Terremotos nos próximos anos ->

Home Fóruns Ecologia/Cosmologia Terremotos nos próximos anos ->

Este tópico contém respostas, possui 4 vozes e foi atualizado pela última vez por  marceloy 9 meses atrás.

Visualizando 15 posts - 16 até 30 (de 60 do total)
  • Autor
    Posts
  • #30711

    marceloy
    Participante

    E o país da olimipiada continua sendo castigado por terremotos:

    “Pelo menos 22 mortos e mais cem feridos em terremoto no sudoeste da China

    Há 5 horas

    PEQUIM (AFP) — Pelo menos 22 pessoas morreram e mais de cem ficaram feridas devido a um terremoto de magnitude 6,1 na escala Richter que atingiu o sudoeste da China neste sábado, informou a imprensa oficial chineses.

    O balanço anterior do tremor, que foi registrado em uma região na fronteira entre as províncias de Yunnan e Sichuan, havia indicado quatro mortos.

    O Centro de Vigilância Geológica dos Estados Unidos (USGS) mediu a magnitude do tremor em 5,7 na escala Richter.

    A Rede de Informação Sismográfica chinesa indicou, por sua vez, que o terremoto alcançou a magnitude de 6,1 na escala Richter.

    O terremoto atingiu a cidade de Panzhihua, no sul de Sichuan, às 04h00 locais (05h30 de Brasília), segundo a agência oficial Nova China.

    Esta ressaltou que na província de Sichuan morreram 17 pessoas e outras 100 ficaram feridas, enquanto que na província vizinha de Yunnan o número de mortos chegou a cinco e o de feridos a 26.

    No momento não há informações de pessoas fatalmente feridas na cidade de Panzhihua.

    O epicentro do tremor foi localizado cerca de 30 quilômetros a sudeste de Panzhihua, informou o observatório norte-americano.

    A Agência Sismológica de Yunnan indicou que o terremoto também foi sentido em várias cidades dessa província, assim como na capital de Sichuan, Chengdu, segundo a Nova China.

    Sichuan foi atingida no dia 12 de maio por um terremoto de magnitude oito que deixou 80.000 mortos e desaparecidos, provocando perdas de 843,8 bilhões de yuanes nos 51 condados e cidades mais afetados, segundo dados do governo.”

    http://afp.google.com/article/ALeqM5hKM0Lh0Ho2oSHnTSDb0-eMgy5cew

    .

    #30712

    marceloy
    Participante


    6,4 graus
    Forte terremoto submarino é registrado no litoral do Brasil
    Publicado em 10.09.2008, às 12h38

    Um terremoto de 6,4 graus na escala Richter ocorreu nesta quarta-feira (10) em uma região do Oceano Atlântico ao norte do Brasil e ao leste da Guiana Francesa, informou o Instituto de Pesquisa Geológica dos Estados Unidos.

    O tremor foi registrado às 10h08 (hora de Brasília). O epicentro foi detectado a 1.260 quilômetros do litoral do Piauí e a 1.542 quilômetros de Caiena, capital da Guiana Francesa. O abalo sísmico ocorreu a apenas dez quilômetros de profundidade no leito da Dorsal Meso-Atlântica, informa o instituto americano.

    Um terremoto na casa dos seis graus na escala Richter é capaz de causar extensos danos, mas isso depende de uma série de fatores, como a profundidade do tremor e a distância entre o epicentro e áreas de grande densidade demográfica. O Centro de Alertas de Tsunamis estabelecido no Havaí analisou os dados do tremor e informou que não há risco de formação de um grande tsunami no Caribe.

    “No entanto, existe uma pequena possibilidade de um tsunami local ou regional afetar regiões costeiras distantes não mais de algumas centenas de quilômetros do epicentro do terremoto. As autoridades nas regiões próximas do epicentro devem ser avisadas dessa possibilidade”, diz o comunicado. As informações são da Dow Jones.

    Fonte: AE”

    http://jc.uol.com.br/2008/09/10/not_179449.php

    #30713

    marceloy
    Participante

    “10/09/2008 – 22h41
    Terremotos atingem Indonésia e Japão; autoridades alertam para tsunami
    Publicidade

    da France Presse, em Cingapura

    Fortes terremotos atingiram nesta quinta-feira a Indonésia e o Japão, e as autoridades dos dois países lançaram alertas de tsunamis. Até o momento não há informações sobre vítimas ou danos materiais.

    O abalo de 7,6 graus de magnitude na Indonésia ocorreu às 05h local (19h de Brasília) e se localizou 122 km a noroeste da cidade de Ternate, nas ilhas Moluscas, segundo a Agência Meteorológica e Geofísica de Jacarta.

    A profundidade relativamente pequena do tremor, 10 km, pode gerar um tsunami, segundo especialistas indonésios. O Observatório Geológico Americano (USGS) informou que o terremoto teve 6,6 de magnitude e ocorreu a 93 km de profundidade.

    Os terremotos são freqüentes na Indonésia e no Japão, que se localizam no chamado “cinturão de fogo” do Pacífico –região de encontro de placas tectônicas, rico em atividades vulcânicas e abalos sísmicos.

    Outro terremoto, de 7 graus de magnitude, abalou a costa norte japonesa nesta quinta-feira, segundo a agência sismológica do Japão, que também emitiu um alerta de tsunami.

    O tremor ocorreu às 09h21 local (21h21 de Brasília) e seu epicentro se situou a 20 km de profundidade, no litoral da ilha de Hokkaido, na região de Tokachi, cerca de 700 km ao norte de Tóquio. “

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/mundo/ult94u443625.shtml

    #30714

    marceloy
    Participante

    “11/09/2008 – 02h36
    Japão suspende alerta de tsunami após terremoto

    da Folha Online

    As autoridades japonesas cancelaram nesta quinta-feira o alerta de tsunami emitido após um terremoto de 7,2 graus na escala Richter atingir a ilha japonesa de Hokkaido (norte do Japão). Logo após o tremor, o país emitiu o alerta, mas não houve danos.

    O forte terremoto, registrado às 9h21 (21h21 de Brasília) e que teve seu epicentro a 20 quilômetros de profundidade, provocou a emissão de um alerta de tsunami no litoral do Pacífico em Hokkaido, Iwate e Aomori, segundo a Agência Meteorológica do Japão.

    O terremoto, que durou 30 segundos, atingiu nas localidades de Tokachi e Hidaka o nível cinco da escala fechada japonesa de sete, que se centra nas regiões afetadas mais do que na intensidade do tremor.

    A imprensa japonesa não informou sobre danos até o momento e a rede de televisão NHK disse que só chegaram à costa ondas de dez centímetros de altura.

    Um terremoto na costa da Indonésia em 2004 provocou um tsunami na Ásia que matou aproximadamente 220 mil pessoas na região do Oceano Índico.

    Indonésia e Japão ficam no chamado Círculo de Fogo do Pacífico, uma das áreas com maior atividade sismológica do mundo.

    Efe “

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/mundo/ult94u443655.shtml

    #30715

    marceloy
    Participante

    “Terremoto mata 72 e arrasa vilarejo na Ásia Central
    segunda-feira, 6 de outubro de 2008 15:44 BRT

    Por Olga Dzyubenko

    BISHKEK (Reuters) – Um poderoso terremoto que atingiu o Quirguistão matou pelo menos 72 pessoas, além de arrasar um vilarejo nas remotas montanhas do país, disse o Ministério da Saúde nesta segunda-feira.

    O terremoto de magnitude 6,3, de acordo com o Centro Geológico dos Estados Unidos, atingiu no domingo uma área entre o Quirguistão, o Tajiquistão e o Uzbequistão — o local mais povoado da Ásia Central.

    Mas o local mais afetado foram as vilas do sul do Quirguistão, onde uma casa foi totalmente destruída e o destino das outras ainda não está claro.

    “O número total de mortos, agora, é de 72”, disse o vice-ministro da Saúde, Madamin Karatayev, por meio da assessoria de imprensa do Ministério.

    Entre os mortos, estão 30 crianças que ainda não tinham idade para frequentar a escola, 11 estudantes, 12 pensionistas e 19 adultos, disse.

    Três helicópteros transportaram 110 crianças e adultos feridos ao hospital do centro regional de Osh.

    Karatayev acrescentou que a maioria das casas do vilarejo de Nura, na fronteira entre o Quirguistão e a China, foram totalmente destruídas, incluindo cabanas de barro.

    Mesmo com o anoitecer, as equipes de resgate continuaram as buscas e pretendem trabalhar a noite toda, segundo o vice-ministro. Continuação…”

    http://br.reuters.com/article/worldNews/idBRSPE4950N920081006

    #30716

    marceloy
    Participante

    Terremoto deixou 215 mortos no Paquistão e população ainda espera por ajuda

    29 / 10 2008
    Há 12 horas

    QUETTA (AFP) — Pelo menos 215 pessoas morreram no terremoto que sacudiu na quarta-feira a região sudoeste do Paquistão, e o balanço pode aumentar, informaram as autoridades locais.

    “O total à noite era de 215 mortos. Este número pode aumentar, já que famílias inteiras desapareceram”, declarou à AFP Zamarak Khan, ministro da província de Baluquistão.

    Khan acrescentou que o balanço se agravou depois do segundo tremor, que afetou a região na tarde de quarta-feira, 12 horas depois do primeiro terremoto.

    O tremor devastou a região de Ziarat, uma pequena cidade situada nas montanhas do Baluquistão, 50 km ao leste de Quetta, a capital provincial.

    Muitos habitantes dos povoados afetados se viram obrigados a dormir ao relento, num clima glacial, temendo a ocorrência de novos tremores.

    O Exército paquistanês e as organizações internacionais estão se mobilizando para fazer chegar ajuda aos flagelados.

    Mas alguns povoados, como o distante Kan Bangla, se queixam de não ter recebido ainda qualquer ajuda.

    Segundo as autoridades, a ajuda chega lentamente devido ao fato de as estradas da região terem sido muito danificadas com o tremor.

    De acordo com diversas estimativas das autoridades locais, de 6.000 a 10.000 pessoas perderam as casas nesta região de 50.000 habitantes.

    Estados Unidos, Canadá e Índia se declararam dispostos a enviar ajuda e a Organização Mundial da Saúde (OMS) informou ter enviado um carregamento de material humanitário com caráter de emergência.

    Mas, como ocorreu com o terremoto de outubro de 2005 no norte do país, que deixou 74.000 mortos e 3,5 milhões de desabrigados, os primeiros a chegar ao local da tragédia foram as organizações islamitas, algumas vinculadas a grupos insurgentes, como o Jamaat-ud-Dawa, que figura na lista de organizações terroristas dos Estados Unidos.

    http://afp.google.com/article/ALeqM5jVAy2_Ir4afEbvmiD_z5MAYr9wWA

    #30717

    marceloy
    Participante

    “sábado, 3 de janeiro de 2009, 19:42 | Online

    Terremoto atinge Indonésia e agência alerta para tsunami

    Com magnitude 7,2 graus na escala Richter, o terremoto era forte o suficiente para causar as ondas gigantes

    AE-AP

    JACARTA – Um forte terremoto atingiu o litoral da Indonésia neste sábado, 3, e fez com que moradores em pânico corressem para as ruas, de acordo com autoridades locais e testemunhas. A Agência de Meteorologia e Sismologia Indonésia alertou que, com a magnitude preliminar de 7,2 graus na escala Richter, o terremoto era forte o suficiente para causar um tsunami.

    No entanto, não houve relatos imediatos de ondas gigantes. O U.S Geological Survey, agência geológica norte-americana, classificou o terremoto como de 7,6 graus.

    O abalo sísmico ocorreu às 2h43 da manhã no horário local (17h43, de Brasília), a cerca de 135 km de Manokwari, na região de Irian Jaya, a uma profundidade de 10 km. Hasim Rumatiga, uma autoridade de saúde local, afirmou que a eletricidade foi cortada e que os residentes correram para terrenos mais altos.

    Em 2004, um enorme terremoto no mar da Indonésia causou um tsunami que provou a morte de cerca de 230 mil pessoas. As informações são da Associated Press.

    http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,terremoto-atinge-indonesia-e-agencia-alerta-para-tsunami,302107,0.htm

    #30718

    marceloy
    Participante

    “Suspenso alerta a tsunami na Indonésia

    03/01 – 20:04 – AFP
    Um terremoto de 7,2 graus na escala Richter foi registrado no mar na manhã de domingo (horário local) ao sudoeste de Manokwari, ao largo da província indonésia de Papuásia, anunciou a agência indonésia de meteorologia e geofísica.
    Um alerta ao tsunami foi lançado, mas suspenso pouco depois.

    O terremoto foi registrado às 04H43 locais (17H43 deste sábado pelo horário de Brasília) a 10 km de profundidade, a cerca de 135 km de Manokwari, destacou a agência.

    Moradores em pânico deixaram apressadamente suas casas no momento em que Manokwari, capital da província, era sacudida pelo terremoto, mas não há, por enquanto, registro de vítimas ou danos materiais, disse um policial à AFP.

    “O terremoto foi muito forte, e durou cerca de três minutos. Como a eletricidade foi cortada, ainda não verificamos os danos em todos os edifícios”, declarou.

    “A polícia e o exército estão levando as pessoas para lugares mais altos, devido ao alerta ao tsunami e a nossa situação no litoral”, acrescentou.

    A Indonésia foi o país mais duramente atingido pelo tsunami de dezembro de 2004, que deixou mais de 200.000 mertos em 11 países da Ásia, sendo mais de 168.000 somente na província indonésia de Aceh.

    O arquipélago indonésio fica na junção de três placas tectônicas e é freqüentemente abalado por terremotos.”

    http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2009/01/03/suspenso+alerta+a+tsunami+na+indonesia+3234498.html

    #30719

    marceloy
    Participante

    “quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009, 07:19 | Online

    Terremoto deixa ao menos 36 feridos na Indonésia

    AE – Agencia Estado

    JACARTA – Pelo menos 36 pessoas ficaram feridas e centenas de casas e edifícios foram destruídos depois que um forte terremoto atingiu a ilha indonésia de Sulawesi, próximo às Filipinas. O tremor de 7.2 graus na escala Richter atingiu o mar, levando a agência de geofísica da Indonésia a emitir um alerta de tsunami, que depois foi revogado. “Nossos últimos dados mostram que 36 pessoas ficaram feridas, oito delas com gravidade”, disse Saud Arikalang, chefe do serviço de saúde nas Ilhas Talaud, na província de Sulawesi do Norte.

    O diretor do centro de crise do Ministério da Saúde, Rustam Pakaya, informou que o terremoto causou o desabamento de parte do principal hospital da região, forçando a remoção dos pacientes. Vários tremores secundários de até 6.3 graus na escala Richter ocorreram depois do tremor principal, segundo a Pesquisa Geológica dos Estados Unidos. As informações são da Dow Jones.

    http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,terremoto-deixa-ao-menos-36-feridos-na-indonesia,322650,0.htm

    #30720

    No Brasil também estão acontecendo terremotos, mas a mídia não tem divulgado:

    “16/03/2009 – 11h00

    Cidade mineira registra tremor na noite deste domingo

    Da Redação

    Um forte estrondo seguido de um tremor de terra foi sentido por moradores da cidade de Itaúna, no centro de Minas Gerais, por volta das 20h30 deste domingo (15).

    O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas não houve feridos ou danos maiores.

    O abalo durou alguns segundos e foi sentido em pelo menos seis bairros da cidade, entre eles Garcias, Aeroporto, Cidade Nova, Morada Nova, Córrego do Soldado e Santanense.

    De acordo com o Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB) o tremor atingiu 2,9 graus na escala Richter.

    No dia 9 de março, a cidade de Juramento no norte mineiro, sentiu um outro tremor de magnitude 2,4 graus na escala Richter. O Estado de Minas Gerais vem registrando com frequencia pequenos abalos.”

    http://www.apolo11.com/notasenoticias.php?posic=dat_20090316-110047.inc

    #30721

    marceloy
    Participante

    “06/04/2009 – 02h56
    Polícia confirma 14 mortos após terremoto na Itália

    da Folha Online

    A polícia da Itália divulgou um novo balanço no qual afirma que são 14 os mortos confirmados após um terremoto de 6,3 graus na escala Richter atingir o país. De acordo com o balanço, 30 pessoas estão desaparecidas. Milhares estão desabrigados, de acordo com a Defesa Civil.

    Todas as mortes confirmadas ocorreram na Província de l’Aquila, localizada na região montanhosa de Abruzzo, leste de Roma. Das 14 mortes, cinco ocorreram no povoado de Castelnuovo, um em Poggio Picenze, dois em Fossa e quatro na capital homônima l’Aquila –quatro crianças que chegaram a ser levadas a um hospital mas não resistiram. Mais mortes devem ser confirmadas nas próximas horas.

    No povoado de San Demetrio ne’ Vestini, também em l’Aquila, oito pessoas estão desaparecidas.

    A região montanhosa do Abruzzo, no centro-leste do país, foi a mais atingida pelo terremoto, que teve a intensidade de 6,3 graus na escala Richter, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês). A Defesa Civil da Itália recebe informações de pessoas feridas, desaparecidas e prédios destruídos de diversas cidades da região. A estrada que liga Roma à l’Aquila foi fechada.

    Ainda segundo Serviço Geológico dos Estados Unidos, o epicentro do terremoto foi a 85 km a nordeste de Roma, 10 km abaixo da superfície terrestre. Inicialmente, o instituto americano afirmou que o terremoto havia sido de 6,7 graus, mas em seguida, baixou a classificação para 6,3.

    Moradores de Roma, cidade que raramente é atingida por atividade sísmica, foram acordadas pelo terremoto. Móveis tremeram e alarmes de carros dispararam na capital italiana.

    O terremoto de 6,3 graus foi precedido por vários outros pequenos tremores. “

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/mundo/ult94u546458.shtml

    #30722

    Mais terremotos no Brasil:

    “Terremoto assusta moradores da região Norte do Estado

    Segunda-feira, 15 de Junho de 2009 18:50

    Ângela Kempfer, João Humberto e Danúbia Burema

    Um forte tremor de terra assustou há pouco os moradores de várias cidades na região Norte de Mato Grosso do Sul.

    Por volta das 18h30, em Rio Verde, Coxim, Pedro Gomes, São Gabriel do Oeste e Sonora, as pessoas sentiram o chão tremer, vendo objetos caírem de prateleiras.

    O empresário Fábio Humberto de Souza Barbosa, de 36 anos, conta que estava em casa, em Rio Verde, e diz que tudo em “casa tremeu, desde armários, até paredes.” Ele diz que a população saiu correndo assustada para a rua.

    O metalúrgico Beto Ildebrando, de 19 anos, relata que estava jantando quando viu o copo tremer na mesa. “A porta de vidro também tremeu. Acho que foi na região Norte toda. Meu amigos ligaram e disseram que também sentiram o tremor em outras cidades.”

    O leitor Claydson Cardoso diz que o tremor durou cerca de 5 segundos em Rio Verde e “foi assustador”.

    Julimar Santos, morador de Coxim, também conta que a população “está aterrorizada”. Segundo ele, pessoas narraram impacto também em Pedro Gomes e Sonora.

    Segundo a Polícia Civil de Coxim, ouviu-se um estrondo no início da noite e depois uma sensação como se fosse um rolo compressor de alta potência na rua.

    Já em Rio Verde, a informação da Polícia é que o tremor abalou a estrutura das casas. A Polícia Civil informou que deve começar rondas agora para verificar quais foram os danos.

    Segundo informações da prefeita de Coxim, Dinalva Mourão (PMDB), a população de Coxim saiu às ruas e não quer mais entrar nas residências.

    “Todo mundo aqui está com medo. A terra tremeu bastante”. Dinalva também explicou que recebeu informações de que as cidades de Rio Verde, Pedro Gomes e Sonora também sofreram o tremor. Pessoas que moram na zona rural da cidade também sentiram o abalo sísmico.

    No momento em que a terra tremeu, Dinalva conta que estava na prefeitura. “O chão tremeu, os vidros e as paredes tremeram. Fiquei com muito medo”, frisa a prefeita.”

    Fonte: http://www.campogrande.news.com.br/canais/view/?canal=8&id=256764

    Hercólubus cada dia mais próximo…

    #30723

    marceloy
    Participante

    09/08/2009 – 08h58

    Terremoto de 6,9 graus atinge Tóquio e arredores
    Em Tóquio (Japão

    “Um terremoto de 6,9 graus na escala Richter atingiu hoje às 19h56 (7h56 de Brasília) a região de Tóquio e as províncias vizinhas, mas não há informações sobre vítimas ou danos materiais, nem foi ativado o alerta de tsunami.

    O epicentro do terremoto foi localizado no Oceano Pacífico, ao sul da região de Tokaido, a 340 quilômetros sob o leito marinho e foi sentido com bastante intensidade na capital japonesa e nas províncias de Chiba, Fukushima, Ibaraki, Tochigi, Saitama, informou a Agência Meteorológica do Japão.

    Em Tóquio, o terremoto teve uma força de 4 na escala japonesa que vai até 7 graus, por isso fez tremer edifícios, mas não foi informado de danos materiais de importância nem de vítimas.

    O tremor atingiu, mas com menor intensidade, a maior parte da ilha de Honshu, a ilha central e maior do arquipélago japonês.

    A área que o terremoto atingiu com mais força é uma das mais povoadas do Japão, onde as construções são projetadas para suportar tremores semelhantes ao registrado hoje, devido à frequência em que ocorrem terremotos.

    Em 5 de agosto, um terremoto de 6,5 graus na escala Richter atingiu o arquipélago de Okinawa, no sul do Japão, sem causar danos, mas outros tremores de 6,9 graus deixaram mortos em algumas ocasiões anteriores.”

    http://noticias.uol.com.br/ultnot/efe/2009/08/09/ult1809u17809.jhtm

    #30724

    marceloy
    Participante


    10/08/2009 – 18h21
    Terremotos de mais de 6,5 pontos atingem Índia e Japão e provocam alerta de tsunamis
    Do UOL Notícias*
    Em São Paulo
    Atualizada às 19h19

    Dois terremotos foram sentidos no leste e sul da Ásia na manhã desta terça-feira (horário local), provocando alertas de tsunami nos países da região. Não foram relatados mortos até o momento.

    O primeiro tremor, de 7,6 graus na escala Richter, foi registrado pelo Serviço Geológico dos Estados Unidos às 1h55 no horário local (16h55 em Brasília). Seu epicentro foi localizado próximo às ilhas indianas de Andaman e Nicobar, no oceano Índico, com origem a 33 quilômetros de profundidade.

    O centro norte-americano de alerta para tsunamis disparou alarmes preventivos para Mianmar, Indonésia, Tailândia e Bangladesh.

    “Terremotos desta proporção têm o potencial para gerar um tsunami localmente destrutivo e às vezes mesmo um tsunami regionalmente destrutivo em costas a até mil quilômetros distantes do epicentro”, afirmou o centro de alerta em um boletim.

    Andaman e Nicobar são parte de um arquipélago de centenas de ilhas no oceano Índico, a leste da Índia.

    Japão
    Minutos depois do primeiro alerta, a Agência Meteorológica do Japão afirmou que um tremor de 6,6 pontos foi sentido em Tóquio e regiões vizinhas às 5h07 no horário local (17h07 em Brasília).

    Também foi emitido um alerta de tsunami para a região. O epicentro do tremor foi registrado em Suruga Bay, com origem a 20 quilômetros de profundidade.

    A imprensa japonesa informa que as paredes e os móveis tremeram, derrubando objetos das prateleiras. Segundo o canal japonês NHK, um garoto de 5 anos de idade se feriu ao ser atingido por uma televisão na cidade de Nishi Izu.

    O serviço de trem-bala de Shinkansen foi suspenso e o gerador nuclear de Hamaoka teve seu funcionamento interrompido para testes de segurança.”

    http://noticias.uol.com.br/ultnot/internacional/2009/08/10/ult1859u1317.jhtm

    #30725

    marceloy
    Participante

    “O grande terremoto acontece dessa forma

    O mecanismo do terremoto de Tokai

    A superfície terrestre é formada por mais de 10 placas tectônicas (blocos de crosta terrestre). Com a movimentação das camadas internas, as placas que estão lado a lado se chocam entre si e se movem de modo que uma fica debaixo da outra, ocasionando, assim, a formação das cordilheiras e fossas oceânicas, os terremotos e atividades vulcânicas.

    No fundo do mar ao sul da província de Shizuoka, temos a Placa do Mar das Filipinas que movimenta-se do sul penetrando na Placa Eurásia que fica na parte continental. Com isso, a ponta da Placa Eurásia é empurrada para dentro, atingindo o limite de deformação. Neste momento, esta placa dá um salto, causando o terremoto. Essa é uma previsão do Terremoto de Tokai.

    A previsão do Terremoto de Tokai foi feita em 1976. O último terremoto aconteceu em 1854. A previsão é de que ocorra um terremo num período de 100 a 150 anos na mesma região.”

    http://www.city.hamamatsu.shizuoka.jp/hamapo/bosai_p/what/index.html

Visualizando 15 posts - 16 até 30 (de 60 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.