quarta-feira, setembro 22, 2021

Necessidade e Ambição

Home Fóruns Necessidade e Ambição

  • Este tópico está vazio.
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #29270
    Sueli.Bressan
    Participante

    Texto maravilhoso do M Samael. Muito interessante pra ser MEDITADO:

    Nós vivemos, não podemos negar, existimos, pois estamos aqui sentados, vocês com ânimos para ouvir e eu com ânimo para lhes falar. Todos vocês têm problemas na vida, que podem ser de tipo econômico ou moral etc., mas não existe uma pessoa que não tenha problemas. Todos desejam viver em paz, sem problemas, que não lhes falte nada, absolutamente nada, e estou de acordo com isso, pois todos necessitam de pão, roupa, refúgio etc.

    Mas temos de saber onde termina a NECESSIDADE e onde começa a AMBIÇÃO. Que necessitamos de uma casa para viver, isso é claro; que necessitamos nos vestir adequadamente, é certo; que necessitamos comer, é claro, senão morreríamos. Existem pessoas na vida que só se preocupam em conseguir dinheiro, cada vez mais dinheiro e mais dinheiro. Mas, na realidade, não sabem o porquê e nem para que, trabalham de sol a sol com o ânimo de conseguir dinheiro até conseguirem se tornar milionários.

    Por que todo esse desespero? À noite morre e o dinheiro, que foi conseguido com tanto sacrifício fica ali sem que possa levá-lo. Na realidade quando se morre não se leva nem uma agulha. Então de que serve ter-se sacrificado tanto na vida atrás do dinheiro?

    Não quero dizer a vocês que não há necessidade de consegui-lo, é claro que sim, senão morreríamos de forme, teríamos que andar nus pelas ruas.

    Por que temos que dedicar uma vida só para nos tornamos milionários. O que ganham os gananciosos que passam a vida acumulando fortunas, para depois morrerem?

    Vale a pena pensar um pouco sobre essas coisas. Existem muitas outras inquietudes, o homem necessita de uma companheira, assim também não podemos negar que a mulher também necessita de um marido, de um varão, isso é claro. Mas observem esses pares e verão que raramente são felizes.

    Muitas vezes vão vivendo em harmonia por um tempo e depois brigam entre si. Às vezes acontece que o homem encontra por aí outra dama e então vem o triângulo fatal; às vezes é a mulher que adultera e advém o fracasso.

    Às vezes vemos pares que aparentemente são felizes, onde não existe uma terceira pessoa no meio, e estão sempre brigando entre si, até em pensamentos. Ele diz uma palavra e ela diz outra, e vem a discussão e termina com o cristal quebrado em pedaços…

    Na realidade o ser humano não sabe viver. As cadeias, por exemplo, estão cheias de pessoas, todos os que estão lá dizem: “Não, eu não sou culpado, sou um injustiçado e me colocaram aqui”… Ninguém é culpado. Mas não existe dúvida que estão no cárcere, porque não sabem viver.

    Ninguém sabe viver em paz, se alguém diz uma certa palavrinha meio atravessada, o ofendido reage mecânica e violentamente, resultado: briga. Essa é a tendência da humanidade, uns brigando contra os outros e todos contra todos.

    Se batem à nossa porta e pergunta se há alguém, respondemos: “Eu!”, mas quem é esse “Eu”? Claro que ele é o problema, o “eu” o Ego.

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.