29265
    Sueli.Bressan
    Participante

    O Mestre Samael ensinou:

    Fora do corpo físico me ensinaram os Mistérios da Vida e da Morte. Numa ocasião, senti a morte por antecipação. Saí do corpo físico e me adiantei no tempo para me ver morto. O que eu vi? Um cadáver. Quem estava dentro do caixão? Um corpo. Qual? O meu. Quem estava diante desse ataúde, numa sala cheia de flores e coroas de defuntos? Os familiares. Entre os meus familiares, estava ali a minha mãe terrena. Acerquei-me dela beijei a sua mão e disse-lhe: “Obrigado pelo corpo que me deste, me serviu muito, esse corpo foi maravilhoso. Obrigado”. Acerquei-me de todos os familiares e me despedi deles, abandonei aquela morada e me submergi no Seio da Natureza, absolutamente só, convencido de que estava desencarnado…

    E a minha família? Só pude exclamar: “Eu não tenho família!” “E os seres que me rodeavam? Isso foi no passado, agora estou só, espantosamente sozinho. Sozinho, uma criatura da Natureza, numa Natureza selvagem! O que existe são vales, montanhas, uma terra úmida pela chuva.” “E a minha casa? Qual? Eu não tenho casa, muito menos bens terrenos.” “E então, quem sou? Uma partícula da Natureza que nada tem a ver com questões de família…”

    Conclusão: “Minha família é toda a humanidade, todos os mundos de humanidades planetárias, isso é tudo”.

    Senti um pouco de tristeza ao me dar conta de que o Cordão de Prata não se havia rompido. Quis rompê-lo, mas permanecia intacto. Não houve outro remédio senão regressar. Eu pensava que estava desligado absolutamente da forma física, e disse para mim que queria voltar ao corpo, e voltei, entrei no meu corpo.

    Essa é a realidade, em relação aos familiares, parentes, irmãos, tios, sobrinhos, netos, enfim tudo isso que nos fascina no fundo.
    Necessitamos elevar um pouco o coração com a frase “SURSUM CORDA!” “Para cima, corações!” Somos todos uma grande família, ver em cada pessoa um irmão, sentir em cada um de nossos irmãos como carne de nossa carne, como sangue de nosso sangue, jamais vê-los como estranhos, como pessoas diferentes, porque isso é um absurdo. Todos somos uma enorme e imensa família, chamada “humanidade”.

    Devemos nos sacrificar por essa imensa família, como o verdadeiro Amor e se assim o fizermos, marchamos com o Terceiro Fator da Revolução da Consciência.

    🙂

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.