Lilith – A lua negra

161
347

A palavra Lilith vem do sumério Lulu, que significa libertinagem. Segundo a Cabala, Adão teve duas esposas, Lilith e Eva. Eva, como sabemos, foi feita a partir de uma costela de Adão, porém Lilith foi feita da mesma argila com que Deus fez Adão. Por motivo de orgulho e luxúria, Lilith cansou-se de sempre ficar por baixo de Adão durante os atos sexuais e ela foi se queixar com Deus: “Fomos criados iguais e devemos fazê-lo em posições iguais”.

Cansada de que Deus não atendesse suas reivindicações, ela foi embora do Paraíso, aliando-se com os Inimigos do Eterno. Perdida no mundo, ela terminou se transformando num demônio perverso que assola e vampiriza a todos os seres humanos que tentam viver o Amor. A partir dessa narração alegórica e ao mesmo tempo ocultista, Lilith foi chamada de a mãe dos demônios e de todas as perversidades sexuais, homossexualismo etc., além de ser traidora, por se aliar aos Anjos Caídos.

Algumas tradições dizem que Lilith sai mundo afora para seduzir tanto homens quanto mulheres para logo em seguida assassiná-los e sugar seu sangue. Lilith, segundo o esoterismo, é na verdade um terrível mago negro do mundo astral, iniciador ou criador de entidades diabólicas, tais como as lamias, as estriges, as harpias, as górgonas, as rínias e fúrias, as moiras e parcas etc.

Na Bíblia, aparece uma fugaz alusão a Lilith. Em Isaías (34:14) explica-se com detalhe como Deus, com sua espada, mata todos os habitantes de Edom e que ali ficam como senhores animais como abutres, serpentes e… Lilith.

Em Astronomia, Lilith é o asteroide 1.181, descoberto em fevereiro de 1927. Astrologicamente, Lilith é um ponto que se averigua mediante as posições da Terra e da Lua. Seu símbolo é uma lua negra e representa todos os desejos mais inferiores, mais ocultos, mais nefastos que existem em nosso infraconsciente. Alguns astrólogos renomados consideram que na “casa” onde ela se encontra, pode haver uma exacerbação do que temos de pior em nossa sexualidade.

Já dentro da Filosofia Gnóstica, o Inferno da Terra é regido por dois demônios, Lilith e Nahemah. Nahemah rege as duas primeiras Esferas, ou Círculos Dantescos, onde vibra uma classe de infra-sexualidade ligada ao adultério, às paixões, à bigamia, à fornicação etc. Lilith dirige as outras 7 Esferas infernais, onde reina a sexualidade mais depravada, onde se vê o homossexualismo e o lesbianismo, a masturbação e as taras e fantasias sexuais mais horrendas que se possa imaginar.

Infelizmente, Lilith está sendo considerada como o símbolo máximo da liberação feminina. Vejamos, para ampliar nossa visão sobre Lilith, a Lua Negra, algumas explicações sobre a influência da Luz e das Trevas no Universo, em nossa Galáxia e em nosso Sistema Solar. E onde Lilith está inserida.

A Ordem Cósmica

Sírio, o Sol dos Sóis da Via-Láctea, é uma estrela dupla. O Irmão Gêmeo de Sírio é um Mundo Negro de terrível e espantosa densidade. A influência vibratória da estrela dupla Sírio é muito estranha. Essa radiação é supra-solar e infralunar.

Por simples dedução lógica podemos dizer que a dupla radiação de Sírio influi decididamente sobre todos os supracéus e sobre todos os infra-infernos da Via-Láctea.
Sírius A é uma Gigante, enquanto Sírius B é uma Anã, terrivelmente densa. De Sírius A irradiam-se as energias divinas, crísticas, e de Sírius B, as energias infernais para toda a Via-Láctea.

Se bem é certo que Sírio é o Grande Sol da Via-Láctea, também não é menos certo que seu tenebroso Irmão Gêmeo tem uma densidade muito mais assombrosa mais do que qualquer obscurantíssimo interior da lua mais morta.

A dupla estrela Sírio compõe-se de um imenso sol radiante 26 vezes mais brilhante que o nosso, com uma trajetória circular de um período de 50 anos ao redor de uma Anã Branca do tamanho de Júpiter e 5 mil vezes mais denso que o chumbo.

Foi-nos dito que a Via- Láctea gravita ao redor da dupla estrela Sírio. Essa dupla estrela parece encher de alguma forma a brecha excessiva entre os Cosmos do Sistema Solar e a Via-Láctea.

A dupla estrela Sírio indica uma intensa atividade solar e lunar dentro de nossa galáxia. A dupla estrela Sírio influi decididamente sobre nós, aqui e agora. Libertar-se da influência lunar é algo espantosamente difícil mas indispensável para lograr a liberação.

A influência lunar é dupla no mundo em que vivemos porque a terra tem duas luas. Ante os telescópios, a segunda lua se vê negra e do tamanho de uma lentilha. Os ocultistas deram à Lua Negra o nome de Lilith. Este segundo satélite lunar é uma espécie de Oitava Esfera Submergida, um mundo terrivelmente maligno.

As vibrações sinistras que vêm da Lua Negra originam na Terra monstruosidades, abominações, crimes espantosos cheios de repugnante sadismo, luxúria inconcebível, homossexualismo em grande escala, masturbação, pederastia, abortos provocados etc.

Entre os produtos mais abomináveis de Lilith é oportuno citar o caso do Conde Drácula, na Rússia. Esse personagem de cinema realmente existiu e HPB o comenta em uma de suas obras. Diz a Grande Mestra que dito conde foi em tempos dos czares o alcaide de certo povo russo; odiava mortalmente a sua mulher, pois os vampiros são homossexuais, importunam mortalmente o sexo oposto.

A gigante Sírius A e a anã Sírius B

Depois de morto, o Conde Drácula se apresentava em casa da viúva importunada para bater nela violentamente. Inutilmente tentaram atrapalhar seus planos certos sacerdotes católicos: o Conde Drácula os atropelou com sua carruagem na ponte, muito próximo do cemitério e à meia-noite.

Quando se abriu a negra e espantosa sepultura do Conde Drácula, encontrou-se seu cadáver vivente muito bem conservado e submerso em sangue humano, pois os vampiros se alimentam de sangue. Conta a Grande Mestra H. P. Blavatsky que os pés do sinistro cadáver estavam cheios de lodo, o que demonstra até à saciedade que à meia-noite ele escapava do sepulcro. O caso do Conde Drácula findou quando os sacerdotes cravaram uma estaca no seu coração.

Na Palestina, existe uma ordem de vampiros que se escondem trás do título seguinte: “Ordem dos Imortais Guardiães do Santo Sepulcro”.

Os vampiros são o resultado do homossexualismo combinado com tantrismo entre pessoas do mesmo sexo (monstruosidade, abominação espantosa).

A dupla influência lunar no mundo em que vivemos é terrivelmente mecanicista. É urgente nos alimentarmo-nos com as maçãs de ouro ou de Freya e com o licor do Soma ou bíblico Maná para fabricar os corpos solares e nos libertarmos das leis lunares.

Foi-nos dito que nosso Sol físico, como o demonstram as cronologias brahmânicas, gira em tomo de um Sol infinitamente maior ou mais luminoso; tão luminoso que, por isso precisamente, resulta invisível aos olhos terrenos, mas que está mencionado em antigas teogonias, e que é de indispensável rigor matemático.

E não existe unicamente esse Sol Equatorial ou Astral, ignoto centro do que é um mero planeta o nosso Sol físico, mas sim que ademais existem em planos superiores ou hiperdimensões do espaço cerúleo outros dois sóis excelsos ainda, e aos que os calendários tâmiles, como o Tiruchanga e o Panchanga, chamam respectivamente Sol Polar (ou centro galáctico de toda a nossa nebulosa e de seus cem mil sóis) e Sol Central (Centro de Centros, à sua vez que enlaça e unifica a quantas nebulosas de milhões e milhões de sóis que existem aos milhares no céu).

Ante os olhos do místico resplandece abrasadoramente o Sol Astral, ou Equatorial, situado no grupo celeste que denominamos Plêiades, ou das Cabritas da Constelação de Touro. Sírio, com toda a sua magnificência, o centro de gravitação da Via-Láctea, tem de gravitar ao redor do Sol Polar. A Ordem Cósmica seria impossível sem o Sol Central. A variedade é unidade. O Sol Central unifica, governa, estabelece unidade dentro da variedade infinita.

Lilith, a Lua Negra

A Terra possui duas luas: a Lua Branca e a Lua Negra. A Lua Negra é um pequeno satélite de nosso planeta Terra, que, visto por telescópio, tem o tamanho de uma pequena lentilha.

O mago disciplinado que sabe manejar-se em corpo astral pode se transladar ali e então pode observar que a Lua Negra se divide em duas metades: uma de luz e a outra de trevas. Na Lua Negra estão as almas mais depravadas de nosso planeta, seres que já são um estorvo para nossa evolução planetária. Esses seres tiveram de ser tirados de nosso globo pelos grandes Senhores do Destino, pois já se converteram em um obstáculo gravíssimo para nossa evolução.

Na zona de luz nos encontramos com um povoado habitado por pessoas de carne e osso. Esse é um povo de seres terrivelmente criminosos e sádicos, seres malvados, mas que ainda oferecem possibilidade de salvação e na zona de trevas, vivem os magos negros mais depravados que a mente humana possa imaginar; seres totalmente inimigos do plano da evolução cósmica e da Loja Branca, por doutrina e por convicção religiosa. Esses seres já não têm nenhuma possibilidade de redenção.

Ambas as zonas estão separadas por um grande portal, por um gigantesco edifício de beleza terrivelmente maligna. Ali estão os porteiros que custodiam a região das trevas. Vestem túnicas e turbantes vermelhos e atacam terrivelmente ao mago branco que se atreva a entrar por ali. Lançam todo o peso de seu ataque contra os órgãos sexuais do mago branco porque sabem muito bem que ali está todo o poder do mago.

Na região das trevas está o Sumum Supremum Sanctuarium dos magos negros daquele satélite. Este santuário ante a vista do clarividente que atua em seu Astral se apresenta como algo terrivelmente maligno. Um pátio grande, que é o pátio dos sacerdotes, um vestíbulo e um Sanctum tenebroso.

No pátio dos sacerdotes, se veem os grandes hierarcas das trevas, com suas túnicas de cores marrom ou negro, ou negro e branco, e em seus turbantes em linha horizontal com muitas transversais, como uma cruz de muitas linhas transversais, sinal inconfundível dos magos negros, sinal que eles levam desenhado em seus capuzes ou turbantes.

No vestíbulo do templo tenebroso, o clarividente pode observar algumas flores negras e alguns quadros de onde aparecem cenas dos senhores das trevas. Já no interior do santuário tenebroso podemos contemplar um altar e ao pé do altar o famoso caldeirão de cobre onde aparecem alguns filhos das trevas entra chamas.

Eles são castigados por seus superiores e estão ali por alguma má ação cometida. Essa má ação pode haver sido alguma obra de caridade ou algum bom pensamento, ou, enfim, algo que seja relacionado com a luz que eles tanto aborrecem.

Pois todo o bem para eles é mau e perverso e o que se atreve a fazer algo bom ali entre essas trevas é despojado de sua túnica e jogado ao caldeirão de cobre com fogo. Esse castigo a vítima tem de aguentar pacientemente, até que os senhores tenebrosos decidam suspender a pena.

Esta Lua Negra está causando terríveis danos à Terra com suas irradiações. Todo o sadismo criminoso de nossa época se deve às terríveis irradiações desse satélite. Essa é uma oitava esfera: ali vemos almas totalmente separadas do Íntimo, completamente perdidas e em estado de desintegração. Essas almas têm de passar pela morte segunda da qual nos fala o Apocalipse. As almas que se afastem de seu Íntimo se desintegram.

Para a Alma não há outra salvação que não seguir o caminho que nos mostrou o Divino Redentor da Humanidade, para unir-nos com o Íntimo e fazer-nos imortais.

Também existe um Sol Negro, que é o contrário do Sol Branco, e está feito de matéria astral. Esse Sol Tenebroso é a sede de terríveis e malvados seres. O “diamante negro” está influído por esse Sol Tenebroso.

Orhuarpa estabeleceu o culto do Sol Tenebroso na Atlântida e essa foi a causa do Dilúvio Universal e do afundamento da Atlântida. No coração desse Sol moram seres de uma malignidade terrivelmente desconcertante. Seres tão monstruosos como jamais poderíamos imaginar. Um terrível abismo conduz ao coração desse sol.

Na Lua Branca vivem os seres que realmente são atrasados, e não magos negros, senão sinceramente atrasados. E na Lua Negra, os inimigos do plano cósmico; os atrasados terrícolas vivem na cara da lua que nunca vemos, e os magos negros mais depravados, na Lua Negra. Os atrasados vivem na Lua Branca, são pessoas vulgares, demasiado ignorantes e incultas, amam muito a costura e não são más, senão atrasadas. Não há pois que se confundir os atrasados com os magos negros.

Todos os templos e universidade e salões dos irmãos das cavernas tenebrosas estão caindo sem seus prosélitos porque os milhares de almas demoníacas estão sendo conduzidos até aquele distante satélite de nosso planeta Terra.

Assim, pois, DOU A VOZ DE ALARME A TODOS OS FILHOS DOS HOMENS PARA QUE SE PREPAREM NESTA HORA TERRÍVEL DA GRANDE DECISÃO.

O Plano Astral de nosso planeta está sendo limpo completamente de todo tipo de magos negros e almas depravadas e não ficará neste plano nem um só ladrão, nem um só fornicário, nem uma só prostituta. Os mundos internos trabalham como níveis de controle para todas as atividades do mundo físico, e se o Plano Astral não tivesse recebido uma modificação substancial, seria impossível modificar as energias conscientivas, mentais e volitivas da humanidade que vive no plano físico, e é lógico que em consequência o ciclo luminoso de Aquário haveria fracassado completamente.

Ai de ti, geração de víboras, humanidade malvada, em 12 de abril de 1950 os deuses julgaram a Grande Rameira (a presente humanidade) e a consideraram indigna, a sentença foi: “Ao abismo! Ao abismo! Ao abismo!”

Interpretação: serão desatadas todas as forças do mal que o mesmo homem criou e de toda esta Babilônia não restará pedra sobre pedra. A terceira grande guerra mundial já é inevitável e perecerá com ela a maior parte da presente humanidade. Esta triste realidade será comprovada em tempo breve.

Essa última grande guerra será também necessária, posto que há milhões de almas demoníacas que atualmente têm corpo físico e se faz necessário seu desencarne para que se possa conduzi-las à oitava esfera da Lua Negra, plano de consciência chamado pela mestra HPB em sua Doutrina Secreta de “O Avitchi”.

Este é o Carma Mundial da humanidade e há necessidade de limpar a atmosfera do mundo para iniciar a idade luminosa de Aquário. Esta transformação indispensável acontecerá custe o que custar, assim declararam os Deuses.

Na Idade de Aquário certamente a população humana será muito pouca, pois, como já dissemos, a maior parte da espécie humana se perdeu. Mas a sabedoria infinita do Logos tem tudo bem previsto.

À nossa Terra virão habitantes de outros mundos que substituirão os “perdidos humanos”. E eles converterão a Terra em um verdadeiro paraíso. E eles iluminarão a humanidade. E eles virão em carne e osso.

Os famosos “discos voadores” são precisamente aviões perfeitos pilotados por pilotos de “tal planeta”. Alguns deles tentaram aterrissar e se espatifaram, pois suas naves entretanto não estavam preparadas para aterrissar no nosso planeta. Mas brevemente já poderão “assentar-se” sobre nossa Terra, e então iluminarão a humanidade.

Esses filhos da luz parecem crianças de 10 ou 12 anos de idade, pois são pequeninos e seus rostos são rosados como a aurora, e têm despertos todos seus sentidos ocultos. Sentam-se em suas naves sobre pequenos assentos cobertos de tecido roxo e, tranquilos, governam suas naves perfeitas.

Dois colaboradores em nossos corpos internos interrogamos a um destas tripulações assim: Por que vocês não vêm até onde estamos? Resposta: “Porque não podemos, já aconteceram vários casos (dando a entender de naves espatifadas)”. E acrescentou: “Com o tempo poderemos…”

“O abismo” e o “lago de fogo ardente em enxofre” é o mesmo Avitchi que nos fala HPB no sexto volume da Doutrina Secreta. Esse Avitchi é uma região da natureza. E o Avitchi da Lua Negra é distinto ao da Terra, cada planeta tem seu Avitchi.

A Besta é a humanidade malvada, e o falso profeta é Javé. Trilhões de homens e mulheres converteram-se em demônios, e todos eles passaram ao Avitchi. Os Deuses julgaram a Grande Rameira e a consideraram indigna. A sentença dos deuses foi: “Ao Abismo! Ao Abismo! Ao Abismo!”

O sinal da Besta são os chifres sobre a fronte dos corpos astrais dos malvados. O papa Pio XII visto clarividentemente tem grandes cornos, usa túnica e capa vermelha e como grande hierarca da Loja Negra tem “rabo” ou “cauda”; é pois, um demônio. Ele e seu conclave de cardeais estudam magia negra, não creem em Cristo, eles amam a Javé e creem em Javé, Cristo é apenas um “bom negócio” para eles.

Os anjos são hermafroditas; eles têm os dois polos de sua energia criadora para cima, para a cabeça. Os homens e os demônios têm um polo para cima e outro para baixo, são seres médios, estão incompletos. Os anjos são hermafroditas e são intimamente ligados com o Íntimo. O mago branco aspira converter-se em anjo e por isso é puro e casto.

O mago negro aspira ser um Anagarika. O Templo Anagarika é um templo de magia negra situado no Astral. É um terrível templo demoníaco. Aquele templo apresenta-se ante a vista do clarividente exercitado com um piso de azulejos brancos e negros, paredes rosadas e magos negros meditando com as pernas montadas, a esquerda sobre a direita pelas panturrilhas, e os braços arqueados sobre os quadris, posição dos ditos santos Anagarikas.

Esses terríveis demônios são os Anagarikas que supostamente já se puseram em tom com as forças cósmicas, segundo o dizer dos cherenzistas. Essas almas negras algum dia se desintegrarão nas trevas de onde somente se ouve o pranto e o ranger de dentes e seus Íntimos terão que regressar ao Absoluto sem sua alma, abatidos e fracassados. Em contrapartida, o Íntimo dos magos brancos entra no Absoluto triunfante e vitorioso com sua Alma de Diamante a gozar da felicidade eterna.

O Íntimo dos magos negros tem de regressar a um novo Dia Cósmico para formar uma nova Alma; sim, para conseguir uma nova Alma, porque a que tinham a perderam, desintegrou-se. Essa é a Segunda Morte que nos fala o Apocalipse.

Javé é encerrado em Lilith

(Texto retirado da obra A Revolução de Bel, do VM Samael Aun Weor)

Chegada a noite em que deveria obedecer à ordem de prender a Javé, marchei com todos os meus discípulos em rigorosa formação militar, dando vivas a Javé, e o rodeamos e o prendemos de surpresa. Ele estava convencido de que o iríamos abraçar e por isso não nos escapou das mãos.

Logo o encerramos no Avitchi da Lua Negra. Sete portas atômicas de ferro conduzem a esse plano de consciência, e na grande porta externa permanece colocada a espada com que Miguel venceu a Luzbel e a todas as legiões tenebrosas dos antigos Períodos Cósmicos.

Os magos negros horrorizam-se ao ver essa espada. Javé tinha um karma gravíssimo, pois foi o autor secreto da crucificação do Cristo e o direto responsável do fracasso da evolução humana na Terra. Essa velha dívida tinha irremediavelmente que pagá-la, pois ninguém pode impunemente burlar a Lei.

Os Senhores do Karma entregaram a mim uma enorme e pesada cruz, cheia de espinhos para que crucificasse a Javé com a cabeça para baixo e os pés para cima, porque ele crucificou o Cristo e agora o Karma entrara em ação. E eu obedeci à ordem e na cruz o coloquei com a cabeça para baixo e os pés para cima…

No Avitchi da Lua Negra os seres de nossa Terra estão se estabelecendo com os mesmos costumes que aqui desenvolveram. Formaram ali seu ambiente, tal como o fizeram aqui. Os Hierarcas da Loja Negra são obedecidos por esses milhões de Almas-demônios.

Ali se veem por qualquer lugar as mesas divinatórias: as famosas figuras mágicas do Phúrbu sobre a tartaruga quadrada, as placas e mesas de sacrifício, os círculos de Chinsreg…

Todos esses magos negros despertaram a Kundalini negativamente e coabitam incessantemente para praticarem a Magia Sexual Negra a fim de dar força à sua Kundalini negativamente. Pois como já dissemos nesta obra, há dois tipos de magia sexual: uma que cria para a vida e outra para a morte. A primeira é Magia Branca e a segunda é Magia Negra.

No princípio, esses magos fizeram milhares de experimentos para escapar do Avitchi, porém todos os seus experimentos fracassaram. Acreditavam, a princípio, que o Avitchi era alguma sepultura ou algo do estilo, e agora já se dão conta de que o Avitchi é um Plano da natureza análogo ao ambiente físico da Terra. Assim, pois, eles fizeram milhões de experimentos e consultaram seus livros sem ter resultado: todos os seus conhecimentos fracassaram.

E ali permanecerão até a Era de Capricórnio, quando ser-lhes-á oferecida a última oportunidade para se arrependerem de suas maldades.

Selene e Lilith

(Da obra Zodíaco Humano, de Samael Aun Weor)

As Hierarquias violeta do Templo-Coração da Lua deram ao homem o Corpo Vital.

A Lua está habitada no lado que não se vê. Os selenitas são os seres mais vulgares e retardados de nossa Terra: teve-se de encerrá-los ali. Quase todos os habitantes dessa povoação lunar são mulheres. Esses seres não são nem bons nem maus, senão unicamente “retardados”. Conforme evoluam, volta-se a dar corpo aqui em nossa Terra, e ao fim todos o terão de novo. Também existe outra pequena Lua, chamada Lilith pelos astrônomos. Lilith é a Lua Negra. Ali vão as almas que já se separaram totalmente de seu Ser Superior, formado por Atman-Budhi-Manas.

Essas Almas são de uma perversidade indescritível e ali têm de passar pela Morte Segunda a que se refere o Apocalipse de que nos falou o Cristo. HPB alude, em seu sexto volume da Doutrina Secreta ao Avitchi e à Morte Segunda.

O Bhagavad Gita fala-nos também do Abismo, porém, bastou que falássemos desse tema para que os espiritualistas da Colômbia rissem de nós.

Eu jamais disse que minha pessoa física se ocupasse de encerrar as Almas perversas no Abismo. Isso seria um ex-abrupto, pois eu sou um homem como qualquer outro: esses poderes só Deus os tem. Maravilhas dessa classe só as faz “Atman”, o Grande Espírito Universal de Vida; “Alaya”, a Superalma de Emerson, a Grande Alma do Mundo. Essas maravilhas só as tem feito meu Deus Interno, meu “Purusha”, meu “Ser Superior”, meu Íntimo, meu Mestre Interno, minha Mônada, meu Anjo Interno, ante o qual tenho de me ajoelhar, porque Ele é “Atman”, o Inefável.

Lilith e o Paradigma da Violência e da Morte

(Da obra Apontamentos Secretos de um Guru, de SAW)

Este século 20 é uma época de imprecedentes trevas; jamais se havia conhecido uma Era tão negra. Por qualquer lugar se ouvem guerras e rumores de guerras. As pessoas só falam de matar e ser mortas; essa palavra “matar”, ou “o mataram”, ou “matou”, só se ouve naqueles planetas onde a evolução humana fracassou. Essa é uma palavra horrível do Avitchi.

Na Lua Negra ou Lilith na Terra essa palavra se ouve por todas as partes. Hoje, em nossa Terra, não há lugar onde não se escute essa repugnante palavra. Tudo isso prova o horrível fracasso de nossa evolução terrestre. A evolução humana fracassou. Por todo lugar se vêem exércitos armados. Esta civilização corrompida será destruída a sangue e fogo.

O Avitchi é um plano de consciência submergida. O Avitchi é o lago ardente com o fogo passional. O Avitchi é um mundo submergido, “o Abismo”. E é doloroso dizê-lo, porém a evolução humana fracassou, e a humanidade está caindo, quase em sua totalidade, no horrível abismo.

Não há dúvida de que em Capricórnio muitas das almas que experimentaram a dor do “Abismo” ao final resolvam seguir os ensinamentos do Cristo.

Porém, ai daquelas almas que ao se iniciar Sagitário não tenham se arrependido de seus pecados, porque então voltarão ao Abismo para sempre, e serão atormentadas por todo o sempre.

Assim, pois, o novo cenário da evolução humana será a Antártida, e um continente no Polo Norte, que ainda não foi descoberto. Os atuais continentes irão se afundando no mar, pouco a pouco; e o porvir da humanidade está nos polos. Quando os polos atuais se converterem no eixo equatorial da Terra, os continentes polares já se acharão totalmente eterizados, e assim teremos que a futura Terra será etérica.

Os Piores Carrascos Pagam seu Carma em Lilith

(Da obra Tratado de Medicina Oculta e Magia Prática, de SAW)

Paga-se carma no mundo físico e se paga também nos Mundos Internos, porém o carma no mundo físico é, por mais grave que ele seja, muitíssimo mais doce que o correspondente astral.

Atualmente, no Avitchi da Lua Negra, há milhões de seres humanos que estão pagando terríveis carmas.

A mente do mago horroriza-se ao contemplar a Lúcifer submergido no fogo ardente e enxofre.

A mente do mago horripila-se ao contemplar os famosos inquisidores da Idade Média suportando o fogo que a outros fizeram suportar, e exalando os mesmos ais lastimosos que a outros fizeram exalar.

A alma do mago estremece de horror ao contemplar aos grandes tiranos da “guerra” purgando seus carmas terríveis na Lua Negra.

Ali vemos Hitler e a Mussolini sofrendo o martírio do fogo, que desataram sobre as cidades indefesas.

Ali observamos Abaddén, o Anjo do Abismo, sofrendo em si mesmo as cadeias e ligaduras com que martirizou a outros.

Ali vemos Mariela, a grande maga, queimada no fogo de suas próprias maldades.

Ali vemos Javé e Caifás, o sumo sacerdote, recebendo o suplício da Cruz a que condenaram o Mestre.

161 COMENTÁRIOS

  1. Muito machista achar que Lilith queria ficar por cima de Adão no ato sexual por orgulho e luxúria. Essa é a visão patriarcal que rebaixa uma Grande Deusa a rainha dos infernos. Se você quer fazer um bem às pessoas, busque a história mais antiga do que essa da exigência de adoração de um único deus, Javé. Essa exigência levou a genocídios na antiguidade assim como na Idade Média, a caça às bruxas. A Verdadeira Gnose está muito longe desse texto. Infelizmente.

    • Joecir, favor não confundir alhos com bugalhos. Você está com muitos preconceitos, arraigados por mal compreender o texto em questão.
      Novamente insistiremos em que NÃO SE DEVE CONFUNDIR diversos elementos da Teologia, como: 1. Aspecto Materno de Deus; 2. Símbolos autenticamente libertários femininos; 3. Mitos antigos que representam a luta entre as forças da Luz e as das Trevas.
      Medite nisso…

  2. Terrível sua visão , seus estudos estão um tanto equivocados.Os filhos da grande deusa, da lua negra ponde e tem poderes sim e isso não é mal, ela pode ser benévola e caridosa, mas também pode pode ser cruel em sua ira. Mas merece ser adorada como todos seres que passaram por discriminação.

    Vamoooooooos amar o desconhecido sem conhecer e não julgar para não ser julgado.
    Uma noite com Lilith e nunca mais serás o mesmo…….

    andrea

    • Andrea, isso não passa de fantasia romântica tirada de textos de pseudoesoterismo e de um feminismo daninho às próprias mulheres.
      Há formas saudáveis e positivas de nos conectarmos com o LADO FEMININO DA NATUREZA, DO COSMO, DO UNIVERSO E DE DEUS…

    • minha cara. o amor já mais e vingativo e circunstancial,p amor e incondicional e misericordioso,os seres de psicologia negras já mais compreenderam o verdadeiro amor divino.por tão pouco conseguiram expressa-lo dentro das esferas da criação.

      o que o mal ver como amor e uma ilusão como uma imagem perfeita que se deturba com as milhares de versões da irrealidade.

      as versos da mãe natureza desprendidas nas centenas de particularidades dentro dos mundos sensíveis da natureza são versões falsificadas, que por mais que se chegue a sua aparecia e ser perfeita nas suas formas,elas não e capaz de incarnar a mair realidade de de todas as cosias,que e amor genuíno da deus mãe e eterna e original principio da trindade que desce dos mais altos céus para estar ate os mais baixos infernos por amor ao filho.

      o que se ver nas fomas negras sai versões contrarias das formas da luz,só que tudo sem um principio originais são apenas xeros sem vida.pois,a matéria que não tem fogo não produz o calor e morta como um aborto da natureza,pois, a vagina fria de uma prostituas, não produz o calor quente de uma coração que ama de forma incondicional.

      o amor e a unica coisa que realmente da sentido a vida.

  3. gOSTARIA DE RECEBER VIA EMAIL TEXTOS DE OCULTISMO DE QUALIDADE COMO ESTES QUE ACABO DE LER. a BIBLIOGRAFIA É SÉRIA, LEGÍTIMA E HPB COMO REFERÊNCIA É UMA GRANDE SEGURANÇA CONTRA INCAUTOS QUE QUEREM TE INSTRUIR SEGUNDO SEU INCIPIENTE CONHECIMENTO. mUITO ME INFORMEI. a LUA EM VÁRIOS CAMINHOS DE CONHECIMENTO É LUGAR MAIS ATRASADO E CHEIO DE DESESPERO DEPOIS DE NOSSO PLANETA.

DEIXE UMA RESPOSTA