Os psiquismos solar e lunar

5
1123
Pentagrama

Paz Inverencial! Irmãos, vou falar um pouco sobre os aspectos inquietantes relacionados com o Esoterismo Gnóstico, e espero que todos coloquem a máxima atenção. Sempre falei que o mais importante é trabalhar sobre si mesmo para conseguir uma mudança radical e definitiva, muito se tem falado sobre o sexo e hoje vou dar uma explicação muito necessária para o bem de todos…

Antes de tudo, tenho de dizer que dependemos, desgraçadamente, das influências mecânicas da Lua, assim sendo, somos lunáticos. Não somos loucos, mas dependemos inteiramente da Lua.

A Lua é como um grande peso para o organismo planetário no qual vivemos. A Lua influencia as plantas; quando está na fase crescente a sua força se encontra especialmente na parte superior das plantas; na minguante, a influência lunar se faz na parte inferior do tronco e das raízes.

Antigamente, os agricultores cortavam as madeiras especialmente na crescente, e semeavam na minguante, obtendo-se madeiras maravilhosas que duravam séculos inteiros. Agora as pessoas esqueceram a influência lunar e cortam as madeiras na minguante e semeiam na crescente, dando como resultado muitas madeiras que se perdem.

sol-lua-terra-gnosisonline2As pessoas, por exemplo, nascidas sob o signo de Câncer, muito especialmente mudam o seu caráter de acordo com as influências da Lua.

A Lua produz as altas e baixas marés, regula o processo de ovulação dos ovários, dirige a concepção de todas as criaturas etc., desta forma não existe nenhuma concepção sem a influência lunar.

Por todos esses motivos, a Humanidade é completamente lunar, já começando na concepção. Assim é a Lua, é um pêndulo que governa a Terra e todos nós cem por cento.

Todos os organismos viventes da Terra, cada classe de organismo, têm uma missão específica no planeta Terra. Um grupo de uma família de insetos, que dura só uma tarde de Verão, parece que não tem muita importância, mas tem! Esse tipo de organismo capta certos tipos de “Ondas Cósmicas”, que as transforma instintivamente e as retransmite ao interior da crosta terrestre…

Uma classe de animais, por exemplo, os tigres, e aí vocês diriam, “o que os tigres têm a ver com isso”? Muitas coisas, é outro tipo de energia que esses organismos captam e o transformam e retransmitem às crostas internas do planeta em que vivemos.

As plantas dividem-se em famílias, cada tipo capta determinados tipos de energias, existem plantas que somente captam energia da própria Terra, as transformam e enviam de volta ao planeta; existem plantas que captam energias do Sol; outras do Sol e de todo o Sistema Solar; há plantas que captam as energias de todo o Macrocosmo, de toda a Galáxia na qual vivemos.

Todas as espécies animais cumprem essa missão, a de captar energias, transformr e retransmiti-las ao interior do planeta Terra.

A Humanidade é o órgão mais importante da Natureza, porque o ser humano possui três cérebros: o intelectual, que está situado no cérebro, o emocional que está situado no coração e o motor que está situado na parte superior da coluna vertebral, entre a dorsal e cervical, por isso é que a Humanidade é o órgão mais importante, porque só ela pode assimilar determinados tipos e energia e transformar para retransmiti-las às crostas geológicas internas da Terra.

Assim é que nós, cada ser humano, somos uma maquinazinha de transformar energias, que vive debaixo da luz do Sol e é completamente mecânica, regulada pelas forças da Lua.

O livre-arbítrio QUASE não existe, mas é possível ampliar essa pequena margem de livre-arbítrio que possuímos, ou seja, trabalhando sobre nós mesmos, deixando de ser máquinas.

Nós e todas as criaturas que vivem sobre a superfície da Terra, que constituem o Mundo Orgânico, somos máquinas deste grande organismo chamado Terra, e o pêndulo que faz mover este complicado mecanismo é a Lua.

Dentro de nós, a única coisa que temos é um Centro de Gravidade Mecânico, e nele está a nossa personalidade. Essa personalidade que nos ensinaram, os exemplos de nossos pais, da família, das escolas, das ruas, dos amigos, das televisões, dos restaurantes etc.

Precisamos criar um novo Centro de Gravidade Consciente, e por isso temos de trabalhar sobre nós, temos de eliminar de nós os elementos indesejáveis do orgulho, da vaidade, da ira, da luxúria, do ódio, da inveja, da cobiça, dos ciúmes, da avareza, da gula etc.

Só eliminando esses elementos psicológicos é que poderemos criar na nossa constituição íntima, na nossa Essência, o Centro de Gravidade Consciente, libertando-nos das influências mecânicas da Lua.

Na nossa vida prática devemos viver no estado de ALERTA PERCEPÇÃO, em relação a tudo o que nos rodeia, aos nossos amigos, na rua, em casa, com a família, no Templo, no emprego etc., e estarmos sempre vigilantes, observando o afloramento dos nossos agregados.

Uma vez defeito descoberto, deve ser analisado, compreendido através da meditação interior profunda, e desintegrá-lo com um poder superior à Mente, a força cósmica que possuímos dentro de nós, esse Fogo Cósmico que é Devi Kundalini, a Serpente Ígnea dos nossos mágicos poderes.

Podemos desintegrar qualquer defeito psicológico em meditação profunda, estando sozinhos ou quando se encontra trabalhando na Nona Esfera. Os solteiros têm a possibilidade de eliminar mais ou menos 30% da totalidade dos seus elementos indesejáveis, mas é na Alquimia, na Forja dos Ciclopes, no Sahaja Maithuna, que vamos, com essa força elétrica sexual e juntamente com a nossa Divina Mãe Kundalini, exterminar todos os nossos agregados psíquicos em todos os seus 49 níveis.

Se conseguirem eliminar esses eus pesados de 96 Leis que constituem a falsa personalidade, criarão um Centro de Gravidade Consciente no fundo da Essência, sairão então do estado de mecanicidade lunar e passarão ao estado Consciente.

Esse trabalho para adquirir o Centro de Gravidade Consciente implica uma dedicação total e padecimentos voluntários sobre si mesmos. Estou lhes dando a chave para que vocês deixem de ser máquinas.

Todas as energias que vêm dos planetas do Sistema Solar de Ors e do Espaço Infinito não entram no interior do planeta Terra de uma forma direta, não podem originar novos organismos nem sustentar a economia do planeta Terra.energia-cosmica-gnosisonline

Para que as Ondas Cósmicas que vêm dos mundos que nos rodeiam possam realizar o seu papel econômico-vital no interior do nosso planeta, necessitam de canais adequados, capazes de transformar tais ondas para que estas possam se acomodar no interior do nosso planeta.

QUANDO QUEREMOS DEIXAR DE SER MÁQUINAS, A NATUREZA SE OPÕE A ISSO. A própria Natureza tem dentro de nós, dentro de cada um, Elementos, Poderes e Forças que mobiliza para nos combater. Para a Natureza não é conveniente que alguém deixe de ser máquina, porque isso é um atentado contra a sua economia, essa é a crua realidade dos fatos!

Não espero, de modo algum, que vocês que estão me escutando vão deixar de ser máquinas da noite para o dia. Eu tenho observado vocês cuidadosamente, é claro que vocês estão aqui para me escutar, mas vejo, aqui mesmo, nesta exposição, como trabalha a Natureza para tratar de submetê-los à sua ordem.

Alguns de vocês, ao escutar esta aula, e se colocarem a devida atenção, verão que sentem um certo aborrecimento, há quem tenha bocejado, há quem desejava que já tivesse terminada esta conferência etc. Essas são as armas que a Natureza usa para evitar que alguém deixe de ser uma simples máquina. Vocês são máquinas, gostem ou não, talvez pensem que os estou insultando. Não, palavra que o que aplico a vocês, aplico a toda a Humanidade.

Só deixarão de serem máquinas no dia em que vocês se levantem em armas contra a Natureza, contra o Cosmo, contra si mesmos, contra tudo e contra todos. Precisaremos criar uma Lua Psicológica se quisermos nos livrar dessa Lua pálida que gira ao redor da Terra, que nos chupa as energias, que nos converteu em criaturas mecânicas, porque todos os seres humanos são Lunares e se movem dentro da atmosfera psicológica da Lua. Isso é triste, mas é verdadeiro.

Se observarmos as pessoas depois que morrem, veremos que são inconscientes, adormecidas, sonâmbulas e se lhe tocarmos estão gelados como o gelo! Assim são os defuntos, porque na vida nunca trabalharam sobre si mesmos, nunca despertaram a Consciência, foram sempre criaturas mecânicas cem por cento, e continuam assim depois da morte…

Há pouco tempo, morreu um companheiro gnóstico nosso, o irmão Guillermo Hickye, que era muito amigo de Tony M., era da Sede Patriarcal, havíamos pensado em mandá-lo como missionário aos Estados Unidos.

Depois de morto, uma tarde, estando em meditação, chegou acompanhado de outras pessoas, cumprimentou-me e eu lhe disse: “O que houve, Hickye, você percebe que já está morto?” “Ah, isso eu já sei, Mestre, eu sei que já morri.” “Muito bem, vou lhe dar alguns ensinamentos agora no Mundo Astral, vou levá-lo a diferentes regiões do Universo.” “Ah, isso me agrada, é isso que eu quero!” Os que estavam com ele escutando, disseram para ele: “Você disse que o Mestre vai lhe dar os Ensinamentos aqui no Astral!” “Pois é isso que eu quero, isso me alegra muito!” E eu lhe disse: “Bem, Hickye, eu vou lhe dar…”

Esse homem havia eliminado os defeitos de vaidade, orgulho, amor-próprio, ira, egoísmo, ou seja, tinha conseguido estabelecer no fundo da sua Consciência um Centro de Gravidade Consciente, por isso ele andava agora completamente desperto no Astral…

Bem, meus amigos, além de construir o Centro de Gravidade Consciente, é necessário criar algo mais, para se ter direito a viver em qualquer planeta do Sistema Solar ou viajar pelos mundos que constituem o nosso Sistema, temos de criar os Corpos Existenciais Superiores do Ser, ou seja, criar os Corpos Planetários dentro de nós e isso se faz na Alquimia, no Sahaja Maithuna.

Para se criar o corpo astral é necessário baixar à Nona Esfera, que corresponde ao Sexo do centro da Terra, onde há um Santo Oito de ouro puro; colocado em forma horizontal, nele estão o cérebro, o coração e o sexo do Gênio Planetário, todas as forças que fluem neste planeta Terra estão organizadas de acordo com o Santo Oito.

O ser humano tem, coração e sexo, mas a luta é terrível, cérebro contra o sexo e sexo contra cérebro. Se o sexo vence o cérebro, então a Estrela de cinco pontas, que é o ser humano, fica de cabeça para baixo, com os ângulos inferiores para cima e o ângulo superior para baixo, mas se formos capazes de transmutar a Energia Sexual, na Nona Esfera, então a Estrela de cinco pontas ficará em ordem, com o ângulo superior para cima.

Dizem-nos que quando uma mulher se casa com um homem que não lhe corresponde, que não pertence a ele, as pessoas a conhecem porque no dia da boda ela aparece “calva”, sem o seu cabelo, e quando o homem adultera, quando é infiel à esposa, aparece-lhe uma marca, uma Estrela de cinco pontas invertida na sua testa. São dados muitos interessantes que devemos conhecer…

Mediante a transmutação do Esperma Sagrado, que na Alquimia se denomina “Mercúrio”, o mineral em bruto, se consegue fabricar o Mercúrio da Filosofia Secreta. O Mercúrio é a Alma Metálica do Esperma Sagrado; o Mercúrio também é a Energia Sexual.

Para fabricar o Mercúrio, se faz indispensável não ejacular o Ens Seminis, ou seja, a Entidade do Sêmen. Com o deseja refreado, transmutará o Esperma Sagrado em Energia, que é o Mercúrio dos Sábios.

O Mercúrio ou Água Mercurial é invisível para o olho físico, mas perceptível para o Sentido da Auto-Observação Psicológica, ou seja, a Clarividência.

No começo o Mercúrio ou Água Mercurial é NEGRA, mas se é refinada com o Sacramento da Igreja do Amor, tal Energia Sexual, para que vocês me entendam, se torna BRANCA. E assim, refinando o Sacramento da Igreja do Amor, fazendo do Coito Químico ou Cópula Metafísica um culto tântrico religioso, então a água Mercurial de Branca fica AMARELA. Se continuar no trabalho místico, mais tarde acontece que essa Água Amarela recebe o Enxofre que é o Fogo, e desperto o Fogo Sagrado, se libera o Enxofre do seu cárcere, onde está preso e misturado com o Mercúrio, formando um redemoinho de Forças que sobem pelo canal da coluna vertebral.

Não há dúvida deenergia-cosmica-gnosisonline2que nesse redemoinho de Forças, existe também o Sal Sublimado, Sal, Enxofre e Mercúrio, que é o “Vitríolo” dos sábios, o Nitrogênio que deve subir pela coluna vertebral até o cérebro.

O excedente desse Nitrogênio ou Vitríolo vem a se cristalizar mediante a Lei das Oitavas, numa Oitava Superior, com uma forma maravilhosa e extraordinária, o corpo astral, podendo viajar com esse Corpo por todos os planetas do Sistema Solar, tem o direito de viajar fora do planeta Terra.

Muito mais tarde, o Nitrogênio, numa Oitava Superior, vem a cristalizar o corpo mental, através do qual aprendemos a Sabedoria da Natureza.

E por último, numa terceira oitava, o Nitrogênio vem cristalizar o corpo causal.

Quando o homem possui os corpos físico, astral, mental e causal, recebe os seus Corpos Superiores Espirituais do Ser e se converte num Homem que criou o Sistema Solar dentro de si.

Depois, progredindo mais, se converte num Homem Solar, fabrica o Sol Psicológico dentro de si mesmo, fundindo-se com a Divindade, fixando o Ouro nos Corpos Existenciais Superiores do Ser. O que é possível, quando se elimina a totalidade dos elementos indesejáveis da nossa psique, desta forma todos os nossos Corpos Existenciais Superiores do Ser se convertem em Veículos de Ouro, o Ouro Real…

Fisicamente, há uma prova para saber se um Homem tem os Veículos Existenciais Superiores do Ser, convertidos em corpos de ouro, uma prova física que é o esperma sagrado. O Esperma Sagrado de um Homem Cristificado, por exemplo, um Jesus de Nazaré, um Hermes Trismegisto, ainda que vocês não acreditem, é de Ouro Puro!

Se um Homem Solar, aquele que fabricou o Sol dentro de si mesmo, tem os seus Corpos Superiores Existenciais do Ser, mas quer transformá-los em Corpos de Ouro Puro, não existe outro remédio senão voltar a baixar na Nona Esfera, para fabricar os seus Corpos de Ouro.

Logo que os fabrica, torna a subir e é com justa razão que Hermes Trismegisto disse: “Sobe da Terra aos Céus e de novo volta a baixar, assim terás os Poderes de cima e de baixo, penetrarás todas as coisas sutis e

vencerás toda coisa densa”. Aí esta a chave de todo o Poder…

Se um Homem Solar quiser se converter num Homem Galáctico, terá de fabricar a Galáxia Psicológica dentro de si mesmo e terá de voltar à Nona Esfera e trabalhar na Forja Acesa de Vulcano, o que lhe permitiria tomar corpo na capital da galáxia, que se chama Sírio.

Ao redor de Sírio giram milhões de constelações e a Luz de toda esta galáxia é o grande Sol Central Sírio, e ao seu redor gira o planeta Sírio, como também uma Lua que é 5 mil vezes mais densa que o chumbo.Sirius-gnosisonline

De Sírio vem toda a energia para os Supra-Céus de todos os mundos e sóis de toda a galáxia, e a Lua que gira ao redor dele emite a energia para todos os Infra-Infernos da galáxia.

Em Sírio está a IGREJA TRANSCENDIDA, uma maravilho caminho curvo conduz à Igreja Transcendida e de lado a lado se vêem enormes rosas de um a dois metros de diâmetro, os ladrilhos do chão são brancos e pretos, para representar a luta entre o Espírito e a Matéria, há dois altares para representar a dualidade da existência. Reúnem-se lá os Gurus ou Criaturas Inefáveis de todo o Cosmo, para celebrar o que chamamos de Semana Santa, para reviver o Drama Cósmico.

Se um Homem Galáctico quiser viver em qualquer Sol deste Universo Infinito, terá de baixar à Nona Esfera novamente, parar na Nona Esfera e criar os corpos com as qualidades e os atributos psicológicos do Infinito, ou seja, qualquer criação, seja o que for, tem de fazer com o Sexo!

Observem uma flor, houve necessidade do sexo para que ela se criasse, os pistilos e estames são os órgãos masculinos e femininos, que formam a semente…

Os animais também se reproduzem através do sexo. Vocês acreditam que o planeta Terra não saiu do sexo? Sim, saiu do sexo também, os Elohim tiveram de fazer tremendos trabalhos sexuais no Caos para que dali pudesse sair o planeta Terra. Não vou me aprofundar mais porque iríamos longe, pois são Ensinamentos de altíssima Alquimia, no entanto, eu conheci esse tipo de trabalho sexual, por isso falo nele…

Assim, se quiserem criar o Infinito Psicológico dentro de si, terão de baixar à Nona Esfera, à Forja dos Ciclopes, para tal criação, aí terão o direito de sair desta galáxia e viver em qualquer outra galáxia deste Infinito.

Ao chegar a essas alturas, abrem-se dois Caminhos, ou se submerge no Seio do Eterno Pai Cósmico Comum, ou se resolve passar a outro Infinito, seguindo o Caminho dos Cosmocratores…

Conclusão: para se progredir no Caminho, não há outro remédio senão o de trabalhar na Forja dos Ciclopes, dissolver o Ego e amar os seus semelhantes, sacrificando-se por eles…

Até aqui, a minha palestra.

Paz Inverencial!

(Samael Aun Weor – Conferência Os Psiquismos Solar e Lunar)

Pantáculos
  • Sousa

    Saudações. Tenho uma pergunta vcs ja experimentarão tdas essas teorias na prática?

  • William Horn

    Muito obrigado! Você abriu minha mente para a alquimia =D

  • Géraldi

    A luta e árdua e solitária,mas depois da tempestade vem a calmaria

  • Márcia

    Olá,boa noite.Maravilhoso texto,magnífico.Tenho muito que aprender,não sei nada,por isso estou aqui…Obrigada Gnosis por compartilhar conhecimento e dividir sabedoria. Muito obrigada.

  • Veneraveis,pude perceber ainda jovem ,os psiquismos solar e lunar,são duas forças antagonicas que nos puxam ora para um lado ora para outro,é uma força positiva outra negativa,o dia que o ser humano se libertar dessas duas forças antagonicas que nos tragam e nos trava,poderemos alçar um grande võo e nos libertarmos dessas forças nocivas que destroem a humanidade.ao meu ver só a neutralidade poderá vencer essas imantações funestas.Roberto