domingo, setembro 26, 2021

Guerra santa

Home Fóruns Guerra santa

  • Este tópico está vazio.
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #29590
    Mentalml
    Participante

    Saudações a todos!

    Gostaria de colocar uma questão aqui, deveras interessante e emergente.
    Quando alguém se inicia na grande obra, de cara poderá notar que existem divisões entre muitos grupos, onde um acusa o outro. Evidentemente isso é gerado pelo ego, pois não se era para existir isso entre gnósticos. É um erro que, no correto entender, deveria ser corrigido o mais rápido possível.
    Existe também um laço ainda mais tenebroso que pode fazer com que o iniciado caia, seduzido pela facilidade do sistema. Trata-se da linha do tantrismo negro, onde a pessoa procura despertar os chacras por meio da energia desprendida pelo orgasmo. esse tipo da prática faz com que se desperte muito mais rapidamente em comparação ao trabalho sugerido por Samael. Todavia, tal processo trás consigo terríveis conseqüências, onde o iniciado acaba também criando elementais (demônios) que começam a sugar suas energias e por fim se torna escravo deles, mergulhando mais ainda nos mundos infernais e se afastando para sempre de Deus.
    Existem praticantes que ousam dizer em alguns sites da net que esse tipo de trabalho pertence a “grande fraternidade branca”, se vestindo com pele de ovelha e tapeando assim os desinformados.
    Então, fica a pergunta:

    Deve se informar a todo amigo iniciado sobre a existência e os malefícios do tantrismo negro, ou é preferível o silêncio, deixando que ele descubra algum dia por si? Parece ai haver uma possível via de mão dupla, pois se advertimos os iniciantes, por outro lado pode fazer com que atice a curiosidade deles, por ser um caminho aparentemente mais fácil.

    Opiniões?..

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.