Endocrinologia – Pâncreas

48
2090
Incensos

O pâncreas é parcialmente urna glândula sem conduto. Todos os sucos digestivos do organismo humano descarregam-se no duodeno através do famoso Conduto de Wirsung. O grande médico alemão, o dr. Arnold Krumm-Heller, professor de Medicina da Universidade de Berlim, dizia em seu Curso Zodiacal que a Constelação de Virgem influi sobre o ventre e especialmente sobre as Ilhotas de Langerhans.

A insulina é importantíssima porque governa todo o metabolismo dos hidratos de carbono. A insulina é segregada pelas ilhotas do pâncreas. Quando as referidas ilhotas não trabalham corretamente, oriunda o diabetes. O trabalho principal do pâncreas é a transformação dos açúcares. Quando as ilhotas não segregam a insulina corretamente, os açúcares passam diretamente para o sangue. Esse é o diabetes.

Com os tratamentos de insulina a ciência médica consegue controlar o diabetes. Contudo, esse tratamento não o cura. Nós temos conhecido muitos pacientes diabéticos que lograram curar-se do diabete com o famoso chá antidiabético.

A fórmula desse chá é a seguinte:

Folhas de Abacateiro: 30 gramas
Folhas de Eucalipto: 30 gramas
Folhas de Nogueira: 30 gramas

Cozinha-se todo o conjunto em um litro de água. Doses: três copos diários, um antes de cada refeição. Tome-se durante seis meses seguidos. O tratamento com insulina não se opõe com esse chá inofensivo.

A secreção das Ilhas de Langerhans passa diretamente ao sangue. Os hindus dizem que acima do umbigo se encontra o Lótus de dez pétalas. Este chacra, situado nesta região, controla o fígado, o estômago e o pâncreas. Dizem os yogues que a cor deste chacra é como a das nuvens carregadas de raios, centelhas e fogo vivo.

Os yogues do Hindustão, que conseguiram desenvolver este chacra umbilical, podem permanecer no fogo sem se queimar. Dizem esses sábios que nesse chacra brilha o Tattwa Tejas (Éter Ígneo). Os biólogos ocidentais dizem que é impossível.

Eles deveriam ir ao Hindustão para investigar isso. Muitos céticos ocidentais que foram à Índia vieram assombrados ao ver esses yogues permanecerem no fogo sem se queimar. Os yogues do Hindustão desenvolvem o chacra umbilical com a concentração e a meditação. Concentram-se horas inteiras no umbigo.

Quando os hipnotizadores ocidentais viajam por essas terras do Hindustão, Paquistão, Grande Tartária, Mongólia, China e Tibet, e veem esses ascetas orientais concentrados mentalmente no umbigo, supõem que é para se auto-hipnotizar. A realidade é distinta: concentram-se e meditam horas inteiras nesse chacra para desenvolvê-lo.

Voltar para Endocrinologia

Incensos
  • amei essa receita de chás