Samael e o I Ching

7
3053

Disse um Mestre Zen: “O dedo serve para apontar a Lua; o sábio olha para a Lua, o ignorante, para o dedo”.

Samael e o I Ching

Você conhece a relação íntima entre Samael Aun Weor e o I Ching? Então, leia com atenção.

Em 1899, uma enchente do Rio Amarelo (Huang Tsé) trouxe à tona centenas de milhares de peças divinatórias da dinastia Shang (1523-1027 a.C.). Decifradas e interpretadas, elas trouxeram à tona a história da China arcaica, revelando a figura do “Dragão dos Dragões” Fu-Xi (no Japão, Fu-Ji), autor do I Ching e considerado o verdadeiro pai da identidade chinesa.

chou-li-gnosisonlineOs praticantes do milefólio (como eram conhecidos os decifradores do oráculo) eram chamados de shi, um ideograma formado pela combinação dos signos “xamã” e “bambu”, o que equivale a chamá-los de “os sacerdotes do livro”.

E quem criou o I Ching? Na literatura chinesa são indicados quatro santos Mestres como autores do Livro das Mutações : Fu-Xi, o rei Wen, Confúcio (Kung-Fu Tsé) e o duque de Chou.

Fora de toda dúvida, os gnósticos afirmamos que esse Duque de Chou, o mesmo que criou dentro do I Ching as breves sentenças ou juízos, os Ditames, é o próprio Mestre Samael Aun Weor, que esteve encarnado na China como CHOU-LI.

Ah, uma associação interessante: o I Ching era chamado pelos chineses de CHOU-I, o Livro de Chou.

Samael Como Chou-Li

Depoimento do VM Samael Aun Weor sobre sua encarnação na China, como Mestre Chou-Li:

Faz muito tempo, muitíssimo tempo, a mim coube viver na China, durante a segunda sub-Raça da grande Raça Ária. Então me chemei Chou-Li. E ingressei na Ordem do Dragão Amarelo.

Ali aprendi os SETE SEGREDOS INDIZÍVEIS, conheci as SETE JOIAS DO GRANDE DRAGÃO.

Ali nos dedicávamos especialmente à meditação de fundo. Um irmão chinês fazia vibrar um aparato musical maravilhoso que dava as 49 notas. A síntese daquele estranho aparato era o Som Nirionissiano do Universo.

Quando vibrava a primeira nota tratávamos de ter a mente quieta e em silêncio. Ao dar a segunda nota, passávamos ao segundo nível do subconsciente.chou-li-meditando-gnosisonline

Também enfrentávamos os Eus com o propósito de recrimina-los e de obriga-los a guardar silêncio, mas se a mente não conseguia aquietar-se, recriminávamos mais fortemente o Ego…

Quando soava a terceira nota, aprofundávamos um pouco mais, nos dirigíamos à terceira zona do subconsciente para pelejar com os Eus, para obriga-los a ficar em silêncio, e assim, com cada nota daquele misterioso aparato (o Aya-atapan), submergíamos em cada um dos 49 níveis do subconsciente, pelejando com os diversos agregados psíquicos que levávamos em nosso interior.

Em conclusão, o que chegasse à nota 49 e havia trabalhado corretamente, conseguia uma quietude absoluta da mente, nos 49 níveis do subconsciente. Então, a Essência, o Budhata, momentaneamente escapava dentre o Ego para se precipitar no Vazio Iluminador. Experimentávamos, dessa forma, a Verdade, o Real.

Meu amigo Li-Chang distinguiu-se, por aquela idade, na ciência profunda da meditação. Ele, Li-Chang, já não vive sobre a face da terra, mora em um Planeta do Cristo, no planeta de um distante universo desta galáxia.

Ali vive (de instante em instante) dentro do êxtase, e é feliz. Aí foi que Li-Chang conseguiu receber o Tao. Porém, o que é o Tao? O Tao é o Ser, o Tao é Inri, o Tao é o Cristo Íntimo.

Li-Chang, pois, recebeu o Tao…

 

7 COMENTÁRIOS

  1. Associação interessante? não seria arrogância?
    Considerando que o Livro das Mutações (I Ching) trata-se
    realmente de um oráculo o qual é regido pelo jogo, e como
    resultado único e pessoal a quem dele recorre. A resposta
    é sempre única e íntima onde somente quem pergunta sabe
    a resposta fornecida pelo oráculo. Lembrando também o Livro
    de TAO onde se diz: O sábio não se exibe e por isso brilha, e por não estar competindo, ninguém no mundo pode competir com êle.
    Atenciosamnte
    Charlyer

    • Caro Charlyer, nós como seguidores e admiradores da obra de Samael Aun Weor queremos que o mundo conheça a grandiosidade desse Ser que se encarnou entre nós e sempre, ao longo de inúmeras encarnações, tem ajudado a Humanidade a sair de suas trevas intelectuais.
      Pesquise mais acerca das encarnações de Samael e você perceberá que as grandes almas sempre realizam grandes obras, estejam onde estiverem, e tenham o nome que tiverem.
      E acima de tudo, se desejar é claro, pesquise a literatura gnóstica para absorver essa sabedoria que ultrapassa em muito nossa limitação interior.

  2. Como investigar as reencarnações de Samael fora dos livros que ele mesmo publicou? Como ligar os fatos até chegar à conclusão de que Samael é mesmo o Chou-I???

  3. Charlyer, Vejo que tens conhecimento do livro sagrado de grande sabedoria I Ching, sou um bom estudante desse livro do grande Dragão “Fu Xi”, e vejo as entidades e poderes desse Samael não se relaciona com o grande livro Das Mutações, e sim com a Cabala Judaica antiga e suas entidades secretas, e o dois poderes do mundo entrarão em guerras os banqueiros e as grandes religiões da terra, os banqueiros que são a primeira potencia das riquezas da terra apoiarão os cabalistas e despojarão grandes religiões da terra… E criarão a nova ordem mundial, Samael será reconhecido pelas religiões cristãs como ante Cristo, Samael tem o poder nas mãos, riquezas, sabedoria e poder de domínio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui