quinta-feira, setembro 23, 2021

ALCOOLISMO ENTRE ADOLESCENTES

Home Fóruns ALCOOLISMO ENTRE ADOLESCENTES

  • Este tópico está vazio.
Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #29632
    imported_Ali
    Participante

    MENINAS ADOLESCENTES E PRÉ-ADOLESCENTES CADA VEZ MAIS ALCOÓLATRAS

    No mundo e em particular na Europa, de 2001 para cá, houve um aumento de 25% no número de garotas abaixo de 14 anos internadas em hospitais com problemas mentais decorrentes do álcool e há informes que falam de doenças de fígado aos 16.

    De acordo com o British Medical Journal, um terço das garotas britânicas acima dos 14 bebe toda semana e um quarto delas provou drogas. Algumas meninas relataram a facilidade com que conseguem comprar ambos, bebida e drogas.

    E na Rússia, onde infelizmente o alcoolismo atinja 10% da população, a tentativa de angariar mais beberrões entre o sexo oposto preocupa as autoridades. Psicólogo de um centro de reabilitação em Moscou, Yuri Sorokin declarou à Agência Reuters que 60% dos que buscam tratamento para alcoolismo hoje na capital russa são mulheres, inclusive esposas de milionários. “O alcoolismo feminino é um problema enorme na Rússia, tão grande quanto oculto”, disse Sorokin.

    Martin Plant, professor de estudos sobre dependência da Universidade West of England, foi um dos primeiros especialistas a alertar para o fato de que as meninas inglesas estão bebendo cada vez mais, e até cair. No livro Binge Britain (Oxford Press), escrito em parceria com sua mulher, Moira, Plant sustenta que o alcoolismo na adolescência já é uma epidemia no Reino Unido. Beber em “binge”, que significa consumir álcool com a intenção deliberada de se embriagar, virou o esporte nacional.

    Artigos na imprensa inglesa falam do arremedo do estilo de vida masculino pelas garotas, o que inclui vestir-se igual a eles, com aquelas calças jeans superbaixas popularizadas pelos rappers, e praticar atos de vandalismo e violência que as autoridades atribuem ao consumo excessivo de álcool. Um informe do governo britânico publicado em dezembro diz que as queixas nas delegacias envolvendo garotas entre 10 e 17 anos cresceu 25% nos últimos três anos. As meninas também estão formando gangues e andando armadas com facas.

    À venda desde o início do ano passado na Rússia, um dos países com o maior índice de alcoólatras no mundo, a vodca Damskaya (damas, em russo) tem como público-alvo a mulher. No anúncio de lançamento, a garrafa em tons de violeta foi fotografada com um vestido esvoaçante à Marilyn Monroe, revelando o rótulo em lugar de pernas. E o slogan: “Entre nós, garotas…”

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.