O Selo de Samael

20
2836
Pentagrama

No mês de novembro de 2002 tive uma experiência interna na qual me fez tomar a decisão de a todo custo ir visitar a Bolívia e conhecer um pequeno objeto de argila queimada, chamado no gnosticismo samaeliano de “o selo de finalização da Grande Obra de Samael”. Antes de falar de minhas experiências internas e as de um instrutor gnóstico boliviano, devo aclarar o que é este Selo.

O mestre Samael, ao finalizar seus trabalhos iniciáticos de autorrealização interior, recebeu as orientações especiais de um poderoso e grande mestre maia, um indígena humilde, mas poderosíssimo, cujo nome ou aparência ninguém conhece nem jamais conhecerá.

Ninguém saberá quem é ou quem foi esse mestre, pois seus grandiosos trabalhos são ocultos, internos, e não públicos. Este mestre maia foi o encarregado de orientar o mestre Samael em seus últimos processos de autorrealização e, finalmente, como “diploma” dessa finalização iniciática, da vitória nas provas esotéricas avançadas, o Samael recebeu desse ser um símbolo sagrado.

Sua aparência inicial nos lembra o saiote da Divina Mãe Morte Coatlicue, feito de serpentes cascavéis. Esse saiote finaliza com 10 cabeças de serpente, representando os 10 Sefirotes ungidos pelas serpentes de fogo e de luz.

O Selo sagrado aparentemente é frágil, feito de argila queimada, não passa de uma plaqueta com alguns símbolos e ranhuras. No entanto, esta aparente plaquetinha de argila é, nos mundos internos, um selo de ouro puro, um poderosíssimo irradiador de energia ígnea, uma força que afeta nossos corpos sutis, iluminando nossa consciência.

Quem conhece o poder interno do Selo de Samael sabe que sua aura tem um diâmetro de mais de 500 metros, e ele irradia uma luz e uma energia ígnea fortíssimas.

Afirma-se que o Selo tem a capacidade de queimar quem não está preparado, mas também de acelerar o trabalho interno de quem é sério em seus anelos superiores. A missão atual do Selo, que não será pública, é a de reencaminhar o estudantado gnóstico ao verdadeiro e superior trabalho interno, e fazer com que todos os gnósticos conheçam verdadeiramente quem é o Avatar e o Guia da Nova Era Aquária.

o-que-e-o-selo-de-samaelselo-s

Os missionários, instrutores, sacerdotes e líderes institucionais gnósticos precisam conscientizar-se de quem é realmente o Cristo Vermelho da Era de Aquárius. Não há nem dois nem três Patriarcas, somente o “Quinto dos Sete”, o Avatar e o Mensageiro do Quinto Evangelho Aquariano: Samael Aun Weor!

Depois de períodos conturbados nas instituições gnósticas, onde muitos pseudomestres e pseudopatriarcas apareceram querendo se impor à família gnóstica, eis que surge o Selo de Samael para mostrar que o ÚNICO GUIA, o ÚNICO PATRIARCA, da Irmandade Gnóstica é o Venerável Mestre Samael Aun Weor.

O Selo de Samael não veio para criar desentendimentos, não tem como finalidade criar dissensões ou algo do estilo. Ele está próximo da comunidade gnóstica brasileira, num local oculto, e ali permanecerá, bastante reservado, para cumprir com sua missão, que é oculta, interna e superior.

Mas, certamente, a notícia de sua presença no Brasil trará conforto e alegria nos corações dos verdadeiros devotos da senda, pois ele, o Selo sagrado, será um símbolo de fraternidade sincera e incondicional.

A Ordem Interna

Dizem que todos temos sonhos, e que nossa vida consiste em tornar esses sonhos realidade.

Tive uma experiência interna clara e absolutamente lúcida num dia qualquer de novembro de 2002. Nessa experiência apareceram três mestres maias que me indicaram o local onde estaria o Selo de Samael. Perguntei a eles que Selo era esse e que local ele estava. Instantaneamente fui transportado à Bolívia, à frente de uma caverna profunda e muito escura.

Dentro dessa caverna astral ocorreram situações que não cabe detalhar agora, mas duas mãos bastante brancas surgiram do meio da caverna e me entregaram o Selo.

Perguntei aos três mestres maias qual o segredo encerrado no Selo e eles disseram que o Selo possui dois segredos, um deles que se torna público a partir de agora, e que diz respeito à divulgação da finalização dos trabalhos internos do mestre Samael, e o outro é totalmente oculto. Este aspecto oculto só o conhecerão aqueles que despertarem totalmente suas consciências…

Bem, passada essa experiência impactante (para mim, é claro), comentei tudo ao missionário Fernando Salazar Bañol, o guardião do Selo, o qual foi entregue pelo próprio mestre Samael a ele, Fernando. Foi-me dito então que isso não era um simples sonho ou uma simples experiência, mas um sinal, e que outros possivelmente viriam.

Dito e feito, 9 dias depois veio a segunda experiência, referente à Igreja Gnóstica, a qual não posso revelar seu conteúdo. E um terceiro sinal veio depois de mais 9 dias, com mais informações internas que nos obrigaram a admitir que o Selo deveria vir ao Brasil.

Mas, como trazer este Selo sagrado que estava protegido no Templo Gnóstico Subterrâneo de Gob, na Bolívia, se ninguém conhecido tinha condições financeiras para ir buscá-lo? Comentamos o caso a mais 3 instrutores gnósticos, membros do Instituto Michael (o qual eu era o fundador e dirigente), e todos nós nos dispusemos a obter recursos financeiros para que o Selo pudesse vir ao Brasil.

Assim foi feito, criamos eventos, nos endividamos, pedimos a ajuda dos céus e dos mestres da Fraternidade Branca para o pleno êxito de tal empreitada. E uma das que mais se empenharam para que essa viagem se tornasse exitosa foi a nossa querida Sueli Bressan, que não poupou esforços para administrar as finanças da empreitada…

Finalmente, no dia 22 de novembro embarquei no Aeroporto Internacional de Guarulhos para um tour esotérico, rumo à Bolívia. Depois de algumas peripécias e visitas ao templo de Tiahuanaco, onde há um monumento grandioso em honra à Pachamama (a divina Mãe Terra) e às igrejas majestosas de Sucre, finalmente chegamos aonde se encontra o Templo Subterrâneo de Gob.

Durante o ritual de entrega do Selo, o qual não posso detalhar por motivo de “segredo iniciático”, o guardião boliviano do Selo entregou-me o objeto sagrado, tão caro à comunidade gnóstica mundial. No exato momento em que o imponente sacerdote me entregou o Selo, vi as mesmas mãos brancas que vislumbrei em minha primeira experiência.

Era ele, o guardião, que se apresentara naquela noite; eis que um dos sinais havia sido revelado. Esse sacerdote respeitável, e que merece todo o meu carinho e belas recordações, chama-se Juan Eduardo Ibarnegaray.

Quando o sacerdote da Igreja Gnóstica Juan Eduardo me recebeu, ele afirmou solenemente que um dia antes de minha pessoa desembarcar em La Paz, havia se lembrado de uma experiência tida por ele há exatos 20 anos. Que experiência interna foi essa? Em seguida transcrevemos essa experiência, com a sua devida autorização.

Ibarnegaray teve uma experiência interna com Samael, na qual se via o rosto do mestre lá no céu, porém pintado com as três cores da bandeira boliviana (amarela, verde e vermelha). O rosto pintado do mestre estava olhando para o Brasil, em direção à capital brasileira (Brasília), mais precisamente em direção ao Monumento dos Candangos, o qual simboliza a União, o Trabalho em Conjunto e a Fraternidade…

Somente com a minha vinda à Bolívia e com tudo o que lhe foi explicado é que Juan compreendeu, 20 anos depois, o real significado dessa sua experiência. O sinal havia sido então identificado: o Selo de Samael finalmente cumprira sua missão nas sagradas terras dos povos tiawanacotas (Bolívia) e deveria, agora, cumprir uma missão, numa oitava superior, em terras brasileiras. Como, por que e até quando? Só Deus e a Grande Fraternidade Branca sabem!

O mais importante, agora, é que o Selo de Samael está no Brasil para realizar um trabalho Teúrgico-Iniciático grandioso nas Almas e nas Consciências dos estudantes gnósticos e de todos aqueles que anelam sua autorrealização interior profunda.

Mas, lembrando: o Selo é um canalizador de energia cósmica, dos Mundos Superiores, mas o trabalho e o superesforço íntimo, a disciplina esotérica e o sacrifício místico ainda continuam sendo nossos, tão somente nossos.

O trabalho interno ainda continua sendo de nossa inteira e absoluta responsabilidade, de mais ninguém nem nada. O Selo não autorrealizará ninguém, mas servirá de ajuda e de incentivo às partes superiores de nosso Ser para que lutem intensamente por nossa autorrealização.

Eis, portanto, minhas irmãs e meus irmãos gnósticos, a grande novidade vinda das maravilhosas terras bolivianas: está entre nós o Selo de Finalização da Grande Obra de Samael Aun Weor, o único e autêntico Avatar e mestre iniciador da Era de Aquário.

Com alegria no coração, um sacerdote gnóstico! Amon

Quem É Samael

Samael é o Anjo que representa a Severidade de Deus, a Força Liberadora do Cosmos e a Vontade Divina, porém o poder para lograr a Vitória de toda a Adversidade e Adversários com a Força da Virtude e seu grande Poder. Seus atributos podem ser uma espada, uma lança ou um martelo.

Samael é o anjo que rege a Força do corpo celeste de Marte e, por isso, está relacionado com a Coragem e o valor e a luta para enfrentar-se a qualquer coisa. Samael é o grande protetor frente aos perigos dos planos físico e não físicos. Básico potencializador da saúde e do amor, são as características-chave às quais você pode recorrer para pedir a este Anjo Poderoso.

Ele ajuda a suportar melhor a dor e as provas, e incentiva a sã busca pela autorrealização íntima, assim como as capacidades de organização e livre-iniciativa no trabalho interno.

Protege especialmente do fogo, não só o fogo físico, mas o fogo das paixões, e de qualquer arma cortante, especialmente das forças negativas egoicas. Suas cores são o vermelho brilhante, o púrpura e o azul, assim que se você quiser usar em alguma cerimônia ou invocação, pode potencializar sua força com uma vela de sua cor.

De todas maneiras, também bastará ter presente no seu altar pessoal o Selo de Samael e um Pentagrama Esotérico, que são os símbolos marcianos por excelência.

Em Tempo

Seguindo minhas intuições e observando o momentum em que o mundo atravessa, me sinto no dever de consciência de relatar as duas – de três – experiências internas relativas ao Selo da Luz:

Segundo Segredo do Selo da Luz

A segunda experiência refere-se a quem seja o Guardião Interno desse Selo. O proprietário é Samael. O guardião momentâneo, fisicamente falando, é o missionário gnóstico Salazar Bañol. E existe um guardião interno de tal Selo? Seu nome nos foi revelado numa das experiências daquele ano: João Batista, o grande mestre ressurrecto e companheiro de Jesus na Terra Santa.

mapa-america-do-sul-selo-samael

Terceiro Segredo do Selo da Luz

Já a terceira está relacionada aos lugares em que o Selo deve, com o tempo, permanecer: Brasil, Bolívia e Argentina. Esses três lugares precisam dividir a função de “manjedouras do Selo de Samael” para o benefício da humanidade, já que a Luz poderosa de tal signo sagrado precisa se irradiar por TODA a América do Sul, e não ficar circunscrita a um só ponto.

Incensos
  • Boa noite família da gnose… Paz iverencial pra todos. Eu sou africano e vivo em Angola. Gostava pra ja saber se um africano também tem chances de aprender sobre a gnose cristã?

    • A Gnose não é uma religião, embora a Essência de todas as religiões seja ensinada na Gnose. Existem diversos grupos gnósticos na África, especialmente da AGEAC, do senhor Oscar Uzcátegui, difundindo a Sabedoria Eterna…

  • HUSTON

    o selo maia que esta sendo vendido acima
    tem a mesms força e função do de argila
    feito pelo mestre. por favor mr respondão
    o mais rapido possivel pois pretendo comprar.
    obrigado antecipado e paz inverencial.

    • A força do selo original é imbatível, pois foi moldada por um autêntico mestre ressurrecto maia. As cópias em prata vendidas pela Esotera servem de conexão com o Logos Samael, nós cremos assim.
      O selo é uma série de símbolos sagrados que nos conectam, por meio de práticas esotéricas, com a Divindade Arcanjo Samael…

  • Tenhoo mázimo interesse em receber textos, mensagens, informes etc. sobre Gnosde. Agradeço o envio parsa o mei r-msail. Deusarino de Melo

  • Waldir Drews Junior

    Olá,
    Peço licença para expor minha situação:
    Participei da gnose durante 3 anos em Blumenau – SC, onde na época, quem me apresentou ao grupo foi meu amigo ( hoje desencarnado) Marco Aurélio Ribeiro.
    Participei de várias palestras, fogueios, etc.
    Saí depois de 3 anos por motivos pessoais, e retornei.
    Nesta época, foi feita uma bateria de perguntas pelo grupo para saber se eu poderia ou não retornar.
    Me aceitaram e comecei a frequentar novamente durante um curto período.
    Conheci uma moça ( hoje minha esposa)que era de outra região do Brasil e mudei para lá.
    Simplesmente abandonei novamente a gnose.
    passaram-se 12 anos e aqui estou de volta e com aquela inquietude que sempre tive durante este tempo.
    Não sei dizer ao certo o porque, mas já estudei muitas outras coisas, como: reiki, espiritismo e já fui evengélico durante 2 anos.
    Posso dizer uma única coisa a todos:
    Nada preencheu aquele vazio que tanto tenho, procurando buscar algo para preencher e não encontrando como naquela época da gnose.
    tenho feito algumas vezes as práticas que recebi, mas ainda falta algo, como um grupo.
    Gostaria de saber se posso retornar aos ensinamentos e onde encontrar aqui em Curitiba.
    Agradeço a atenção e retorno.

    att.
    Waldir Drews Junior

  • joaquim

    FIU ADEPTO E PRATICANTE POR UM CERTO TEMPO , APRENDI MUITO E APLICO ATE HOJE SEUS CONHECIMENTOS!
    ME DESLIGUEI POR ORDENS PESSOAI SE FORÇA MAIOR…!

  • joaquim

    tive um bom tempo conectado com os ensinamentos da gnose,por ordens pessoas me desliguei .
    APLICO MUITAS COISAS QUE APRENDI.
    SE TIVERES CORAGEM ; VIA EM FRENTE!

  • Thomas

    Me desculpe pela ignorancia, mas qual a diferença entre Gnosi,Maçonaria,Illuminat,O.T.O, Rosa Cruz entre outras ordens. Pois me parece que a Gnosi é uma ordem iniciática.E o uso da magia sexual,mantras, amuletos,entre outras coisas que pude ler e ver? Uma ordem sai de outra e assim por diante.Há graus na Gnosi assim como na moçonaria? Qual a diferença entre todas essas e outras mais? Se todas as ordens usam das mesmas fontes não seria tudo a mesma coisa. Tenham uma boa noite a todos. Obrigado pela atenção.

    • Realmente, é necessário aprofundar-se nos estudos esotéricos para diferenciar o que é o ensinamento profano e o que é o ensinamento esotérico.
      E diferenciar, dentro do esoterismo, o que é ensinamento luminoso (que visa beneficiar os seres humanos, sem distinção de raça, credo, sexo e ideologias diversas) e o que é ensinamento egoísta… em outras palabras, o que é magia branca e o que é magia negra…
      A Gnose é um corpo de ensinamentos que levam o ser humano a conhecer essas diferenças e a trilhar a Senda da Iniciação rumo à libertação psicológica e à iluminação da Alma.
      A Gnose é a essência do conhecimento esotérico e encontramos Gnose dentro de todas as autênticas escolas iniciáticas, tais como a Gnose moderna, a Maçonaria, a Rosa-Cruz, o Sufismo, o Taoísmo e assim por diante.
      Infelizmente, hoje, por falta de uma verdadeira e profunda cultura esotérica, confundem-se alhos com bugalhos, luz com trevas, Deus com o Diabo, Anjos e Demônios, Iluminati brancos com os Iluminati negros…
      Há que se estudar com profundidade tais ensinamentos, para que estes nos deem frutos para nossa Alma…

      • Gabriela

        A alguma escola especifica que ensine os verdadeiros conceitos da gnosi?

  • maria

    Estou tendo conhecimento desta civilização agora,para saber mais por onde devo começar?Obrigado.

    • Maria, há dezenas de livros do grande mestre gnóstico Samael Aun Weor, gratuitamente, em nossa Área Reservada. É só se inscrever na página inicial, no canto superior direito. E boas leituras e reflexões…

  • Clayton Fabio Laranjeira Conceiçao

    E cada vez que eu leio o Mestre SAMAEL AUN WEOR me sinto ainda mais atraido para o caminho de onde nunca deveria ter desviado eu acredito nos ensinamentos e sinto que esta proximo o fim mas nao e por isso que quero o ensinamento e por um dia eu ter tido a bençao de ouvir e nao escutar me arrependo…

  • Clayton Fabio Laranjeira Conceiçao

    Qdo eu era mais moço comecei a estudar a gnose por curiosidade minha e por questionar muito a respeito das coisas no mundo e por comentar dos sonhos e djavis que eu vinha tendo meu mestre me convidou a conhecer a gnose e obter as respostas que eu procurava sempre tive sensibilidade para o oculto mas nao consegui desviei meu caminho e cai varias vezes mas sinto que este nao e meu mundo ainda tenho salvaçao pois desejo muito estudar e seguir o verdadeiro caminho1

  • carlos jose neves da silva

    para obter acesso a lugares como este: TUMBA DO DEUS PACAL.. Devemos nos purificar, chegar à QUARTA DIMENSÃO.
    PARA ISSO DEVEMOS DESPERTAR A SERPENTE KUNDALINI, TOTALMENTE PURO DE ESPÍRITO. COMO JESUS DISSE:
    AMAI-VOS UNS AOS OUTROS, COMO A VÓS MESMOS…

  • Bom dia, o senhor mencionou que o selo de samael se encontra agora no brasil,talvez em brasilia pela visão do sacerdote boliviano,gostaria de saber se ah como visitar-lo pois senti uma imensas alegria em saber que esta tão perto ,desejaria conhecer outros lugares como a tumba do Deus Pacal,as piramides no mexico mais não tenho recursos suficientes no momento,Essa vida que vivemos não tem sentido a não ser o de tornarmos a ser o que realmente somos no intimo mediante as cirscuntancias no mundo dos sentidos,gostaria de viver minha vida aqui na terra conhecendo esses maravilhosos lugares cheios de energia e adquirir sabedoria a cada dia aqui na terra,pretendo estudar antropologia para viver perto de tudo o que ainda restou de maravilhoso por aqui..obrigada pela atenção senhor aguardo sua resposta.Yesica baln camboriu sc brasil