Reflexões sobre música e consciência

Reflexões sobre música e consciência

- emMistérios da Música
4118
12

Por que a música eleva? Por que dizem que a música é divina? Não precisamos ser peritos para responder. Porque a música é sentimento, a música é emoção, é o veículo pelo qual acessamos nossos sentimentos mais íntimos e mais profundos. Sim! Então a música é uma ponte… Ah, é isso, uma ponte de comunicação.

Música é vibração, é frequência, e para aqueles que estudam a Lei Hermética das Vibrações sabem o poder que elas têm. Muitos já viram e assistiram vídeos  de uma experiência do japonês Masaru Emoto com os cristais da água. Por si só essa experiência é suficiente para nos mostrar o poder que a música tem sobre a água.

A água é um elemento naturalmente feminino, passivo, moldável a qualquer situação, ambiente ou vibração, a música é ação, movimento, construção… é também fogo e água fecundando o caos, o mesmo princípio do Alto se projetando embaixo no mundo dos homens.

E só para refrescar nossa memória, lembremos que nosso corpo é composto de 80% de água, então veja o poder que a música tem e a responsabilidade que ela ocupa formando gerações e gerações de pessoas.

A música pode nos elevar ou afundar-nos tamanha é a sua sutileza e mexe com nossas emoções mais escondidas.

Música aliada ao verbo entoado tem poder! Não esqueçam jamais isso.

Poucos sabem que o verbo e o sexo estão intimamente ligados com a Criação. Deus entoa seu eterno verbo cósmico para fecundar nas águas da gênese ou as águas caóticas do Abismo o Cosmo e o Universo, o famoso coito cósmico de Shiva e Shakti, construindo planetas, sóis, estrelas, sistemas planetários e galáxias, o microcosmo inserido no macrocosmo e o macrocosmo inserido no microcosmo.

Que os nossos olhos possam ser abertos para vermos porque então a música, o sexo e o verbo são tão sagrados e estão todos interligados no despertar de nossas consciências.

Um casal puro, unido pelo amor e pela música elevada juntamente com o trabalho alquímico e sexual imaculados, constroem sua ponte de ascensão e purificação, sua escada de Jacó, seu caminho de retorno ao seio do Pai.

Porém, quantos sabem usar a música, o verbo e o sexo para o bem? Quantos os utilizam com consciência?

Se tivermos consciência do poder da música, então podemos aliá-la à nossa elevação espiritual, se não tivermos consciência de que a música pode nos elevar e nos curar, então nos deixamos levar pelas massas que a compõem sem nenhum foco nem atenção, nos levando para um caminho de degeneração progressiva até ser alcançados pela entropia que a tudo devora.

Não vamos aqui entrar nos méritos de cada estilo musical, músico ou compositor, sejam eles quais forem, cada qual é livre para fazer sua escolha, apenas aqui sinalizamos que existem escolhas e sintonias. Você vibra aquilo que você é, percebe?

Um excelente exercício que propomos aqui é estarmos atentos nas músicas que selecionamos e ouvimos no decorrer da vida ou nas fases de nossa vida, porque o ser humano vive fases, e quanto mais maduro vai se tornando, também sua percepção vai sendo transformada com as experiências que a idade, a vida e seu espírito lhes ensinaram.

Um bom começo é ler sua letra com atenção e ver qual tipo de mensagem ela passa, por aí se tivermos um pouco que seja de consciência desperta já será suficiente para derrubar por “xeque-mate” 70% ou até mais em nossa seleção; outra dica é saber sentir a música e estar atento no tipo de emoção que ela vai nos despertar.

Existem as sensações mais baixas de mal-estar, rejeição, incômodos, angústias, até as mais sutis que mexem com nossos desejos mais refinados de sedução, uma mente sintonizada e atenta consegue destilar as sutilezas do ego, os venenos da mente, da pureza do som e do espírito.

Há três tipos básicos de mensagens que uma musica pode nos trazer.

1. O primeiro tipo de mensagem é aquela que nos eleva e nos sintoniza em esferas superiores de sentimentos e pensamentos. Canta o amor, a alegria, a paz. Valorizam o ser humano abrindo seus chacras, alinhando e sintonizando o corpo, a alma e o espírito, nos mostrando que somos muito mais que um simples corpo humanoide, ou matéria instintiva e biológica, somos o espírito divino habitando temporariamente a matéria.

A música que eleva nos abre para o universo crístico, então aqui nos tornamos múltiplos e unos ao mesmo tempo; somos unidade, mas também somos pluralidade, ressoando no Cosmo como uma sinfonia, um único corpo multidimensional unido à luz do Cristo Cósmico.

Tornamo-nos o corpo crístico em ação, ressoando de oitava em oitava, sincronizadas até a fonte criadora de onde tudo verteu e nasceu como uma fina chuva orvalhada e divina, manifestando-se através de Mitra, Metra ou Metraton, o arquiteto ponte e construtor entre o imanifestado universo Pai de todas as luzes com o manifestado universo filho onde existimos.

O Cristo é a ponte entre esses dois universos e o mestre Jesus, sabendo a verdade revelada por seu Pai Interno, ensinou-a para seus discípulos, dizendo que só se chegaria ao Pai através do Filho, o Cristo Cósmico que é múltiplo e uno ao mesmo tempo.

Aquelas poucas almas aqui na terra dos homens que compõem letras e músicas com esse foco e lucidez estão muito próximos à fonte, essa é a real função da música divina, esse é o verdadeiro poder da Música das Esferas, reconectar e auxiliar os seres no despertar de suas consciências adormecidas.

2. As músicas que em nossos dias passam é a do mundo, são as músicas compostas do mundo e para o mundo, sua função é nos condicionar e formatar como consumidores do sistema, nos prendendo em padrões de comportamentos e valores voltados aos interesses de uma época ou de um período ao qual vive ou viveu uma determinada sociedade, são os famosos hits dos anos 50, 60, 70, 80 e por aí vai.

Normalmente estão voltadas a sentimentalismos que nos prendem, viciam e condicionam a seguir um estilo musical comercial, o “famoso chicletinho”, que gruda nas mentes dos mais desatentos e aí só mesmo por Deus para arrancá-lo lá de dentro.

Conseguem enxergar o estrago que isso pode fazer no subconsciente das pessoas? Isso é total reprogramação e manipulação de massas, não só a música do mundo tem esse poder como também toda a mídia, ou veículo de comunicação, como rádios, jornais e tevês. Por que será que as mídias só informam sobre desgraças, terrorismos e violência?

Será que fazem isso para condicionar-nos no medo, para que, assim, esqueçamos que o pensamento, o sentimento e o amor voltados para a paz e a harmonia reconstroem o mundo? Ou será que elas também estão perdidas e caídas no profundo sono da inconsciência coletiva?

Mas voltando para a música, não queremos levantar bandeiras de quais estilos são bons ou ruins, cada qual deve ser consciente o suficiente para fazer suas escolhas. Apenas temos aqui a responsabilidade de aclarar para que cada qual siga o caminho que escolheu.

3. O terceiro tipo de mensagem trabalha o lado oculto, negro e invertido, a música tenebrosa, que de forma consciente manipula a todos na inversão de seus valores, dando para as trevas uma falsa túnica de luz, aliciando as pessoas ao adultério, ao sexo promíscuo, à violência e ao fortalecimento dos egos humanos, desde as escalas mais densas e grotescas até as mais sutis e refinadas.

Aí é que está o “x” da questão, então acabam também usando o sistema caído de comunicação em massa e das mídias para lançarem suas sementes, mas cada qual tem seu direito de expressão, muitas vezes falam de amor e de paz, porém, de forma totalmente consciente despertada no mal e para o mal, depois que a guarda se abriu introduzem o que quiserem no subconsciente das pessoas. Portanto, é necessário estar atentos, pois nem tudo que reluz é ouro.

Música é tom, é cor, é sentimento, é fogo que imprime de forma sutil no subconsciente e na alma os mistérios do espírito.

Música é ponte, é ligação que ressoa tanto no mais alto como no mais baixo, ela pode vibrar nas esferas celestes ou ressoar nos infernos terrestres.

Qual o foco que você procura ao buscar uma música?

Nós somos aquilo que ressoamos, o externo é meramente um reflexo do nosso interno, mas se mudarmos nosso foco, assim também tudo ao nosso redor muda como mágica.

Então, por que não começar com as músicas que ouvimos?

Que possamos estar atentos a partir de agora e vigiar como sentinelas em tempos de guerra tudo que entra e sai através de nossos sentidos.

Auto-observação, Foco e Atenção!

Perder-se no caminho é esquecer-se de si mesmo.

Avante, Guerreiros!
Márcio Sorge

12 Comments

  1. Acredito que a musica tem ligação com algo antes das religiões,
    foi a humanidade que criou um deus e não o contrario, não entendi porque o site tem uma capa fazendo apologia ao terceiro olho e falando que jesus tem algum certa ligação com a musica, musica é musica ok? política a parte, admito que algumas coisas fazem bastante sentido mas outras caiem em contradição, o ser humano é livre pra escolher o que convem a si, não existe musica certa ou errada, descubra quem você é e faça disso um propósito.

    1. É verdade, cada um tem toda a liberdade para escolher seu Caminho, suas músicas e as consequências de suas escolhas…

  2. Apesar de acreditar e procurar cultivar o bem, o amor ao próximo e o não julgamento, desde a adolescência escuto e sou apaixonado pelo rock pesado.
    Depois de ler a matéria sobre os efeitos da música nos cristais d’água e alguns artigos sobre música aqui no site resolvi experimentar algumas das sugestões do “gnosis online” e confesso que está sendo algo bastante construtivo!
    Desejo a todos muita força para seguir em frente na busca da expansão da consciência e da eliminação dos incontáveis “defeitos psicológicos”.
    A música pode ser uma grande aliada!

  3. PEACE – MMSORGE
    MANTRAS DE AMOR E COMPAIXÃO

    Download gratuito: http://musicasmmsorge.blogspot.com/

    Este trabalho nasceu de profundas experiências místicas e meditações, assim entramos em contato com os mundos internos onde a realidade é única de unidade plena e amor absoluto.

    Dentro de cada um de nós todas as vertentes do saber se encontram ancoradas no mesmo principio, o de que somos e sempre seremos um único corpo e ser em movimento, construção e harmonia.

    O Amor é a fonte que a tudo constrói e a união é seu ingrediente principal, pudemos perceber então muitos seres unidos nas suas mais diferentes indiosincrasias e culturas construindo, moldando e expressando suas realidades com inspiração no mesmo principio que a tudo gerou.

    A emoção nos tomou de forma completa ao vermos chineses, europeus, africanos japoneses, americanos, russos, gregos, árabes e muitas outras raças com suas formas particulares de revestirem a divindade se unirem em amor e compaixão.

    Percebemos também muitas outras formas de seres de todos os universos e dimensões se expressando com seu tom único e sua cor natural no processo de cura e elevação de nosso amado planeta Terra.

    Estas experiências culminaram neste trabalho que reconecta o norte e o sul, o leste e o oeste e suas múltiplas dimensões infinitas que se interconectam em um único corpo que pulsa e respira de forma universal.

    Até este presente momento a humanidade só podia enxergar alguns dedos de sua mão e ignoravam toda a estrutura de seu corpo completo com pernas, braços, tronco e cabeça, essa ignorância gerou a ilusão da separatividade, pois estávamos cegos e submersos em nossa própria ignorância.

    Quando o ego humano se dissolve pela luz da compreensão profunda desta unidade que somos, então o externo desmorona para dar nascimento a uma nova realidade ancorada no respeito de expressão de seu irmão, que é sua extensão e assim a antiga sabedoria retorna com profundo amor e compaixão e uma nova nação renasce como a ave fênix de suas próprias cinzas.

    Unimos neste trabalho musical palavras e mantras de iluminação e poder das mais diferentes religiões e culturas do planeta com o objetivo de cura e união de todas as raças. Ao escutarmos por muitas horas sentimos nosso corpo anestesiado por uma energia muito sutil e potente ao mesmo tempo, nossas mentes se tranqüilizaram e um silêncio profundo nos abraçou em paz e amor e nossas emoções se sutilizaram a ponto de sentirmos todo o universo se manifestando em sua diversidade infinita, entendemos o significado de não tocar e apenas ser o Ser, O SER. A Unidade no Verso, o UNIVERSO.

    Paz Profunda a todos os corações de todos os povos e nações.
    Este trabalho é reflexo de nosso mais sincero e profundo amor por toda humanidade.

    Somos Um,
    Amemos
    Namastê
    Salamalém
    Fiat Lux

    PAX
    PX
    X

    MMSorge

  4. daniel espindula

    Tenho o coração voltado pra musica, da mesma forma que amo black metal, musica norueguesa, musica gotica, hard rock, rock dos anos 60, amo tambem a musica indiana e alguns reggaes, complicado essa questão

  5. gostaria de saber o que seria a musica eletronica nesses parametros ?
    pois escuto mt e consigo refletir sobre meu erros!!
    e do reggae q para min c trata de um som positivo!!
    gostaria de saber sobre a opinião de voces
    Abraço
    Paz e Luz a todos

  6. a música sutilmente nos influencia,quando resolvi mudar de vida,música etc… nos meus sonhos apareciam vários head bangers (pessoal que curte música pesada,heavy metal,etc)a todo custo tentando atrapalhar,fazendo de tudo para impedir que mudace …
    porque ? porque essa coisas (egos,pensamentos,etc)são entidades vivas na nossa mente,e nem percebemos isto,pensamos que somos livres mas somos escravos…..

  7. Gostariai que os Srs. explicassem do porque da condenação ao gênero New Metal (Linkin Park, Slipknot, Korn,etc.)? Tudo bem que o som das guitarras geram vibrações distorcidas e, seus efeitos sobre a psique é geralmente rium, mas e se a pessoa ouvir e não se deixar influenciar por essas ondas, tudo bem que é altamente difícil, mas digo das pessoas que não se deixam influenciar seja pelo som, seja pelas letras e/ou conteúdos?

    1. Jacques da Rosa

      Fausto,

      O Mestre Samael ensinou que por sermos egóicos, todos temos um centro de gravidade dito “impermanente” ou seja baseado e centrado no Ego… Então, quando um Ser se desenvolve e constrói um centro de gravidade dito permanente, centrado unicamente na essência e em sua consciência, neste caso, já não se deixa influenciar por energias exteriores, esta pessoa já tem capacidade para filtrar e não deixar desestabilizar-se ou influenciar-se por qualquer elemento exterior…
      As pessoas adormecidas e quem vivem uma vida mecânica, como dizia o Mestre “ignoram que ignoram” e sendo assim tudo ou quase tudo que vem do exterior terá uma repercussão no mundo interior dessa pessoa(A menos que aprendamos a transformar as impressões de maneira correta)… Entretanto, querendo ou não, a música profana que tende a mecanização da sociedade por mais “bonita” que possa parecer, sempre terá uma influencia mais ou menos negativa sobre a nossa psique… Por isso, se recomenda evitar esses gêneros musicais e escutar musica erudita como a clássica, barroca e outros estilos harmonizados a fim que comecemos pouco a pouco a construir-nos um centro emocional superior, o que também nos ajudará, conjugado ao trabalho de morte do ego, a construir um centro de gravidade Permanente… Em outras palavras, nossa inconsciência é tão grande que ignoramos que muitas impressões vindas do exterior causam danos a nossa psique…Porém, com o trabalho sobre si mesmo tudo isso vai se tornando cada vez mais claro e mais consciente…. De fato, aprendemos a transformar as impressões; mudamos nossa maneira de pensar e dessa maneira nos interessamos somente em cristalizar valores Solares o que certamente terá uma influencia direta em quanto ao estilo de música que escutaremos… Na verdade, o Ser desenvolvido já não tem mais interesse em ritmos e estilos musicais não harmônicos e sobretudo não estruturados, pois, não devemos esquecer que a Música está conectada diretamente com o Verbo e o Verbo, é Deus…

  8. Jacques da Rosa

    Aneker,

    Por gentileza, Revise seus conhecimentos gnosticos… De fato, O Mestre Samael nos fala de sentimentos egoicos. Ao contrario no texto acima, se trata de emocoes superiores as quais podemos ter acesso atraves da musica superior, nao se trata de sentimentos do Ego mas de emocoes proprias a essencia, ao Divino…. O Texto esta muito bem escrito.

    Saudacoes.

  9. estimados amigos queiram fazer o favor de ter em atenção que o sentimento pertence ao ego…
    o próprio Samael o diz nas suas obras.

    saudações

    1. Nem todos os sentimentos meu caro. Existem os sentimentos inferiores (os mais comuns entre nós humanos) e os sentimentos superiores, de alegria e intenso amor, proveniente do ser, da essência que devemos buscar através da eliminação de nossas sombras egóicas!

      Paz Inverencial!

Comments are closed.

Confira também

A ciência atômica

O Sistema Solar de Ors, no qual vivemos,