terça-feira, setembro 21, 2021

Orgone

Home Fóruns Orgone

  • Este tópico está vazio.
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #29783
    felipe
    Mestre

    Boa noite!

    Vou compartilhar um texto com voces de minha autoria! Espero que gostem!

    Abracos!

    “Wilhelm Reich nasceu em 24 de março de 1896, em Dobrzanica, uma pacata cidade do Império Austro-Húngaro (hoje pertencente à Ucrânia). Era filho de Leon e Cecilie Reich.Desde muito jovem, vivendo na fazenda e em contato direto com a natureza, se interessou pelos fenômenos naturais.

    Sua mãe suicidou-se em 29 de setembro de 1910, no ápice de uma tragédia familiar. Em 1914 quem falece é seu pai, vítima da pneumonia, deixando o jovem Reich desamparado, tendo que gerir a fazenda em condições difíceis. Mesmo com as adversidades, Wilhelm Reich prosseguiu com os estudos e durante a Primeira Guerra Mundial – conflito que se iniciaria um ano depois – a região onde morava doi invadida pelos Russos e sua fazenda foi destruída.

    Em 1919, conhece Sigmund Freud. Wilhelm Reich formou-se em 1922 e iniciou seus trabalhos com o tratamento de pacientes portadores de distúrbios mentais, na Universidade Neurológica e Psiquiátrica, junto a Paul Schilder. Em relação à sua vida conjugal, Wilhelm Reich teve várias mulheres. Primeiramente foi casado com uma de suas pacientes, Annie Reich, da qual se divorciou em 1932. Com a mesma teve duas filhas, Eva e Lore.

    Também conviveu com a bailarina Elsa Lindenberg e, ainda mais tarde, com sua assistente Ilse Ollendorf – com quem casou-se e teve outro filho – Peter. Ainda mais tarde, encontrou sua última companheira, Aurora Karrer, bióloga e sua colaboradora.
    Em 1939 mudou-se para Nova Iorque para divulgar suas idéias – agora na língua inglesa – sendo seu livro “A função do orgasmo” publicado em inglês pela primeira vez em 1942.

    Neste seu livro Reich aproxima-se de idéias menosprezadas pelo meio científico tradicional, tais como a Teosofia e Espiritismo, falando da existência de uma substância intangível, vital, que batizara de orgone – princípio cósmico que conhecemos com outros nomes (prana, fluido cósmico universal, chi, etc). Analisando os efeitos da respiração no ato sexual, Reich chegou a conclusões sobre: seu efeito na mente, normalização do fluxo energético nas trocas energéticas entre os parceiros e influência na absorção do orgônio.

    Reich enfatizou a natureza essencialmente sexual das energias com as quais lidava e descobriu que esta bioenergia era bloqueada de forma mais intensa na área pélvica de seus pacientes, na região sexual. Errôneamente, Wilhelm Reich chegou a acreditar que o objetivo da terapia deveria ser a libertação dos bloqueios do corpo e a obtenção de plena capacidade através do orgasmo e espasmo sexual, afim de estabelecer o equilíbrio do orgone. Sabemos que a energia sexual – desequilibrada tanto nos homens quanto nas mulheres – deve ser transmutada através do Êxtase da Cooperação Sexual.

    Apenas através da mútua cooperação sexual sem desperdício energético é que poderemos transformar este tipo de energia fundamental, realizando um processo de sutilização, tal como ocorre nas refinaria de petróleo. A palavra “Petróleo” pode ser dividida em duas: “Petro” e “Óleo”, ou seja, “óleo de pedra”. Tal como o petróleo é o combustível principal de nossa sociedade, também nosso “óleo de pedra” – o óleo da pedra fundamental de Yesod, a própria energia sexual – é nosso combustível interno.

    Na tentativa de acumular esta energia primeva universal, Reich criou nos Estados Unidos um instituto para o estudo do orgone, que utilizou em tratamentos contra o câncer. Reich inventou a chamada caixa orgônica, um aparato muito simples, uma caixa feita com metal, lã de vidro e madeira, que denominou de “acumulador de orgônio”. Inseria os ratos com tumor no interior da caixa por alguns minutos todos os dias e observou que os tumores, em sua maioria, iam desaparecendo.

    Sabemos que nossa energia vital (sexual) é a responsável pela organização celular, é o modelo de nosso corpo físico. Sendo assim, o câncer nada mais é que um desarranjo, uma desorganização desta nossa energia orgônica, sexual.

    Wilhelm Reich inventou também a “Cloudbuster”, a máquina de fazer chover e um motor que funcionava com a energia vital. Em 1954 começou a ser investigado pela FDA (Federal Food and Drug Administration), sendo então processado e preso, após infrutíferas tentativas de apelação. Faleceu de ataque cardíaco em 3 de novembro de 1957.”

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.