Como resolver problemas

1
1310

É necessário aprender a não criar problemas na vida; melhor é sair para o campo, levar uma vida que esteja em harmonia com o Infinito.

Os PROBLEMAS não são mais que FORMAS MENTAIS, formas criadas pela mente. O que é um problema? Uma forma mental com dois polos, um positivo e outro negativo. Essas formas são sustentadas pela mente, e deixam de existir quando a mente deixa de sustentá-las.

E o que é que devemos fazer? Resolver problemas? Não é isto o necessário. Então o que é? O que se necessita é dissolvê-los. Como se dissolvem? Simplesmente esquecendo-os…

Quando uma pessoa está com alguma preocupação, que saia um pouco ao campo e procure colocar-se em harmonia com todas as coisas, com tudo o que é, tudo o que foi e tudo o que será.

como-resolver-problemas-gnosisonline2Esquecer problemas é básico. Vocês poderão pensar que é impossível esquecer problemas, mas é possível. Quando alguém quer esquecê-los, a única coisa que tem a fazer é pôr para trabalhar qualquer outro centro da máquina orgânica.

Recordem que o ser humano possui três cérebros: o intelectual, o emocional e o motor-instintivo-sexual.

Se vocês têm problemas, repito, é preciso dissolvê-los, esquecendo-os. O importante não é resolvê-los, mas sim dissolvê-los, e para isso é preciso esquecê-los.

Como proceder? Colocando para trabalhar o Centro Emocional, o Centro Motor. Isso é o interessante, porque então o Centro Intelectual descansa, e assim esquecemos o problema.

Não sofra desnecessariamente, esqueça o problema que ele desaparecerá. Você gosta de pintura? Pois ir a uma exposição não seria mau para ajudá-lo a esquecer o problema; ou tome um café ou um bom chá e vá a uma piscina nadar, ou suba uma montanha e ria um pouco; rir o faz sentir-se bem e faz com que você esqueça o problema.

Poderiam argumentar que assim não se pode resolver problemas, como, por exemplo, o pagamento de uma promissória ou evitar que nos tirem da casa por não pagar o aluguel, ou o pagamento de uma dívida etc.

Contudo, estes são fatos, e os fatos caminham por si mesmos, mas o problema é uma coisa diferente. O problema é algo criado pela mente; quando a pessoa o dissolve, o problema deixa de existir para ela.

Não quero com isso dizer que não devamos fazer alguma coisa, que não se deva trabalhar, que não seja necessário conseguir dinheiro para a subsistência ou para pagar as dívidas etc. Tudo isso é necessário fazer, mas sem criar problemas na mente.

As pessoas têm medo de esquecer um problema, e isto é muito grave. Pensam: “Se não pago o aluguel da casa, me despejam e terei de sair dela, e… para onde vou?” Aí está o medo. Primeiro de tudo, temos de aprender a NÃO TER MEDO, isto é o mais importante, NÃO TEMER.

O medo é nosso pior inimigo. O demônio do medo não gosta que resolvamos problemas. Você tem medo de ser jogado na rua por não ter dinheiro para pagar?

E se tiver de ser assim, que acontecerá? Você sabe, por acaso, que novas portas se abrirão? A intuição sabe, e é por isso que o intuitivo não tem medo. A intuição dissolve problemas.

Tem medo de perder o emprego? E se o perde, que acontecerá? Você sabe, por acaso, qual novo trabalho encontrará? A intuição sabe, e por isso o intuitivo não teme.

Quando se acaba o medo, a vida nos reserva muitas surpresas agradáveis. Às vezes, o que parecia insolúvel se torna solúvel; o que parecia um problema muito difícil torna-se mais fácil que beber um copo de água. De modo que a preocupação fica sobrando, não é verdade?

Quando termina a sucessão de pensamentos, nasce a intuição e termina o medo. A intuição dissolve os problemas, por difíceis que sejam.

Em qualquer instante, a voz do coração, uma intuição e pronto, foi resolvido o problema. Talvez a solução não fosse aquela que queríamos, mas o certo é que o problema se resolveu, ou melhor, se dissolveu.

Necessitamos compreender que A PREOCUPAÇÃO ESTRAGA A MENTE, a preocupação é criada pela mente engarrafada no problema. É claro que o problema (com seus dois pólos, positivo e negativo) não é mais que uma forma mental, provoca o conflito interno e então vem a preocupação, que estraga a mente e o cérebro também.

O problema foi criado pela mente, e existe enquanto a mente o sustenta. Toda forma mental tem três fases: surgimento, subsistência e dissipação.

Todo problema surge, subsiste e logo se dissipa. O problema surge porque a mente o cria, subsiste enquanto a mente não o esquece e se dissipa ou se dissolve quando a mente o esquece.

Quando o pensamento cessa, nasce em nós a beatitude e depois, a iluminação. Antes de chegar à iluminação, devemos passar pela beatitude. São três as fases da transformação: não pensamento, beatitude e iluminação. Todo iluminado resolve os mais difíceis problemas.como-resolver-problemas-gnosisonline

Aprendam a manejar os Três Cérebros (intelectual, emocional e motor) e verão como mudam. Se existe preocupação emocional, mudem de centro, ponham para trabalhar o cérebro instintivo-motor; saiam para um passeio, montem a cavalo…

Façam alguma coisa diferente e verão que sua vitalidade não ficará esgotada, e o corpo físico se rejuvenescerá maravilhosamente…

APRENDER A VIVER DE INSTANTE EM INSTANTE, de momento em momento, é o que recomendo; aprender a viver sem preocupações de nenhuma espécie, sem criar problemas.

Quando alguém aprende a viver de segundo em segundo, de instante em instante, sem projetar-se para o futuro e sem as cargas dolorosas do passado, vê a vida de outro ângulo, de uma forma diferente, muito distinta. Eu aconselho que façam a experiência…

(Conferências de Samael Aun Weor)

  • Bernardo

    Eu tenho problemas com empregos, e principalmente familia. A confusão sempre vem até a mim, sou maltratado pela minha familia, desde sempre, já tentei algumas coisas mas nao funcionou, tentei todos os tipos de oraçaoes pra varios deuses e deusas e meus problemas nao vao embora. O que eu posso fazer?! Eu sempre me esquivo ou fico calado, e se rebato nao adianda. Deus, o criador, a consciencia unica deve me odiar e muito!! Me ajudem por favor. Será o Karma Katana?! Me sinto um prisioneiro nesse planeta, e que nunca vou atingir minhas metas e objetivos.