Os 22 Mandamentos Divinos

Os 22 Mandamentos Divinos

- emTeologia Gnóstica, Textos Especiais
205
Comentários desativados em Os 22 Mandamentos Divinos

NA GNOSE ACEITAMOS QUE EXISTAM 22 LEIS PARA OBEDECERMOS

No passado, tínhamos condições de cumprir tão somente 10. Agora, na Era de Aquário, nosso amado Mestre Samael nos ofereceu mais duas Leis para serem observadas, meditadas e vividas…

Podemos não entender Deus, pois Deus é Amor, e o Amor é a Força mais incompreensível do Universo.

Mas podemos (e devemos) estudar e OBEDECER às Leis que Deus nos deu, para trilharmos corretamente a vida (tanto interior quanto exterior). E, vagarosamente, nos integrarmos ao nosso Pai Interno…

Quais são as Leis de Deus? As mais básicas que devemos estudar guiam nossa arte sagrada, a qual está totalmente fundamentado nas Tábuas da Lei:

1- Amar a Deus sobre todas as coisas
2- Não jurar seu santo nome em vão
3- Santificar as festas
4- Honrar a Pai e Mãe
5- Não matar
6- Não fornicar
7- Não furtar
8- Não levantar falso depoimento nem mentir
9- Não adulterar
10- Não cobiçar os bens alheios.

E se somos tão irreverentes, que não aceitamos este Decálogo por ter-se ficado defasado no tempo, então o Mestre Samael nos convida a que pratiquemos os dez mandamentos da Nova Era de Aquário que, literalmente, diz assim:

1- Amarás a teu Deus interno e ao próximo como a ti mesmo.
2- Estudarás a Doutrina Secreta do Salvador do Mundo.
3- Não vituperes jamais ao próximo, nem fales palavras imodestas ou vãs.
4- Deverás sacrificar-te por amor à humanidade, e amar a teus piores inimigos.
5- Deves obedecer a vontade do Pai, assim nos céus como na terra.
6- Não cometerás fornicação ou adultério, em pensamento, palavra e obra.
7- Lutarás contra o mundo, o demônio e a carne.
8- Deverás ser infinitamente paciente e misericordioso.
9- Praticarás o Arcano AZF com teu cônjuge.
10- Lavarás teus pés nas águas da renúncia.

E ainda adiciona nosso Mestre: é ostensível e palmário que os troncos ou Tábuas da Lei, onde o profeta Moisés escreveu sabiamente por mandato de Jeová os 10 Mandamentos, não são em realidade senão uma dupla lança de Runas, sobre cujo significado fálico existe muita documentação.

Não é a mais enfatizar a ideia transcendental de que existem dois Mandamentos a mais no esoterismo mosaico.

Quero referir-me aos Mandamentos 11 e 12, intimamente relacionados com os Arcanos 11 e 12 da Cabala.

Sobre o TARÔ EGÍPCIO, clique aqui

O primeiro destes (ou seja, o décimo primeiro) tem sua clássica expressão no sânscrito Dharman Chara: “Cumpre teu dever”.

Recorda, irmão leitor (nos diz o M. Samael), que tu tens o dever de procurar o caminho estreito e difícil que conduz à luz.

O Arcano 11 do Tarô alumia este dever: a força maravilhosa que pode dominar e sujeitar os leões da adversidade é essencialmente espiritual.

Por essa razão está representado por uma bela mulher que sem esforço aparente abre com suas mãos deliciosas as fauces terríveis de Leo, o puma horrível, o leão furioso.

Com o 11º se relaciona e se entrelaça o12º Mandamento da Lei de Deus, ilustrado pelo Arcano 12: “Faz com que tua luz brilhe”.

Para que a Luz, que constitui a Essência engarrafada dentro do Eu, possa realmente brilhar e resplandecer, deve liberar-se, e isto só é possível mediante a Aniquilação Budista, dissolvendo o Ego.

Ali Onaissi – Jornalista e Coordenador do Portal GnosisOnLine

SAIBA MAIS SOBRE O TARÔ EGÍPCIO, CLIQUE AQUI

Confira também

A jaula do Ego

Os que escutaram com mística paciência o arcano