Simão, o mago

Simão, o mago

“Certa vez, faz tempo, eu, através dos meus poderes, transformei o ar em água, e a água novamente em sangue, e, solidificando-a em carne, formei uma nova criatura humana – um menino – e produzi um resultado muito mais nobre do que o Deus Criador. Ele o criou da terra, mas eu o fiz do ar – uma tarefa bem mais difícil: depois eu o desfiz e o dissolvi novamente no ar.” (Simão o Mago, Apophisis Megale, século I d.C.)

O QUE DANTE ESCREVE SOBRE SIMÃO MAGO

Canto XIX

Vala dos Simoníacos

Ó Simão o Mago, e todos aqueles que te seguiram, profanando e vendendo as coisas de Deus pelo preço de ouro e prata! Em vossa homenagem devo soar a trombeta, pois é aqui, nesta terceira Vala onde estais!

Já estávamos no meio da ponte sobre a terceira Vala. De lá eu vi nas encostas e nos fundos da pedra gelada redondos furos escavados de igual tamanho. Da boca dos furos pendiam os pés de um penitente, cujo corpo estava enterrado nos buracos com a cabeça para baixo. Nas plantas dos pés ardiam chamas, que escorriam por seus calcanhares. Os sofredores, desesperados, agitavam seus pés freneticamente, na vã esperança de livrarem-se das dores causadas pelas chamas.

– Mestre – perguntei -, quem é aquele que se debate mais que os outros, e que é torturado por uma chama mais vermelha?

– Se quiseres – respondeu – eu te levarei até ele, e lá poderás perguntar quem ele é e de onde veio.

Concordei e ele me ajudou na descida difícil, me segurando enquanto passávamos pelas beiras esburacadas.

Só quando eu estava diante do pecador foi que ele me soltou.

Ó Simão o Mago, ó míseros sequazes
Por quem de Deus os dons só prometidos
A virtude, em rapina contumazes,
Por ouro e prata estão prostituídos!
Por vós tange ora a tuba sonorosa:
Jazeis na tércia cava subvertidos.
À outra tumba chegamos temerosa,
Da rocha nos subindo àquela parte,
Que, a prumo ao centro, eleva-se alterosa.
Saber supremo! Que inefável arte
Mostras no céu, na terra e infernal mundo!
Oh! teu poder quão justo se reparte!

O QUE DIZ O VM SAMAEL AUN WEOR SOBRE SIMÃO MAGO

Estando nos Mundos Suprassensíveis, chegaram às minhas mãos duas obras:

Uma era de Simão o Mago e a outra era do samaritano Menandro, que chegou ao pináculo da Ciência Mágica.

Depois de consultar essas duas obras, invoquei Simão o Mago. Essa invocação a fiz em nome do CRISTO. Então, Simão o Mago contestou, dizendo-me: “Em nome do Cristo não me chames, chama-me em nome de Pedro”. Então compreendi que Simão o Mago era o polo contrário de Simão Pedro.

Penetrei em um precioso recinto, onde encontrei Simão o Mago com seu colégio de fiéis discípulos. Quando Simão me viu entrar, em tom áspero me disse: “Saia daqui!” E acercando-se a mim me tocou certos chakras do baixo-ventre. Então entendi que Simão o Mago é realmente um Mago Negro.

Procedi defendendo-me com minha Espada Flamígera, e ante as torrentes de fogo ardente, aquele mago negro ficou anulado, e sem se atrever a mirar minha Espada, permaneceu absorto.

Eu conheci Simão o Mago na antiga Roma, e o ouvi predicando a seus discípulos.

O mal é tão fino e delicado que até a mesma Mestra Blavatsky chegou a crer firmemente que Simão o Mago era um Mestre da Loja Branca.

Huiracocha também acreditou que Simão o Mago era um grande Mestre Gnóstico, e nos diz que tudo o que Papus e outros autores ensinaram acerca da magia nos últimos anos era tomado de Simão o Mago.

O único que não se equivocou com respeito a Simão o Mago foi Dante Alighieri, em sua Divina Comédia.

Dante chama de “simoníacos” os discípulos de Simão o Mago.

Os romanos erigiram a ele estátuas com a inscrição: Simoni Deo Sancto.

Sem embargo, estudando atentamente as obras de Simão o Mago, aparentemente não há nada que possa ser considerado condenável, como Magia Negra.

O mal é tão fino no Mundo da Mente… o mal é tão delicado e tão sutil no plano do entendimento cósmico, que realmente se necessita de muita intuição para não se deixar enganar pelos demônios do Mundo Mental.

No Plano Mental os magos negros são milhões de vezes mais refinados e delicados que os magos negros do Plano Astral.

Diz Simão o Mago o seguinte: “O Pai era Uno; porque contendo em si mesmo o pensamento, estava só. Sem embargo, não era o primeiro, ainda que foie preexistente; senão que manifestando-se a si mesmo de si mesmo, chegou a ser o segundo (ou dual). Não foi chamado Pai até que o pensamento lhe deu este nome. Portanto, desenvolvendo-se de si mesmo, manifestou-se de si mesmo seu próprio pensamento, e assim também o pensamento manifestado não se atualizou senão que viu ao Pai oculto nele, isto é, à potência oculta em si mesma.

E a potência (dunamis) e o pensamento (epinila) são masculino-feminino, porém ao corresponder-se reciprocamente (porque a potência de modo algum difere do pensamento), são um só. Assim, nas coisas de cima está a potencia, e nas de baixo o pensamento. Ocorre, portanto, que se bem é uno o manifestado por ambos, aparece duplo, pois o andrógino leva em si o mesmo elemento feminino.

Assim, a Mente e o pensamento são inseparáveis um do outro por serem uno, ainda que apareçam em dualidade”. (Pág. 190. Apontamento 2: A Doutrina Secreta, HPB, Sexto Volume.)

Realmente quem ler esse parágrafo não poderá encontrar nada que possa condenar Simão o Mago como Mago Negro. A chave é dada a nós por Dante em sua obra intitulada Divina Comédia. Dante nos pinta em seu Inferno a Simão o Mago e a todos os feiticeiros, aos que Dante denomina Simoníacos, caminhando em seu inferno com a cabeça para trás…

A Magia Negra de Simão o Mago consiste em que ficou mirando para o Passado e não quis aceitar o Cristo ou a nova Corrente Crística. Esta é uma rebelião contra as Hierarquias Divinas, e de fato Simão o Mago ficou colocado nos mundos da magia negra.

Quem atentamente estudar os ensinamentos de Simão o Mago poderá comprovar que Simão o Mago não fala uma só palavra a favor do Cristo.

Simão o Mago viu que a Chispa se desprendia da chama em si mesma sem recordar-se daquelas palavras do Divino Rabi da Galileia: “Ninguém chega ao Pai senão por mim”.

Simão o Mago viu o Pai oculto nele e quis realizá-lo em si mesmo, porém rechaçando o Cristo, e assim foi como de fato caiu na magia negra…

SIMÃO O MAGO CAIU NA MAGIA NEGRA POR PURO ORGULHO

Simão o Mago não quis aceitar o Cristo por puro orgulho.

Coisa semelhante está acontecendo agora neste século 20 com muitos espiritualistas que não querem aceitar meus ensinamentos por puro orgulho.

Essa classe de seres “Simoníacos” cai na Magia Negra por puro orgulho.

Simão o Mago conheceu o Grande Arcano, e é absolutamente casto.

O Mestre Huiracocha, na página 50 da Igreja Gnóstica cita um parágrafo do livro A Prédica, de Simão o Mago, que literalmente diz:

Para vós falo em metáforas; porém deveis compreender-me… Duas espirais de toda seriedade há em um princípio sem fim. Ambos vêm de uma raiz, ou seja, do Poder Infinito, do Silêncio Invisível. Uma das espirais vai para cima. É o poder, o entendimento do Grande Todo que a tudo chega, e é masculino. O outro tende para baixo. É a Grande Mente, o produtor incansável, e é feminino. Na união de ambos está a resolução de todo o problema. O poder de si mesmo é masculino e feminino por sua vez”.

Simão o Mago conheceu, pois, a fundo a Alquimia Sexual e o Grande Arcano.

Porém, caiu na Magia Negra porque ficou olhando para o passado e não quis aceitar Cristo.

A mente é, pois, o animal mais perigoso do Alquimista.

Se Simão o Mago tivesse dominado a mente com o Látego da Vontade, não teria caído no Abismo.

O Alquimista que se deixa levar pelos raciocínios da Soberba da Mente fracassa na Grande Obra e cai no Abismo.

O Alquimista deve ser muito humilde ante as Hierarquias Divinas para não fracassar na Grande Obra.

A Mente deve humilhar-se ante as Hierarquias Divinas.

A Mente deve voltar-se como uma criança humilde e simples.

A Mente deve humilhar-se ante a Majestade do Íntimo.

É impossível subir ao Pai sem elaborar o Menino de Ouro da Alquimia Sexual.

Esse Menino de Ouro é o Eu Cristo.

Há que se formar o Cristo em nós para subir ao Pai.

Em nosso trabalho com a Pedra Bendita, apresentam-se sutilíssimos perigos que o Alquimista deve conjurar valorosamente.

No Mundo Mental há magos negros que se parecem com Adeptos da Fraternidade Branca.

Esses magos negros têm sublimes presenças e deliciosa cultura Espiritual.

Quando esses magos falam, só falam de Amor, de Luz, da Verdade e da Justiça.

Parecem seres inefáveis, e só viemos a descobrir que são magos negros quando em tom muito fino e delicado nos aconselham então a ejaculação seminal.

Se nesse momento gritamos em sua presença: VIVA O CRISTO, ABAIXO JAVÉ, então os veremos levantarem-se iracundos contra nós para tirar-nos de seus recintos.

Todos esses Irmãos da Sombra aconselham a ejaculação seminal e odeiam a força crística.

Assim, pois, o mal se reveste de tão sutis enganos que o discípulo deve sempre abrir bem os olhos e viver alerta e vigilante, como o vigia em época de guerra.

Há Adeptos da Sombra que, disfarçados de Mahatmas, se nos apresentam nos Mundos Internos para nos dizer que já estamos caídos, que já fracassamos em nosso anelo rumo à Luz, que já perdemos os graus adquiridos etc.

Assim, então, se o discípulo se resvalar nessas cascas, cai no Abismo inevitavelmente.

A mente não deve raciocinar.

A mente deve fluir integralmente sem o batalhar das antíteses, a mente debe se converter em um instrumento flexível e delicado onde possa se expressar majestade do Íntimo.

O orgulho fez Simão o Mago cair nos Abismos da Magia Negra.

“E como viu Simão que pela imposição das mãos dos Apóstolos se dava o Espírito Santo, lhes ofereceu dinheiro.”

Dizendo: Dai-me também a mim esta potestade, que a qualquer que puser as mãos por cima receba o Espírito Santo.

Então Pedro lhe disse: ‘Teu dinheiro pereça contigo, que pensas que o Dom de Deus se ganha por dinheiro. Não tens parte nem sorte neste negócio; porque teu coração não é reto diante de Deus.

Arrepende-te, pois, desta tua maldade, e roga a Deus, se quiçá te será perdoado o pensamento de teu coração.

Porque em fel de amarguras e em prisão de maldade vejo que estás.’

Respondendo então Simão, disse: ‘Rogai por mim ao Senhor que nenhuma coisa dessas que haveis dito venha sobre mim’. (Atos dos Apóstolos 8: 18 a 24)

Com esses versículos das Sagradas Escrituras fica absolutamente comprovada nossa afirmação de que Simão o Mago é um perigosíssimo mago negro.

(Samael Aun Weor, Alquimia Sexual)

Posts relacionados

29 Comments

  1. Adorei o site..
    Gostaria de saber como me cadastrar para baixar os livros da área reservada .
    desde já agradeço.

    1. Clique no topo do site, canto direito, no termo ÁREA RESTRITA e siga os passos. É entrada gratuita…

  2. Eu queria saber se o que esta no Livro de Abramelin é magia negra ou magia branca, tem cara de magia negra mas estou em duvida

    1. Zack, o livro de Abramelin é de pura magia, e deve ser usado por quem domina o Desdobramento Astral (ou viagem astral), pois é somente no mundo astral que se encontra o Reino da Magia. No astral, podemos invocar os Santos Anjos para nos protejam enquanto praticamos todo e qualquer ritual de magia.
      Sem essa proteção, é temeroso praticar o que se ensina nesse livro, especialmente os quadrados-mágicos…

  3. A proposito, não é de Simão que Dante fala, mas sim de do Papa Nicolau III , vejam, informação do Wikipédia em!: Sobre Simonia:
    Simonia é a venda de favores divinos, bençãos, cargos eclesiásticos, prosperidade material, bens espirituais, coisas sagradas, objetos ungidos, etc. em troca de dinheiro. É o ato de pagar por sacramentos e consequentemente por cargos eclesiásticos ou posições na hierarquia da igreja. A etimologia da palavra provém de Simão Mago, personagem referido nos Atos dos Apóstolos (8, 18-19), que procurou comprar de São Pedro o poder de transmitir pela imposição das mãos o Espírito Santo ou de efetuar milagres.

    O Direito Canônico também estipula como simonia atos que não envolvem a compra de cargos, mas a transação de autoridade espiritual, como dinheiro para confissões ou a venda de absolvições.

    A prática da simonia no final da Idade Média provocou sérios problemas à postura moral da Igreja. O poeta Dante Alighieri condena os simonistas ao oitavo círculo do inferno, onde encontra o Papa Nicolau III enterrado de cabeça para baixo, com as solas dos pés em chama. O exemplo de Nicolau III serve como aviso e previsão aos Papas Bonifácio VIII, o Papa contemporâneo à “Divina Comédia”, e Clemente V, seu sucessor, pela prática de tal pecado. Escritores menos devotos, como Maquiavel e Erasmo de Roterdã, também condenaram a simonia séculos mais tarde.

    A prática de simonia foi uma das razões que levaram Martinho Lutero a escrever as suas “95 Teses” e a rebelar-se contra a autoridade de Roma. Hoje a doutrina católica, pune com excomunhão latae sentientae, ou seja, automaticamente, a todo e qualquer ato de simonia, que alguns de seus membros vierem a praticar.

    A Igreja da Inglaterra também viu-se envolvida com a prática de simonia após ter-se separado da Igreja Católica. Atualmente a prática da simonia é muito frequente nos meios Pentecostais e principalmente nos neo-Pentecostais através da propagação da Teologia da Prosperidade.

    1. O termo “simonia”, etimologicamente falando, origina-se de Simão o Mago. Obviamente, o mestre Dante refere-se a muitos simoníacos, especialmente os vendedores de salvação, abundantes da Igreja Católica medieval…

  4. Sugiro que, como fazem os espíritas, chamássemos o espírito de Simão, o Mago e de Pedro, o apóstolo que o desafiou.E então, perguntar aos dois o que realmente aconteceu. Se o que o livro de Atos diz é verdade, não há o que temer. Paz Profunda!!! T.F.A

    1. Sugiro que você não invoque tal entidade simoníaca enquanto você não tiver despertado sua Kundalini, sua Espada Flamígera.

  5. Realmente simao o mago nao o mestre da senda essa pessoao retornara pra cuprir seu papel

  6. como q faz pra solta magia

    1. algo como estar em profunda prece e equilibrio interior e esperar que os deuses façam por voce com sua voz ou convicçao veraz firme e claramente objetiva

  7. Mistério:
    Nunma guerra todo general,prcisa conhecer seus inimigos,para saber como lidar com ele,logo é preciso criar espiões e infiltrar junto ao inimigo para espiona-lo,fingindo sempre ser amigo,pois assim esconderas sua intenção(mistério) e sabendo a intenção do inimigo saberas como lidar com ele,podendo surpreiendelos e selebrar sua derrota em caso de guerras,se souber esconder suas intenção nem o ser mais sabio poderar te revelar,mesmo que tudo torne publico,pois ira de enconto a opinião publica e eles não acreditarão,pois estão de todos confundidos e como nada é ensinado ao povo,fica facil dissuadi-los com conversas paralelas(sofismo,retórica,dialética (arte do discurso)e tudo isto ja era pensado IV AC pelo general chines “Suntzu”,logo a sabedoria é velha,mais a tolice se renova a cada geração e tudo isto é propósito politico,arruinam escola e mantem o povo severamente na fé(ninho de serpente).

  8. Na verdade,magia é um encanto,uma forma de ilusão de demonstrar a realidade apartir de ideologia do ser pensante,se a magia for apresentada por branco da-se o nome magia(branca) e se for por negro o nome é magia (negra) no final tudo é conflito entre raças para o dominio de tudo por um ser unico e absoluto o senhor de todas as coisas o grande soberano(rei dos reis),este dominio teria ocorrido por volta de 47 AC com a tomada do Egipto pelo general Julio Cesar e consolidade com o dominio de seu filho adoptivo Otavi Augusto Cesar que dominou por completo o Egipto com a morte de Cleópatra VII e de seu filho “Cesarion” filho de Julio Cesar e Cleópatra VII e tambem rival de Otavio filho adotivo de Julio Cesar,mais os conflitos se arrastão pelos seculos com as rivalidades entre povos,Marcião junta e acrescenta nos livros da biblia as pragas e cria o velho e novo testamento,seculos depois surge os sismas,Luthero cria o protestantismo e rejeita sete livros da biblia original que possuia 73 livro,com isto fica com 66 livros(numero da besta “66”),pois os sete (07)livros rejeitados eram tidos como livros de sabedorias.

  9. Magia é um dos meios,pelo qual o ser apresenta ou representa o mundo,se torna claro conduz na luz,se torna oculto(escondido) domina em trevas (sem visão),logo impede os seres de raciosinar,para mante-los na crença(fé),pois em tese seria muito mais facil lidar com quem não pensa,pois quem não pensa obedece,logo é dominado,assim surge o “dominio”(Demônio),a mente dominada em tese pode esta morta,morrendo,atrofiada e tudo isto não é bom,pois todo animal que costuma seguir um trilha ao tendar mudar de trilha pode ficar perdido.

  10. O ser só evolui,quando organisa seus pensamentos e entende os pensamentos de outros seres,magia é tudo aquilo criado para demonstrar ou ocultar algo,logo o universo é mental,DEUS é uma mente universal o Demônio é um ser dominante que domina apartir de leis que rege o sistema,Deus esta em tudo,logo os seres são semi deus,pois podem e deve pensar e encontrar a melhor forma de condução de seres á serem conduzidos.

  11. Não há na biblia nenhuma passagem que revela a ressureição,muito pelo contrario não houve ressureição,I corintios 15:15 e idem os demais verciculos.Falta de moralidade vergonha e honestidade e humanidade arruina a escola para enganar o pobre.

    1. Ler os livros sagrados como um autômato, um robô, e interpretando ao pé da letra… isso é que destruiu o cristianismo e tornou essa religião a mais adulterada de todas.

    2. buscadora aprendiz

      Caro José, isto se trata de um grave erro de interpretação de texto, ainda que ao pé da letra!… Desculpe falar desta forma; não pretendo ofendê-lo, apenas tentar mostrar-lhe… Veja o contexto em que Paulo estava falando, vc isolou o versículo dos outros. Ele quis dizer justamente o contrário! Estava exortando, “dando uma bronca” naqueles que diziam não crer na Ressuirreição!

      Ele inicia, primeiramente, falando da pregação do Evangelho entre o povo; diz ele querer lembrá-los do que foi pregado:

      “1 Ora, eu vos lembro, irmãos, o evangelho que já vos anunciei; o qual também recebestes, e no qual perseverais,
      2 pelo qual também sois salvos, se é que o conservais tal como vo-lo anunciei (…)” [veja que aqui ele já afirma estar ciente de que o evangelho vinha sendo adulterado, critica o fato de este não ser mais a mesma doutrina que ele havia anunciado]
      “3 Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras;
      4 que foi sepultado; que foi RESSUSCITADO ao terceiro dia, segundo as Escrituras;
      5 que apareceu a Cefas; e depois aos doze;
      (…) 8 e por derradeiro de todos apareceu também a mim, como a um abortivo.”

      Exposto isto, onde ele relembra aos coríntios o que havia ensinado, e falando que eles ainda creem na Ressurreição de Cristo, porém dizem que não há ressurreição de mortos (e é esta contradição que ele critica), veja onde ele começa a “bronca”:

      “12 Ora, se se prega que Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, como dizem alguns dentre vós que não há ressurreição de mortos?”

      Veja que ele disse, traduzindo: “Como vocês podem dizer que não há ressurreição de mortos, se pregamos que Cristo ressucitou?”

      Após isto, ele apenas desenvolve o raciocínio, fazendo um silogismo para demonstrar aos coríntios como estavam enganados ao dizer que não há ressurreição…

      “12 Ora, se se prega que Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, COMO DIZEM ALGUNS dentre vós que não há ressurreição de mortos?”
      13 MAS se não há ressurreição de mortos, também Cristo não foi ressuscitado.
      14 E, se Cristo não foi ressuscitado, LOGO é vã a nossa pregação, e também é vã a nossa fé.
      15 E assim somos também considerados como falsas testemunhas de Deus, pois TESTIFICAMOS de Deus, que ressuscitou a Cristo, ao qual, porém, não ressuscitou, se, na verdade, os mortos não ressuscitam. [ou seja: se vocês não creem que haja ressurreição dos mortos, então nós somos mentirosos? Que dão falsos testemunhos, já que testificamos que Deus ressuscitou a Cristo?]

      Eis o sentido gramatical exato das palavras que você citou…

      Concluindo o raciocínio dele, fazendo os homens refletirem:
      “Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens.”
      (1 Coríntios 15:19)

      Outra passagem interessante e que corrobora esta interpretação acima é o diálogo de Cristo com Nicodemos: João, 3: 1 – 14.

    3. buscadora aprendiz

      Também Paulo diz claramente no versículo 20 (continuação): “Mas de fato Cristo ressuscitou dentre os mortos, e foi feito as primícias dos que dormem.”

      E ele continua a expor a falta de lógica em acreditarem não haver ressurreição por vários versículos (29 – 34). Depois, continua, explicando sobre a Ressurreição:

      “35 Mas alguém dirá: Como ressuscitarão os mortos? E com que corpo virão?
      36 Insensato! o que tu semeias não é vivificado, se primeiro não morrer. [aqui podemos fazer uma boa ligação com o diálogo de Jesus a Nicodemos, sobre “nascer de novo”…]
      (…) “42 Assim também a ressurreição dentre os mortos. Semeia-se o corpo em corrupção; ressuscitará em incorrupção.
      43 Semeia-se em ignomínia, ressuscitará em glória. Semeia-se em fraqueza, ressuscitará com vigor.
      44 Semeia-se corpo natural, ressuscitará corpo espiritual. Se há corpo natural, há também corpo espiritual.”

      Aqui ele fala sobre Mistérios… É aí que entra a Gnose, o Conhecimento, a face ESOtérica das Escrituras. (Consulte-se um bom dicionário e ver-se-á a diferença entre EXO e ESOtérico…) Um dos sentidos que podemos inferir é que só logramos “nascer de novo”, se primeiro morrermos em nós mesmos, aniquilando o ego, a besta, o “mim mesmo”, o satan ou anticristo interior… Esse “nascer de novo” de que fala Jesus não é a simples reencarnação, mas o Renascimento Espiritual… mas aí há que se estudar mais Psicologia Gnóstica e também a Transmutação…

      Desculpem-me qualquer intomissão, só queria fazer uma reflexão… assim fica para quem entrar no post com esse tipo de dúvidas (que eu mesma já tive, nem faz muito tempo)… Espero não ter falado demais… Paz a todos!

  12. Carlos Augusto

    Queridos irmãos gnósticos,

    Muito boa noite,

    Sou estudante gnóstico e considero as informações apresentadas sobre Simão, o mago de profunda relevância para qualquer pessoas que queira seguir a senda da revolução da consciência.
    Gostaria de uma informação para os meus estudos aonde conseguiria 02 livros em português do Mestre Huiracocha:
    – A Igreja Gnóstica;
    – Rosa Esotérica.

    Paz Inverencial.

    Carlos Augusto.

    1. Temos os livros indicados por você em nossa Área Reservada. Inscreva-se e baixe-os gratuitamente.
      Tais livros estão em espanhol.

  13. Quero saber em que ponto a Biblia foi mal interpretada e adulterada.
    Qual o seu nome ?
    O Meu é Elvis !!!

    1. Se você pesquisar com profundidade irá encontrar inúmeros textos, livros e sites falando sobre seu tema de interesse.

  14. Esse mundo espiritual existe mesmo ?
    Porque o que morre tá morto, o folego sobe pra Deus e o corpo volta ao pó, na Biblia não há relato que algum espirito ou alma, sopro, energia, fique no ar, pois jaz no esquecimento. No mundo espiritual só existe Deus pai, Deus Filho, Deus Espirito e os Anjos, e O Satanás e os Demonios na terra !
    fora isso nada mais existe a não ser disfarces de Sátanas ! Tem alguma explicação, sobre esse relato, na Biblia fala que Satanás pode até se transformar em anjo de luz para enganar!

    1. Deus do céu… Até que ponto a Bíblia foi mal interpretada e adulterada…

    2. buscadora aprendiz

      “Porque o que morre tá morto, o folego sobe pra Deus e o corpo volta ao pó, na Biblia não há relato que algum espirito ou alma, sopro, energia, fique no ar, pois jaz no esquecimento.”

      Tem certeza?

      “Trabalhai, não pela comida que PERECE, mas pela comida que permanece para a VIDA ETERNA, a qual o Filho do homem vos dará (…)” (João, 6 : 27)

      “Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” (1 Coríntios, 3 : 16)

      “Eu, na verdade, ainda que ausente no corpo, mas presente no espírito, já determinei, como se estivesse presente (…) (1 Coríntios, 5 : 3)

      “Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus”. (1 Coríntios, 6 : 19 – 20)

      Ver 1 Coríntios, 15 : 12 – 58 e 2 Coríntios, 4 : 6 – 18 e 5 : 1 -17.

      “Porque sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos de Deus um edifício, uma casa não feita por mãos, eterna, nos céus.” (2 Coríntios, 5 : 1)

      Ver Lucas, 12 : 15 – 33.

      De que serviria juntar um “tesouro no céu” se a vida acabasse com o corpo? Tanto faria, então, viver segundo Deus ou as vãs concupiscências do mundo… Se não houvesse um “depois”, de quem Deus iria cobrar as contas?

      E se a vida fosse uma só, ainda que se admita a existência de um espírito, se ele sobe para Deus e lá permanece, tendo sido criado no momento do nascimento, como se explicaria que crianças inocentes nasçam na miséria, sem ter sequer o que comer, enquanto outros vivam na opulência, desperdiçando tudo, roubando e enganando, e estejam sempre bem em suas vidas materiais? Seria Deus assim tão injusto?

    3. buscadora aprendiz

      Ah! E o próprio Apóstolo João não foi “arrebatado em espírito” e teve a visão do Apocalipse? Por quê seria, então, estranho que os Mestres Samael e Dante tenham visto Simão em espírito, não?

  15. quero saber sobre o mago Bael e seus sequazes.

  16. o poder e algo muito perigoso,o poder consiste em influir e direcionar algo,ou elementos da natureza.

    por tal motivo os senhores da loja branca se mostra cautelosos quando um iniciado começa a ter em mãos as formas da magia,mesmo que de forma consciênte.

    magia e uma força que pode ser direcinada tanto para o bem quanto para o mal,a magia em si, vem da razão que da a lógica aos movimentos esta lógica traz a razão da vida.

    este e o segredo saber o qual a razão de tudo,os magos negros despertam poderes que trás em seus principios esta razão,que é a propria energia sexual.”água é fogo e seus elementos que esta atrelado as formas e energias”

    certa vez aqui mesmo no fórum gnosisoline mostrei algo quem esteve em alerta pode ver.

    me vi sendo precionado por uma força muito forte que partia dos fóristas,estes não tinha cosciência do que se processava em sua psique e reagia a tudo que eu dizia.

    resolvi investigar nos mundos internos o que ocorria,é tive esta visão:

    “vi um senhor uma tenda,e la tinha dois senhores que se dizia ser maçons,é desprentenciosamente entrei é me sentei ouvindo a pelestras daqueles senhores.

    um tinha em seu avental dianteiro sobre se peito,um simbolo que se tem no humbral do templo,o simbolo era”j”

    e o outro senhor que palestrava também de forma simultánea no mesmo espaço tinha outro simbolo,só que este o simbolo era em suas costa,é o simbolo era”B”

    estas duas palavras esplicava o que se processava naquele momento com migo no fórum,duas forças estava se impondo e suas razões estavam ocultas.

    o senhor que represntava o”j”falava mas sua voz era silenciosa,e o outro que representava o “b”etra gritante e provocativa.

    no dia seguinte eu sitei o simão o “mago” no fórum, não deu outra as forças contraria se fez presente com mais vigor que acabou me tirando do ambiente.

    quero que entenda que não estou dizendo que neste fórum reina as forças do mal, muito ao contrario as forças do mal somos nos que a criamos no ambinete por via de nossa energias instintivas do ego é inconciência,ou lunares que seja.

    existe uma forma infalivel de se dar com a magia negra e deixar que ela se dilacere se morda,o ego não comprende a lei do silemcio ele se esbraveja,e é,ai que ele perde suas forças e razões.tudo isso sem que voçê se indetifique-se com as situações que se cristaliza no espaço.porque as formas plasmaticas que gera as situações no espçao são cristalizadas por atomos do astral inferior.

    nós devemos transformar as impressões e buscar o silencio profundo e ser puros com as âgua do altar dos rios sagrados,devemos ser verdadeiros é se tiver que sofrer com isto que sejá isto se chama a morte mistica,e falar a verdade que no final sempre prevelece sobre a mentira.

    “nada esta separado de tudo”

Comments are closed.

Confira também

Magia do gato

Vamos agora conversar um pouco sobre os “naguais”,