domingo, setembro 26, 2021

ANO-NOVO, VIDA NOVA???

Home Fóruns ANO-NOVO, VIDA NOVA???

  • Este tópico está vazio.
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #29315
    imported_Ali
    Participante

    Estamos comemorando mais um novo ano-novo.

    Esperanças se refazem, promessas se atualizam, ânimos se exaltam… É assim todo ano, verdade? Nós, estudantes gnósticos, precisamos MEDITAR PROFUNDAMENTE para compreender este processo de Esperanças, Otimismos, Confusões e REPETIÇÕES que todos os anos nos fazem crer na ILUSÃO DO TEMPO ABSOLUTO.

    O que estamos comemorando na realidade é o quê? É precisamente um ano-novo RELATIVO, baseado num calendário que só uma pequena parte da humanidade adota, que é o chamado CALENDÁRIO GREGORIANO.

    Existem, a título de ilustração, outros tantos, seguidos por milhões e milhões de pessoas, tais como vemos abaixo:

    ____________________________________

    GREGORIANO 2008

    (a partir de 1º de janeiro)
    O ponto inicial de contagem é a data estimada por um abade romano de quando teria nascido Jesus Cristo – que passou a ser o ano 1. Essa contagem foi instituída apenas no ano de 527. Anteriormente, era utilizado como marco o ponto de partida do antigo calendário lunar romano, que tinha como data-base a fundação de Roma.
    Antes chamado de juliano, o atual calendário gregoriano coordena a passagem do tempo no Ocidente e é utilizado na maior parte do mundo, às vezes em conjunto com outros calendários locais. Tem um ano de 365 ou 366 dias (bissexto).

    JUDAICO 5768

    O seu ponto de largada é o ano de 3761 a.C. (de acordo com o calendário gregoriano), momento estimado como a data de criação do mundo. Embora a idade da Terra tenha sido calculada com bases científicas em cerca de 4,5 bilhões de anos, a datação judaica permanece como tradição religiosa.
    É um calendário lunisolar, isto é, os meses de 29 e 30 dias são definidos pela passagem completa dos ciclos da Lua, mas periodicamente um mês de tamanho variável é adicionado para adequar o ano ao ciclo solar. Por isso, os anos judaicos convencionais podem ter de 353 e 355 dias, e os bissextos, 383 a 385. O próximo Ano-Novo judaico, o Rosh Hashaná, cairá no final de setembro.

    ISLÂMICO 1428

    É contado a partir do dia 16 de julho de 622 d.C., quando o profeta Maomé rumou de Meca para a cidade de Medina, na chamada Hégira. Consiste de 12 meses lunares que somam 354 dias – 355 nos anos bissextos destinados a corrigir defasagens em relação às fases da Lua. Cada período de 33 anos maometanos corresponde a 32 anos ocidentais. Por não contar com a intercalação de meses excedentes para adequar seu ciclo ao ano solar, os meses não caem sempre nas mesmas estações do ano. É utilizado em países islâmicos.

    CHINÊS 4705

    Contado a partir de 2637 a.C., a exemplo do calendário judaico é lunisolar, com meses de 29 e 30 dias baseados nos ciclos da lua de 29 dias, com um mês adicional intercalado periodicamente para manter a sincronia com as estações do ano. Cada período anual recebe o nome de um entre 12 animais. Em 18 de fevereiro de 2007, iniciou-se o ano do Porco, e em 7 de fevereiro começará o Ano do Rato.
    Embora ainda em vigor na China e algumas regiões da Ásia, desde 1912 os chineses também utilizam o calendário gregoriano para fins civis.

    IRANIANO 1386

    Estabelecido em 1925 no Irã, esta variação do calendário islâmico tem o mesmo ponto de partida, ou seja, a viagem de Maomé de Meca para Medina em 622 d.C. A diferença na contagem dos anos entre eles é explicada pelo fato de que, enquanto o sistema islâmico tem anos mais curtos, baseados nas repetições das fases da Lua, o iraniano toma como base o ciclo solar e tem 365 ou 366 dias.
    O ano, que começa com a chegada da primavera no Hemisfério Norte, tem 12 meses de 30, 31 ou 29 dias, trazendo nomes de origem persa.

    INDIANO 1929

    Em 1957, um comitê indiano procurou unificar os mais de 30 calendários então usados em diferentes regiões do país. Desde então, é usado um sistema semelhante ao gregoriano, com anos de 365 dias intercalados periodicamente com anos bissextos de 366 dias.
    A contagem dos anos, porém, é feita a partir do início de uma era tradicional para a cultura hindu, chamada Saka, que corresponde ao ano gregoriano de 78 d.C. Por isso, o ano indiano corrente é 1929. Muitos calendários diferenciados, porém, ainda persistem para uso religioso.

    __________________________________________

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.