Quem é o Rei do Mundo

Quem é o Rei do Mundo

- emMagia Cósmica
9309
35

“O reconhecimento da existência do mais santo e mais poderoso dos homens,
do reino bem-aventurado, do grande Templo da Santa Ciência,
é de tamanho conforto para nossos corações
de pecadores e nossas vidas corruptas,
que escondê-lo seria uma lástima…”
(Ferdinand Ossendowski)

Jesus Cristo dá testemunho do Rei do Mundo quando afirma: “Melquisedeck, Rei de Salem, sem pai nem mãe, é aquele que permanece Sacerdote para sempre…” Esse soberano do mundo, que residiu num castelo onde hoje existe Jerusalém, tem como domínio as grutas e cavernas de todo o planeta Terra, os quais se unem, formando gigantescas extensões do Agarthi e sua capital, Shamballah.

O explorador Ferdinand Ossendowski (1876-1945) fala sobre o poder do Rei do Mundo assim: “Ele está em contato com o pensamento de todos os homens, reis, czares, khans, chefes, guerreiros, sumos sacerdotes, cientistas e outros homens poderosos. Ele compreende todos os seus pensamentos e planos; se esses são agradáveis ante Deus, o Rei do Mundo os ajuda invisivelmente, e se são desagradáveis à vista de Deus, o Rei os levará à destruição…”

Shamballah, a cidade dos Deuses Santos, irradia sua Luz-Poder para toda a humanidade

E o Mestre Samael Aun weor, Patriarca das Instituições Gnósticas, afirma solenemente em uma de suas obras: “Amigos, chegou o momento de vocês conhecerem ao Gênio da Terra, a esse Melquisedeck extraordinário que governa nosso mundo. Um dia poderão entrar no interior da Terra e então vivenciarão por si mesmos e de forma direta que esta Terra é oca.

Ali poderão conhecer também a muitos sobreviventes da Atlântida e da Lemúria, a veneráveis anciães que cultivaram os Mistérios Divinos em seus templos, a veneráveis sacerdotisas que, como as Cleópatras do Nilo, repartiam seus ensinamentos aos povos que as amavam. Quando vocês puderem penetrar no lugar onde Melquisedeck mora, então poderão conhecer a Sabedoria dos Antigos, vivenciarão por si mesmos e de forma direta que em outros tempos resplandeceu a sabedoria hermética sobre a face da Terra…”

O pensamento acadêmico ocidental, extremamente racional e cartesiano, jamais poderia imaginar a ideia de um Império Mundial, em moldes absolutamente espirituais, de uma Sinarquia, com guias, exércitos e governadores que administrem, sábia e dinamicamente, o planeta. Isso, no entanto, foi preconizado pelas augustas e esotéricas fraternidades que trabalharam intensamente nos séculos 18 e 19, com sua famosa Utopia do Império Mundial.

Porém, não conseguiram materializar o que já existe em nível esotérico: esse Império é composto por Seres de altíssimo nível vibratório, moral e espiritual… Seres, Forças, Inteligências etc., hierarquizados de acordo com seu grau de Consciência.

Os cabalistas hebreus, com seus profundos conhecimentos ocultistas, afirmavam que cada Sistema, Galáxia, Planeta etc., possui Regentes, Gênios Planetários, Devas (ou Anjos), onipotentes e oniscientes dentro de seu trabalho cósmico. Posso citar alguns exemplos tirados das literaturas cabalísticas de algunse suas influências de Poder:

ARCANJO REGENTE DOMÍNIO
SÍRIUSVIA-LÁCTEA
ALCIONE PLÊIADES
MICHAEL NOSSO SOL
GABRIELLUA
RAFAELMERCÚRIO
URIELVÊNUS
ZACARIELJÚPITER
ORIFIELSATURNO
SAMAELMARTE
MELQUISEDECK (CHANGAM)PLANETA TERRA

Dentro dessa lógica, pode-se afirmar, sem temor de erro, que Changam-Melquisedeck pode ser considerado como uma espécie de Administrador Supremo da vida evolutiva e involutiva de nosso planeta Terra, o guardião da Anima Mundi… aliás, Ele é a própria Vida da Terra…

Mesmo sendo um “Devaraja”, um Arcanjo poderoso, obviamente acima do bem e do mal, esse misterioso Rei do Mundo possui um corpo físico que data de 4 milhões de anos, já que Ele tem em suas mãos o Elixir da Longa Vida, essa famosa Chave do Grande Arcano, como nos ensina o VM Samael Aun Weor. O próprio Mestre Samael afirma que o rosto do Grande Elder, como Changam também é chamado, exprime grandiosidade, majestade e poder, com seus pômulos salientes, olhos faiscantes e grande estatura…

Melquisedeck, o Rei do Mundo

Esse Ser já foi visto e contatado inúmeras vezes na Ásia, especialmente na Índia e Tibet, mas também em outras paragens, como nos templos sagrados de Angkor-Vat, no Camboja. Ossendovski, em seu livro Bestas, Homens e Deuses, comenta:

“Estando de passagem, no começo de 1921, na Lamaseria de Narabanchi Kure, no distante Oriente, o Houtuktu levou-me até uma sala ricamente adornada e disse: ‘Está vendo aquele trono?

Pois bem, numa noite de inverno diversos cavaleiros chegaram ao mosteiro e pediram que todos os Gelongs e Getuls, com o Houtuktu e o Campô, se reunissem nesse quarto. Então, um dos estrangeiros subiu ao trono e tirou da cabeça seu barrete. Todos os lamas caíram de joelhos porque tinham reconhecido o Homem de quem se falava nas bulas sagradas do dalai-lama, do Tashi Lama e do Bogdo Khan…

É o Ser que é o amo do mundo inteiro e que desvendou todos os segredos da Natureza. Ele rezou brevemente no idioma tibetano, abençoou todos os que se achavam presentes e depois fez revelações a respeito do século 20.

Isso ocorreu há 30 anos… Enquanto estávamos rezando na frente do pequeno altar, a porta se abriu sozinha, as velas e as tochas se acenderam espontaneamente e os defumadores que estavam sem fogo começaram a mandar pelos ares nuvens de incenso. Depois disso, o Rei do Mundo e seus companheiros desapareceram sem deixar qualquer vestígio.’”

Em seguida, Ossendovski relata sua própria experiência, depois de ouvir ceticamente o relato do monge: “O Houtuktu entrou no santuário, ajoelhou-se, cobriu os olhos com as mãos e começou a rezar. Eu estava observando o rosto calmo e sereno da estátua do Buda dourado, onde as lâmpadas acesas deixavam sombras que se mexiam. Depois, olhei para o trono.

O Rei do Mundo

Foi maravilhoso e difícil de acreditar, mas eu vi um homem forte e musculoso, o rosto bronzeado, com uma expressão severa marcada na boca e nos maxilares. Sua fisionomia era dominada pelo brilho [magnetismo] dos olhos. Através de seu corpo transparente, vestido com uma túnica branca, consegui ver as inscrições tibetanas no encosto do trono. Fechei os olhos e os abri novamente. Não havia mais ninguém, porém, a almofada de seda sobre o trono parecia mexer-se…”

Posts relacionados

35 Comments

  1. Diêgo Bezerra Soares Milhomens

    *Ferdinand Ŭosendoŭvskj (Fêrdinand Uôssêdôuvski)- Escrita Fonética , ele é Letâo .
    Regentes
    *צאדכיאֶל -Tzadkiel – é o Regente de – Jofitar (iofitar)Júpiter. Zacariel ou Esequiel, foi um abraazileiramento. Do Hebráico Tzadkiel – também Justiça.
    *אוךיאֶל- Oriel -Oŭriluoŭ – El´arablii ; Orial – Forsii (Persa), או – O ; אֶ-E – .
    *סאמאאֶל – Samael
    *ףאבךיאֶל- Gabriel
    * ךאפאאֶל – Rafael
    *מיכאאֶל – Mikael
    * אוךיפיאֶל – Orifiel –
    *מאֶלכיצאֶדאֶק- Melkitzedek – Regente da Terra

  2. Melquisedec é quem ele faz a revolução, propriamente dita, acelerando o ciclo evolucionário. Enquanto os Arcontes, exaustos, querem conservar a essência elemental dentro de seu respectivo reino mineral, vegetal, animal, prejudicando a conversão da matéria em almas humanas, Melquisedec, retoma o poder deles em seu tesouro de luz e acelera, ele mesmo, esses ciclos, promovendo cataclismos, quando necessário. Não à toa o VM Samael o chama de “Acelerador” nos seus comentários da Pistis Sophia.

  3. na realidade, ele é o príncipe deste mundo, tá mais pra quele que Cristo citou, la vem o príncipe deste mundo, e eu não tenho nada a ver com ele, na realidade, ele e o anticristo verdadeiro, despertem pela yoga q ele vem ate vcs , ele vem ver quem despertou, quando ele chegar vc escutara um som parecido com o inicio da música zero do
    year year years mas vc só ouvira e vera depois do chácara cardíaco garganta e testa despertos, mas não despertem a kundaline, conselho.

    1. Jozef, com todo respeito a vocês, mas creio que você está misturando alhos com bugalhos. Estude mais profundamente a diferença entre O PRÍNCIPE DESTE MUNDO com O REI DO MUNDO…
      O primeiro é toda a bestialidade reinante no mundo, gerada pelo nosso EGO, o segundo é MELQUISEDECK, citado e mui respeitado por Jesus, quando fala sobre A SAGRADA ORDEM DE MELQUISEDECK.
      Não confunda as coisas, amigo.

      1. disse muito bem.. ele deve mesmo estar se confundindo e misturando bagulhos em baralhos.

  4. despertei 70 % e recebi a visita deste ser, vcs estão enganados, ele e como uma estátua de ouro fumegante, quando ele chegou os passarinhos e cachorros se perguntavam o que ele veio fazer aqui? pois bem ele veio me visitar, e me designou um futuro de normalidade, ele não me ajudou, só me atrapalhou, eles não nos quer despertos, vocês podem despertar pela yoga

  5. Adao Oliveira

    Anderson Vieira,
    Tal excelente comentario, a ti foi dado por Aquele q tem consigo a primazia da excelencia, este e JESUS CRISTO,
    Porque “Em nenhum outro ha salvacao” (atos 4:12)

  6. Só pela misericórdia de Deus para interpretar as leis e os seres da criação.

  7. NOSSA, ENTÃO NÃO É FÁCIL PRA ESTE SER VER TODA ESTA DEFICIÊNCIA MENTAL DO NOSSO PLANETA, ENFIM IMAGINEM COMO ESTA NOSSA POPULAÇÃO CRESCEU!! MILHÕES DE SERES – “CADA CABEÇA UMA SENTENÇA”POLÍTICOS CORRUPTOS QUE ESQUECEM DA EQUIDADE E RESPEITO HUMANO, ASSASSINOS QUE MATAM 20 E ACHAM NORMAL, PUXA É DIFÍCIL MESMO, PARA NÃO ALONGAR MUITO O COMENTÁRIO: NECESSITAMOS URGENTEMENTE DE UMA NOVA DEPURAÇÃO DAS RAÇAS!!
    GRATO PELO ARTIGO NO EMAIL E LEMBRANDO QUE “TODA SABEDORIA É SEMPRE BEM VINDA”
    “SEDES FRATERNOS E PRATIQUEM MAIS A SABEDORIA QUE O PODER, SOB PENA DA AUTO DESTRUIÇÃO”
    ABRAÇOS
    PAULINHO DO SAX DE JAÚ/SP

    1. Não é bem assim. Estes seres imortais vivem em espírito e sabem perfeitamente a finalidade de tudo o que acontece na Terra e seus habitantes. Sua maneira de ver os acontecimentos foge ao alcance da mente humana até mesmo dos adeptos. Melquisedeck, louvado seja, cuida do processo de desenvolvimento espiritual da Terra. Melquisedeck foi quem tranladou o centro cardíaco da Terra, uma vez terminada sua missão do Tibet. Este centro cardíaco encontra-se agora na Cordilheira dos Andes.O Tibet como o conhecíamos no passado terminou sua missão e a Luz do Mundo, o centro cardíaco da Terra, está situado agora no Ocidente.Isso explica em parte o caos que o Oriente vive porque a luz espiritual de lá se foi falando de modo geral, e lá encarnam atualmente espíritos que necessitam dessas experiências duras de revoltas e guerras para humanizar seus corações duros como pedra.

  8. WILLIAM MORAES CORRÊA

    Sedek, de onde você tira tanto devaneio? Como comparar essa tal medi sei lá o que fictício com o Mestre Supremo do Universo: JESUS é o Filho de DEUS, assim como nós. Só que Ele está mais próximo ao Pai. JESUS é o Senhor do Universo.
    Se esse tal ser invisível é o rei desse mundo, pode destronar, porque sempre fez um péssimo serviço. Muito fraco. Haja fanatismo!
    Nenhum ser físico é eterno. Nem deve. Esse Mesi sei lá das quantas não faz parte de todas as religiões e crenças. É um desconhecido. Temos muitos protetores espirituais e não vamos passar a respeitar alguém que, se existir, tá chegando aqui de paraquedas e já quer sentar à janela.

  9. Melquisedeck é o fillho de DEUs. ele é eterno, naõ tem principio de dias nem decendente.nunca morreu, ele é eterno.ele pagou o preço do resgate da humanidade com seu sangue. roma ergueu jesus no lugar de Melquisedeck.si ele tivesse morrido ai sim, mas ele nunca morreu para ser subistituido por outro saserdote.Melkisedec continua vivo oculto dos olhos dos homens.

  10. Fabio marques

    Amigos, datar as mudanças cíclicas é se condenar ao ridículo, jesus (o fundador do planeta) disse que:

    Quantos a esses dias ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o filho mas somente o pai.

  11. Mario Gantois

    Melquisedec é o Rei do Mundo, o Filho do Homem mencionado por Jesus que virá julgar a humanidade no Juízo. Mesmo sendo denominado no novo testamento como Filho do Homem ele é também Filho de Deus. Jesus é o Filho de Deus, o Ungido, seu reino não é deste mundo pós-criado mas é o reino perfeito da Criação. Jesus veio para ensinar a humanidade a cristificar o seu ser. Após esse ensinamento vem o período de aprendizagem que já se finaliza.Depois vem o Juízo em que Melquizedec, o Senhor do Mundo, virá julgar e separar os que se cristificaram dos que não quiseram seguir aos ensinaqmentos do Cristo.

    1. Ele já veio e vós não reconhecestes.

  12. Ja vi, na internet que segundo informado de um mestre Maia para Mestre Samael o fim será em 2043 não em 2012. Você aqui ja disse que em 2500, como assim?

    1. Olá, Alessandro, o texto que você se refere é este (clique aqui). O grande início se daria por volta de 2043 e o grande fim perto de 2500.

  13. em qual evangelho apócrifo fala-se sobre melquisedek?

  14. e jesus e oque ?

    1. Jesus é o Instrutor do Mundo, o que mostra o CAMINHO da autorrealização íntima do nosso Ser Divino.
      Jesus é o que ensina que dentro de todo ser humano jaz em potencial o CRISTO INTERNO.
      Jesus é o que ensina os procedimentos para nos puriticarmos e encarnarmos o Cristo Íntimo, tornando-nos um dia SERES CRISTIFICADOS…

      1. Boa noite
        Os procedimentos que referem sao os 3 conhecidos pela Revolução da Consciência ? Pegar na Cruz e seguir; negar a si mesmo; nascer de novo ?
        Estou a resumir bastante, poderiam esclarecer me ?

        Agradeço

  15. Marcelo Montebras

    Sabe o que me chama mais atenção? É o fato de em cada escola iniciática estes nomes serem diferentes. Não vou citar aqui o nome das escolas, mas aprendi que o regente de Samael é o regente de Saturno e o da Terra é Rafael. Em outra escola já me disseram que Mércurio, Terra e Marte são um único ser, cada um é estagio evolutivo diferente de um mesmo ser. Embora tenham, aparentemente diferenças, vejo tudo como o mesmo ensino e que encaminham para a mesma verdade, não vejo incompatibilidade entre as escolas, pois a sabedoria celeste é perfeita e sabe que para cada ser humano uma escola ou uma religião existe para que se faça necessário este aprendizado,porém da forma como seja possível a sua assimilação. Fraterno abraço.

  16. nossa essas coisas sao complexas , melhor nem comentar com meus familiares se nao vao achar que estou usando drogas!

    como posso me informar mais sobre os assuntos????

  17. Aurelio Cardoso

    Minha duvida: Jesus, o Cristo (portador da Luz, o iluminado), descende da linhagem de sangue de David e linhagem espiritual de Melquizedec ( sacerdote segundo esta ordem ) ? Pois já li que Jesus é o grande Mahachohan do nosso planeta, é só Ele.
    Favor explicar este aspecto do Cristo neste contexto Hierárquico.

    1. Cristo é a força de Deus presente em todos os átomos do Universo, mas também na Alma de todos os mestres que o encarnaram.
      Cristo é o TODO, o Exército da Voz, na sua totalidade. Então Cristo é a Hierarquia na sua totalidade.
      Agora, quando se fala do maior cristificado de todos os tempos, chamado neste planeta de Jesus de Nazaré, então sim, Ele é o Supremo Comandante, o chefe-mor da Grande Fraternidade Branca…

    2. anderson vieira

      Hebreus 6 afirmou já que Jesus foi feito sumo sacerdote para sempre segundo a ordem de Melquisedeque,Segundo Hebreus a essência da religião é que leva o homem, sem temor nem barreiras, à presença de Deus. Agora, para que este acesso a Deus seja possível, existiam dois meios. Em primeiro termo a Lei. A idéia básica da Lei que, enquanto o homem observa fiel e obedientemente os mandamentos se mantém numa posição de amizade com Deus e as portas a sua presença ficam abertas.Precisamente para reparar esta situação de afastamento existia o segundo: o sacerdócio e todo o sistema sacrificial. A palavra latina para sacerdote é pontifex que significa construtor de pontes: o sacerdote é um homem cuja função consiste em tender uma ponte entre os homens e Deus. De que maneira? Por meio do sistema sacrificial. O homem quebrantou a Lei e por esse ato interrompeu sua comunhão com Deus obstruindo o caminho que conduz a Ele; pela oferenda de um sacrifício correto este quebrantamento ficava expiado. Assim se restaurava a comunhão com Deus e se removiam barreiras. O problema consistia em que nem todos os esforços do sacerdócio e todos os sacrifícios podiam restaurar a entrega perdida ou fazer com que o pecador recuperasse sua familiaridade com Deus. Portanto, segundo o argumento do autor se requeria um sacerdócio novo e diferente e um sacrifício novo e eficaz. De outra maneira o caminho à presença de Deus jamais podia ser aberto. O autor de Hebreus vê em Jesus Cristo o único sumo sacerdote que pode abrir o caminho a Deus e chama o sacerdócio de Jesus um sacerdócio segundo a ordem de Melquisedeque. De onde adquiriu esta idéia? De uma passagem do Antigo Testamento. No salmo 110:4 está escrito: “O SENHOR jurou e não se arrependerá: Tu és sacerdote para sempre, segundo a ordem de Melquisedeque.”
      A outra citação provém de Gênesis 14:17-20 onde se narra a história de Melquisedeque:
      “Após voltar Abrão de ferir a Quedorlaomer e aos reis que estavam com ele, saiu-lhe ao encontro o rei de Sodoma no vale de Savé, que é o vale do Rei. Melquisedeque, rei de Salém, trouxe pão e vinho; era sacerdote do Deus Altíssimo; abençoou ele a Abrão e disse: Bendito seja Abrão pelo Deus Altíssimo, que possui os céus e a terra; e bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus adversários nas tuas mãos. E de tudo lhe deu Abrão o dízimo.”
      Destas duas passagens o autor constrói a imagem do sacerdócio segundo a ordem de Melquisedeque e do que significa o sacerdócio.
      Mas antes de entrar em seu procedimento devemos compreender o método judeu de interpretar as Escrituras. De fato o autor de Hebreus faz aqui o que teria feito qualquer rabino judeu experiente: segue os métodos rabínicos de interpretação. Para entender este método terá que saber duas coisas.
      Agora, vejamos no que difere a qualidade do sacerdócio segundo a ordem de Melquisedeque da qualidade do sacerdócio comum, aarônico existente.
      (1) Melquisedeque não tem genealogia: não tem pai nem mãe (Hebreus 7:3).
      (2) (a) É justamente o contrário da prática de Gênesis. As genealogias são uma característica do Gênesis; constantemente encontramos ali listas de antepassados de alguém. Mas Melquisedeque aparece em cena como se não proviesse de nenhuma lista. Isto é em si mesmo fora do costume.
      (3) (b) Mas há algo muito mais importante: é o contrário das regras que governavam o sacerdócio aarônico. Este sacerdócio dependia inteiramente da ascendência. Sob a lei judia ninguém podia ser em nenhum caso sacerdote se não podia exibir uma árvore genealógica ininterrupta e certificada que se remontasse até Arão.
      A genealogia o era literalmente tudo. Desta maneira a primeira diferença entre o sacerdócio aarônico e o sacerdócio segundo a ordem de Melquisedeque era esta: O sacerdócio aarônico dependia da ascendência genealógica: o de Melquisedeque das qualidades pessoais e só destas. O sacerdócio de Melquisedeque se baseava no que era e não no que tinha herdado.
      (2) Hebreus 7:1-3 menciona outras qualidades de Melquisedeque. O nome Melquisedeque significa literalmente Rei de Justiça. A palavra Salém significa paz; por isso era também Rei da Paz. Vimos que não tinha nem pai nem mãe nem genealogia alguma. Mas novamente o autor vai ao silêncio da Escritura. Não se nos diz quando começou Melquisedeque seu sacerdócio nem quando terminou, nem quando nasceu nem quando morreu. Por isso se deduz que Melquisedeque não tem princípio nem fim e que seu sacerdócio perdura para sempre jamais. Disto nós podemos reunir cinco grandes qualidades do sacerdócio de Melquisedeque.
      (a) É um sacerdócio de justiça.
      (b) É um sacerdócio de paz.
      (c) É um sacerdócio de estirpe real, porque Melquisedeque era rei.
      (d) É pessoal e não herdado, porque não tinha nem pai nem mãe nem genealogia.
      (e) É eterno, porque não tem nem nascimento nem morte e seu sacerdócio não tem princípio nem fim.
      (a) Recebeu os dízimos de Abraão e portanto era superior a Abraão. Abraão foi um dos patriarcas; os patriarcas são superiores a seus descendentes; portanto Melquisedeque é maior que os descendentes de Abraão. Os sacerdotes comuns são descendentes de Abraão; portanto Melquisedeque é maior que eles.
      (b) Melquisedeque é maior que os filhos de Levi porque estes podem exigir dízimos por uma prescrição legal; mas ele o fez como um direito que possuía pessoalmente e que ninguém lhe concedeu.
      O novo sacerdócio é para sempre (Hebreus 7:15-19). Sob o sistema antigo os sacerdotes morriam; não havia permanência; mas agora veio um sacerdote que vive para sempre.
      Mas Jesus Cristo, o novo sumo sacerdote, não tem pecado e não necessita sacrifício por si mesmo.
      (e) O novo sacerdote não precisa repetir ininterruptamente os sacrifícios (Hebreus 7:27). Oferece um sacrifício perfeito que nunca precisa repetir-se porque abriu para sempre o caminho à presença de Deus.
      Agora resumamos da maneira mais direta as idéias que rondavam na mente do autor quando pensou em Jesus em termos de sumo sacerdote segundo a ordem de Melquisedeque. Para que resulte claro chamamos a atenção sobre os pensamentos mais importantes sem nos deter em suas derivações.
      (1) Jesus é o sumo sacerdote cujo sacerdócio não depende de alguma genealogia, mas sim de si mesmo e só de si.
      (2) Jesus é o sumo sacerdote que vive para sempre; nunca morre.
      (3) Jesus é o sumo sacerdote sem pecado e que portanto nunca precisa oferecer sacrifício algum por seu próprio pecado.
      4) Jesus é o sumo sacerdote que ao oferecer-se a si mesmo fez o sacrifício perfeito. Já não se requer que todos os dias sejam feitos sacrifícios. O sacrifício que abre o caminho a Deus foi feito uma vez para sempre.
      A função do sacerdote é abrir as portas de acesso a Deus; Jesus o fez de uma vez para sempre realizando definitivamente o que o sacerdócio comum e terreno jamais pôde fazer.
      Desta maneira vemos quais eram as idéias gerais na mente do autor de Hebreus quando pensava de Jesus como sacerdote segundo a ordem de Melquisedeque.
      Melquisedeque é por seu nome Rei de Justiça; por seu domínio Rei de Paz. Esta ordem é ao mesmo tempo significativa e necessária. A justiça deve preceder sempre à paz. Sem justiça não pode existir a paz. Como Paulo diz em Romanos 5:1: “Justificados pois pela fé, temos paz para com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo”. E como de novo diz em Romanos 14:17: “O reino de Deus é… justiça, paz e alegria”. A ordem é sempre a mesma: em primeiro lugar a justiça e logo a paz.
      Bem pode dizer-se que toda a vida é uma busca da paz, mas também pode dizer-se que os homens persistem em buscar a paz de uma maneira equivocada.

      1. Belíssimo texto, amigo, isso só vem corroborar o poder dessa Presença Divina, que chamamos por seu nome: Melquisedeck.
        Esotericamente falando, este é o Mestre Supremo, a Anima Mundi do planeta Terra, que Jesus veio dignificar e elevar a Esferas Superiores de Consciência.

        1. anderson vieira

          olá querido só uma duvida ,quando o Senhor fala de Presença divina chamando de Melquisedeck ,estás tipificando Jesus ,Rei de justiça como em a carta aos Romanos 14 17 Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo.
          Abraço

          1. Realmente, quando Jesus nasceu na Terra Santa e passou pelos terríveis processos de crucificação, morte e ressurreição, sua “alma” fundiu-se com a alma do mundo, e é por isso que a Tradição Esotérica ensina, num nível mais elevado, que Cristo salvou (e está salvando) a Humanidade…

      2. Excelente comentário amigão… God bless u

  18. Alí. Uma dúvida.
    Segundo consta neste texto os fatos que estão para ocorrer será antes ou depois de Hercólubus?
    Posso estar equivocado ou ter mau interpretado. Mas neste texto parece passar algo para mudanças melhores do que é citado por aí sobre Hercólubus o qual seria o oposto.
    Aqui (texto) cita era glacial
    Sobre hercólubus cita: “Os elementos, ardendo, serão desfeitos e a Terra e todas as obras que nela estão serão queimadas”
    ?????????

    Obrigado

    1. O Julgamento da Grande Rameira ocorreu em 1950…
      De lá para cá muita coisa mudou, infelizmente para pior…
      Até o ano 2500 não restará pedra sobre pedra…

  19. Cara, quem diria, nunca tinha parado pra pensar sobre isso.
    Já tinha ouvido a frase acima, mas nunca me passou pela cabeça tal história…

  20. O mistérios do mistérios.

    Nada absolutamente nada acontece na terra sem que este ser, Melquisedec o aprove,os reis da Inglaterra costumava antes da guerra pedir permissão para , Melquisedec

    Já que este ser e o ser da paz e justiça.

    Na Pisti-Sofia dos Gnóstica Melquisedec e o”GRANDE DETENTOR DA LUZ” Ele recebe a Luz por um raio QUE VEM diretamente do Princípio UNIVERSAL, para BENEFICIAR o mundo E por isso que Ele também é chamado “FILHO DO SOL.”e não atoa que foi a casa de cristo e cristo enfrentou o mundo sob a proteção deste ser,porque sua causa era nobre e justa.

    no ritual de ordenação sacerdotal da Igreja Católica consta que foi aceito nos ensinamentos de apolônio que diz: tu eis “SACERDOCE IN AETERNUM SECUNDUM ORDINEM MELCHISEDEC”

    tradução :
    Tu és um sacerdote eterno, segundo a Ordem de Melquisedec

    Esxiste muitos mistérios que envolve a vida humana,sua guerras,paz,justiça,deus age de forma silenciosas sem que os homens se de conta que esta sendo movido por força superiores.

    Antigamente a guerra tinha que ter uma razão ou que o justificasse sua ação,e deus tinha que esta sobre a vontade ,caso o contrario o fracasso era certo.

    Justiça e paz esta são as formas que define” Melquisedec

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Confira também

O Átomo Nous e o autoconhecimento

O Veículo da Intuição está conectado diretamente com