segunda-feira, setembro 27, 2021

*** Rosa MÍstica ***, A minha Divina Comédia (parte um)- rs

Home Fóruns *** Rosa MÍstica ***, A minha Divina Comédia (parte um)- rs

  • Este tópico está vazio.
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #29134
    Roit
    Participante

    Postado em Mar 1 2007, 11:20 AM

    Por Luciano Moraes

    Faz algum tempo que não escrevo poemas…

    Eu queria algo que fosse novo, e ao mesmo tempo puro…

    Há algum tempo desejava desvelar o poema que chamei ´A Rosa Mística´, algo que entusiasmasse os estudantes e alegrasse seus corações.

    O publico aqui aos poucos, para que os comentem e… me animem a termina-lo. Muita Luz

    Luciano

    Postado em Mar 1 2007, 11:21 AM

    ROSA MÍSTICA

    CANTO UM

    Era igual a um sonho, mas, porém
    eu sabia que estava lá
    e pude escolher para onde meus pés
    me conduziriam por entre as neblinas…

    Eu acreditava que aquela névoa, igual orvalho
    era um prenúncio do Amanhecer
    estava cansado da noite e da escuridão
    de ver os objetos indefinidos engolfados na ilusão.

    Ora apareciam, ora desapareciam, mas sempre
    eram imagens fugídias, que minhas mãos
    desejosas de ver se eram reais
    tentavam em vão, estendidas, tocar…

    Mas, no meio dos sonhos, eu caminhei
    até as margens de um rio ,e senti
    uma presença real, que me acalmou a alma
    era igual a uma flor, a vitória-régia da amazonia.

    Que, mesmo parecendo frágil, poderia me levar
    como uma sútil canoa até a outra margem do rio
    a Terceira Margem, àquela ilha mítica
    onde há frutos dourados na Árvore da Vida!

    Senti tua presença, e teu toque em meu rosto
    tuas mãos delicadas me tocaram, e as lágrimas
    deslizaram sobre a minha face, feito criança
    transbordei de uma pureza desconhecida.

    Tu, que és irmã de minha alma, podes me perdoar?
    Tocar minha fronte com suas mãos delicadas
    e me dizer: “Nem tudo é ilusão!
    Meus dedos são reais! Reais são minhas mãos!”

    Ah!Eu não tenho palavras para descrever
    ajoelhado, segurei tua mão em meu rosto
    foi então que senti, dentro de mim
    saindo como vermes todas as chagas do meu coração.

    Eu os podia ver: eram NEGROS como larvas
    foram se precipitando para fora igual torrente
    e meu templo ficou limpo, igual ao cálice
    que espera ansioso ser preenchido com vinho.

    Que mão tão doce a tua! Tão delicada e sublime
    que pode pode destruir, a um simples toque
    toda a mágoa, rancor, egoísmo que existiam
    dentro do meu templo chamado coração.

    Agora não me pertencem mais a escuridão
    com apenas um toque teu, me senti livre
    enfim terminou minha peregrinação pelo Saara
    este oásis das lágrimas me deu nova vida.

    Ah!Em mim alguém não quer acordar
    mas outro alguém não quer mais dormir
    que terrível meio termo, o daquele
    que segue a trilha entre as flores e as serpentes.

    Tu!Dama da aurora! Filha de Ísis
    Podes desvanecer as névoas que antecedem a aurora!
    Podes me dizer realmente quem em sou? Por favor!
    Tua púpila é um cristal onde vejo o meu próprio semblante.

    Eu tinha desistido de escrever poemas
    ou da própria humanidade, achando-a perdida
    até que um dia vi o sorriso de uma criança
    e percebi que devia retornar a minha origem.

    Dentro das névoas dos sonhos, não há escolha
    quem sonha, apenas sonha, e nada mais
    sem poder sair do destino que o sonho lhe cria
    sofre, por não saber de onde veio nem …para onde vai!

    Mas… suas mãos em meu rosto são VERDADEIRAS
    assim como a vitória-régia sob as águas
    o sorriso daquela criança era VERDADEIRO
    esta SEMENTE DE AMOR é a minha alma!

    Agora posso olhar dentro de tua íris sem medo
    sem a vergonha do meu passado, pois estou puro
    tuas mãos me deram um batismo de lágrimas
    e agora me sinto novamente uma criança.

    Minha irmã, enfim te encontrei,e posso te abraçar
    ser sincero contigo e confiar minha alma
    este é o hino de uma nova aurora
    já vejo os tons róseos que antecedem o sol.

    Tomei coragem, e descobri minha força
    passei por muitos lugares até chegar até aqui
    mas eu nunca pude imaginar que, por tão longe
    estavas na verdade tão perto de mim…

    Vamos, minha irmã! Sem medo desta neblina
    atravessar este rio sobre a vitória-régia
    chegar a ilha mítica onde existe uma árvore
    de frutos dourados e uma catedral de luz!

    Lá dentro, bem guardado, está o maior dos tesouros
    iluminado por um candelabro de sete velas
    num mármore branco,ao seu lado,a espada e o cálice
    lá é que está a mais bela das flores: A ROSA MÍSTICA!

    Não temas nenhum dos monstros das trevas
    pois estarei ao teu lado, e se meu sangue for derramado
    não será em vão, eu não temo a morte
    não temo enfrentar o caminho entre as flores e as serpentes.

    E tu me dissestes “SIM” e segurei a tua mão direita
    e subiste comigo sobre a vitória-régia
    me reclinei e meus braços viraram remos
    e desaparecemos juntos no meio da névoa da criação.

    Postado em Mar 3 2007, 05:42 PM

    Parabéns…….
    Não podemos perder a oportunidade de colaborarmos, de sermos instrumentos voluntários para que Deus possa operar mais eficientemente, ou seja, para que finalmente os esforços do Pai façam-se ouvidos pelo filho e seja possível fazer a luz da verdade no coração e desde o fundo mais produndo do seu filho…….
    Mesmo que para isso nos utilizemos da literatura, de outro dom ou de outra facilidade nossa.
    Parabéns… 😉

    Postado em Mar 3 2007, 05:43 PM

    Luciano,
    Parabéns…….
    Não podemos perder a oportunidade de colaborarmos, de sermos instrumentos voluntários para que Deus possa operar mais eficientemente, ou seja, para que finalmente os esforços do Pai façam-se ouvidos pelo filho e seja possível fazer a luz da verdade no coração e desde o fundo mais produndo do seu filho…….
    Mesmo que para isso nos utilizemos da literatura, de outro dom ou de outra facilidade nossa.
    Parabéns… 😉

    ana_bela_ana

    Postado em Mar 3 2007, 08:48 PM

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.