Pacal Votan, um ET ou um grande mestre da Terra?

1
2022

Bem, estive no sepulcro do Deus Pacal, pareceu-me extraordinário, obviamente tal sepulcro tem uma grande tampa de pedra devidamente burilada, cinzelada.

Dom Pedro Ferriz, distinto cavalheiro dedicado a grande investigações em questões de discos voadores, homem sério nestes estudos, supõe que essa prancha de pedra que tampa o sepulcro indica que o Deus Pacal dos maias era um astronauta ou viajante do Espaço.

Nisso, sim, apesar de admirar Pedro Ferriz, lamento dissentir, porque estive examinando cuidadosamente aquela grande prancha de pedra e pude verificar por mim mesmo e de forma direta de que o Deus Pacal não era, pois, um habitante de outro planeta, como dom Pedro supõe.

 

Aparece sobre a pedra, que pesa várias toneladas e que cobre o sepulcro, uma Grande Cruz feita com pés de milho, e isso nos convida à reflexão: assim como os maias, também como os nahuas, zapotecas, toltecas etc., o milho é sagrado, alegoriza ou simboliza a semente humana.

pacal-votan-lapide-gnosisonline

Por exemplo, na China, Índia, Japão etc., a semente humana está alegorizada ou simbolizada pelo arroz, e entre os povos cristãos da Europa e do Oriente Médio a semente foi alegorizada ou simbolizada pelo trigo.

A cruz feita de pés de milho obviamente que resulta tremendamente significativa, pois nós bem sabemos que a cruz é um instrumento de liberação, não unicamente de martírio.

Realmente, a inserção do Falus vertical dentro do Ecteis formal forma cruz. Bem, e se tal cruz é feita de pés de milho nos está indicando algo extraordinário. É óbvio que na ens seminis, dentro da qual está contida a ens virtutis do fogo, existem poderes extraordinários.

A ens seminis, ou entidade do sêmen ou esperma sagrado do ser humano, contém poderes místicos transcendentais formidáveis que os maias analisaram cuidadosamente em seus estudos, não somente em Palenque, mas também em Cancún, em Chichén-Itzah etc.

Se as pessoas soubessem do poder que existe na ens seminis jamais gastariam essa energia torpemente, para a satisfação brutal das paixões animais, Antes, porém, aprenderiam a transmutar. Os maias conheceram tal ciência, eles sabiam, por exemplo, que: “Si não se derramava o Vaso de Hermes, ou seja, se não se cometesse o erro de ejacular a ens seminis, esta se transmutaria em energia criadora”.

Assim é como o cérebro se seminiza e o sêmen se cerebriza. Como resultado, ou sequência de um proceder assim no homem, resulta uma terceira força, profundamente divinal. Refiro-me ao Fogo Sagrado, e quando este ascenda na espinha dorsal do homem, nos transforma radicalmente e nos converte em verdadeiros super-homens, como o Deus Pacal.

Descemos as escadarias que conduzem ao sepulcro do Deus Pacal. Uma pedra triangular sela a entrada, agora essa pedra está colocada a um lado, e o fato de que tal pedra seja triangular nos convida a pensar nas muitas pedras triangulares das catedrais góticas da Europa.

pacal-votan-mascara-gnosisonline
Máscara mortuária de Pacal Votan

Obviamente, sem essas três forças não pode haver nenhuma criação, quando essas três forças fluem em direções diferentes não há criação. Surge uma nova unidade cósmica dentro do Espaço infinito, e quando essas três forças coincidem em um ponto dado se realiza uma criação.

O mesmo acontece com o Matrimônio Perfeito: o homem é a força positiva, a mulher a força negativa e a terceira força o Santo Conciliar, concilia os dois lados.

As três forças unidas realizam uma nova criação e vem ao mundo um novo filho, uma nova haste. Os maias compreenderam tudo isso, resulta interessante.

Há um peitoral que aparece muito bem feito sobre o peito do Deus Pacal: nove colares, esses nove colares representa o Nono Círculo Dantesco: “O poço do Universo, dentro do organismo humano”.

Os órgãos criadores indicam que o Deus Pacal era um homem que transformava o esperma sagrado em energia criadora, um homem casto, reto, no sentido mais completo da palavra, um homem que jamais adulterou, que nunca fornicou.

Em seu colo aparecem mais três colares, representando as três Forças Primárias da Natureza e do Cosmo. Indica que o Deus Pacal conseguiu cristalizar em sua natureza a Força do Pai, a Força do Filho e a Força do Espírito Santo; o Santo Afirmar, o Santo Negar e o Santo Conciliar, ou seja, o Deus Pacal conseguiu dar forma a essas três forças dentro de si mesmo.

O Deus Pacal tem dez anéis em seus dez dedos, isso nos está indicando os Dez Sefirotes da Cabala hebraica, um homem que se encheu de extraordinárias virtudes. É um homem magnífico, um verdadeiro Avatar ou Mensageiro para a humanidade daquela época. Um homem que entregou aos maias grandes conhecimentos.

Em uma de suas mãos aparece um cubo, uma pedra cúbica, e na outra uma esfera. A pedra cúbica nos indica que realmente este homem era tão sábio que possuía a pedra filosofal, ou seja, a pedra da Verdade, um homem que havia encontrado a Verdade. E quanto à outra, à esfera, nos indica que era um homem perfeito, um homem que havia despertado sua consciência, um homem que gozava de sabedoria infinita.

Porém, há algo que aterroriza em tudo isso, algo que assombra, que espanta: acontece que o sepultaram com seis decapitados. É uma questão meramente simbólica. Porém, os seis decapitados são fatos concretos, decapitaram seis homens e os enterraram com o Deus Pacal, e é claro que para transmitir à posteridade uma mensagem.

piramide-templo-tumba-pacal-gnosisonline
Pirâmide Templo onde se encontrou a tumba do avatar dos maias, Pacal Votan

Bem, porém o número seis indubitavelmente também lembra O Enamorado, o Amor, a Paixão etc., ou seja, que este homem eliminou de si mesmo todos os seus defeitos passionais, todo os agregados psíquicos que o angustiavam, que conseguiu a máxima perfeição e o testemunho para a posteridade foram os seis decapitados.

Se não se conhecesse nem um pouquinho de Cabala hebraica seria impossível encontrar então o significado dos seis decapitados.

É tremenda a tumba do Deus Pacal. Leva uma máscara de jade que já foi reconstruída pelo Museu de Antropologia. Essa máscara de jade nos está indicando, pois, que seu rosto era tão perfeito que se havia de velá-lo dos profanos, um rosto de um Homem Deus. Construiu-se, pois, todo um monumento para enterrar esse grande Avatar ou Mensageiro dos maias, que se chamou Pacal.

Pacal foi um Homem que trabalhou com o milho, ou seja, com a semente. Na prancha de pedra que cobre a tumba, o Deus Pacal aparece como que descendo da Cruz. Então, é aí que dom Pedro Ferriz pensa que esse Homem está manejando algum aparato capaz de viajar através do Espaço.

Aparece também aí um símbolo do planeta Marte, para nos indicar que o Deus Pacal estava relacionado de alguma forma com o planeta Marte, mas isso não quer dizer que fora habitante ou um extraterrestre vindo de Marte, senão um Homem influenciado pela radiação marciana, um Homem de caráter enérgico, um Homem forte, que soube ensinar aos maias sua doutrina.

Investigando, pois, todas essas questões maias, todos esses aspectos antropológicos, devemos nos voltar profundamente reflexivos. Estamos nos momentos dessa grande catástrofe que se acerca, de acordo com os maias, e antes que essa grande catástrofe venha ao mundo, como dizem os maias, haverá guerras em toda a redondeza da Terra e isso também o afirmam as profecias de distintos sábios.

Samael Aun Weor, Os Mistérios dos Antigos Maias

 

pacal-votan-gnosisonline-profecias-maias

  • nousvate

    no hoje estamso em um momento critico mas o conhecimento esta bem representado e muito escondido mesmo estando aberto.

    a sua essencia nao visivel a todos,essa raça esta sendo penerada e sim os irmaos do espaço esta a muito tempo fazendo isso.

    atraves de seleçao da sememnte,o corpo humano a cada milhoes de ano muda sauas formas,seu dna se alterou em sem mil ou duzentos milhoes de ano.tudo isso por causa da insesante mudança desse planeta.

    mas essa mudança nao e suficiente pra q essa raça humama ele esse planeta a nivel superior.

    os nossos irmaos sao de bilhoes de anos a frente de nos.seus corpo e sua conciencia e de nivel elevdo tanto por qulificaçoes de seu planeta quando de seu trabalhods.

    esse planeta terra e um grande utero,daqui nasce a semnente q tera que nasce de novo,em outra escala.,,

    a vida da terra “e uma grande força extraterrestres”
    que a muito tempo se posicionou nesse ponto de nosso sistema solar.

    esse irmaos que esta e tao velhos quanto a terra,conhece sua hitoria,”A VIDA VITAL DA TERRA VEM DE MUITO LONGE”nao e simplismente a junçao debilhoes de elementos,a terra e a particula vital de varios outros mundos.

    SE NOS HUMANOS SOMOS DAS EXTRELAS,DE ONDE VEM A TERRA?se formou em uma explosao? logico q nao,a terra sao elementoS cosmicos devidamente eleaborado por seres da criaçao,”CROSMOCRATORES” SUA VIDA VITAL VEM DO NUCLEO DO UNIVERSO,ALINHADO OS GRANDES MOVIMENTOS DE VARIOS UNIVEROS,SOIS,GALAXIAS,SISTEMAS COSMICOS.DO MEIO DE TUDO ISSO VEM ESSES SERES Q SAO MAIS VELHOS Q A PROPRIA TERRA.